As Preciosas do Kelmer – jun2017

30/06/2017

30jun2017

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#57, jun2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Gilka Machado, poeta brasileira (1893-1980)

.

*** MULHERES MACHISTAS

Mulheres machistas. Sim, elas existem. Elas desaprovam a sexualidade livre das outras mulheres, acham que o homem deve sempre pagar a conta e preferem os machões. > Mais

.

*** CRISTÃOS FANÁTICOS ATACAM TERREIROS DE UMBANDA

É uma pena que a maioria dos religiosos moderados, que poderiam ajudar na defesa do Estado laico, acovardam-se e lavam as mãos para o fanatismo de seus irmãos de fé. Infelizmente isso acontece com grande parte dos cristãos. Os ateus e agnósticos, sozinhos, não vencerão esta luta contra o fanatismo religioso. > Mais

.

*** A QUEM INTERESSA O DESMONTE DO ENSINO PÚBLICO?

A lógica é a mesma da reforma da Previdência que deseja fazer o governo golpista de Temer O Ilegítimo, e que quer privilegiar as empresas privadas de saúde. No caso das escolas, o sucateamento do ensino público privilegia o ensino privado e mantém a desigualdade social. > Mais

.

*** VINICIUS TODO AMOR

A vida e a obra de Vinicius parecem ser um manancial infinito de inspiração para a cultura brasileira. Organizado pelo escritor Eucanaã Ferraz, o recém-lançado livro Todo Amor (Companhia das Letras, 278 pag), reúne poemas, músicas, cartas e crônicas de Vinicius, quem nasceu em 1913 e morreu em 1980. A obra não segue uma ordem cronológica, mas agrupa os textos de acordo com seus temas e afinidades, misturando as fases de Vinicius. Recomeeeendoooo! > Mais

.

*** JOGUE FUTEBOL COMO UMA MENINA

O AEM Lleida é um time feminino de futebol na Espanha. Ele competiu num torneio e jogou contra times masculinos. E venceu. Mas não consegue apoio para ir adiante. > Mais

.

*** PELO FIM DO TSE

Petição pública pede o fim do TSE – Tribunal Superor Eleitoral, e que os processos sejam julgados pela Justiça Comum. Segue o texto da petição:

“Após a votação do abuso de poder pela chapa Dilma/Temer vencedora das eleições de 2014 o Tribunal Superior Eleitoral se provou completamente inútil e desnecessário para o Brasil, já que é um tribunal indicado pelos seus réus a quem julga. O TSE julgou uma eleição recheada de propinas, Caixa 2 e dezenas de provas cabais, mas ignorou todas e provou que a justiça eleitoral não funciona, ou protege corruptos e destruidores da democracia. Assim, um Tribunal que ignora provas não deve existir.” > Mais

.

*** COMBATE ÀS DROGAS É ENXUGAR GELO

Enquanto a sociedade insiste com a comprovadamente fracassada política proibicionista, as organizações criminosas crescem, tomam conta dos espaços onde o Estado é omisso e aterrorizam a vida da população. E estendem cada vez mais sua influência sobre políticos e parlamentares.

Por falar nisso, por que a PF não consegue descobrir quem é o dono da meia tonelada de cocaína encontrada no helicóptero do senador Zezé Perrella, amigo e comparsa de Aécio Neves? > Mais

.

*** COM VOCÊS, ANGELINA JORDAN

Angelina Jordan é norueguesa de Oslo e nasceu em 10 de janeiro de 2006. Aos 8 anos começou a apresentar-se em programas de tevê, encantando a todos com suas interpretações de clássicos do blues e do jazz.

A voz, o timbre, a afinação, o sentimento… – mesmo vendo os vídeos, é difícil acreditar que uma criança possa fazer o que ela faz. Hoje Angelina tem onze anos, e pelo jeito seguirá mesmo a carreira artística. Que ela continue nos brindando com suas maravilhosas interpretações.

Neste vídeo, de 2016, ela tem 10 anos e canta “Fly me to the moon”.

.

*** A PEQUENA MAISA FALOU GROSSO

A atriz Maisa Silva desabafou sobre a polêmica com Silvio Santos, por meio do Facebook. A polêmica começou após o dono do SBT sugerir que Maisa e o apresentador do “Primeiro Impacto”, Dudu Camargo, formassem um casal. A atriz retrucou dizendo que o rapaz não fazia seu tipo e que não estava lá para arrumar namorado. Bufo.

Gente, o Silvio Santos é muito sem-noção. Pra piorar a coisa, a praia do tal Dudu Camargo parece ser outra. Ou seja, Silvio conseguiu desagradar a todos. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



As Preciosas do Kelmer – mai2017

31/05/2017

31mai2017

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#56, mai2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Gilka Machado, poeta brasileira (1893-1980)

.

*** A CORTESÃ DE BRASÍLIA QUE NÃO ATENDE POLÍTICOS

A advogada Cláudia de Marchi dava aulas de direito constitucional, sua especialidade, numa faculdade em Passo Fundo-RS. Em 2016 ela largou a profissão e iniciou suas atividades como cortesã de luxo em Brasília, narrando suas aventuras dentro e fora da alcova. Ela não tem vergonha de mostrar o rosto e nem de dizer que é prostituta. Cobra R$ 600,00 por hora e atende em média dois clientes por dia.

Qualquer cliente? Não. Político, por exemplo, ela não atende. E nem homens que escrevem errado. O motivo é que Cláudia faz questão de fazer sexo com pessoas cultas e interessantes. “Até hoje, não fiz nada de que eu não goste. Não gosto de transar com mulheres, por isso não atendo casais. Faço sexo normal, oral e anal, que adoro. Com um homem, dois, mas homens. O resto, eu dispenso. Eu gosto de sexo. Tô nessa pelo meu prazer também. Se não tenho tesão, não rola. Gozo sempre e costumo ter orgasmos múltiplos nos programas pagos.”

Feminista e politizada, Cláudia critica a visão de parte do movimento feminista contrária à prostituição, entendida como forma de exploração. “É partir do pressuposto de que a mulher entra nessa obrigada. É o que acontece com menores que são exploradas sexualmente, o que é um crime. Não é o meu caso, que optei por me tornar uma profissional do sexo.” No espectro político, ela se coloca à esquerda. Posiciona-se contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que classifica de “golpe parlamentar”. E considera “absurda” a indicação de Alexandre de Moraes a uma vaga no Supremo Tribunal Federal. “Eu lamento um dia ter comprado um livro dele, enquanto estudante de direito.” > Mais

.

*** RENDA MÍNIMA PARA TODOS

Renda mínima para todos, ricos e pobres. Jornada de trabalho de 15h semanais. Abertura das fronteiras de todos os países. As três propostas são defendidas pelo historiador holandês Rutger Bregman.

Eu concordo com tudo. E você? > Mais

.

*** VOLTOU DO BANHO E ENCONTROU A MULHER COM O AMANTE

Ele despediu-se da companheira e saiu para tomar um banho de mar. Quando voltou, minutos depois, ela estava aos beijos e abraços com o amante. Os dois começam a brigar, e brigam até ficarem exaustos e ensanguentados. A pivô da briga chega e decide ficar com… o amante. Inconformado, o marido abandonado recomeça a briga, até que ela a interrompe, e reitera sua decisão de ficar com o amante.

Isso acontece no mundo dos pinguins. > Veja o vídeo

 

*** GILKA MACHADO

“Estreei nas letras, vencendo um concurso literário num jornal, A Imprensa, dirigido por José do Patrocínio Filho. Logo depois, um crítico famoso escrevia que aqueles poemas deveriam ter sido laborados por uma matrona imoral. Quase criança, comunicativa, indiscreta e falaz, saindo de mim mesma, contando meus prazeres e tristezas, expondo os meus defeitos e qualidades, eu pensava apenas em dar novas expressões à poesia. Aquela primeira crítica (por que negar) surpreendeu-me, machucou-me e manchou o meu destino. Em compensação, imunizou-me contra a malícia dos adjetivos. Havia no meu ser uma torrente que era impossível represar: os versos fluíam, as estrofes cascateavam… e continuei, ritmando minha verdade, então com mais veemência.“

Estas são palavras de Gilka Machado, poeta das lânguidas sensações, dos desejos eróticos desvelados. Sua poesia, no início do século 20, ao mesmo tempo escandalizava a moral conservadora e fascinava o público. Em Gilka, as mulheres encontraram a representação da experiência da intimidade feminina, até então proibida. > Mais

.

*** A ELITE BRASILEIRA E O DESPREZO À DEMOCRACIA

“Nós estamos caminhando para uma convulsão social no país. E quem paga o preço quando ocorre uma convulsão social é o povo, que perde direitos, perde possibilidades, oportunidades e que é sempre reprimido. Então, nós estamos vivendo uma situação dramática por absoluta irresponsabilidade das forças conservadoras no Brasil que, diante de uma construção histórica de expectativas de mudanças, viu uma oportunidade, potencializada pelos nossos erros, derrubou o governo eleito e agora não tem condições de estabilizar esse processo, pois não tem legitimidade política, econômica nem social.”

Confira a entrevista do jornalista Franklin Martins. É um resumo lúcido, e preocupante, sobre o golpe parlamentar que derrubou Dilma e a crise institucional que hoje vive o país. > Mais

.

*** PASTORA ATEIA LUTA PARA PERMANECER NA IGREJA

“Não vejo qualquer evidência de que Deus exista, especialmente aquela figura benevolente que tem tudo sob seu controle”, diz Gretta Vosper, pastora da Igreja Unida do Canadá, que foi criada em 1925 a partir da união de quatro correntes protestantes, incluindo a presbiteriana e a metodista, e que conta com 2,5 milhões de seguidores, cerca de 7% da população total do país, perdendo apenas para o catolicismo em número de fiéis. Com uma doutrina reconhecida no país por suas posições progressistas, ela admite, por exemplo, pastores homens e mulheres. Na direção oposta às igrejas evangélicas brasileiras, possui líderes declaradamente homossexuais e a união entre casais gays é aceita desde os anos 80. Mas, ao acreditar no ambiente de total tolerância de ideias da instituição, a pastora Gretta talvez tenha ido longe demais.

Instaurado em 2015, o processo de avaliação decidirá se Gretta pode permanecer como membro da entidade. Será uma batalha desgastante, em que 40 membros da Igreja Unida vão interrogá-la e julgar seus conceitos sobre Deus.

Durante todo o culto de Gretta, ouve-se a palavra amor dezenas de vezes, mas não há qualquer menção a Deus. A comunidade de West Hill promete unir-se para salvar a pastora da crucificação. Durante o culto, todos usam um broche em que se lê “minha igreja inclui Gretta Vosper”. E já organizam protestos para serem realizados durante o julgamento.

“É muito grave que nossa religião continue a ser usada mais como motivo de divisão do que de união. Hoje, temos disponíveis armas com tecnologia do século 21, mas uma mentalidade ainda presa à Idade Média. É uma mistura explosiva”, afirma Gretta. “Não posso crer que uma entidade tão inclusiva, que sempre lutou pelas mulheres, indígenas, homossexuais, pobres e oprimidos vá se tornar um espaço de intolerância”, afirma. “Minha vida se passou aqui dentro, não saberia exercer qualquer outra profissão”, completa. > Mais

.

*** INTELIGÊNCIA ARTIFICAL

A Inteligência Artificial está melhorando ou tomando conta de nossas vidas? > Mais

.

*** O IMPOSTO DOS CIGARROS NÃO COMPENSA

Dados do Instituto Nacional do Câncer indicam que, em 2011, no Brasil, foram gastos R$ 23 bilhões com o tratamento de algumas das mais de 50 doenças relacionadas ao tabaco. Já a arrecadação com impostos sobre cigarros recolhidos no mesmo ano foi da ordem de R$ 6 bilhões.

“Mas o custo do tabagismo no Brasil, avaliado pela pesquisa, ainda está subestimado: não incluiu o custo gerado pelo absenteísmo, a perda de produtividade, as despesas das famílias, entre outros gastos indiretos relacionados ao tabaco”, destacou o órgão. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



Esses jovens que resgataram Belchior

11/05/2017

10mai2017

Hoje esses jovens se sentem órfãos de seu cantador das coisas do porão. Mas trazem tatuado na alma e no corpo o que Belchior lhes ensinou

ESSES JOVENS QUE RESGATARAM BELCHIOR

.
Belchior, o bardo bigodudo dos ideais libertários, amado pelos rebeldes românticos de novas e velhas idades, morreu em pleno correr de um golpe em seu país. Não foi um golpe militar, mas um golpe parlamentar, com apoio da grande mídia e dos barões do capital. Isso é muito significativo. Se quando vivo, a poesia de Belchior já habitava as mentes dos que lutam por um Brasil socialmente justo e inclusivo, sua morte nesse momento torna ainda mais forte essa ligação.

Você pode até dizer que eu estou por fora, que estou inventando. Bem, então você não entendeu Belchior. Leia sua poesia e verá que está lá em seus versos, ecoando sempre, um grito de resistência contra a opressão do sistema sobre o indivíduo, que sufoca seus sonhos e robotiza sua existência. É uma poesia de protesto e inconformismo, que nos alerta para a exploração capitalista que gera escravos assalariados e para a hipnose midiática que gera zumbis do consumo. A poesia de Belchior é anárquica, pois em vez do poder, defende a supremacia do amor, do prazer e da paixão. É um grito latino-americano que brota da dor das minorias e dos excluídos, de todos que não comungam com o deus mercado e vomitam a ração diária fornecida pela mídia poderosa. É a rubra poesia dos que sangram mas não se deixam enquadrar.

Mas o novo sempre vem. E foram os jovens da era da internet que redescobriram Belchior, resgatando-o do limbo para o qual a grande mídia quis relegá-lo. Durante esses anos eles sonharam com sua volta e desejaram ardentemente vê-lo num palco a cantar e protestar com eles…

Infelizmente isso não será possível, e hoje esses jovens se sentem órfãos de seu cantador das coisas do porão. Mas trazem tatuado na alma e no corpo o que Belchior lhes ensinou. Por isso, agora exibem seu rosto em camisetas, postam seus versos nas redes e tocam nas rodas as suas belas canções. São os mesmos jovens que não querem mais viver num mundo no qual uma minoria cínica e insensível detém a maioria da riqueza. São os mesmos jovens que hoje lutam por oportunidades iguais para todos. Os mesmos jovens que já entenderam que por enquanto eles venceram e o sinal está fechado, sim, mas na ferida viva de seus corações eles captaram muito bem o que um velho compositor cearense lhes dizia: o novo sempre vem.

Fora Temer! Viva Belchior!

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

Desenho da ilustração: José Marconi

.

.

parabelchiorcomamorcapa3d-01Para Belchior com Amor

Neste livro, organizado pelo escritor Ricardo Kelmer e lançado em out2016, o poeta, cantor e compositor cearense Belchior é homenageado por catorze autores conterrâneos, que escreveram contos, crônicas e cartas inspirados em suas músicas, as mesmas que tanto encantaram os mais velhos e continuam a encantar os mais novos. Literatura para celebrar um notável literato. Ele que soube, como poucos, harmonizar música e poesia, e que fez de sua obra e sua vida um intenso canto de amor, liberdade, questionamento e rebeldia. Salve Belchior!

.

LEIA TAMBÉM NESTE BLOG

Divina comédia humana (Ou: O amor é uma coisa mais exótica que um conto em terza rima) – Um conto inspirado na canção de Belchior e no poema de Dante Alighieri

O dia em que entendi Belchior – Ele já não tinha metas, estava finalmente livre para deixar a roda-viva que nos entorpece diariamente com a sedução das falsas necessidades

.

MAIS SOBRE BELCHIOR

O Belchior que a crítica vulgar não viu (Alberto Sartorelli) – Canções do compositor cearense debateram, desde os anos 1970, a alienação, as relações mercantis e a própria indústria cultural. Mas alguns procuraram enquadrá-lo como apenas um rapaz romântico 

.

Laura Canoura – Como nuestros padres
Laura Canoura (2 de janeiro de 1957, Montevidéu) é uma compositora e cantora da música popular uruguaia. Com mais de 25 anos de trajetória artística é uma das principais solistas femininas desse país.

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

 COMENTÁRIOS
.

01- Fantástico texto meu Caro Ricardo Kelmer. Antonio Carlos De Freitas, Fortaleza-CE – mai2017

02- Fora Temer e Viva Belchior!!! Paulo Henrique Carvalho, Fortaleza-CE – mai2017

03- No rs … nas paredes do banheiro, nas folhas mortas e verdes que caiem pelo chão , sendo gerson ou não, vida longa … Stefenson Pinheiro, Fortaleza-CE – mai2017

04- Lindo e inspirador texto, Kelmer. Vanessa Capibaribe Monte, Fortaleza-CE – mai2017

05- ADOREI o texto ! FORA TEMER até ele cair FORA. Jôsy Soares, Fortaleza-CE – mai2017

06- Maravilhoso! Sabrina Nádia de Sousa, Fortaleza-CE – mai2017

07- Sensacional!!! Um beijo! Patrícia Ramos, Natal-RN – mai2017

08- Foda, Kelmer! Viva, Belchior! Giba C. Carvalho, Recife-PE – mai2017

09- Hahahahah estragou a memória de Belchior. Nicolle Vila Lobos, Fortaleza-CE – mai2017

RK: Leia Belchior, Nicolle. 🙂 Se você tiver interesse, este texto vai mais fundo nessas questões: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/09/belchior-critica-vulgar.html

10- Eu fiquei calado qdo vi amigos direitistas confessos postando frases e músicas do Belchior. Isso me fez lembrar de uma pesquisa dando conta que esse pessoal tem sérios problemas de cognição. Henrique Baima, Fortaleza-CE – mai2017

11- Ricardo, incrível!!!! Amei muito esse texto. Sensacional! Vannick Belchior, Fortaleza-CE – mai2017

12- Lindooooooooooooooo, lindo meu mais lindo Bel, sempre vai lutar dentro de nós, nos dar folego para gritar!, Beleterno! Bertha Alves, São Paulo-SP – mai2017

13- Que texto, Ricardo Kelmer! Ticiana Studart Albuquerque, Fortaleza-CE – mai2017

14- Lindo texto. Que presente conhecer vocês em meio ao meu maior vazio. Perder esse cara é perder um pedaço de mim, mas eu prometi na beirada daquele caixão que gritaria suas músicas em meus shows até o final da minha vida! Também sou como ele, jovem que desce do norte pra cidade grande! Também sinto essa loucura na ferida viva do meu coração. A verdade dele, desde que o conheci passou ser minha verdade e eu nunca poderei deixar de grita-la.
Eternizei Alucinação na pele ontem e sempre pensei que quando ele visse ele iria rir da minha tatuagem, acabei não fazendo com ele em vida. Uma pena que não deu :/ Meu Belchis! Amor eterno… Luta eterna. Daya Ananias, Rio de Janeiro-RJ – mai2017

15- Fora Temer! Ana Lucia Santos, Recife-PE – mai2017

16- Esse é o verdadeiro Belchior, nosso Bel que tinha a coragem de escrever composições que desafiavam a época, gerações… Belchior da irreverência, autenticidade, escrevia e fala de si em suas letras! O político, o crítico, o homem comum, o amante, poeta, o boêmio, o romântico, solitário, o ser filósofo… Bom você escreve Ricardo Kelmer com e da vida as suas escritas e é por isso que te admiro e sou sua fã! E Fora Temer. Aline Saraiva, Fortaleza-CE – mai2017

 17- Beleza Poeta Ricardo Kelmer… Abração. Marcelo Pinheiro Rocha, Fortaleza-CE – mai2017

18- FORA TEMER, FORA TODOS! VIVA BELCHIOR!!! Rondinelly Mota, Fortaleza-CE – mai2017

19- sempre, sempre, sempre vem… Ana Karla Dubiela, Fortaleza-CE – mai2017

20- Sensacional! Maria Augusta Funicelli, Taubaté-SP – mai2017

21- Maravilhoso. Cícera Souza Vidal, Fortaleza-CE – mai2017

22- Eu quero que este canto torto feito faca corte a carne de vocês sempre sempre sempre. Angela Belchior, Fortaleza-CE – mai2017

23- Parabéns pelo belíssimo texto!!! Realmente as músicas de Belchior são lindas e tocam na alma. Ele deixará saudades, mas estará eternizado em nossos corações!! Denizia Caetano, Rio de Janeiro-RJ – mai2017

> Postagem 1 no Facebook (perfil pessoal RK)
> Postagem 2 no Facebook (pag Para Belchior com Amor)


O dia em que entendi Belchior

30/04/2017

30abr2017

Ele já não tinha metas, estava finalmente livre para deixar a roda-viva que nos entorpece diariamente com a sedução das falsas necessidades

O DIA EM QUE ENTENDI BELCHIOR

.
Um dia, pelos idos de 1984, meu velho amigo Alberto Perdigão me apresentou certa música de Belchior. Eu tinha vinte anos e já amava o bardo bigodudo, e subia o som no último volume quando o rádio tocava Coração Selvagem. Mas a música que Alberto me mostrou era outra, chamava-se Ypê, do disco Objeto Direto, de 1980. Lembro que ela me soou estranhamente bela, e em suas palavras parecia reluzir algo precioso, mas que eu sentia ser incapaz de alcançar.

Trinta e dois anos depois, em 2016, enquanto fazia pesquisas para o livro Para Belchior com Amor, topei com Ypê novamente, dessa vez na internet. Não a reconheci pelo título. Pus para tocar no You Tube e… imediatamente lembrei daquele dia. E para lá fui transportado. De repente eu era outra vez aquele eu, o garoto bobo e deslumbrado com a vida que se abre em horizontes caleidoscópicos de infinitas possibilidades. O rio da vida não volta, é verdade, mas o continuum de suas águas é um mantra que tem o poder de nos levar para tempos que jamais se foram.

Como traduzir a íntima e poderosa revelação que Ypê agora me trazia? De repente eu era o mesmo garoto de trinta anos antes, porque na verdade nunca deixei de sê-lo, mas ao mesmo tempo era outro porque agora eu simplesmente… me dava conta disso. Eu envelheci, mas continuo naquele dia, ouvindo meu amigo a cantarolar Ypê, a minha ignorância juvenil fascinada com as reluzentes novidades da vida. Reescutar esta música me pôs novamente frente à enigmática dançarina de pedra e me trouxe dias de metafísico assombro, em que o que fui e o que serei se harmonizaram no único tempo possível, o eu sou.

Após dias mergulhado em Ypê, voltei à tona e contemplei a obra de Belchior com um novo olhar. E sua trajetória floriu de um diferente significado. Sabe, eu entendi Belchior. Entendi como se entende algo ridiculamente óbvio. Sim, são bem visíveis a beleza e a sabedoria contidas em suas canções, mas, putz, ninguém cria algo como Ypê sem antes alcançar a verdade que habita, discreta, o fundo escuro do rio. Ninguém escreve um poema como esse, tão filosoficamente profundo e exato, tão misteriosamente simples, sem ter chegado à harmonia fundamental, aquela que transcende o tempo e os opostos, e nos faz ser um com o eus que somos e tudo que há. Belchior tinha apenas 34 anos, tão moço… Mas ali o poeta já havia cruzado o portal. E somente agora, tanto tempo depois, eu o entendia.

Feito o bodisatva da filosofia oriental, o poeta iluminou-se e ficou mais um tempo entre nós. E depois? Talvez Belchior tenha percebido que nada mais de relevante tinha para falar. Sua arte já o havia dito, e continua a dizer. Ele já não tinha metas, estava finalmente livre para deixar a roda-viva que nos entorpece diariamente com a sedução das falsas necessidades. E então o poeta se foi.

Para onde? Foi-se. Por aí. Algum tempo-lugar onde agora ele será o que sempre foi: um lindo ipê que apenasmente flora, apenso ao pé da serra.

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

YPÊ
Belchior

Contemplo o rio que corre parado
E a dançarina de pedra que evolui
Completamente, sem metas, sentado
Não tenho sido, eu sou, não serei, nem fui
A mente quer ser, mas querendo, erra (a gente quer ter, mas querendo, era)
Pois só sem desejos é que se vive o agora
Vede: o pé do ypê apenasmente flora
Revolucionariamente apenso ao pé da serra

.

Belchior – Ypê
gravação original, álbum Objeto Direto (1980)

.

.

parabelchiorcomamorcapa3d-01Para Belchior com Amor

Neste livro, organizado pelo escritor Ricardo Kelmer, o poeta, cantor e compositor cearense Belchior é homenageado por catorze autores conterrâneos, que escreveram contos, crônicas e cartas inspirados em suas músicas, as mesmas que tanto encantaram os mais velhos e continuam a encantar os mais novos. Literatura para celebrar um notável literato. Ele que soube, como poucos, harmonizar música e poesia, e que fez de sua obra e sua vida um intenso canto de amor, liberdade, questionamento e rebeldia. Salve Belchior!

.

LEIA TAMBÉM

Esses jovens que resgataram Belchior – É um grito latino-americano que brota da dor das minorias e dos excluídos, de todos que não comungam com o deus mercado e vomitam a ração diária fornecida pela mídia poderosa

.

FALARAM DE BELCHIOR

Jovens da era digital reabilitaram Belchior da pecha de chato – Artigo de Edmundo Leite, 03.05.17

.

LEIA TAMBÉM NESTE BLOG

É a Tao coisa – Uma maneira intuitiva de compreender a realidade através da harmonia com o Tao

Rumo à estação simplicidade – Jurei me manter sempre no caminho, sem pesos nem apegos excessivos, pronto para pegar a estrada no momento em que a vida assim quisesse

O dia em que o chinlone me pegou – A arte zen de sair por aí à toa e encontrar o que se precisa

Espirros e roteiros – Se antes eu tinha insônia por me preocupar demais em descobrir o que precisava fazer, hoje me delicio em abrir a janela dos quartos dos hotéis, molhar a ponta do dedo e botar no vento

É proibido fazer blues na praia – Arriscar outros movimentos, sem ficar determinando de antemão que é impossível, não pode não senhor

I Ching das patricinhas – Se alguém procura revelações com pressa e sem seriedade, jamais terá as revelações

Andarilho – Eu sempre fui andarilho / Mas é assim que prefiro / Viver desse vento que eu sou

.

OUTROS LIVROS

ICI2011Capa-01fRomance – Contos – Crônicas – Ensaio – Poemas

.

VENDAS

.

.

.

.

Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

 COMENTÁRIOS
.

01- Minha canção preferida. Pablo Kaique, abr2017

02- Enfim ….. Michele SJ, abr2017

03- Poxa! Que texto! Jose Tavares De Araujo Neto, abr2017

04- Que coisa linda, Kelmito! Marta Pinheiro, abr2017

05- Lindo Ricardo Kelmer. Vou compartilhar, posso? Silvana Santiago, abr2017

06- Tocada com suas palavras, Kelmer. Neyane Macedo Infurna, abr2017

07- Perdeu o medo de abrir a porta. Sands Nepomuceno de Andrade, abr2017

08- Que pena, sumiu, e agora ele volta, sem vida.Tanto que pedimos ,Volta Bechior, e ele voltou. Vilma de Oliveira, abr2017

09- homenagem linda….. texto precioso… abraços…… o homem do nan nan nan nan nan nan….como dizia minha filha ao me repetir tantas vezes a mesma música… que amava e amo… Maria Allves, abr2017

10- Rica, tuas crônicas sempre tocantes e maravilhosas. Ouvimos Ypê repetidas vezes hoje. Se brotar um ao pé de onde será o aqui jaz, podem me culpar. Fabiana Vasconcelos, abr2017

11- Lindo seu texto, vou compartilhar também. Rosina Santana, abr20176

12- Linda Mente Brasileira.. Claudia Meirelles Bahia, abr2017

13- Lindo! Cecilia Eckmann Oliveira, abr2017

14- “A mente quer ser mas querendo erra…” 💓 Zete More, abr2017

15- Ricardo Kelmer estou a beber Ipê e celebrar Belchior. Fábio Bonfim, abr2017

16- #belchiorimortal. Sheler Souza, abr2017

17- Lindo!! Ypê, a minha favorita!! 😦 Helena Lima, abr2017

18- Maciel Que texto!!! 👏 👏 👏 👏 Fernanda Santiago, abr2017

19- Maravilhoso,um ótimo cantor , descanse em paz!!! Eva Heshiki, abr2017

20- 2011, o ano q eu entendi Belchior, conheço o meu lugar! Bertha Alves, abr2017

21- Inda bem que outras palavras de outros homenspoetas vem como tábuas no meio das águas dos olhos.Me salvo? Valeria Cordeiro, abr2017

22- A gente fica sem palavras, mas você disse tudo Ricardo Kelmer. Ligia Eloy, abr2017

23- Texto maravilhoso! 👏 👏 👏 👏 👏 Celia Sporrer, abr2017

24- Maravilha. Cicero Aguiar Ferreira, abr2017

25- Belas palavras Ricardo Kelmer! Almair Fernandes, abr2017

26- Tudo está tão triste, acabou esperança de vê-lo novamente no palco,tive a grande sorte de ir em vários shows dele. Marli Costa Ferreira, abr2017

27- Lindo isso q vc escreveu. Eliana Braga, abr2017

28- Belchior nos deixou belas letras…e você meu querido escreve como poucos.. nos leva as lágrimas… Onde está Belchior ? Agora com todos nós … podemos conversar em oração …..ele encontrará a paz… Regia Alves, abr2017

29- Comovidissima! Bela lembranca … Silvana Marques, abr2017

30- Wellington Alves olha que lindo , não tem como não lembrar de você…… Regia Alves, abr2017

31- Tomei muitas curtindo o professor Belchior, saudades,que descanse em paz. Wellington Alves, abr2017

32- Obrigada Ricardo Kelmer. Criss Maria Boscaratto, abr2017

33- Enfim sua volta p simplesmente … ir! Márcia Matos, abr2017

34- Valeu Ricardo Kelmer… 👏 👏 👏 👏 👏 Caio Napoleao Braga Soares, abr2017

35- Bonito, Ricardo!!! Daniel Medina, abr2017

36- 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 texto lindo e profundo! Ana Paula Castro, abr2017

37- Perfeito! Ele foi o bardo, o menestrel e o monge budista de toda uma geração anterior a nossa, e tb tocou nosso coração com a força dos verdadeiros poetas! 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 que encontre sua paz! 🙏🏻 🙏🏻 🙏🏻 😢 Isa Magalhães, abr2017

38- 👏 👏 👏 Marcos Luiz, abr2017

39- Valeuuuuuuuu cara! Maria Sá Xavier, abr2017

40- Maravilhoso seu texto Ricardo Kelmer!! O poema é lindo como todos os outros! Compartilhei. Sandra Macedo, abr2017

41- Valeu Belchior, valeu Kelmer!! Veronica Lopes, abr2017

42- vou partilhar, viu, rk 😢 Márcia Matos, abr2017

43- Se entende Belchior, porque ele canta muito bem “eu sou como você”… Ninha Alvarenga, abr2017

44- “Ninguém escreve um poema como esse, tão filosoficamente profundo e exato, tão misteriosamente simples” Disse tudo. Aderbal Nogueira, abr2017

45- texto maravilhoso, meu caro Ricardo Kelmer… Carlos Emílio C. Lima, abr2017

46- Lindissimo texto. Waldete Freitas, abr2017

47- 😢 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 Celia Dos Santos, abr2017

48- Belo texto e bela homenagem Ricardo Kelmer #BelchiorEterno. César Espíndola, abr2017

49- Caralho Ricardo, como senti a morte desse moço! Maior representante da minha linda junventude!! Sandra Samm, abr2017

50- Querido, sábias palavras. Linda sua reflexão “…Ninguém escreve um poema como esse, tão filosoficamente profundo e exato, tão misteriosamente simples, sem ter chegado à harmonia fundamental…” Que dia triste! Lúcia Menezes, abr2017

51- Coisa linda, me arrepiei, chorei… Linda Homenagem, precisamos todos rejuvenescer” 👏 👏 👏 👏 Lucia Padua, abr2017

52- Justa homenagem, Ricardo Kelmer. Eugênio Oliveira, abr2017

53- Obrigada por me fazer descobrir essa música. Adorei! 👍 Luciana Loreau, abr2017

54- Texto lindo..Ipê, mararavilhosa..!! Verônica Filizola Salmito Soares, abr2017

55- Valeu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Roberto Tesch, abr2017

56- meu caro kelmer… nessa madrugada, falei com o shirlene sobre você, que tem ficado pouco em sp, para se dedicar ao projeto belchior 70 anos, essa mistura de show, literatura e teatro em homenagem a ele, a ele vivo e muito merecedor da iniciativa que lhe realçava o imenso talento. …. no caminho para casa, viemos no carro com verônica dirigindo, eu ao seu lado, e kita, selma e marici nos bancos traseiros. Eu e Verônica viemos cantando várias música do bel. enquanto eles conversavam lá atrás. Nem imaginávamos essa notícia triste que o domingo nos traria. Prometi tirar no violão ‘Brasileiramente, linda, oh yeah, oh yeah’.. E vou tirar. claro. …. …… um grane abraço! Arnaldo Afonso, abr2017

57- Obrigada Ricardo Kelmer. 👏 👏 👏 Vânia Quintana, abr2017

58- Nossa, que liiinda homenagem!!! Verdade Ricardo Kelmer!!! O rio da vida não volta, porém o contínuo de suas águas têm o poder de nos levar para tempos que jamais se foram. Nazare Moreira, abr2017

59- Belíssimo texto!  Foi meu primeiro impulso, escrever isso antes de ler os outros comentários e correr o risco de ser influenciado pela opinião alheia! Francisco Carlos Rodrigues, abr2017

60- Kelmer! Além da linda homenagem ao nosso grande poeta que nos deixa, o seu texto está cada vez melhor! Francisco Carlos Rodrigues, abr2017

61- Talvez eu morra jovem, alguma curva no caminho… Obrigado, Belchior! Ricardo Sergio Alves, abr2017

62- Q texto leve para este dia.beijo e abraço carinhos. Shirlene Holanda, abr2017

63- Deslumbrante…! Carla Cavalcante, abr2017

64- Essa partida eu senti. 😢 texto foda como sempre, Kelmer! Ana Cristina Martins, abr2017

65- Caramba como você escreve bem! Fascinante! ! Tina Holanda, abr2017

66- Meus sentimentos a família Belchior 😭 Enedina Pedro Henrique, abr2017

67- Meu parceirim Ricardo Kelmer. Você já contribuiu demais com sua homenagem a Belchior, com seu recente livro, em que vários escritores escrevem sobre nosso grande compositor. E essa sua crônica está demais. Parabéns. Solidário na tristeza. Joaquim Ernesto, abr2017

68- Essa doeu. Pra valer. Joaquim Ernesto, abr2017

69- Ricardo Kelmer, que texto lindo!!! Parafraseando Pessoa, como são velozes os dias que se passam na ribeira desse ou daquele rio. Talvez, por isso, seja tão importante o cultivo do “ypê que flora ao pé da serra” para além “da sedução das falsas necessidades”. Um abraço solidário!!! Lenha Diógenes, abr2017

70- Que lindo!!!! Manuella Surette Perdigao, abr2017

71- Que música. Fernanda Beirão Olajfa, abr2017

72- Texto lindo! Bela homenagem a esse grande artista. Rilza Araripe, abr2017

73- Que texto amigoRicardo Kelmer! ❤ Hoje não é mesmo dia para tristezas e sim para lembrar do quão vivo Belchior está em nossos dias! #Belchiorvive ☝ ☝ Lílian Martins, abr2017

74- Peço licença pra compartilhar… Wilkie Martins, abr2017

75- Lindíssimas palavras para dizer um pouco do nosso maravilhoso poeta. Que tristeza a sua partida… Mas ele sempre estará no coração de quem sente a poesia rebelde… Jacqueline Aragão, abr2017

76- Muito me honra ser citado em texto tão verdadeiro e tão lindo. Alberto Perdigão, abr2017

77- Admito que chorei : Lindo! Lia Aderaldo Demétrio, abr2017

78- Essa é uma das músicas de minha preferência. Castelo Branco, abr2017

79- Meus sentimentos mais sinceros Angela Belchior! Sabemos que ele voltou p casa, fique em paz! Cristina Luz, abr2017

80- Grande lindo poeta! Del Montenegro, abr2017

81- Sempre são belas, amarei sempre. Nila Ramalho, abr2017

82- Lindo, amigo! ❤ Esther Alcântara, abr2017

83- Linda Homenagem! Homem Inteligente, músicas com as letras que falam com a alma. Maria Aparecida Brigido, abr2017

84- Lindo!! Soraya Leao Rangel, abr2017

85- Juro q lembrei de vc qdo vi essa notícia Ricardo Kelmer … linda homenagem ! Hilbana Aquino, abr2017

86- Permita-me compartilhar. 👏 👏 👏 Jully Fernandes, abr2017

87- Que texto lindo. Ceça Vieira, abr2017

88- Que tecitura de palavras, amigo! Soa poesia. Sinonímia de Ypê… Partilhando. Marcos Melo Maracatu, abr2017

89- Bela verdade,belo texto Ricardo Kelmer,grato por me apresentar ypê que não existia para mim. Agora existe. Curto Belchior, estive com duas vezes. Inocêncio Melo, abr2017

90- Kelmer, seu livro está me fazendo companhia e ajudando a aceitar. Vivamos o agora. Braulio Tavares, abr2017

91- Que pena… Fiquei mais triste ainda com essa perda. Marcia Soares Fernandes, abr2017

92- Meio Alberto Caieiro, não? Brennand De Sousa Bandeira, abr2017

93- Querido Ricardo. Seu texto é mais que maravilhoso. Transcende tudo que sentimos. Marcia Soares Fernandes, abr2017

94- Vou compartilhar. Eglê Kohlrausch, abr2017

95- Lindo, Kelmer! Isabela Alvarenga Porto Lima, abr2017

96- Lindo mesmo!!!!! Andrea Bezerra Zokvic, abr2017

97- Larissa Luana Sergiana Nayara Marilia acho que precisamos conhecer melhor Belchior. Ravena Uchoa, abr2017

.

>Postagem 1 no Facebook (perfil pessoal RK)
> Postagem 2 no Facebook (pag Ricardo Kelmer escritor)
> Postagem 3 no Facebook (pag Para Belchior com Amor)


As Preciosas do Kelmer – abr2017

29/04/2017

29abr2017

As Preciosas do Kelmer é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#55, abr2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Silvana Lima é uma surfista profissional brasileira, nascida em Paracuru-CE, vice-campeã mundial por duas vezes.

.

*** ELA PROCUROU SEU ESTUPRADOR E ESCREVEU UM LIVRO COM ELE

Eles namoravam havia um mês, ela, Thordis Elva, com 16 anos, e ele, Tom Stranger, com 18. Após uma festa, ela passou mal e ele a levou para casa. “Eu tinha 16 anos e estava apaixonada pela primeira vez na vida. Fiquei machucada e chorei muito por semanas, mas tudo era muito confuso para mim. Tom era meu namorado, não um lunático. E o estupro ocorreu na minha cama, não em uma viela. Quando finalmente concluí que havia sido estuprada, Tom já tinha voltado para a Austrália, ao final de seu programa de intercâmbio”, ela conta.

Nove anos mais tarde, ela decide entrar em contato com ele. Para sua surpresa, ele responde com uma confissão e uma oferta de fazer “o que fosse necessário”. Pela legislação islandesa, o crime já tinha prescrito, então os dois resolvem escrever um livro juntos para relatar o ocorrido, e hoje fazem palestras juntos, gerando muita polêmica, protestos e manifestações de apoio.

Uma história no mínimo curiosa, né? Ela fornece muitos pontos para discussão. Se já é raro ver uma mulher admitir publicamente que foi estuprada pelo próprio namorado, mais raro ainda é o homem admitir o crime por vontade própria, fora do âmbito judicial. E os dois, estuprada e estuprador, manterem uma relação de amizade e de negócios, uau, isso parece surreal. Dar voz aos homens que cometeram estupro é bom ou ruim? > Mais

.

*** PODER CONCENTRADO

A concentração de poder é muito nociva à democracia. No mercado de informação, quanto mais o poder for concentrado entre poucos grupos, mais a população terá dificuldade de acesso às várias versões possíveis dos fatos. A concentração também é nociva à arte e à cultura, pois num imenso país como o Brasil, precisamos que nossa diversidade cultural seja valorizada, ao contrário do que hoje ocorre.

Os grandes grupos de mídia não apenas ditam as versões dos noticiários, mas também influenciam decisões políticas e econômicas. Para o bem da democracia, é preciso que o mercado de informação seja regulado por leis que impeçam a concentração de poder. Porém, os grandes grupos de mídia no Brasil desejam, obviamente, manter seus privilégios, e para isso contam com seu forte poder de persuasão junto aos políticos.

Um dos melhores exemplos de concentração de poder no mercado de informação no mundo inteiro é o Grupo Globo. Veja aqui a quantidade de empresas que ele possui e suas áreas de atuação. Se você acredita em democracia, não pode apoiar tal concentração de poder. > Mais

.

*** SALMA HAYEK E A COBRA

Um dos filmes que utilizo nas edições da Festa do Bordel e do sarau Bordel Poesia é Um Drink no Inferno (After Dark), do diretor Quentin Tarantino, de 1996. A cena em que a atriz Salma Hayek dança com uma cobra é linda, sensualíssima, e dá uma vontade louca de ser aquela cobra amarela a se enroscar no corpo hipnotizante de Salma.

Poisbem. Sempre desconfiei que aquela cobra não era verdadeira. Acabo de descobrir que… era verdadeira sim. E isso torna tudo ainda mais interessante. Como Salma conseguiu contracenar tão bem com uma cobra de verdade?

Ela revelou recentemente que foi convidada a fazer o longa sem saber que teria de enfrentar o seu pior medo: o de cobras. Quando Quentin Tarantino contou-lhe que teria de encarnar uma stripper vampira que dança com uma cobra, ela surtou e disse que não iria fazer. Tarantino teria dito a ela, inclusive, que chamaria a cantora Madonna para assumir o papel, mas, ainda assim, Salma não conseguia superar o obstáculo. A solução foi entrar em um estado de transe para que pudesse fazer a filmagem. “Eu tive que dançar em estado de transe, só assim consegui”, contou a atriz. “E não havia coreografia. Foi tudo improvisado porque não tem como você coreografar os passos de uma cobra, não sabemos o que ela vai fazer”.

Confira o resultado e pasme, assim como eu continuo pasmado:

.

*** SURFISTA PROFISSIONAL OU MODELINHO?

A melhor surfista do Brasil tem muita dificuldade para conseguir patrocínio. Oito vezes campeã brasileira e duas vezes vice-campeã mundial, para Silvana Lima isso infelizmente não é o suficiente. Sem patrocínio durante a maior parte de sua carreira, ela, que viveu toda a infância com a mãe e quatro irmãos numa cabana de madeira na praia, precisou improvisar para seguir em frente em um esporte no qual a imagem pode se tornar mais importante que o próprio desempenho do atleta.

“Para as marcas de ‘surf wear’ (principais patrocinadoras do esporte), a gente tem que ser modelo e surfista ao mesmo tempo. Então quem não é tipo modelinho acaba não tendo patrocínio, como foi o meu caso. Você acaba ficando de fora, é descartável”, diz. “Os homens não têm este problema.”

Sem atender aos padrões de beleza das surfistas que chama de “modelinhos”, a solução para seguir em frente foi transformar o quintal de casa em canil e bancar passagens e inscrições em torneios com a venda de filhotes de seu casal de buldogues.

Com as vitórias no esporte e a chegada dos primeiros patrocinadores, Silvana conseguiu tirar a família da cabana de praia e comprar uma “casa de verdade” para a mãe. Se a surfista reclama de algo? A resposta é não. “Acho que estou bem”, ela diz. “E quero mais.” > Mais

.

*** GREVE GERAL 28abr

Muitos dos que gritaram Fora Dilma até concordam com a greve geral, pois percebem que as medidas do governo golpista prejudicam bastante os trabalhadores. Mas o clima quente de polarização política os impede de apoiar publicamente a greve, e alguns até procuram deslegitimá-la, alegando que há interesses políticos por trás da manifestação. Ainda que haja, o principal interesse, independente de simpatias partidárias, é a defesa dos direitos dos trabalhadores, gente como você e eu.

Sejamos realistas: os golpistas (parlamentares, grande mídia, grupos financeiros e setores do Judiciário, do MP e da PF) conseguiram provocar um enorme racha na população brasileira, e esse clima de desunião lhes dá certa liberdade para agir contra os interesses dos trabalhadores. Isso é mais um motivo para a greve geral, pois a paralisação da economia do país por um dia é uma linguagem que eles entendem muitíssimo bem.

.

*** REFORMA TRABALHISTA – PRÓS E CONTRAS

As medidas da reforma trabalhista são justificadas pelo governo pela necessidade de modernizar as leis. Mas será mesmo isso?

Como os grandes grupos empresariais financiaram o impeachment de Dilma Rousseff, o governo Michel Temer está em débito com os barões do capital e precisa favorecê-los. Simples assim.

Aqui há um resumo dos prós e contras das medidas. Tire você mesmo suas próprias conclusões. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



As Preciosas do Kelmer – mar2017

30/03/2017

30mar2017

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#54, mar2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Kim Min-hee, atriz sul-coreana que interpreta a jovem herdeira no filme A Criada, de 2016.

.

*** DIA INTERNACIONAL SEM MULHER

Prepare-se. No próximo 8 de Março, em muitos países do mundo, Brasil incluído, muitas mulheres farão greve e não trabalharão. O movimento vem crescendo em todo o mundo e visa protestar contra as desigualdades de gênero e a violência machista. A nova agenda feminista é antirracista, anti-imperialista, antineoliberal e anti-heteronormativa, e inclui as mulheres trans, que não são vistas com simpatia por algumas linhas do movimento feminista.

Tem meu apoio. Precisamos urgentemente equilibrar os princípios yin e yang na sociedade. Esse processo, porém, começa na psique individual, em cada um de nós. > Mais

.

*** CPI PARA EXAMINAR AS CONTAS DA PREVIDÊNCIA

As mudanças nas regras da aposentadoria proposta pelo governo golpista de Michel Temer dificultará bastante a vida dos trabalhadores brasileiros. A justificativa dada é que a Previdência é deficitária. Porém, há especialistas que afirmam que isso não é verdade, e há suspeitas de que as novas regras da aposentadoria são um pretexto para favorecer grupos de saúde privados.

Talvez uma CPI esclareça a questão de uma vez por todas. > Mais

.

*** OFENSAS A ELEITORES DO NORTE E NORDESTE DÁ CADEIA

“Parabéns especial para o povo nordestino, nortistas e para os cariocas também!!!! Mais uma vez vcs acabaram de f**** com o Brasil seus b*****!!!!!! Na hora de pedir comida, teto, saúde e o caramba a quatro, veem para SP pedir nossa ajuda. Meus parabéns povinho de m****!!!!”

As eleições serão em 2018. Mas é bom avisar desde já: discriminação pela internet também é crime. A mensagem acima foi postada por um homem em seu Facebook em outubro de 2014, após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais. A Justiça Federal em Taubaté-SP, condenou-o a dois anos e quatro meses de reclusão por incitar a discriminação contra habitantes da cidade do Rio e das regiões Norte e Nordeste do Brasil. > Mais

.

*** PADRES ARGENTINOS ABUSADORES DE CRIANÇAS

Na Argentina, continuam surgindo casos envolvendo abusos sexuais cometidos por padres com crianças. As vítimas, que costumam carregar seus traumas em silêncio durante muitos anos, revoltam-se contra a impunidade de seus abusadores.

Deixai vir a mim as criancinhas. Esses religiosos levam muito a sério essa frase. > Mais

.

*** O CASO DANDARA

Em 15.02.17 a travesti Dandara dos Santos foi espancada e morta em Fortaleza. O vídeo com cenas do crime espalhou-se pela internet e chocou o país inteiro, provocando protestos e apelos por justiça, além de ações do Estado no sentido de assegurar os direitos da população LGBTT.

Que o sacrifício de Dandara não seja em vão. > Mais

.

*** DANDARAS VIVEM

No mesmo local da violência e crueldade que resultaram na morte da travesti Dandara dos Santos em 15fev, tomam lugar a resistência, a luta e a diversidade. O bairro Bom Jardim, em Fortaleza, recebe hoje, 18mar, no CCBJ, o ato Dandaras Vivem, manifestação artística de repúdio à violência sofrida por LGBTs. É a arte contra a barbárie. > Mais

.

*** OS SEIOS DAS FEMINISTAS

A atriz britânica Emma Watson foi acusada de trair seus ideais feministas por ter posado para uma foto mostrando parte dos seios. Ela reagiu: “Eu estou surpresa. As pessoas falaram que eu não posso ser feminista e ter seios. Isso sempre me revela quantas concepções equivocadas e quanto mal-entendido existe sobre o que é o feminismo. Feminismo é isso. É sobre dar as mulheres o poder de escolha. Não é uma vara com que se bate em outras mulheres. É sobre liberdade, sobre libertação, sobre igualdade.”

A questão da nudez é um velho ponto de controvérsia entre as linhas ideológicas do movimento feminista. Há feministas que consideram que a nudez das mulheres sempre prejudica a causa da emancipação, e há feministas que defendem a nudez como forma de protesto e resistência contra o machismo. Eu, particularmente, entendo os dois lados, e sei que a nudez feminina é bastante explorada comercialmente e de modo pouco digno, mas entendo que ela pode, sim, ser usada de modo artístico e como forma de reivindicação e luta pela igualdade. Todo apoio a Emma Watson. > Mais

.

*** NÓS VAMOS INVADIR SUA PRAIA

Em Fortaleza, pobre invade a praia com isopor. Rico invade a praia com prédio de luxo.

A praia do Mucuripe, imortalizada na bela canção de Belchior e Fagner, é lembrada pelas velas das jangadas que ainda hoje saem para pescar. Mas algumas construtoras querem a praia apenas para elas. Por isso, ergueram espigões à beira-mar, e um deles tem até pier particular. Os prédios são o hotel Golden Tulip, o flat Porto Jangada Business e os residenciais Ancoradouro, Costa Marina e Yacht Coast Residence. O MPF quer a demolição dos prédios, em vez de multa. Muito justo. Mas vai continuar querendo. > Mais

.

*** TESTADOR DE MOTEL

Testador de motel. Essa profissão existe. E é no Brasil. Um testador de motel viaja pelo país, hospeda-se em um motel por dia (podendo levar acompanhante) e avalia a qualidade de seus serviços. Ganha um salário de R$ 2 mil, com carteira assinada pela CLT, com plano de saúde e odontológico, vale-refeição e reembolso de custos com automóvel. A contratante é a empresa Guia de Motéis. O anúncio publicado pela empresa chamou a atenção de muita gente, inclusive da imprensa. O melhor de tudo são os comentários na postagem do Facebook. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



A última canção

20/03/2017

21mar2017

O que mais impulsionava sua voz, a raiva por ela brincar assim com seus sentimentos ou o ódio por pressentir que mais uma vez não conseguiria resistir?

A ÚLTIMA CANÇÃO

.
Esta é a última canção
Que eu faço pra você

Ele cantou os primeiros versos da música. A música que até poucas horas antes não existia. Ainda estava surpreso com a forma com que ela saíra: pela manhã, quando acordava, ela lhe veio pronta, do começo ao fim, isso nunca tinha acontecido. Não planejou cantá-la aquela noite, mas o bar estava quase vazio… Se por um lado o fraco movimento significava que em breve seria despedido, e o aluguel da quitinete seguiria atrasado, por outro lado era uma oportunidade de testar uma nova música sem pressão. E, além disso, já passava de meia-noite, era a última música mesmo. Talvez aquele bêbado deitado na calçada gostasse.

Já cansei de viver iludido
Só pensando em você

Foi então que viu… aqueles cabelos loiros… Sergiana. Ele quase engasgou no meio da estrofe. Olhou de novo, não podia ser ela… Mas era. Sentada numa mesa no fundo do bar. Sozinha. Que droga, o que ela fazia ali?, ele pensou, desviando o olhar, subitamente nervoso. Ela fora muito clara quando disse, no último encontro, que o namoro havia terminado, dessa vez definitivamente, e que ela até já estava com outro. E ele, na solidão das noites seguintes, lutou bastante para acreditar que dessa vez a coisa era mesmo para valer, que, ao contrário de todas as outras vezes em que ela o deixava e depois se arrependia e voltava, agora era mesmo o fim, sem apelação. E aquela música surgindo de forma incrível, confirmando que jamais voltaria a fazer canções para aquele amor sem juízo e sem futuro… Mas agora, menos de uma semana depois, ali estava ela, vendo-o cantar, olhando silenciosa para ele.

Se amanhã você me encontrar
De braços dados com outro alguém
Faça de conta que pra você não sou ninguém

Apesar do nervosismo, ele não interrompeu a música. Em vez disso, para não ceder à tentação de olhar para ela, fechou os olhos. E foi assim, de olhos bem fechados, que ele agarrou-se desesperadamente aos versos, a cada um deles, cada mínima palavra, e cantou com vigor, interpretando cada frase com a emoção que ele só agora percebia que os versos continham. O que mais impulsionava sua voz, a raiva por ela brincar assim com seus sentimentos ou o ódio por pressentir que mais uma vez não conseguiria resistir? Após terminar a música, esperou por algum aplauso, que não veio, e então desplugou o violão e desceu do palco, evitando olhar para o fundo do bar. Enquanto guardava o violão na caixa, uma mulher aproximou-se e, sem que esperasse, beijou-o na boca, com tanta vontade que quase o derrubou. Absolutamente surpreso, ele balbuciou qualquer coisa para a mulher desconhecida enquanto tentava localizar Sergiana no bar. Mas ela havia sumido.

Mas você deve sempre lembrar
Que já me fez chorar
E que a chance que você perdeu
Nunca mais vou lhe dar

Ele despertou e viu que ao seu lado, inteiramente nua, dormia a garota do bar. Paulinha… Enquanto admirava as curvas de seu corpo gracioso, lembrou do beijo repentino que ela lhe dera no bar, depois as cervejas que tomaram, ela falando que ele cantava muito bem e que ela o apresentaria a uns amigos que eram donos de bares bem melhores que aquele, depois mais beijos, mais cervejas e, finalmente, os dois ali em sua cama, consumando o imenso desejo despertado… Ele estava encantado com ela, com o modo como tudo acontecera. Sim, ele conhecia aquele sentimento: era paixão. Quando entendeu isso, sentiu-se tomado por uma completa leveza, como se sua alma houvesse se libertado de um peso carregado durante anos e anos. Nesse instante, Paulinha despertou e sorriu docemente para ele, e o abraçou, dizendo que adorara a noite. E contou que pouco antes, quando ele ainda dormia, bateram na porta e ela foi atender, e era uma mulher, uma mulher loira, que queria falar com ele. E você disse o quê para ela?, ele quis saber, alarmado. E ela: Respondi que meu namorado me esperava na cama e fechei a porta, fiz certo? Ele ficou alguns segundos sem saber o que dizer. Então uma sensação de alívio inundou seu espírito e ele sorriu feliz, abrindo os braços, e Paulinha aninhou-se em seu peito.

E as canções tão lindas de amor
Que eu fiz ao luar para você
Confesso, iguais àquelas não mais ouvirá

Um mês depois muitas coisas haviam acontecido. Paulinha, além de linda, bem-humorada e sem frescuras, era um legítimo amuleto, como ele gostava de dizer aos amigos. Sim, pois depois que a conhecera, conseguiu trabalho em bares excelentes e agora estava ganhando bem, as contas finalmente em dia. E quanto a Sergiana, ela agora fazia parte de seu passado, só isso. Uma noite, porém, o passado ressurgiu. Ele bebia com os amigos quando atendeu o celular e, após um instante de silêncio, escutou uma voz conhecida, triste, quase um sussurro: Volta pra mim, por favor… Os amigos o cutucavam, querendo saber quem era. Ele sorriu, tranquilo e vitorioso, e desligou o celular. E respondeu: Ligação errada.

E amanhã sei que esta canção
Você ouvirá no rádio a tocar
Lembrará que seu orgulho maldito
Já me fez chorar por muito lhe amar

Quando, depois de mais uma apresentação de sucesso, o homem lhe estendeu o cartão, dizendo ser de uma gravadora, ele estremeceu. Porque sentiu que finalmente havia chegado o momento com o qual sonhava havia tantos anos. E estava certo. Quatro meses depois seu disco estava gravado e sua música, aquela que compusera de uma vez só para seu antigo amor, tocava todo dia nas rádios. Ele agora era um artista de sucesso. Certo dia, numa entrevista ao vivo na rádio, ele respondia às perguntas de fãs que ligavam para o programa e o apresentador atendeu o ouvinte seguinte: Alô, quem fala? Nesse momento ele ouviu, e todos os ouvintes ouviram, a voz triste de uma mulher, engasgada em choro: Volta pra mim, por favor…

Peço, não chore, mas sinta por dentro a dor do amor
E então você verá o valor que tem o amor
E muito vai chorar ao lembrar o que passou

O sucesso aumentou e ele deixou de tocar em bares, passando a fazer apenas shows bem produzidos, com uma banda formada pelos melhores músicos da cidade. Comprou um carro à vista. Agora tinha até fã-clube. Os convites para shows aumentaram e ele teve de se mudar para São Paulo, levando Paulinha com ele. Tornou-se nacionalmente conhecido. Comprou uma cobertura. Viajou com Paulinha para a Europa, foram escolhidos o casal do ano. Várias vezes a agenda cheia o obrigou a recusar convites de programas de tevê. Que mais poderia desejar da vida? Trabalhava com o que gostava, era um artista consagrado e tinha consigo a mulher mais maravilhosa do mundo, que o amava e que, para sua completa felicidade, estava grávida e em breve lhe daria um filho. Mas o passado voltou mais uma vez numa noite em que, chegando a seu prédio, uma mulher loira o abordou. Era Sergiana. Chorando bastante, o rosto marcado pela angústia, ela disse que estava arrependida, que reconhecia não ter sido a mulher que ele merecia, que ainda o amava muito, muito, e que só precisava de uma, apenas uma chance para mostrar que na verdade a mulher da vida dele era ela, sempre fora ela… Ele engoliu seco. Sentiu as pernas fraquejarem. Nesse momento entendeu que no último ano tudo que fizera foi enganar-se: ele ainda a amava. E agora, olhando para ela assim, chorando, fragilizada, sincera, ele sabia que a amava mais do que alguma vez a havia amado e mais do que poderia amar a qualquer outra mulher. Ela aproximou os lábios dos dele e ele aceitou, fechando os olhos, inteiramente rendido à força do amor que nem o tempo nem outra mulher nem nada no mundo poderia jamais derrotar.

Esta é a última canção que eu faço pra você

Ele tocou o último acorde da música e finalmente abriu os olhos, sentindo-se como se despertasse de um sonho. Demorou alguns segundos até se situar no tempo presente. Viu o bar quase vazio. Viu o bêbado deitado na calçada, aplaudindo. Olhou para o fundo do bar e viu que Sergiana continuava lá na mesa. Mas não olhava mais para ele, e sim para o homem que entrava no bar. O homem passou entre as mesas e, chegando à dela, inclinou-se e a beijou na boca, e ela sorriu feliz. Chocado, desviou o olhar, deixou o palco e caminhou até o balcão, procurando manter-se tranquilo, e lá o gerente disse que não poderia pagá-lo, que acertaria com ele depois. Ele pediu que pagasse ao menos a passagem de ônibus, pois não tinha um centavo. O gerente deu-lhe algumas moedas, e então ele apanhou o violão e saiu. Uma hora depois, do outro lado da rua, enquanto ainda aguardava o ônibus que demorava, ele pôde ver que o bar estava quase fechando, que o gerente esperava apenas sair um último casal que se beijava apaixonadamente numa mesa ao fundo.

.
Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

.
Este conto integra os livros Vocês Terráqueas e Trilha da Vida Loca. A letra usada é da música A Última Canção, de autoria de Carlos Roberto, e foi imortalizada na interpretação de Paulo Sérgio (1944-1980), tornando-se um clássico da dor de cotovelo.

.

Trilha da Vida Loca
Ricardo Kelmer, contos

O amor é belo. Mas também é ridículo, risível, trágico… Aqui estão reunidas seis histórias inspiradas em grandes sucessos musicais da dor de cotovelo. Paixões de cabaré, porres horrendos, brigas, escândalos, traições, vinganças e outras baixarias em nome do amor. Amar é para estômagos fortes.

.

.

PAULO SÉRGIO CANTA “A ÚLTIMA CANÇÃO”

.

A ÚLTIMA ENTREVISTA DE PAULO SÉRGIO, 11.07.80
(18 dias antes de sua morte)

.

.
PauloSergio-01aSOBRE PAULO SÉRGIO

Paulo Sérgio de Macedo, mais conhecido como Paulo Sérgio (Alegre, 10 de março de 1944 – São Paulo, 29 de julho de 1980), foi um cantor e compositor brasileiro. Teve uma morte prematura, aos 36 anos, em decorrência de um derrame cerebral. É lembrado como um dos maiores nomes da música romântica nacional. Iniciou sua carreira em 1968, no Rio de Janeiro, lançando um compacto com o sucesso A Última Canção. O disco obteve sucesso imediato e vendeu 60 mil cópias em apenas três semanas, transformando seu intérprete num fenômeno de vendas. A despeito da curta carreira, Paulo Sérgio lançou treze discos e algumas coletâneas, obtendo uma vendagem superior a 10 milhões de cópias em apenas 13 anos de carreira. (Na Wikipedia)

.

LEIA NESTE BLOG

PaixaoDeUmHomem-01aPaixão de um homem (Trilha da Vida Loca) – Amigo, por favor leve esta carta e entregue àquela ingrata, e diga como estou

Vou tirar você desse lugar (Trilha da Vida Loca) – De repente a semana cansativa, o trabalho desgastante, o crediário atrasado da tevê, tudo passou a ser apenas detalhes insignificantes a evaporar ao toque dos dedos dela…

Por que brigamos (Trilha da Vida Loca) – Ou continuava tentando salvar o casamento, e todo o seu esforço não seria nenhuma garantia de sucesso, ou então salvava a si mesmo – se é que existia salvação para ela

Lama (Trilha da Vida Loca) – E foi por amor, quando já não havia mais dinheiro, quando mendigavam comida na porta dos restaurantes, quando já não havia mais alternativas, que Lena decidiu alugar o corpo na praça da Central

Odair José, primeiro e único – Se você, meu amigo, é desses que sentem atração por esse universo brega pré-FM, feito de bares de cortininha, radiola com discos arranhados e meninas vindas do interior… então escute Odair

.

TrilhaDaVidaLoca201302Cartaz-2aTrilha da Vida loca – o show

Música e literatura em histórias de amor inspiradas em clássicos da dor de cotovelo. Paixões de cabaré, porres horrendos, brigas, escândalos, traições, vinganças e outras baixarias em nome do amor… Ricardo Kelmer e Felipe Breier interpretam contos kelméricos e músicas de Odair José, Diana, Paulo Sergio, Waldick Soriano e Núbia Lafayette. Sugere-se que todos paguem o couvert antes de cortar os pulsos.

Texto e direção: Ricardo Kelmer. Duração: 2h (ou versão de 1h30)
> Saiba mais

TRILHA DA VIDA LOCA
Contos e canções do amor doído

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Amei, como sempre! Valeria Borges, Campinas-SP – mar2017

02- Gosto demais! Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – mar2017

03- Maravilhoso. Viajei na estoria. Bjo. Cícera Souza Vidal, Fortaleza-CE – mar2017

04- Muito bom. Jonas Rocha Neto, Palmas-TO – mar2017

 

 


%d blogueiros gostam disto: