Oficina de Roteiro de Sitcom

.
OFICINA DE ROTEIRO DE SITCOM

.
Mesmo que o aluno não pretenda seguir uma carreira de roteirista, a oficina pode ser bastante útil para o aperfeiçoamento das técnicas de criação de histórias, para o desenvolvimento da criatividade e do humor e para a disciplina profissional.

Obs.: não aceito alunos que seguem ideologias fascistas. Isso significa que se você apoia governos que praticam a censura artística, como o de Jair Bolsonaro, essa oficina é incompatível com você.

OFICINA PRESENCIAL (módulo básico)

– Mínimo de 6 alunos
– 16 aulas de 4h cada, presenciais e semanais (4 meses)
– Os participantes aprenderão a criar histórias para séries de humor no formato sitcom e, ao fim, a turma criará uma série e escreverá o primeiro episódio
– Inclui material teórico (história do gênero e descrição da metodologia + DVD com episódios de sitcom)
– Pré-requisitos: mínimo de 18 anos e bom nível em língua portuguesa e conhecimentos gerais

OFICINA ON LINE (módulo básico)

– Aulas individuais por Whatsapp e e-mail
– 16 aulas de 1h30 cada, em periodicidade a combinar
– O aluno aprenderá a criar histórias para séries de humor no formato sitcom e, ao fim, criará uma série e escreverá o primeiro episódio
– Inclui material teórico (história do gênero e descrição da metodologia + DVD com episódios de sitcom)
– Pré-requisitos: mínimo de 18 anos e bom nível em língua portuguesa e conhecimentos gerais

CONSULTORIA

– Caso já possua um sitcom criado, o aluno pode usar a oficina (presencial ou on line) para aperfeiçoá-lo

LIVRO PUBLICADO

No fim da oficina o aluno poderá publicar seu sitcom em livro, recebendo para isso todas as orientações necessárias, assim como indicação de gráficas parceiras que produzem livros em tiragens econômicas. Esse livro representará muito mais que um certificado de conclusão de curso: será o próprio produto com o qual o roteirista poderá se anunciar no mercado, oferecendo-o para produtoras e tevês, além de poder distribuí-lo entre amigos e profissionais da área de jornalismo, audiovisual etc.

MERCADO

O mercado nacional para roteiristas vive uma fase de aquecimento com a popularização da internet e dos aparelhos móveis, que dão o suporte necessário para produções experimentais. Para os canais de tevê, as vantagens do sitcom são: baixo custo de produção, fácil encaixe na grade de programação (episódios de 30 min) e direcionamento possível a variados tipos de público.

SOBRE RK

Ricardo Kelmer tem vários livros publicados, incluindo Como Escrever Roteiros de Sitcom, um resumo de sua oficina (mais infs abaixo). Após especializar-se em escrever sitcom diretamente com roteiristas estadunidenses, foi um dos coordenadores da equipe de roteiristas de Mano a Mano, sitcom exibido pela Rede TV em 2005.

CONTATO: rkelmer@gmail.com

.

SOBRE O SITCOM

A rigor, uma série de humor é um conjunto de episódios que envolvem um ou alguns personagens fixos e que conta histórias sobre eles, sempre por uma ótica bem-humorada. O sitcom é um tipo de série de humor que, em seu formato tradicional, conta com algumas características específicas:

a) Episódios de 30 minutos, incluindo os intervalos comerciais

b) Cenários mínimos

c) Elenco reduzido

d) Situações cotidianas mostradas por meio de cenas rápidas com diálogos ágeis, muitas piadas e desfechos imprevisíveis

e) Interpretações semiteatrais, quase farsescas, sem muito compromisso com o realismo

f) Claque (riso oriundo da plateia presente às gravações, que não existe em algumas produções)

Cada episódio de sitcom é uma pequena história com começo, meio e fim. Ela não tem necessariamente ligação com os episódios anterior e posterior, ou seja, se o personagem termina o episódio doente, no seguinte ele pode começar perfeitamente normal, como se nada tivesse acontecido, e sequer haverá referência ao que aconteceu no episódio anterior.

Num sitcom costuma-se ter liberdade para criar situações estranhas e até mesmo impensáveis, que nem sempre são verossímeis. Essa falta de compromisso com a verossimilhança não costuma ser algo que comprometa um sitcom, pelo contrário. Como sitcom é comédia (diferente de drama) e seu objetivo é fazer rir, o humor é o que realmente importa, e assim o espectador acaba aceitando com naturalidade as mais loucas situações criadas pelos roteiristas.

O roteirista de sitcom se importa muito mais com uma história engraçada do que com os olhares vigilantes da verossimilhança.

Friends e Seinfeld são exemplos de sitcons de formato clássico que alcançaram imenso sucesso.
.

DICA DE LIVRO

ComoEscreverRoteirosDeSitcomCAPA-07a

Como Escrever Roteiros de Sitcom
Um guia para criação individual e em equipe
(Ricardo Kelmer. Dicas. Miragem Editorial, 2015)

Indicado a roteiristas e a todos que se interessam em aprimorar a técnica de criação de histórias, este pequeno guia traz informações básicas sobre o sitcom (formato clássico), gênero de humor televisivo apreciado no mundo inteiro. Aqui estão casos de sucesso e orientações sobre a linguagem e a estrutura dos episódios, além de dicas importantes para o desenvolvimento da criatividade e para o processo de criação, individual e em grupo.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: