Dona de mim

08/05/2019

08mai2019

DONA DE MIM

.
Dona de mim já não sou mais
Quando aos teus pés me ajoelho assim
E em teu olho a chama do desejo atiça
A mulher louca e submissa que há em mim

De bom grado já não me pertenço
Docilmente me submeto à vontade tua
Se me queres agora toda nua, eu obedeço
E de quatro te ofereço minha carne crua

Bate, meu senhor, faz-me o rabo em brasa
Marca em mim o juramento da servidão
Serei sempre a escrava grata e obediente
E amarei o peso ardente da tua mão

Bate, meu senhor, é minha pele que implora
Do bom chicote o estalo por toda a noite
Hoje eu sou a mulher mais livre e gloriosa
Plena da dor gozosa do teu açoite

> música de Ricardo Kelmer e Fernando Neri

.
Ricardo Kelmer 2013 – blogdokelmer.com

.

.

Fernando Neri – Dona de mim
registro experimental, 2019

.

> Mais poemas e músicas

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

.

 


Nação Nordeste, capital Folia

29/01/2019

29jan2019

Simpatizar é resistir! – A nova música do Simpatizo Fácil

NAÇÃO NORDESTE, CAPITAL FOLIA

.
Aquele beijo que tu me deste

Fez do meu coração, alegria
Cabrocha, cabrita, cabra da peste
Ai, eu me acabo em poesia
Nação Nordeste, capital Folia

Eu sou da terra maravilha
Onde o sol brilha em cada ser
O amor só quer uma chuvinha pra nascer

Nordestino eu sou
Mesmo na dor, não esqueço de rir
Sou do Nordeste, sou mais aqui
Simpatizar é resistir

> composição de Ricardo Kelmer e Alan Morais (2018)

.
Ricardo Kelmer 2019 –
blogdokelmer.com

.

> Simpatizo Fácil no Facebookfacebook.com/simpatizofacil

.

.

CLIPE DE NAÇÃO NORDESTE, CAPITAL FOLIA
Arranjos e interpretação: Os Transacionais. Imagens/montagem: Levy Mota
Estúdio Som do Mar, Fortaleza, jan2019

.

NAÇÃO NORDESTE, CAPITAL FOLIA
Ao vivo, 12jan2019, no pré-carnaval do Simpatizo Fácil

.

.No estúdio com Os Transacionais

.

Os Transacionais no pré-carnaval do Simpatizo Fácil, jan2019

.

Meu parceirim Alan Morais, coautor de “Nação Nordeste, capital Folia”

.

Camisetas do Simpatizo Fácil 2019. Desenho: Elinaudo Barbosa

.

Diretoria do Simpatizo Fácil
(Paulo Henrique Carvalho, Vânia Vieira e Ricardo Kelmer)

.

.

SIMPATIZO FÁCIL
Música do Simpatizo Fácil 2018
Voz: Liliany Sá. Arranjos: Fábio Amaral (Fortaleza, jan2018)
Composição de Joaquim Ernesto e Ricardo Kelmer

.

SIMPATIZO FÁCIL (ao vivo)
Banda Frevo Alucinação, no Floresta Brasil (Fortaleza, fev2018)

.

.

LEIA NESTE BLOG

Resistindo com alegria – Ocupar os espaços da cidade é reconquistá-la para seus devidos donos: o povo

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- 


O tempo do horror

29/10/2018

O TEMPO DO HORROR

.
Vestidos de patriotismo
Seguindo seu deus vingativo
Eles rastejam dos escuros porões
Onde escondiam os ódios e preconceitos
E nos atacam 
Por pensarmos diferente

Atiçados pelo odor de morte
Que a boca de seu messias exala
Eles hasteiam suásticas
E armam as crianças
E nos torturam, e nos executam
Em nome da família brasileira

Eu queria que fosse um pesadelo
Mas é real…

Ouçam as salvas de canhões:
O horror é um tempo que se anuncia
Sem flores nem poesia
Banhado em nosso sangue
No horizonte do Brasil

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA MAIS NESTE BLOG

O menino que não sabia odiar – Ele fez um gesto com a mão, imitando um revólver, e disse: Faz de conta que tu é o PT, tia, e eu vou te matar

Eu, a democracia e o ódio dos meus pais –  Infelizmente, meus pais foram também seduzidos pelas ideias nazifascistas e propagam esse perigoso discurso feito de ódio, moralismo e paranoias

O protesto da babá negra – Talvez ela saiba que quando um governo tem como objetivo a equidade social e a redistribuição da riqueza do país, automaticamente atrai o ódio das elites econômicas, que lutarão para manter seus privilégios

Sobre lutas, sonhos e a grande farsa – Para quem ainda não percebeu, é isso mesmo o que todos somos, meros atores no grande teatro da existência

Golpe de mestre à brasileira – O processo seria custoso e traumático, e provocaria séria desestabilização na democracia, mas melhor isso que suportar mais um governo de esquerda no Brasil

O socialista crucificado – Se esses cristãos vivessem naquela época, teriam batido panela contra o bandido Jesus e aplaudido sua crucificação

A foto repugnante e o sonho que não pode ser preso – A foto que resume a baixeza moral dos fascistas que querem a morte de Lula


Estações

01/08/2018

01ago2018

ESTAÇÕES

.
São tantas estações
No roteiro da viagem
Sigo calmo pela margem
Deslumbrado e amistoso
Misterioso é tudo que vive
Sempre fui meio detetive
Mas viver não tem explicação

São tantas estações
Que eu esqueço onde desci
Lembra que te ofereci a minha solidão?
Você disse: Não, muito obrigada!
Você quer a segurança da calçada
E eu venero a contramão

São tantas estações
Eu ouço sinos nas esquinas
Eu sorrio para as meninas
Em seus decotes-perdição
Eu erro a mão e me perco à meia-luz
Eu sou o trem que me conduz
À minha própria salvação

.
Ricardo Kelmer 2005 – blogdokelmer.com

.

.

Teófilo Lima – Estações (estúdio, 2017)

.

> Mais poemas e músicas

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

.

 


Pior seria não te amar

08/06/2018

08jun2018

PIOR SERIA NÃO TE AMAR

.
Pior seria, Luíza
Não ter sofrido
Da saudade que inferniza
Pior ter morrido
Sem nunca em ti amanhecido
Pior seria não te amar, Luíza

Nosso caso de amor e de polícia
Não te amar, Luíza
Noites vis de ciúme e de sevícia
Não te amar, Luíza
A brisa fria no cais da despedida
Nosso futuro que agoniza
No mar vazio do teu olhar…

Ainda assim, Luíza
Pior seria não te amar

.
Ricardo Kelmer 2013 – blogdokelmer.com

.

.

> Mais poemas e músicas

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

.

 


Aerocorpo

19/10/2017

19out2017

AEROCORPO

.
O corpo que ao espaço se atira
É a silhueta em voo do tempo,
A matéria tornada vento
Que em seu bailado se eterniza.
É o segundo visto em suspenso
No tenso gesto de criar,
Do fecundo nada que há,
O ávido haver do movimento

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

> Mais poemas

.

LEIA NESTE BLOG

Inspiración, essa vadia (conto) – Quando a cigana Maria de la Inspiración chega no povoado, é um alvoroço geral. Das janelas, as mulheres a admiram e invejam. Nas tabernas, os homens enlouquecem. E o poeta se inspira…

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Lindo!!! Vilma de Oliveira, Fortaleza-CE – out2017

02- Bonito, adorei! Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – out2017

03- Kelmito quebra nas palavras! 👏 👏  Carlos Rogerio Vieira, Fortaleza-CE – out2017

04- Lindo! Gratidão. Valéria Rosa Pinto, Rio de Janeiro-RJ – out2017

05- Lindo poemARte!!  👏 👏 😍 Carolina de Sá, Rio de Janeiro-RJ – out2017

06- Magnífico! Priscilla Gunn, Fortaleza-CE – out2017

07- Lindo! Márcia Morozoff, Luziânia-GO – out2017

 


Sonho de menina

08/09/2017

08set2017

SONHO DE MENINA

.
No mundo que ela em sonho cria
O real se fantasia de quimera
Quem dera também fosse de dia
Tudo o que ela à noite era

Princesa de um reino encantado
O amor dedilhado em liras a suspirar
Ela baila em seu vestido escarlate
E a brisa são beijos de poesia ao luar

Sonha, minha menina linda
Que o dia logo vai te despertar
E os sonhos serão doces cantigas
Pela estrada da vida a te guiar

.
Ricardo Kelmer 2013 – blogdokelmer.com

.

> Mais poemas

.

LEIA NESTE BLOG

OSonhoQueMorreuNaPraia-04O sonho que morreu na praia – O mar, que não liga para nacionalidades, aceitou receber o menino sonhador

Como violentar crianças em 30 segundos – É a máxima do Compre Baton: hipnotize desde cedo uma criança e você terá um zumbi-consumidor para o resto da vida

A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01 – Muito fofo!!!! Christina, Rio de Janeiro-RJ – mai2006

02- adoreeeii. Danielle Freire Milfont, Fortaleza-CE – mar2011

03- Gostei tbm… rsrsrsrss. Michelle Costa, Fortaleza-CE – mar2011

04- Adoro todo vestido vermelho… Já li este conto p um grupo de internos de uma casa de saúde mental. Só uma louca p levar a obra de um louco p os outros. Paula Izabela, Juazeiro do Norte-CE – mar2011

05- adorei a ‘cereja’. Gloria Sousa, Fortaleza-CE – mar2011

06- Uma delícia, adorei!! 🙂 Mabel Amorim, Campina Grande-PB – mar2011

07- Essa história aconteceu de verdade? Lindalva Barbosa, Fortaleza-CE – nov2013

08- Sempre trabalho esse texto em sala. Eles adoram! Dalu Menezes, Fortaleza-CE – nov2013

09- Adorei! Hummmm… porque o texto tem aquele flerte meio sapeca nele, o tipo que deixa o dia da gente mais feliz, sabe? Não aquela coisa forçada de pegação, mas só aquele gostinho, que faz a gente querer mais. Só que não pode, muita cereja doce de uma vez só da dor de barriga… Marina LF, Porto Alegre-RS – nov2013

10- Será que realmente os homens reparam em mulheres na rua assim? Ou só reparam em cerejinhas mesmo? Marina LF, Porto Alegre-RS – nov2013

11- Rsss…. imaginação fértil. Claudia Maria Crivellente, São Paulo-SP – nov2013

12- amei demais!!! Luciene Maia, Fortaleza-CE – nov2013

13- Nesse, como em outros contos RK Eu sempre fico vendo a cena, imaginando as pessoas exatamente com cada palavra, respiração… Enfim dou bastante risada com o desastrado sedutor da história… E tem códigos embutidos é? kkkkk Cereja má mesmo, mas quem manda ele ser lento? Ivonesete Zete, Fortaleza-CE – nov2013

14- Hummmm bom. Sandra Allegreti, Fortaleza-CE – nov2013

15- Continuas sonhando, nem Freud explica. A gente continua o mesmo, so o tempo passa hehehe. Roberto Studart Soares, Fortaleza-CE – nov2013


CerejasAoMeioDia-07a


Coacoara Jeri

21/08/2017

21ago2017

A saudade de Jeri coacoara assim… Coacoara, Jeri, coacoara em mim… 

COACOARA JERI

.
A vida em Jeri suspira à tardinha
Quando o sol se aninha na risca do mar
É no alto da duna que eu vou viajar

A lua faceira põe logo o seu véu
E desfila no céu pra deleite do olhar
Eu quero um romance com brinde ao luar

E feito um convite que a brisa insinua
A noite vem nua querendo dançar
Tem vinho, fogueira e viola a tocar

A saudade de Jeri coacoara assim
Coacoara, Jeri, coacoara em mim

.
Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

> Mais poemas e letras de música

.

LEIA NESTE BLOG

ODesejoDaDeusa-02O desejo da Deusa – Um encontro na praia, as forças da Natureza e um deus repressor

O Reino Encantado de Jericoacoara – Perder-se em Jeri, eu recomendo. Perder-se de paixão. Perder a noção do tempo, a carteira de identidade, o medo de se experimentar…O Reino Encantado de Jericoacoara

Inculta e bela, dengosa e cruel – Então arrumei de novo a mochila, me despedi com muitos beijos, seu hálito de vodca me soprando toda a sorte do mundo, eu barquinho de papel rio abaixo, louco para ir, doido para ficar

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 

 


Prazer e aflição

25/07/2017

25jul2017

Por que escrevemos, os escritores?


.
Por que escrevemos, os escritores?
Por prazer e aflição
De quem escreve e de quem lerá
E nessa contradição nos entendemos
Escritor e leitor
Dois lados do mesmo deleite
Ou da mesma dor

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

Lugar de literatura é solta pela cidade – Com esses livretos, consigo que minha arte frequente as mesas dos bares, integrando-se à dinâmica boêmia da cidade e atraindo novos leitores

O dilema do escritor seboso – Certos escritores amadurecem cedo. Tenho inveja desses. Porque nunca viverão o constrangimento de não se reconhecerem em suas primeiras obras

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei pro mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Pesadelos do além – O pior pesadelo para um escritor é ser psicografado. Ou melhor: ser mal psicografado

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

Kelmer no Toma Lá Dá Cá – Aqueles aloprados moradores do condomínio Jambalaya descobriram meu livro maldito

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Parabéns Mestre! Léo de Oliveira, Fortaleza-CE – jul2017

02- Perfeito! Taís Krugmann, Campo Grande-MS – jul2017

03- Escrever como quem cava um buraco
Sete palmos.
O primeiro vai para o esgoto que era rio dentro de cada um.
O segundo vai para o mundo que lhe culpa pelo não encarceramento privado.
O terceiro, vamos lá, palmo a palmo:
O bote de quem não se sustenta.
O desespero convivendo com a mão firme
E os dedos que tecem aranhas.
Quarto: o sono que não veio.
Transtorno em imagens o que não consigo reter em palavras.
Quinto dos infernos. Que tudo vá.
A poesia do sexto sem sentido vende menos que textinhos de amor.
Meu nome, além de não ser Antônio, tem gosto de porra seca.
Sétimo, é o último:
Se lhe falta o cabo, escreve com gilete ensaboada.
O rito do fim é só mais um soco na ponta da faca.
Joao Martins, Fortaleza-CE – jul2017

04- Parabéns querido escritor! A leitorinha aqui agradece os teus deleites, delírios, loucuras, sentimentos… expressos em forma de palavras escritas. ❤ Renata Kelly, Fortaleza-CE – jul2017

05- Eita Cearense fera, bj Kelmer. Veronica Lopes, São Paulo-SP – jul2017

06- Parabéns a todos os Escritores Como diz Patativa do Assaré é melhor escrever errado a verdade do que o certo falando mentira Então olha a escritores Patativa falou isso. Angela Belchior, Fortaleza-CE – jul2017

> Postagem no Facebook (perfil pessoal)


Ao meu velho amigo Paulo Marcio

05/04/2017

05abr2017

Então fizemos uma aposta. Qual dos três conseguiria resistir mais tempo ao casamento?

AO MEU VELHO AMIGO PAULO MARCIO

.

Paulo Marcio, nossa amizade tem 42 anos, olhassó
Amigos sobreviventes assim, coisa rara, né não?
Unidos por um amor de companheiro, sempre
Lembro de tanta coisa agora…
O Rock in Rio de 85, eu na enfermaria, tu rindo da minha lombra
Momentos mágicos no Bigode, Sal Doce, Badauê, Café, Opção
Aquela noite em que fui ao teu apê chorar por uma ingrata
Raparigas fulerages nas Belas da Tarde, nós fomos com orgulho
Cara, fiz até uma música pra tocar no teu enterro, ahahah!
Incrível como continuamos os mesmos merdas de sempre
Ordinários, bebuns, ridículos, tudo que não presta. Que bom!

> Ao meu velhíssimo amigo Paulo Marcio, meu Ratito Sensação, que aniversaria hoje, 05abr.
.

Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

Ser mulher não é pra qualquer um – É dada a saída, lá se vai o trenzinho. Num vagão as Belas, abalando nos modelitos, no outro as Madrinhas, abalando com o isopor e o estojinho de primeiro-socorro

A celebração da putchéuris – A história fuleragem da Intocáveis Putz Band

Roque Santeiro, o meu bar do coração – Uma homenagem ao bar Roque Santeiro

Breg Brothers com fígado acebolado – Encher a cara, curtir dor de cotovelo e brindar a todas as vezes em que fomos cornos…

A pouca vergonha do escritor peladão – Foi minha vizinha louca de Botafogo, a Brigite, quem me deu a ideia: Por que você não faz um ensaio fotográfico peladão pra comemorar seus 40 anos?

O dia em que morri no Rock in Rio – O primeiro baseado que fumei daria um filme. Um não, vários

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

01-


Luiz Carlos Ruas, um herói

27/12/2016

27dez2016

Homenagem a um homem que morreu por ousar defender uma travesti

luizcarlosruasambulante-01a

LUIZ CARLOS RUAS, UM HERÓI

.
Amou daquela vez como se fosse a última
Defendendo travesti do ódio homofóbico
Dos monstros que matam pela lei do bíceps
Espancaram um senhor em frente às câmeras
E a segurança do metrô em sua ausência cúmplice
Pagou com a própria vida por amar o próximo
E amargou nosso Natal com sua morte pública
Era só um ambulante que enfeiava o trânsito
Hoje é um negro pobre em manchete efêmera
Mas o crime será comemorado em júbilo
Pelos que apoiam medidas profiláticas
Para limpar a cidade desses não fotogênicos
Que envergonham nossos melhores índices
Que lutam por cotas, vejam que ridículo
Que vendem prazer em seu corpo herético
Que estragam o passeio com as suas pústulas
Morreu na contramão de uma cultura bélica.

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

> MAIS POEMAS

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

01- teu texto é um belíssimo retrato de uma realidade horrenda, meu querido. Clarisse Ilgenfritz, Fortaleza-CE – dez2016

02- Lamentável. Marcinha Rodrigues, Fortaleza-CE – dez2016

03- Terrível e lamentável…. Susana X Mota, Leiria-Portugal – dez2016

04- 1500 – 2016. Rogers Tabosa, Fortaleza-CE – dez2016

05- Qual a pena para esse crime? Será que vai aparecer um advogado “pago” para defende-los? Os 2 são vítimas da sociedade? Aderbal Nogueira, Fortaleza-CE – dez2016

06- Nossa poesia se faz necessária. Triste realidade narcisista. O indivíduo individual. Agora vão carregar o carma de uma morte! Gosto muito de seu pensar transcrito em palavras!!! Sandra Samm, Fortaleza-CE – dez2016

07- Um filme tão comum….Incomum é a lei se preocupar com isso. Darc Maia, São Paulo-SP – dez2016

08- Ah quanto dor nós humanos causamos. Fátima Abreu, Fortaleza-CE – dez2016

09- Medieval. Moacir Bedê, Fortaleza-CE – dez2016

10- Rapaz, a ruma de gente olhando! Cecília Bedê, Fortaleza-CE – dez2016

11- Meu Deus e ninguem fez nada??? Anna Bracaiol – dez2016

12- Moacir Bedê definiu muito bem em apenas uma palavra! Discordo quando dizem que o mundo ta perdido, pior de se viver. Se compararmos com tempos antigos havia uma muito maior banalização da vida! Hoje as pessoas têm muito mais direitos, animais tem seus direitos! Há uma muito maior preocupação com o outro, a solidariedade é muito maior. Claro que ainda há casos absurdos de violação de direitos, de banalização da vida, são os malucos que ainda não conseguiram sair da idade média – como disse Bedê. Esses casos geram revolta em muita gente de bem, isso porque hoje existem muito mais pessoas de bem que antes. Há muito mais pessoas de bem que malucos como esses! O mundo esta sim evoluindo e as pessoas se afinando, embora uns estejam demorando mais a entender a verdadeira essência da vida. Marcio Andre, Fortaleza-CE – dez2016

13- Muito triste ainda presenciarmos estas realidades. Que não nos acostumemos nunca com isto… Aline Cerqueira, Fortaleza-CE – dez2016

14- Aterrorizante essa banalização da vida!!! Essa bestialidade tá ficando fora de controle. É preciso cuidar da Alma!!! 😦 Kitah Soares Vitoriosa, Fortaleza-CE – dez2016

15- Tudo na contramão …. Cecilia Eckmann Oliveira, Fortaleza-CE – dez2016

16- Triste! Celina Bezerra, Fortaleza-CE – dez2016

17- Triste realidade. Pior q aqui no brasil, o que vale é o dinheiro, pagou fiança, está solto. Um crime desse, era no minimo, 30 anos na cadeia. N sair nem por bom comportamento… Que a alma desse senhor, esteja em um bom lugar… Kel Silva, Salvador-BA – dez2016

18- Absurdo o que se tornou a humanidade. Valeska Pequeno, Fortaleza-CE – dez2016

19- “Só” mais outro “índio” massacrado publicamente? 😢😢😢😢😢 Ivonesete Zete, Fortaleza-CE – dez2016

20- Há que se temer, esses tempos sombrios. Mau gosto, preconceito, intolerância, intransigência, desrespeito e principalmente violência. A partir do impeachment da Dilma, a tendência é piorar.
Joaquim Ernesto, Fortaleza-CE – dez2016

21- Mais um ponto para a nossa distorcida o̸l̸i̸g̸a̸r̸q̸u̸i̸a̸ “meritocracia” branca-burguesa-homofóbica, mas pode chamar de neonazi. Temos muito o que Temer. Lázaro Freire, São Paulo-SP – dez2016

22- Sobre seu texto: 👏👏👏👏 Andrea Ramos Nogueira, Fortaleza-CE – dez2016

23- Foi horrivel.Que maldade. Vilma de Oliveira, Fortaleza-CE – dez2016

24- O Luís Carlos , um verdadeiro herói , ambulante que deu a vida pra defender duas travestis de dois homofóbicos, antes de ontem no metrô de São Paulo. Maria Carvalho, Santo André-SP – dez2016

25- Muito bom!! Pedro Machado, Fortaleza-CE – dez2016

26- Para sempre, os miseráveis!!! Mariza Luz Moura, São Sebastião-SP – dez2016

27- Não consegui ver o vídeo. Um horror! 😪😱 Ana Lucia Castelo, Nova York – dez2016

RK: Os assassinos deram claramente seu recado: Quem defende travesti, morre. (dez2016)

28- Passei mal com tamanha monstruosidade. Sara Rebeca CLima, Fortaleza-CE – dez2016

29- Homofobia mata. Nagia Costa, Fortaleza-CE – dez2016

30- degradante!! Márcia Matos, Fortaleza-CE – dez2016

31- Com os devidos pêsames aos parentes e amigos do Luis Carlos, mas gostaria de sugerir ao Kelmer um outro texto, outro foco. Quem são essas pessoas que andam cometendo crimes dessa natureza? Alguém os protege? A Lei está sendo branda com esses movimentos? Por que a mídia em geral não se aprofunda sobre o assunto? André Marinho Marinho, Fortaleza-CE – dez2016

32- “O mundo está o contrário e ninguém reparou…” Lílian Martins, Fortaleza-CE – dez2016

33- Belíssima homenagem. Que seja bastante compartilhada. Vitor Casimiro, Fortaleza-CE – dez2016

34- Mundo estranhíssimo mundo. Carlinhos Perdigão, Fortaleza-CE – dez2016

35- Isso me faz tremer por dentro. Dhara Bastos, Fortaleza-CE – dez2016

36- 👏👏👏 Vania Lima, São Paulo-SP – dez2016

37- 👏👏👏 Edna Mello, Fortaleza-CE – dez2016

38- No que diz respeito a esses dois criminosos transfigurados de bons moços e em momentos de extravasamento de suas fúrias, me atrevo a dizer: Nada mais e nada menos que um reflexo do interior e mentalidade de boa parte dos doentes que se acham os bons, melhores, sãos, invencíveis, mais fortes, valentes, bravos, corajosos, puros, limpos, perfeitos, superiores e por fim, o modelo de humano e cidadão brasileiro. O ser superior brasileiro! E são esses dois seres que estão ai representando e muito o sistema político, jurídico e ideológico não só do Brasil, mas do sistema do mundo como um todo, governado e controlado por uma minoria altamente violenta e sem escrúpulos algum, pois, até as leis são geridas, controladas e aplicadas por eles e sobre os seus produtos/seres construídos socialmente no seio das sociedades mundiais, como esse fato aqui em discussão. Enfim, os dois indivíduos, criminosos e perigosos ai em tela, cedo cedo estarão andando por ai e exalando o ar da prepotência dos seus atos e a virilidade de sua brutal e violenta capacidade de ser e fazer no meio dos humanos. Náufrago Mbd, Rio de Janeiro-RJ – dez2016

39- Desconstrução. Jorge Nagao, São Paulo-SP – dez2016

40- Sim. Um herói. Veronica Guedes, Fortaleza-CE – dez2016

41- Esses tipinhos de academia vemos toda hora nas ruas, gente muito vazia e não falta companhia p/ eles, estão sempre rodeados de gente mais vazia ainda! Mulheres não lhes falta, não faltam as mães achando eles lindos! Pais orgulhosos pq são ou parecem machos, assim fica difícil fazer com que eles não vejam o lixo humano que são, esses sim são vítimas da sociedade! São a cara da degradação humana e sinceramente, em qualquer lugar do mundo a injustiça está invadindo ruas e lares, a falta de bom censo não é um defeito brasileiro, é mundial! E isso me deixa sufocada pq um dia pensei em fugir, mas p/ onde? Marie Mariezinha, Fortaleza-CE – dez2016

42- Falta de Deus, oração nesse mundo vai. Tina Holanda, Fortaleza-CE – dez2016

43- Não existem palavras que possam descrever uma barbaridade destas. Torna-se mais grave se levarmos em conta que estamos no século XXI, cheios de informação, de liberdade de expressão, de definição de direitos e deveres, no entanto ainda, e talvez nem ainda, mas agora, surgem criminosos ignorantes e cruéis, movidos pelos mais torpes motivos. Um crime hediondo! Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2016

44- Dois monstros…Sem amor próprio. Sandroka Cavalcante, São Paulo-SP – dez2016

45- Lugar de monstros é na cadeia…mas sem saidinhas ou condicional …..merecia perpétua com trabalho forçado para pagar a estadia na prisão e a gente de bem não ter que bancar assassinos monstros racistas. Welia Pinho Ferraro, Fortaleza-CE – dez2016

46- tinham que linxar esses dois fdp na cadeia. Marco Antonio Françozo, Três Corações-MG – dez2016

47- Muito triste. Tânia Mary, Fortaleza-CE – dez2016

RK: Discordo de quem defende que os assassinos sejam linchados ou mortos na cadeia. Defender isso seria igualar-se em crueldade a eles. Que sejam presos e paguem pelo que fizeram, dentro da lei. E discordo de quem diz que o crime é resultado da falta de Deus. Parte da culpa desses crimes hediondos é dos líderes religiosos que em suas pregações demonizam minorias como homossexuais e travestis e envenenam de ódio a mente dos fiéis, e de políticos que tentam impor a todos as leis de seus deuses racistas, misóginos e homofóbicos. O problema não é ausência de Deus, é ausência de valores morais ligados à aceitação do diferente, e isso nada tem a ver com religião. (dez2016)

48- O quê mais me aborrece em tudo isso, é o advogado defensor daqueles monstros. Tentar explicar o inexplicável… Selma Ferreira, Goiânia-GO – dez2016

49- Isso foi um dos milhares assassinados. Milza Gama, Fortaleza-CE – dez2016

50- Esse sim,foi um verdadeiro cristão,deu a vida pelo próximo. Andréa Damasceno, Fortaleza-CE – dez2016

51- Triste demais!!!! Desolador! Desesperador!!! Fabíola Líper, Fortaleza-CE – dez2016

52- Muito triste 😭 e mais ainda, pois a justiça brasileira vai já já absorver. Socorro Alves, Fortaleza-CE – dez2016

53- Tristes tempos… Kelzen Herbet, Fortaleza-CE – dez2016

54- Então vamos fazer nossa parte. Serão assassinos até o último dia de suas existências. Vamos relembrar este assassinato a cada aniversário de nascimento de cada um deles e da vítima. E lembrar também do dia que mataram um ser humano por puro prazer. Marcus Monteiro, Fortaleza-CE – dez2016

55- Luiz. Sua alma é só luz. Celsinho Lemos, São Paulo-SP – dez2016

56- Não são homens os assassinos de Luiz Carlos Ruas, o Índio. São vermes. Vermes. Su da Silva Rosa, São Paulo-SP – dez2016

57- Um herói. Felipe Lopes, Fortaleza-CE – dez2016

58- Triste realidade. Pior que aqui no brasil, o que vale é o dinheiro, pagou fiança, está solto. Um crime desse, era no mínimo 30 anos na cadeia. Não sair nem por bom comportamento… Que a alma desse senhor, esteja em um bom lugar. Ferlany Lopes, Fortaleza-CE – dez2016

59- Um absurdo tanta violencia gratuita, esses caras são uns montros eu com 14 anos fui perseguida por um grupo desses insanos por pouco não nos pegaram, so por Deus viver nesse mundo com tanta violêcia e covardia. Isabel Souza Santos, São Paulo-SP – dez2016

60- Morreu e alguns não se importam. Faz parte dos heróis anônimos, guerreiros do dia a dia. Daqui três dias sairá seu gesto das páginas. Será um número percentual. Fará parte das estatísticas que aumentam cada vez mais, enquanto o Ministério Golpista da Justiça, guardião do PCC, tenta endurecer contra os fumadores de maconha. Triste Brasil… Raul Meneleu Mascarenhas, Caiçara do Rio do Vento-RN – dez2016

61- Essa foi uma das piores notícias que eu ja vi na vida ainda mais em dia de Natal. S;ave Herói. ONDE ESTA A SEGURANCA DO METRO? que cobra tao cara uma passagem e permite que aconteça uma atrocidade dessas? Patricia Romiti, São Paulo-SP – dez2016

62- Em que mundo estamos vivendo? Indignada com tanta violência! Deysa Di Morais, São Paulo-SP – dez2016

63- Pois é…não conseguem admitir seus próprios impulsos…seus desejos, que são insuportáveis para eles, não conseguem ter a coragem desse travesti…..se transformam nesses monstros assassinos!…tristeza!… Lorena Lopes, Fortaleza-CE – dez2016

> Postagem no Facebook


Dadivosa dançarina

19/09/2016

19set2016

A nua silhueta que a cortina revela move-se em sinuosa dança, e a cortina balança ao ritmo dela

dadivosadancarina-04

DADIVOSA DANÇARINA

.
À noite, em seu quarto, a menina se despe
E na janela se oferece para a rua
A nua silhueta que a cortina revela
Move-se em sinuosa dança
E a cortina balança ao ritmo dela
De vinho ela se serve
E a taça beija de leve seus lábios
Ela é a ébria rosa que se abre
No jardim dos urbanos fetiches
É a delícia que a noite promete
Aos discretos e insones vícios…
Quando ela termina, a luz se apaga
Vai-se a silhueta semovente
A janela escura não mente: foi-se a menina
Deixando no ar sua lânguida lembrança
E a esperança de que logo retorne
Não se demore, dadivosa dançarina

.

FORMATO PROSA POÉTICA

DadivosaDancarina-04aÀ noite, em seu quarto, a menina se despe, e na janela se oferece para a rua. A nua silhueta que a cortina revela move-se em sinuosa dança, e a cortina balança ao ritmo dela. De vinho ela se serve. E a taça beija de leve seus lábios. Ela é a ébria rosa que se abre no jardim dos urbanos fetiches. É a delícia que a noite promete aos discretos e insones vícios… Quando ela termina, a luz se apaga, vai-se a silhueta semovente. A janela escura não mente: foi-se a menina, deixando no ar sua lânguida lembrança e a esperança de que logo retorne. Não se demore, dadivosa dançarina.

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.
.

VersosSafadinhosCapa-06aEste poema integra o livro Versos Safadinhos para Noites Românticas ou Vice-versa. E eu o ofereço a todas as mulheres que dançam nuas nas janelas dos apartamentos.

.

.

.

.

.

MAIS SOBRE O FEMININO LIVRE

InspiracionEssaVadia-02Inspiración, essa vadia – E não adianta argumentar, seu signo é a urgência. Desejo não é coisa que se adie, ela sempre diz

A mulher selvagem – Ela anda enjaulada, é verdade. Mas continua viva na alma das mulheres

A mulher livre e eu – A liberdade dessa mulher reluz no seu jeito de ser o que é – e ela é o que todas as outras dizem ou buscam ser, mas só dizem e buscam, enquanto ela tranquilamente… é

Em busca da mulher selvagem – Era por ela que eu sempre me apaixonava, essa mulher que era quem ela mesma desejava ser e não a mulher que a família, religião e sociedade impunham que ela fosse

Amor em liberdade – O que você ama no outro? A pessoa em si? Ou o fato dela ser sua propriedade? E como pode saber que ela é só sua?

As fogueiras de Beltane – As fogueiras estão acesas, a filha da Deusa está pronta. O casamento sagrado vai começar

Medo de mulher – A mulher é um imenso mistério, que o homem jamais alcançará

Alma una – Eu faço amor com a Terra / Sou a amante eterna / Do fogo, da água e do ar / Sou irmã de tudo que vive / Ninfa que brinca com a vida / Alma una com tudo que há

Quem tem medo do desejo feminino? (1) – A maternidade, a castidade e a mansidão de Nossa Senhora como bom exemplo, e a força, a independência e a liberdade sexual da puta como exemplo contrário, a ser jamais seguido

.
DICAS DE LIVROS

vtcapa21x308-01Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino
Ricardo Kelmer – contos e crônicas

Ciganas, lolitas, santas, prostitutas, espiãs, sacerdotisas pagãs, entidades do além, mulheres selvagens – em todas as personagens, o reflexo do olhar masculino fascinado, amedrontado, seduzido… Em cada história, o brilho numinoso dos arquétipos femininos que fazem da mulher um ícone eterno de beleza, sensualidade, mistério… e inspiração.

Mulheres que correm com os lobos – Mitos e histórias do arquétipo da mulher selvagem (Clarissa Pinkola Estés –  Editora Rocco, 1994)

A prostituta sagrada – A face eterna do feminino (Nancy Qualls-Corbert – Editora Paulus, 1990)

As brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley – Editora Imago, 1979)

Mulheres na jornada do herói (Beatriz Del Picchia e Cristina Balieiro – Editora Ágora, 2010) – É ainda mais interessante ver o relato das mulheres pois elas sempre foram, mais que os homens, historicamente reprimidas na busca pela essência mais legítima de suas vidas

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
(saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Muito bom! Janine Moreira, Rio de Janeiro-RJ – out2017

02- Nossa,quantos sabores, quanta sinfonia em poucas palavras! Sempre incrível ! Estava com saudades de saborear seu conteúdo!Blessed be! Kroll Ribeiro, Araraquera-SP – out2017

03- Lindo! Vilma de Oliveira, Lourinhã-Portugal – out2017


Sexo tinto

08/08/2016

08ago2016

Palmas para a musa dos inebriados, que dança para as nossas almas e nos entorpece com seus rodopios

SexoTinto-01

SEXO TINTO

.
Pelos becos dessas noites baldias
É o seu cheiro de urgência que nos guia
Vejam, é ela, a cigana generosa
Em seu vestido de cor de rosa no cio
Palmas para a musa dos inebriados
Que dança para as nossas almas
E nos entorpece com seus rodopios
Dama bendita dos ardentes desejos
Ela negocia beijos e sopra promessas
Rainha das tabernas, ela é de todos
Mas nunca será de um qualquer
Celebremos com ela, pois, a fantasia
E a livre poesia do instinto
Um brinde, amigos, ao sexo tinto
Dessa louca e linda mulher

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

> Este poema integra o livro Versos Safadinhos para Noites Românticas ou Vice-versa

> Mais poemas

.

.

MAIS SOBRE O FEMININO SELVAGEM

InspiracionEssaVadia-02Inspiración, essa vadia – E não adianta argumentar, seu signo é a urgência. Desejo não é coisa que se adie, ela sempre diz

A mulher selvagem – Ela anda enjaulada, é verdade. Mas continua viva na alma das mulheres

A mulher livre e eu – A liberdade dessa mulher reluz no seu jeito de ser o que é – e ela é o que todas as outras dizem ou buscam ser, mas só dizem e buscam, enquanto ela tranquilamente… é

Em busca da mulher selvagem – Era por ela que eu sempre me apaixonava, essa mulher que era quem ela mesma desejava ser e não a mulher que a família, religião e sociedade impunham que ela fosse

Amor em liberdade – O que você ama no outro? A pessoa em si? Ou o fato dela ser sua propriedade? E como pode saber que ela é só sua?

As fogueiras de Beltane – As fogueiras estão acesas, a filha da Deusa está pronta. O casamento sagrado vai começar

Medo de mulher – A mulher é um imenso mistério, que o homem jamais alcançará

Alma una – Eu faço amor com a Terra / Sou a amante eterna / Do fogo, da água e do ar / Sou irmã de tudo que vive / Ninfa que brinca com a vida / Alma una com tudo que há

Quem tem medo do desejo feminino? (1) – A maternidade, a castidade e a mansidão de Nossa Senhora como bom exemplo, e a força, a independência e a liberdade sexual da puta como exemplo contrário, a ser jamais seguido

.
DICAS DE LIVROS

vtcapa21x308-01Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino
Ricardo Kelmer – contos e crônicas

Ciganas, lolitas, santas, prostitutas, espiãs, sacerdotisas pagãs, entidades do além, mulheres selvagens – em todas as personagens, o reflexo do olhar masculino fascinado, amedrontado, seduzido… Em cada história, o brilho numinoso dos arquétipos femininos que fazem da mulher um ícone eterno de beleza, sensualidade, mistério… e inspiração.

Mulheres que correm com os lobos – Mitos e histórias do arquétipo da mulher selvagem (Clarissa Pinkola Estés –  Editora Rocco, 1994)

A prostituta sagrada – A face eterna do feminino (Nancy Qualls-Corbert – Editora Paulus, 1990)

As brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley – Editora Imago, 1979)

Mulheres na jornada do herói (Beatriz Del Picchia e Cristina Balieiro – Editora Ágora, 2010) – É ainda mais interessante ver o relato das mulheres pois elas sempre foram, mais que os homens, historicamente reprimidas na busca pela essência mais legítima de suas vidas

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.


A vida e o vidro

24/05/2016

24mai2016

Viver é isso: um voo certeiro de encontro ao destino

AVidaEOVidro-01

A VIDA E O VIDRO

.
Viver é isso
Um voo certeiro de encontro ao destino
Numa inocente tarde de domingo…
De repente um vidro surge à frente
E a vida que era tão transparente
Se escurece e nos impede de seguir
Quem passa, olha nosso corpo e se comove
Tão jovem, morreu de quê?
Mas no café alguém fará um brinde:
Ao anoitecer!
E a imagem que fica em nossa retina
É a de uma bela ave que se aproxima
Convidando a não ser

.

FORMATO PROSA POÉTICA

Viver é isso: um voo certeiro de encontro ao destino, numa inocente tarde de domingo… De repente um vidro surge à frente, e a vida que era tão transparente se escurece e nos impede de seguir. Quem passa, olha nosso corpo e se comove, tão jovem, morreu de quê? Mas no café alguém fará um brinde: Ao anoitecer! E a imagem que fica em nossa retina é a de uma bela ave que se aproxima, convidando a não ser.

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

LagrimasNaChuva-05Lágrimas na chuva – E quando finalmente chegarem ao lugar para onde tanto correm, estarão em paz com as lembranças da vida que viveram?

A última mensagem – A tragédia do amor e do perdão

A pergunta – Um dia, porém, alguém desconfia. E entende que os que olham para fora, sonham, e os que olham para dentro, despertam. E aí a pergunta é inevitável

.

DICA DE LIVRO

Matrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas

Ricardo Kelmer

Usando a mitologia e a psicologia do inconsciente numa linguagem descontraída, Kelmer nos revela a estrutura mitológica do enredo do filme Matrix, mostrando-o como uma reedição moderna do antigo mito da jornada do herói, e o compara ao processo individual de autorrealização, do qual fazem parte as crises do despertar, o autoconhecer-se, os conflitos internos, as autossabotagens, a experiência do amor, a morte e o renascer.

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

 COMENTÁRIOS
.

01- Amo essa poesia ! Sensibilidade. Sol Solzinha, Cumbuco-CE – nov2016

02- Somos tão frágeis e vivemos como deuses infinitos… E esquecemo-nos sempre disso. Ana Velasquez, Corumbá-MS – nov2016

03- Esse seu texto é muito Lindo Ricardo Kelmer! Jord Guedes, Fortaleza-CE – nov2016

04- Animal, planta, homem… A Vida é a mesma, somos todos um!! Dijé Sales, Fortaleza-CE – nov2016

05- Muito bonito! Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – nov2016

06- Muito lindo Kelmer, muito triste!!! Veronica Lopes, São Paulo-SP – nov2016

07- Emocionante Ricardo Kelmer!!! 😘Bjs. Oliveira Sidd, São Paulo-SP – nov2016

08- Bençãos, querido. Sara Rebeca CLima, Fortaleza-CE – nov2016

09- Lindo meu amigo Ricardo Kelmer! Miriam Costa Cearucha, Porto Alegre-RS – nov2016

10- Muito bonito!! Ana Andrea Gadelha Danzicourt, Tubarão-SC – nov2016

11- Esse ” menino ” se supera a cada dia…muito lindo amiga esse texto, admiro demais. Regia Alves, Fortaleza-CE – nov2016

12- Vdd, Regia, o Ricardo é maravilhoso. E esse texto foi perfeito (a comparação com os pássaros q morrem de repente batendo em janelas de vidro, a fragilidade da vida), mto.tocante. Régia Costa, Fortaleza-CE – nov2016

13- Nossa !!! Senti a poesia e me fez ver o fato . parabéns! Rosy Gomes Gostopelapoesia, São Bernardo do Campo-SP – nov2016

14- Emocionante essas palavras e bem escrita, linda msg meu novo amigo. Elisabete Picalho, Botucatu-SP – dez2016

15- nossa,emocionante!! Selma Batista Barreto, Barreiras-BA – dez2016

16- Nossa que lindooo e é nossa realidade. Somos apenas isso; um sopro, tão frágil… Selma Ferreira, Goiânia-GO – dez2016


São Paulo, sua loca

27/04/2016

28abr2016

Quinze dias contigo e essa tua loucura cosmopolita que eu adoro

SaoPauloSuaLoca-10

SÃO PAULO, SUA LOCA

.
E agora, quinze dias contigo e essa tua loucura cosmopolita que eu adoro, antes de zarpar novamente. Quinze entardeceres pra me iludir feliz no horizonte neon das tuas promessas. Quinze noites pra me apaixonar outra vez pelo charme das tuas curvas imperfeitas. Quinze madrugadas de poemas baratos sussurrados com uísque em teu ouvido. Quinze manhãs despertando de um sonho gostoso com teu hálito de quero mais. Surpreenda-me, São Paulo, como só você faz.

 

FORMATO POEMA

E agora, quinze dias contigo
e essa tua loucura cosmopolita que eu adoro
antes de zarpar novamente
Quinze entardeceres pra me iludir feliz
no horizonte neon das tuas promessas
Quinze noites pra me apaixonar outra vez
pelo charme das tuas curvas imperfeitas
Quinze madrugadas de poemas baratos
sussurrados com uísque em teu ouvido
Quinze manhãs despertando de um sonho gostoso
com teu hálito de quero mais
Surpreenda-me, São Paulo
como só você faz

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA TAMBÉM NESTE BLOG

Cidadivosa-01b

Cidadivosa – Um microconto para São Paulo

Inculta e bela, dengosa e cruel – Então arrumei de novo a mochila, me despedi com muitos beijos, seu hálito de vodca me soprando toda a sorte do mundo, eu barquinho de papel rio abaixo, louco para ir, doido para ficar

Maior que meu horizonte (por Wanessa, inspirado na crônica Inculta e Bela, Dengosa e Cruel) – E quando eu penso que ele já está de novo envolvido em meus contornos, hipnotizado pelo balanço dos meus quadris e minha maré, ele foge

Essa loirinha desmiolada de sol – Duvido que ela tenha uma marquinha de biquíni assim – a loirinha insiste, com a graciosidade tristonha das cidades que sabem que seus argumentos são ótimos mas que não vão adiantar

Nas curvas do teu litoral – Uma música para Fortaleza (mp3)

Crimes de paixão – Detetive investiga estranhos crimes envolvendo personagens típicos da boêmia Praia de Iracema e descobre que alguém pretende matar a noite

O reino encantado de Jericoacoara – Perder-se em Jeri, eu recomendo. Perder-se de paixão. Perder a noção do tempo, a carteira de identidade, o medo de se experimentar…

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

 01- Lindíssima imagem, o conteúdo deve ser da mais alta qualidade! Marcos Felix, Ceilândia-DF – abr2016

02- Boaa… Vlado Lima, São Paulo-SP – abr2016

03– Bora! Kátia Freitas, São Paulo-SP – abr2016

04- pena que vai ficar tão pouquinho… Renata Regina, São Paulo-SP – abr2016

> Postagem no Facebook


Sobre lutas, sonhos e a grande farsa

13/04/2016

13abr2016

Para quem ainda não percebeu, é isso mesmo o que todos somos, meros atores no grande teatro da existência

SobreLutasSonhosEAGrandeFarsa-01

SOBRE LUTAS, SONHOS E A GRANDE FARSA

.
Amigos, estamos todos cansados de tanta luta, é verdade. É muito difícil enfrentar políticos inescrupulosos que têm a seu lado a força gananciosa do grande capital e o apoio de uma mídia desonesta que tudo fará para manter seus privilégios. Ainda que o golpe de Estado não vingue, o futuro logo à frente anuncia mais nuvens sombrias. Porém, no dia seguinte temos que levantar da cama, pois continua a peleja em defesa da democracia, continua o sonho de uma sociedade menos desigual. É a velha vida que prossegue, e se não seguirmos lutando pelo que acreditamos, o que nos restará fazer com os nossos dias a não ser cair no cinismo?

Sim, às vezes parece que estamos no meio de uma grande farsa, e podemos até ouvir os risos de quem zomba do nosso real empenho. Bem, para quem ainda não percebeu, é isso mesmo o que todos somos, meros atores no grande teatro da existência, e a nós só nos cabe interpretar bem nosso papel no espetáculo, por insignificante que seja, independente se o espetáculo será ou não um sucesso, se nosso trabalho será reconhecido ou se algum oportunista de plantão nos dará um golpe e fugirá com a grana da bilheteria.

É estranho pensar assim, eu sei, mas realmente não temos opção a não ser fazer a nossa parte do melhor jeito que pudermos. E qual vai ser o final dessa história? Ninguém sabe, até porque nós iremos e a história prosseguirá ‒ mas sabemos em nosso íntimo o que temos que fazer para, ao fim de cada dia, e ao término de nossa participação no espetáculo, podermos afirmar com serenidade: eu fui leal aos meus sonhos, eu lutei a luta dos bons guerreiros, eu dancei a dança da vida verdadeira.

Segue uma música para embalar este momento estranho que vivemos.
.

.
COISAS DA VIDA (Rita Lee)

Quando a lua apareceu
Ninguém sonhava mais do que eu
Já era tarde, mas a noite é uma criança distraída

Depois que eu envelhecer
Ninguém precisa mais me dizer
Como é estranho ser humano nessas horas de partida

Ah, é o fim da picada
Depois da estrada começa uma grande avenida
No fim da avenida, existe uma chance, uma sorte, uma nova saída
São coisas da vida…
E a gente se olha e não sabe se vai ou se fica…

Qual é a moral? Qual vai ser o final dessa história?
Eu não tenho nada pra dizer, por isso digo
Eu não tenho muito o que perder, por isso jogo
Eu não tenho hora pra morrer, por isso sonho

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

LagrimasNaChuva-05Lágrimas na chuva – E quando finalmente chegarem ao lugar para onde tanto correm, estarão em paz com as lembranças da vida que viveram?

O mundo real da arte – O momento em que a magia do teatro se revela paradoxalmente em toda sua plenitude, expondo tanto sua maquiagem quanto seu avesso

A pergunta – Um dia, porém, alguém desconfia. E entende que os que olham para fora, sonham, e os que olham para dentro, despertam. E aí a pergunta é inevitável

.

DICA DE LIVRO

Matrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas
Ricardo Kelmer

Usando a mitologia e a psicologia do inconsciente numa linguagem descontraída, Kelmer nos revela a estrutura mitológica do enredo do filme Matrix, mostrando-o como uma reedição moderna do antigo mito da jornada do herói, e o compara ao processo individual de autorrealização, do qual fazem parte as crises do despertar, o autoconhecer-se, os conflitos internos, as autossabotagens, a experiência do amor, a morte e o renascer.

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

 COMENTÁRIOS
.

01- “Eu não tenho nada para morrer, por isso sonho” Lindo!!! Andrea Oliveira, Fortaleza-CE – abr2016

02- Sensacional, Kelmão. Independentemente do que aconteça “lá fora”, o que a gente faz é responsabilidade nossa. Marcelo Gavini, São Paulo-SP – abr2016

03- Texto lindo, emocionante, um retrato do que sinto todo dia. Com essas batalhas que temos travado, te admiro muito mais. Iris Medeiros, Campina Grande-PB – abr2016

04- Assino embaixo, Ricardo! Waldemar Falcão, Rio de Janeiro-RJ – abr2016

05- Bom…o importante é seguir firme naquilo q se acredita. Passando ou não o impeachment a luta permanece. Somos maiores e nossas idéias são gigantes, desistir jamais!!! Natália Sidrim, Fortaleza-CE – abr2016

06- Ricardo,mais uma vez vou compartilhar,Parabéns..Tu és briĺhante e só melhoras com o passar do Tempo…Olha,muito obrigada pelo convite para o teu show ďo Vinicius se puder irei te aplaudir de pé. Claudia Meirelles Bahia, Fortaleza-CE – abr2016


Eu quero as duas

26/03/2016

27mar2016

EuQueroAsDuas-01a

EU QUERO AS DUAS

.
E
u quero as duas
A que é doce e a que arranha
Uma me mata de manhã
E a outra é toda manha
Uma me afaga
E a outra me assanha

Eu quero as duas
A louca e a delicada
Uma soluça em meu peito
A outra dança nua na sacada
A menininha sem jeito
E a mulher desatinada

Eu não sei qual é a melhor
Então eu quero as duas
Mas quero as duas numa só

.
Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

> Mais poemas

.

LEIA NESTE BLOG

ODesejoDaDeusa-02

O desejo da Deusa – Um encontro na praia, as forças da Natureza e um deus repressor

O menino e o feminino misterioso – Esse instante numinoso em que o Feminino Sagrado mostrou-se pra mim, sob a meia-luz de seu imenso mistério

As fogueiras de Beltane – As fogueiras estão acesas, a filha da Deusa está pronta. O casamento sagrado vai começar

Cristal – Ele quer falar sobre tudo que viveu ali dentro, todos aqueles anos, os amores e desamores, o quanto sofreu e fez sofrer, perdeu e se encontrou… Mas não precisa, ela já sabe

Medo de mulher – A mulher é um imenso mistério, que o homem jamais alcançará

Quem tem medo do desejo feminino? (1) – A maternidade, a castidade e a mansidão de Nossa Senhora como bom exemplo, e a força, a independência e a liberdade sexual da puta como exemplo contrário, a ser jamais seguido

Mulheres que adoram – Dar prazer a uma mulher, fazê-la dizer adoro mil vezes por dia…

.

DICAS DE LIVROS

livroaprostitutasagrada02A prostituta sagrada (Nancy Qualls-Corbett, Editora Paulus, 1990) – O eterno feminino e sua relação com espiritualidade e sexualidade. Quando a deusa do amor ainda era honrada, a prostituta sagrada era virgem no sentido original do termo: pessoa íntegra que servia de mediadora para que a deusa chegasse até a humanidade. Este livro mostra como nossa vitalidade e alegria de viver dependem de restaurarmos a alma da prostituta sagrada, a fim de nos proporcionar uma nova compreensão da vida.

As brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley) – Romance em 4 volumes. A saga arthuriana numa visão feminina e intimista. A Bretanha por volta do sec. VII, as guerras pela unificação do Reino, a realeza e seus costumes, as tramas envolvendo paixões, traições e os mais altos ideais de nobreza e lealdade e as decisões de bastidores que estabeleceram definitivamente o cristianismo na ilha, exterminando boa parte da cultura local e seus cultos à Natureza e à Deusa Mãe. Este romance mostra o lendário universo de Camelot a partir da ótica de Morgana, a meia-irmã de Arthur e sacerdotisa de Avalon, a ilha que atuava como centro do culto à Grande Deusa.

.

ALMA UNA
para rituais do sagrado feminino

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 


Ibéria 1a temporada

12/02/2016

12fev2016

Registros de uma viagem por Portugal e Espanha

IberiaTemporada2015,2016-04a

IBÉRIA, 1a TEMPORADA

.
Quando minha irmã Ana Érika me convidou para passar uma temporada em Portugal, onde ela atualmente faz doutorado na Universidade do Minho, em Braga, em princípio relutei. Dois meses parecia muito. Largar meus compromissos profissionais cotidianos e ficar dois meses na Europa? Tentador, claro, mesmo tendo somente algumas semanas para me preparar.

Mas topei. Ana vivia lá sozinha com o filhote Caio, e ter amigos e familiares por perto é sempre bom nessas situações. Para mim, particularmente, além de matar a saudade deles, seria uma ótima oportunidade de conhecer Portugal, e eu ainda poderia esticar até a Espanha, uma velha paixão kelmérica. Aliás, os dois países são cenários de meu romance O Irresistível Charme da Insanidade, que ganhara uma versão em espanhol. Eu também poderia aproveitar e fazer contatos profissionais na área editorial, ou para voltar lá depois levando o Vinicius Show de Moraes. É, tinha que topar mesmo.

Registrei a viagem com fotos e comentários quase diários no Instagram. Seguem alguns desses registros. Desculpe a qualidade das imagens, meu celular não é dos melhores para isso.

.
> A 2a temporada (abr-mai2016), com a turnê do espetáculo Vinicius Show de Moraes, está aqui:
Portugal, 2a temporada

.

PORTUGAL-ESPANHA, dez2015-jan2016

.

Iberia201512Lisboa-18

Peguei um voo da TAP saindo de Fortaleza, direto para Lisboa. Oito horas de voo, chegando às nove da manhã. Tomei um sonífero mas dei somente umas curtinhas cochiladas no avião, mas foi uma viagem tranquila. Ana e Caio me esperavam num apartamento em Alfama, alugado por dois dias. Foi lá que comecei a gostar de Portugal, justamente no bairro onde nasceu o fado.

.

Iberia201512Lisboa-08

Flanando pela Baixa e molhando a mão nas águas do velho Tejo. Virado sem dormir, e mais o fuso horário (3 horas a mais que Fortaleza), eu me sentia meio lento e anestesiado, e eu sou um ser que não funciono se não tiver dormido. Mas foi um bom passeio.

.

Iberia201512Lisboa-253

Não fui para Portugal fazer programa. Prefiro fazer isso no Brasil, você sabe, é mais seguro no país onde a gente mora. Mas aquela moça, tá vendo na foto, lá na calçada olhando para mim? Poizé, ela me fez uma proposta boa e findamos a tarde num quarto de hotel ali próximo. Foi então que aprendi o que é um minete e um broche. Em certo momento, ela se empolgou e gritou: Enfia tudo na minha peida!!! Num primeiro momento, achei que tinha escutado errado, e perguntei: Onde? E ela confirmou: Na minha peida, vai, enfia!!! E eu: Olha, moça, sem querer cortar o clima, mas… onde fica tua peida? E ela: Aqui atrás, ó, pá… Bem, no fim deu tudo certo, ela me deu três livros do Saramago e cada um saiu satisfeito para seu lado. E eu despertei. Havia adormecido e sonhado, sentado num banco na Rua Augusta. Despertei e, do outro lado da rua, a moça ainda olhava para mim…

.

Iberia201512Braga-201Lisboa-30

À noite, encontramos Andrea e Gisele, amigas brasileiras que moram em Lisboa, e que nos levaram para passear pelo Bairro Alto. Jantamos num pequeno restaurante na área do Cais do Sodré. Um aviso aos brasileiros que pretendem ir a Portugal: assim como reconhecemos um português logo que começa a falar, com os portugueses é a mesma coisa, os gajos sacam um brasileiro na metade da primeira palavra. Por isso, nem tente disfarçar.

.

?????????????

Pensão do Amor. Eu já havia acessado o site e lido a respeito. É um antigo prostíbulo, na área do Cais do Sodré, que foi reformado e hoje é um espaço de arte, cultura e entretenimento. A ambientação do espaço é incrível, aliando um estilo “sujo” com uma pegada cabaret-burlesco. Os antigos quartos foram adaptados e em seus espaços funcionam lojas, como uma livraria erótica e uma sex shop, além de palestras e cursos de poli dance. Há um bar, mesas e poltronas, e uma área externa com outro bar, que dá para a rua de cima.

.

Iberia201512Lisboa-303

Na livraria Ler Devagar, da Pensão do Amor. As várias faces da lolita… Recomeeendo!, tanto o local como o romance de Vladimir Nabokov. E, claro, as lolitas que flanam graciosamente por lá, dando cada uma seu toque de charme pessoal ao arquétipo da mulher inocente-sedutora.

.

Iberia201601Braga-01

Vista da janela do meu quarto, na rua Cruz de Pedra, em Braga. Ao fundo, o centro histórico. É comum ver casas abandonadas, literalmente caindo aos pedaços. E, por causa da crise econômica, que ainda persiste, abundam por todo canto lojas fechadas e placas de vende-se. Isso confere aos locais um certo ar de cidade fantasma. Ainda assim, a área central é muito charmosa.

.

Iberia201512Braga-102

Passeando com Caio e a cadela Nikita. Para minha sorte, esse inverno não foi dos mais frios. Para mim, a temperatura ideal da vida nunca baixaria de 17 graus, nem subiria de 27. Mas aceito negociar.

.

Iberia201512Braga-220

Um passeio pelas ruas e becos do centro histórico de Braga, em Portugal, e de repente elas surgem ao olhar, pequeninas e charmosas, as livrarias… Parecem portais mágicos, que se abrem em meio às brumas do bosque, nos convidando a entrar e se perder pelos seus encantos. Como resistir a tal perdição?

.

Iberia201512Braga-253

Mesmo longe do Brasil, eu não poderia deixar de dar minha contribuição ao movimento #NaoVaiTerGolpe. Fiz a fotinha e postei no Facebook e no Instagram. Não sou petista, nem lulista, nem dilmista, mas sempre defenderei os partidos de esquerda contra os interesses do grande capital, que é insensível à questão das desigualdades sociais e que está ligado aos partidos de direita.

.

Iberia201512Lourinha-10

Havia um Atlântico a nos separar. E mais de dez anos a temperar nossa amizade com o sabor da saudade. Meus velhos amigos Neto e Virgínia, brasileiros vivendo em Lourinhã, Portugal. Nos meus braços a Juba, filha deles, e a outra filha, Júlia, tirou a foto. Nas pontas, minha amiga e leitora querida, Susana, de Leiria, e seu namorado Ricardo. Obrigado!

.

Iberia201512Obidos

Numa taberna da cidade de Óbidos a degustar uma ginja com uma linguicinha no fogo de cachaça. Ginja, ou no diminutivo carinhoso ginjinha, é um licor obtido a partir da ginja, uma fruta parecida com cereja, muito popular em Portugal. Em Óbidos, o fruto é colhido nos ginjais da região e, após um processo de maceração que dura no mínimo um ano, é extraído o licor, que não leva corantes ou conservantes artificiais. Impossível tomar só uma dose.

.

Iberia201512Lourinha-11

No Museu da Lourinhã, a 60km de Lisboa, estão fósseis de dinossauros de 150 milhões de anos. Este aí da foto usava boné para proteger o chifre. Deve ser parente meu.

.

Iberia201512Braga-150

Passagem do ano em Braga, com Ana e Caiote. Que diferença para as festas de réveillon no Brasil… Os portugueses são, de modo geral, tão discretos e contidos. Por que, no Brasil, ficamos tão eufóricos com a passagem do ano? Por que bebemos e dançamos e nos abraçamos e enlouquecemos como se no outro dia o mundo fosse acabar?

.

Iberia201512Estrada-101

Viajando pelo litoral norte com Ana, Caiote, Alex, Adriana e Gabriel.
Depois daquele horizonte / Tem uma aventura pra viver / O segredo da viagem / É curtir a paisagem / Viajar no entardecer / Receber o destino com um abraço / Baseado no que pode acontecer

.

Iberia201601PovoaDeVarzim-104a

Naus a singrar pelo caos de mim… Fotinha feita no calçadão da beira-mar de Póvoa de Varzim, norte de Portugal.

.

Iberia201512Braga-255

Pegando emprestado o visual do Arco da Porta Nova, no centro de Braga, para participar do movimento de apoio a Chico Buarque, que foi hostilizado por conta de suas posições políticas. Usei a letra da música Tanto Mar, que Chico compôs para homenagear a Revolução dos Cravos, que em 1974 acabou com décadas de ditadura e implantou a democracia em Portugal.

.

Iberia201601Porto-150

Obrigado, maninha, pela oportunidade dessa viagem. Você mora de camisola em meu coração. E esta camisola é camisola brasileira mesmo.

.

Iberia201512Leiria-101

Em Leiria, com Susana e Ricardo. Susana é professora de artes e acompanha meu trabalho desde 1998, quando a internet engatinhava.

.

Iberia201512Lisboa-20

Nas viagens pelo país, usei o sistema de comboios (trem) e o de ônibus (autocarro). Ambos são eficientes e seguros. Porém, se você for usar os autocarros, não espere muita organização no momento de embarcar, principalmente na rodoviária da Rede Expresso, no Porto. Se você não ficar bem atento, não saberá onde está o ônibus que deve pegar, e quando descobrir, ele já saiu e você ficou.

.

Iberia201601Lisboa-02

Num hotelzinho em Lisboa, ao pé do Bairro Alto. Abastecido de mapas, uísque portátil e história de Portugal. E solidão.

.

Iberia201601Lisboa-243

Com velhos e novos amigos em Lisboa, brindando com vinho e ginjinha. Esse povo bebe muito…

.

Iberia201512Lisboa-122

Pensão Amor. Voltei lá para conhecer melhor o espaço. Aproveitei para oferecer o Vinicius Show de Moraes, mas a casa não se interessou. Felizmente, dois bares em Braga se interessaram: o Caldo Entornado e o Notre Dame, ambos no centro histórico.

.

Iberia201601Lisboa-301

Pesquisando sobre fado, conheci um pouco mais de sua história. E descobri Gisela João (abaixo), uma cantora de timbre especial, mui graciosa, e que nos últimos anos tem se destacado no cenário musical português. Gostei muito de seu disco de estreia. Recomendo!

.
.

O fado Saudades do Brasil em Portugal, de Vinicius de Moraes e Homem Cristo, até hoje é bastante cantado em Portugal, inclusive pelas novas fadistas. Para nossas apresentações portuguesas do Vinicius Show de Moraes, eu e Felipe Breier o incluiremos no repertório. Gosto muito dessa versão, cantada por Kátia Guerreiro.
.

.

Falando em Vinicius, em 1969 ele, a caminho de Roma, passou por Lisboa e encontrou-se com Amália Rodrigues e amigos e poetas portugueses. O encontro foi registrado em disco e lançado em 1970, mas foi proibido pelo governo, sendo relançado após a queda da ditadura em 1974. Narrado por David Mourão Ferreira, e contendo declamações, improvisos, fados e bossas novas, este disco é considerado uma relíquia da música e poesia em língua portuguesa.

.

.

Iberia201601Lisboa-304

Nas perambulanças por Lisboa, margeando o velho Tejo, uma esticadinha até Belém. Olha, que indescritível emoção estar no lugar em que Jesus nasceu… Será que ele chegou a comer o famoso pastel de nata?

.

Iberia201601Porto-304

Anoitecer na Ribeira, às margens do rio Douro, no Porto. Programas obrigatórios, pelo menos para mim: passeio pelo centro histórico, fotinha na livraria Lello e um copo de vinho no Piolho. Percebi uma forte rivalidade cultural entre Porto e Lisboa, e não apenas no futebol. A autoidentidade portuguesa nasceu no norte, e só depois é que alastrou-se para o sul. Como o norte do país não foi tão influenciado pela dominação moura quanto o sul, isso leva os nortistas a se considerarem mais portugueses que os sulistas e a se orgulharem de suas origens celtas, assim como os galegos da Espanha, que também se originaram do povo celta.

.

Iberia201601Espanha-101

Meu romance literalmente cruzando fronteiras… Ah, não resisti à tentação: na estrada que vai de Braga, em Portugal, a Vigo, na Galicia (noroeste da Espanha), saltei rapidamente do carro e registrei o momento.

.

Iberia201601Escravitude-01

Na Galícia, alugamos uma casa para seis pessoas em Escravitude, próximo a Santiago de Compostela. Usamos os serviços do AirBnb, que funcionou muito bem.

.

Iberia201601SantiagoDeCompostela-150

Vai um programa literário aí, freguesa peregrina? Cobro baratinho. E sou muito discreto. A senhora nunca viu isso aqui em Santiago de Compostela? Pois tá vendo agora. A gente tem que se virar, né? Quanto custa? Custa esse livro que tá aqui na vitrine, a senhora compra pra mim? Sim, sou viciado nisso, eu assumo, e faço tudo pra manter meu vício em dia. Sim, compensa, claro que sim. Em uma hora com a senhora eu ganho a vida inteira com Fernando Pessoa ou com Florbela Espanca.

.

Iberia201601Baiona-01

Na localidade espanhola de Baiona, às margens do rio Minho, o rei Afonso IX cata gaivotas.

.

Iberia201601Baiona-102a

Em terra de sapo, de cócoras com eles. Uma Estrella Galicia bem geladinha para rebater a ressaca e celebrar. Celebrar o quê? Bem, que estamos vivos. E estamos vivos para quê? Ah, aí já não sei, não me venha com essas questões a essa hora da manhã. Não sei porque estamos vivos. E nem invejo aos que o sabem. Celebremos, pois, a ignorância. Puxando Alberto Caieiro, amar é a eterna inocência, e a única inocência não pensar.

.

IberiaRioMinho-11

Veja a foto. Lá adiante está o oceano Atlântico. Esse é o rio Minho, que separa o norte de Portugal da Galícia, no noroeste da Espanha. Do lado esquerdo de sua foz está a cidade portuguesa de Caminha, do lado direito, a espanhola Guarda. O percurso entre as duas localidades pode ser feito de ferry boat, de onde foi feita a foto.
Do lado esquerdo, a língua oficial é o português, e do lado direito, as línguas oficiais são o castelhano (que os brasileiros chamam de espanhol) e o galego. Português e galego se originaram do galego-português, língua que surgiu no século 9, a partir do do latim vulgar falado pelos conquistadores romanos, e são muitíssimo parecidas.
No rio, abaixo da superfície, os peixes borbulham portulego.

.

Iberia201601Lourinha-160

Se você tirar uma foto em Portugal, são grandes as chances de Cristiano Ronaldo sair nela. Putz… O gajo tá em todo canto: jornais, revistas, outdoors, tevê, internet, nas conversas nos cafés… Impossível fingir que ele não existe. Como deve ser observar a milhões de pessoas dia e noite, a todo momento, em cada esquina de Portugal? O gajo gato CR7 sabe a resposta..

.

Iberia201601Guimaraes-107

O Paço dos Duques, em Guimarães, onde hoje funciona um museu. De estilo borgonhês, seu aspecto atual foi recriado, de forma polêmica, durante o Estado Novo, e ignora-se a arquitetura original. Foi construído no sec 15, por D. Afonso, 1.º duque de Bragança, para servir de residência quando estivesse com sua amante. Uau… É tão grande e espaçoso, com tantos aposentos e salas, que daria pra hospedar não apenas uma, mas uma centena de amantes. Isso, obviamente, se o duque tivesse disposição suficiente.

.

Iberia201601Guimaraes-115a

O Castelo de Guimarães. Que não é um castelo, mas uma torre de defesa cercada por muralhas reforçadas por quatro torres. Situado no alto da colina, está ligado à fundação do Condado Portucalense e às lutas da independência de Portugal, sendo designado popularmente como berço da nacionalidade. De acordo com a tradição, aqui nasceu o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques (1112-85), na capela avizinhada ao Castelo.

.

Iberia201601Guimaraes-150

A Francesinha é um prato típico e originário da cidade do Porto. Servido e forma de sanduíche, leva linguiça, salsicha fresca, fiambre, carnes frias e bife de carne de boi (os portugueses chamam de carne de vaca) ou, em alternativa, lombo de porco assado e fatiado, coberta com queijo posteriormente derretido. É guarnecida com um molho à base de tomate, cerveja e piri-piri. Os acompanhamentos de ovo estrelado (no topo da sanduíche) e batatas fritas são facultativos. A origem do nome é controversa, mas uma versão fala da suposta pimentice das mulheres francesas.

.

Iberia201601Braga-701

Quando a tarde cai, elas se olham, lânguidas. E agitam-se levemente em sua elegante dança de sedução. Pudessem andar, elas se abraçariam e sairiam rodopiando pela rua. Como não podem, trocam juras roçando-se com seus galhos e soltando as folhas como doces beijinhos largados. E o calor desse namoro sobe até as nuvens, ruborizando o céu e aquecendo o inverno.
Poizé. Ultimamente aqui em Portugal, ando com essa mania besta de olhar as árvores namorando…

.

Iberia201512Lourinha-101

Encontro Marcado na Biblioteca bem podia ser o título de um conto erótico, né? Quem sabe um dia eu escreva, eheh. Entretanto, esta foto registra meu inesperado encontro, na biblioteca municipal de Lourinhã (60km de Lisboa, Portugal), com O Encontro Marcado, em edição portuguesa, o romance de Fernando Sabino que me deu o impulso definitivo para ser escritor. Que sensação boa encontrá-lo aqui do outro lado do Atlântico. Quanto carinho e respeito tenho por este livro!

.

Iberia201601Comboio-102a

Tchau, Ibéria. Foram dois meses deliciosos. Espero que tenha gostado de mim. Em junho voltarei, com meu parceiro Felipe Breier, trazendo o nosso Vinicius Show de Moraes. E viva a cidadania mundial! Por um mundo sem fronteiras.

 

.

Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

 

.

LEIA NESTE BLOG

RumoAEstacaoSimplicidade-01Rumo à estação simplicidade – Jurei me manter sempre no caminho, sem pesos nem apegos excessivos, pronto para pegar a estrada no momento em que a vida assim quisesse

O sonho do verdadeiro eu – Entretanto, algo me dizia que na pauliceia eu poderia viver minha vida mais verdadeira, era só insistir

Espirros e roteiros – Se antes eu tinha insônia por me preocupar demais em descobrir o que precisava fazer, hoje me delicio em abrir a janela dos quartos dos hotéis, molhar a ponta do dedo e botar no vento

O dia em que o chinlone me pegou – A arte zen de sair por aí à toa e encontrar o que se precisa

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

 Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Boa sorte no novo projeto,vai da certo! Vocês merecem. Gil Tabosa, Campina Grande-PB – fev2016

02- Se precisar de um carregador de mala que toca flauta, já sabe… Waldemar Falcão, Rio de Janeiro-RJ – fev2016

03- Que venham muitas outras, Ricardo! Se bem que nessa temporada eu mais dei trabalho que ajudei ne? Ana Claudia Domene Ortiz, Albuquerque-EUA – fev2016

04- Cú ibero lusitano. Andre Soares Pontes, Fortaleza-CE – fev2016

05- maravilha de registro, querido..ficou 10. Shirlene Holanda, São Paulo-SP – fev2016

06- Nada que agradecer… Eu é que agradeço! Volta depressa e traz o calor! Susana X Mota, Leiria-Portugal – fev2016

07- A segunda temporada e quando mesmo? Não esquecer de trazer minhas dez cordas de caranguejos vivos, lá de Parnaíba (PI)! Francisco Fontenele Veras Neto, Lourinhã-Portugal – fev2016

08- Caríssimo RK, gostei imenso, como dizem os gajos, de seu roteiro poético pela ocidental praia lusa e pelas trilhas galegas. Com direito ao novo fado e tudo mais, posso dizer que você me poupou a viagem a Portugal, caso não me saia a bolsa de pós-doutorado. Sim, estou fazendo minha pesquisa na USP, e é sobre o velho mago comunista da Azinhaga. Torço para que dê tudo certo com o impagável Vinicius que só você e o Breier sabem fazer. Leite Jr., Fortaleza-CE – fev2016

> Postagem no Facebook


Relaxa e goza

20/01/2016

20jan2016

RelexaEGoza-01

RELAXA E GOZA

.
A vida pede passagem
A viagem vai começar
Aperta o sonho contra o peito
Que não tem mais jeito de voltar
Vai, vai em frente
De repente vem a grande chance
O lance é não desperdiçar
Confia e persevera
Que a vida não espera
Quem só quer desesperar

Vai, vai, no fim dá certo
Se não deu certo, então não é o fim
Vai na boa, vai por mim
Se errou, se perdeu, tá difícil
São os ossos do ofício
Viver nem sempre é cor de rosa
Mas a vida é gostosa e tá a fim

Vai, vai, relaxa e goza
Relaxa e goza, vai por mim

.
Ricardo Kelmer 2005 – blogdokelmer.com

.

> Esta é a letra da música Relaxa e Goza, uma parceria minha com Flávia Cavaca. Há uma versão experimental, com interpretação de Ana Alcântara. Ouça aqui

Mais poemas e músicas

.

LEIA NESTE BLOG

MarioGomesOPoetaViraLata-03a

Mário Gomes, o poeta viralata – Era com suas errâncias quixotescas e os versos obscenos que o povo se encantava, ele lá, de paletó sem gravata, camarada e bonachão

É a Tao coisa – Uma maneira intuitiva de compreender a realidade através da harmonia com o Tao

Rumo à estação simplicidade – Jurei me manter sempre no caminho, sem pesos nem apegos excessivos, pronto para pegar a estrada no momento em que a vida assim quisesse

Andarilho – Eu sempre fui andarilho / Viver desse jeito que eu sou

Espirros e roteiros – Se antes eu tinha insônia por me preocupar demais em descobrir o que precisava fazer, hoje me delicio em abrir a janela dos quartos dos hotéis, molhar a ponta do dedo e botar no vento

O dia em que o chinlone me pegou – A arte zen de sair por aí à toa e encontrar o que se precisa

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

 Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 

 


Dentro dela

11/01/2016

12jan2016

Estar dentro de uma mulher… O que pode haver de mais transcendental?

DentroDela-02a

DENTRO DELA

.
Estar dentro de uma mulher…
O que pode haver de mais transcendental?

Transpor o portal é sempre sagrado
Toda vez é iniciação
Diante dele eu me submeto, solene
Ateu em devotada reverência
Extasiado entre juramentos de saliva
E sussurros suados de adoração

Lá dentro ela me chama, a obscura noite primordial
Onde céu e terra se unem no profundo das águas
E os ecos ancestrais desse matrimônio
Revivem em mim
Sou cavaleiro consagrado da deusa
Sou menino seduzido pela lua cheia
Sou marujo que vagueia com medo de não voltar

Lá dentro me faço oferenda
E sob o mistério do eterno feminino
Eu fecho os olhos para não cegar
Porque se estou dentro dela
Ela é Inanna, Ísis e Oxum
É Afrodite e Ishtar

Permita-me esta noite ser teu consorte
Sacerdotisa, donzela, guerreira, rainha
Para em ti ser um com o todo numinoso
E provar o gosto da eternidade
Na fúlgida verdade dos nossos gozos.

.

FORMATO PROSA POÉTICA

Estar dentro de uma mulher… O que pode haver de mais transcendental? Transpor o portal é sempre sagrado, toda vez é iniciação. Diante dele eu me submeto, solene, ateu em devotada reverência, extasiado entre juramentos de saliva e sussurros suados de adoração. Lá dentro ela me chama, a obscura noite primordial, onde céu e terra se unem no profundo das águas. E os ecos ancestrais desse matrimônio revivem em mim: sou cavaleiro consagrado da deusa, sou menino seduzido pela lua cheia, sou marujo que vagueia com medo de não voltar. Lá dentro me faço oferenda e, sob o mistério do eterno feminino, eu fecho os olhos para não cegar, porque se estou dentro dela, ela é Inanna, Ísis e Oxum, é Afrodite e Ishtar. Permita-me esta noite ser teu consorte, sacerdotisa, donzela, guerreira, rainha, para em ti ser um com o todo numinoso. E provar o gosto da eternidade, na fúlgida verdade dos nossos gozos.

.
Ricardo Kelmer 2015 – blogdokelmer.com

.

MAIS TEXTOS NESSA TEMÁTICA:
Kelmer Para Mulheres – Nesta seção do blog, homem fica de fora

.

LEIA NESTE BLOG

ODesejoDaDeusa-02O desejo da Deusa – Um encontro na praia, as forças da Natureza e um deus repressor

O menino e o feminino misterioso – Esse instante numinoso em que o Feminino Sagrado mostrou-se pra mim, sob a meia-luz de seu imenso mistério

As fogueiras de Beltane – As fogueiras estão acesas, a filha da Deusa está pronta. O casamento sagrado vai começar

Cristal – Ele quer falar sobre tudo que viveu ali dentro, todos aqueles anos, os amores e desamores, o quanto sofreu e fez sofrer, perdeu e se encontrou… Mas não precisa, ela já sabe

Medo de mulher – A mulher é um imenso mistério, que o homem jamais alcançará

Quem tem medo do desejo feminino? (1) – A maternidade, a castidade e a mansidão de Nossa Senhora como bom exemplo, e a força, a independência e a liberdade sexual da puta como exemplo contrário, a ser jamais seguido

Mulheres que adoram – Dar prazer a uma mulher, fazê-la dizer adoro mil vezes por dia…

.

DICAS DE LIVROS

livroaprostitutasagrada02A Prostituta Sagrada (Nancy Qualls-Corbett, Editora Paulus, 1990) – O eterno feminino e sua relação com espiritualidade e sexualidade. Quando a deusa do amor ainda era honrada, a prostituta sagrada era virgem no sentido original do termo: pessoa íntegra que servia de mediadora para que a deusa chegasse até a humanidade. Este livro mostra como nossa vitalidade e alegria de viver dependem de restaurarmos a alma da prostituta sagrada, a fim de nos proporcionar uma nova compreensão da vida.

As Brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley) – Romance em 4 volumes. A saga arthuriana numa visão feminina e intimista. A Bretanha por volta do sec. VII, as guerras pela unificação do Reino, a realeza e seus costumes, as tramas envolvendo paixões, traições e os mais altos ideais de nobreza e lealdade e as decisões de bastidores que estabeleceram definitivamente o cristianismo na ilha, exterminando boa parte da cultura local e seus cultos à Natureza e à Deusa Mãe. Este romance mostra o lendário universo de Camelot a partir da ótica de Morgana, a meia-irmã de Arthur e sacerdotisa de Avalon, a ilha que atuava como centro do culto à Grande Deusa.

.

ALMA UNA
para rituais do sagrado feminino

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Me emocionei 💕 Ricardo Kelmer Grata. Dorah Andrade, São Paulo-SP – jan2016 

02- Ame !!! Silvia Teresa Polo Jimenez, João Pessoa-PB – jan2016

03- Muito massa!! Jessika Thaís, Fortaleza-CE – jan2016

04- Uia! Surpreendeu. Mari Ana, Sorocaba-SP – jan2016

05- O louvor do Shakta à Shaktí. Dorah Andrade, São Paulo-SP – jan2016

06- Ricardo Kelmer! Até quando vc fica em Portugal? Vem passar uns dias aqui com a gente! Vamos combinar! Quero te ver!!! Isabella Furtado, Modena-Itália – jan2016

07- Adorei!!!! Thaís Guida, Rio das Ostras-RJ – jan2016

08- Belíssimo. Iris Medeiros, Campina Grande-PB – jan2016

09- É muito lindo isso. Ninguém me perguntou mas eu vou dizer assim mesmo: nas duas formas está lindo mas eu gostei mais na forma de Prosa Poética. Lindo mesmo. Claire Feliz Regina, São Paulo-SP – jan2016

10- Demais.Grande elogio ao feminino. Tania Maria Ponciano, Campina Grande-PB – jan2016

11- (Aplausos) Taís Krugmann, Campo Grande-MS – jan2016

12- A-MEI!!! Soraya Freire, Fortaleza-CE – jan2016

13- Ah, os poetas… ♡ Jessica Giambarba, Fortaleza-CE – jan2016

14- Meu poeta! Waldemar Falcão, Rio de Janeiro-RJ – jan2016

15- Que belo… Avaaante! Mardineuson Sena, Barbalha-CE – jan2016

16- Ricardo Kelmer, amigo querido!!! Estou organizando os textos para trabalhar com a galera, nesse semestre!!! Esse seu já está entre os escolhidos. Prepare-se, “nós vamos usar você”… No bom sentido, é claro!!! (Rs)… Lenha Diógenes, Fortaleza-CE – jan2016

17- Fantástico, ameiiii!!! Vera Freitas, Porto Alegre-RS – mai2016

18- E lindo de mais!!! Fico encantada com tais palavras…💓💓💓💓 Jocelaine Teixeira Roses, Florianópolis-SC – mai2016

19- Lindo!!! Isa At, São Paulo-SP – mai2016

20- lindo texto. Adriana de Carvalho, Volta Redonda-RJ – mai2016

21- Lindo! Parabéns pela sensibilidade! Rosária Simoes, Rio de Janeiro-RJ – jun2016

22- Super encantada … Ficarei viciada !!! Bita Candido, Laguna-SC – jun2016

23- Lindo e profundo o modo como descreve uma mulher adorei. Angela M de Jesus, Ponta Grossa-PR – jun2016

24- Parabéns !Sensível, lindo e empoderador. Regina Maia, jun2016

25- Muito lindo!! Ana Paula Rosa, Cachoeirinha-RS – jun2016

26- UAAAAUUU!!!! Lorena Horta, jul2016

27- Show…. Simone Portto, São Francisco de Itabapoana-RJ – jul2016

28- Amei, adorei, elevou- me a alma, gosto de coisas assim,que plaqueia, mais nos revela o ser que somos ou queremos ser em atos de profunda entrega. Carla Jaqueline Reis Oliveira, ago2016

29- Digno relato de um sagrado masculino! Ana Isabel Santos, ago2016

30- Hummm. Souza Angel, Santa Rita-PB – set2016

31- Nossa!Perfect!👌👏👏👏👏👏👏👏 Ellem Francys Do Gustavo Ornellas, Três Rios-RJ – jul2016

32- lindo mesmo! Selma Batista Barreto, dez2016

33- Fantástico! !!! Georgina Santos, Rio Branco-AC – jan2017

34- Lindo. Verônica Marques, Camocim-CE – abr2017

> Postagem no Facebook


%d blogueiros gostam disto: