Obrigado a você que comemorou comigo

04/07/2012

Ricardo Kelmer 2012

.

Obrigado a todos que comemoram comigo o 4o aniversário do Blog do Kelmer (BdK). Durante 20 dias, pela promoção realizada no Facebook, os leitores puderam dizer o que mais gostam em meu trabalho e isso me permitiu saber um pouco mais sobre suas preferências. Esse retorno é bastante útil ao meu trabalho, muito obrigado. O sorteado foi Irlane Alves (Fortaleza-CE), que ganhou um kit contendo 3 livros kelméricos + DVD do espetáculo Viniciarte + DVD da festa Cabaré Soçaite.

Festejar aniversário de um blog parece meio demais, né? Pra mim não. Faço questão de festejar porque meu blog é a minha casa na internet, que cuido diariamente com esmero, é meu depósito de ideias e ideais, minha vitrine de sonhos e conquistas. É pelo blog que revelo ao mundo minha arte e minha loucura, dou a cara ao tapa e exponho a paisagem nem sempre calma de minhalma. Quando eu morrer, continuarei lá, fazendo parte do mundo.

Porém, são os leitores do blog que completam o sentido do meu trabalho. Eles é que guiam meu olhar, me fazendo entender sempre além do que eu pensava entender sobre minhas criações. Essa interação é vital pra que eu possa continuar criando. Obrigado muito! Comemoraram comigo esses queridos 41 leitores:

CE: Ana J Sousa, Clécio Rhustem, Cris Castro, Irlane Alves, Jefferson Roberto, Joana Darc Pedrosa, Jocastra Holanda, Liana Kelly, Lucas Thiago Silveira, Luciene Maia, Marcelle Silva, Max Krichanã, Mônica Santos, Raquel Silva dos Santos, Rita Queiroz, Rosa Emília, Sydinha Brito, Wanessa Bentowksi (Fortaleza),
PA: Jackson Cruz (Belém),
PB: Anderson Bujika, Celio Sg, Luanna Oliveira, Marcos Moraes, Samantha Pimentel (Campina Grande),
PR: Paulinha Koppe (Guarapuava),
PE: Mônica Burkle, Rosana Pereira Marinho (Recife),
RJ: Gabriel M. Falcão (Rio de Janeiro),
RO: José de Arimatéa (Sta Luzia do Oeste),
SP: Isabele Baptista (Barretos), Angélica Santos, Vanderley Santos (Cotia), Vika Mancini (Leme), Cris Pinheiro Lima (Santos), Flávia Lemos, Izabel Castro, João Oliveira Júnior, Juliana Melo, Maria do Carmo Antunes (São Paulo),
EUA: Ana Claudia Domene Ortiz (San Diego-CA) e
Eduardo Sallas (de onde mesmo?)

.

E o que esse povo todo indicou? Isso:

LIVROS

A Arte Zen de Tanger Caranguejos: 2 indicações
Baseado Nisso: 1
Blues da Vida Crônica: 1
Guia de Sobrevivência para o Fim dos Tempos: 2
Matrix e o Despertar do Herói: 4
Quem Apagou a Luz?: 3
O Irresistível Charme da Insanidade: 9
Vocês Terráqueas: 4

TEXTOS

A ilha (crônica): 1
A gota dágua
(conto): 4
A mulher selvagem
(crônica): 1
A professora de literatura do meu marido
(conto): 1
A torta de chocolate
(conto): 1
A vertigem
(conto): 1
Ela no espelho (poema): 1
Eu esfaqueei o deputado (crônica): 1
Inspiracion,essa vadia
(conto): 1
Loiras ou morenas
(crônica): 1
Medo de mulher (crônica): 4
O dia em que papai e mamãe ficaram muito doidos (conto): 1
O íncubo (conto): 2
O presente de Mariana
(conto): 1
Um ano na seca
(conto): 6

Cabaré Soçaite (festa) 2

Kelméricas (coluna no O Povo On Line): 2

Vinciarte (espetáculo): 4

.


LINK DA PROMOÇÃO NO FACEBOOK

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.


Anúncios

Lei antifumo, eu te amo

07/08/2009

Ricardo Kelmer 2009

Na verdade os fumantes, com sua deselegância, acabaram criando uma severa lei contra eles próprios. Não deixa de ser irônico

Fumo-02Jurei a mim mesmo que no primeiro minuto do dia 7 de agosto de 2009 eu publicaria uma crônica sobre uma das leis mais gritantemente óbvias que podem existir. Promessa cumprida.

A lei número 13.541/09, sancionada pelo governador José Serra, proíbe a partir de 07.08.09, em todo o Estado de São Paulo, fumar em locais fechados de uso coletivo, públicos ou privados. A fiscalização, que ficará a cargo dos agentes sanitários, não será feita sobre os fumantes mas sobre os estabelecimentos, que, caso não mantenham o ambiente totalmente livre de tabaco, serão multados e poderão ser fechados.

Várias experiências em outros países inspiraram a lei paulista e elas mostram que a sociedade lucra com a medida. Os donos de bares, boates e restaurantes estão naturalmente apreensivos com a possível queda de faturamento e ela certamente ocorrerá mas será pequena e por pouco tempo, o que desmentirá os terroristas da fumaça, que pregam o risco de demissões em massa.

A classe dos fumantes se adaptará à lei, saindo pra fumar, passando a fumar menos ou até mesmo aproveitando o embalo pra largar o vício. Os funcionários não mais serão obrigados a trabalhar respirando o ar poluído dos estabelecimentos. E os estabelecimentos poderão ter problemas com fumantes fissurados mas isso fará parte das raras exceções pois nem esses desejarão que seja fechado o lugar que frequentam.

Inegavelmente, a turma dos não-fumantes tá muito feliz: a lei lhes soa como uma espécie de justiça tardia. Assim como fumar é uma opção, não fumar deveria também ser. Mas infelizmente nunca foi pois os não-fumantes sempre foram obrigados a fumar por causa de fumantes que acham que seu vício deve afetar não só a eles mas também a quem estiver por perto, o que, convenhamos, é um comportamento no mínimo deselegante, pra não dizer estúpido. Na verdade os fumantes, com sua deselegância, acabaram criando uma severa lei contra eles próprios. Não deixa de ser irônico.

Tenho ouvido queixas curiosas dos fumantes em relação à lei. Um amigo vegetariano, justificando sua discordância, me disse que a presença de pessoas comendo carne o incomodava bastante mas que isso não justificaria uma lei que as proibisse de comer carne. Uma outra, inconformadíssima, lembrou que os fumantes não podem pagar por terem sido ludibriados pela indústria do fumo, que os enganou ao vender cigarro com clima de status e glamur. Ainda teve outra que jogou uma praga: o governador terá de pagar o tratamento dos que, no inverno, vão se resfriar por terem de sair à rua pra fumar. São queixas que, de tão descabidas, nem merecem resposta.

A indústria tabagista? É claro que odeia a lei e já tentou derrubá-la várias vezes, patrocinando ações movidas por associações de bares, restaurantes e hotéis. Felizmente a lei continua de pé e pelo andar da fumaça, cada vez mais países a adotarão, fortalecendo a tendência mundial de se investir em qualidade de vida ainda que isso signifique contrariar fortes interesses comerciais.

Recordo agora, particularmente falando, de que, por conta dos ambientes poluídos de cigarro, precisei abandonar meus bares preferidos. Agora poderei voltar a eles, ô maravilha, e beber com os amigos sem o incômodo dos olhos irritados, da tontura e da dor de cabeça que a fumaça me traz. Assim como eu, muita gente se sentirá mais à vontade pra sair e isso trará novos clientes à noite da cidade. E todo mundo ficará aliviado por não ter mais de chegar em casa com pele, roupa e cabelo fedendo a cigarro.

Decerto nem todo não-fumante sofre como eu por causa do cigarro alheio. Eu sou desses que precisa beber pra anestesiar olfato e paladar e, assim, poder beijar com prazer uma mulher que fuma. Outro dia o suor da moça fedia tanto a nicotina, mas tanto, que bati o recorde mundial de sexo sem respirar. O que a gente não faz… Mas como eu dizia, nem todo não-fumante sofre como eu – mas todos eles a partir de agora não sofrerão mais os males do fumo passivo, o que lhes trará mais saúde, com exceção, é claro, dos que vivem com fumantes pois a lei não se aplica ao ambiente particular das residências. Bem, cada um sabe onde o pulmão lhe aperta.

Em breve as novas gerações comentarão com assombro de um tempo em que as pessoas discutiam a obviedade da proibição de se fumar em ambientes públicos. Tempo estranho. Que já vai tarde.

.

Ricardo Kelmer – blogdokelmer.wordpress.com

.

.

LeiAntiFumo-09Dúvidas sobre a lei antifumo paulista?

Visite o site Lei Antifumo, do governo de SP

Denuncie estabelecimentos que descumprem a lei.
Ou ligue
0800-771.3541

.

Saiba mais:

> Lei contra o tabagismo no mundo (ago2009)
> Lei antifumo tem 88% de aprovação em SP (Folha OnLine, 16.08.2009)
> Lei antifumo em outras cidades brasileiras (UOL, 19.08.09)

.

ENQUETE

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.


 


Santa Luana, livrai-nos dos fanáticos

15/07/2009

15set2009

Crer que o ser supremo do Universo está do meu lado e castigará quem discorda de mim, e que o meu deus é real e os outros são mentira – isso não é fanatismo?

SANTA LUANA, LIVRAI-NOS DOS FANÁTICOS

.
Lendo os comentários que recebeu minha crônica sobre proselitismo religioso no esporte (Religião no esporte é gol contra), comprovei o perigo que a religião representa para o mundo. Meu texto defende limites no comportamento de jogadores que usam o esporte para divulgar ostensivamente crenças religiosas. A imensa maioria discordou, claro, pois a imensa maioria dos terráqueos é religiosa. O preocupante foi o tom de animosidade dos comentários. Em lugar de considerações racionais e equilibradas, esses religiosos cospem grosserias, xingamentos e até ameaças, dizem que estou possuído pelo demo, que eu defenderia a propaganda de drogas e que sou babaca, gay e fascista, insultam minha mãe e pedem minha saída do jornal. Quanto fanatismo…

Um assunto delicado e polêmico como esse poucos ousam abordar diretamente, pois inventou-se que não se deve criticar a religião – um privilégio absurdo. No entanto, os problemas que o fanatismo religioso causam ao mundo trazem naturalmente à tona a necessidade de discutir o assunto com urgência.

A história da humanidade está encharcada de sangue por causa da religião. Mulheres e homossexuais já foram perseguidos demais pelo machismo das religiões. O terrorismo religioso é atualmente a causa da maioria dos conflitos no mundo. A fé fanática leva as pessoas a lutarem contra o que não segue seu livro sagrado, e para isso vale explodir clínicas de aborto, trens e edifícios.

Nenhum religioso se acha fanático, porém é sutil o fanatismo religioso. Crer que o ser supremo do Universo está do meu lado e castigará quem discorda de mim, e que o meu deus é real e os outros são mentira – isso não é fanatismo? Ah, mas não existem deuses, só existe um único deus, o monoteísta argumenta, e é claro que esse deus é exatamente como ele entende, e jamais como os outros possam entender. É fanatismo, sim. Querer impor a todos uma crença irracional que se resume a uma mera questão de fé íntima e que não se pode comprovar – isso não é fanatismo?

Insistem num ponto os favoráveis ao proselitismo religioso no esporte: que impor limites seria ir contra a liberdade de expressão. E disso me acusam, putz, logo eu que tenho a liberdade como bandeira de minha vida. Claro que a liberdade de expressão é sagrada e sem ela não há democracia, mas há situações mais e menos convenientes para se expressar. Se um torcedor aproveitasse uma cerimônia religiosa para exibir a camisa e propagandear a paixão por seu clube, os fiéis da igreja certamente protestariam. É uma questão de conveniência social.

Haveremos de encontrar um meio de proteger o esporte das interferências da religião, até porque um evento esportivo não é um evento religioso. Evidentemente as religiões têm todo o direito de organizar eventos esportivos e, nesse caso, o esporte seria legitimamente usado a favor delas – mas as competições da Fifa são essencialmente laicas e ela tem todo o direito, em sua preocupação por preservar o espírito esportivo, de proibir certos tipos de manifestações. Se os jogadores religiosos não fossem tão ostensivos em sua fé, nem haveria essa discussão.

Algumas religiões precisam demais do mal para combater. E o mal está nos que não creem em seu deus ou está no deus das outras religiões. Para algumas religiões não haverá descanso enquanto houver infiéis. É óbvio que isso em nada contribui para o convívio harmonioso entre os diferentes, e é aí que mora o perigo do proselitismo religioso no esporte: essas religiões não suportam a diferença. Se elas se unissem, vá lá, o esporte até ganharia com isso, mas não é o caso: as religiões se detestam.

Temos que defender a liberdade de expressão, sim. Devemos ser livres para dizer o que pensamos, fazer humor politicamente incorreto, criticar governo e instituições, ridicularizar celebridades e até zombar das religiões. Se um jogador tem o direito de usar uma camiseta “Deus é fiel”, outro também poderia usar uma “Deus é assassino”. Se um jogador pode propagandear o cristianismo, por que outro não poderia divulgar o satanismo? A expressão religiosa deve ser livre, sim, mas o esporte não é o melhor lugar para isso.

Eu falava da reação dos religiosos à minha crônica. Se me fizeram até ameaças, o que poderá acontecer se as religiões se encontrarem abertamente no esporte? Se o deus de uma for o diabo da outra, os jogadores saberão ser gentis? Para o esporte, um jogo é só um jogo, mas para as religiões o que está em jogo é a supremacia de seus deuses. E, é claro, a conquista de mais fiéis, pois hoje templo é dinheiro.

Atualmente os ateístas somam 5% no mundo inteiro. Os teístas são esmagadora maioria, sim, mas a crença numa entidade criadora e gerenciadora do Universo, em vez de unir, só os divide, gerando violência e fanatismo, o que prova mais uma vez que valores morais independem de religião. O único antídoto contra o fanatismo é a relativização da fé religiosa, ou seja, cada pessoa entender sua religiosidade ou a falta dela como apenas um modo particular de lidar com o imenso mistério da vida, e que não faz sentido impô-la aos demais. Porém, se isso anularia o fanatismo, também significaria o fim das religiões organizadas. Conclusão: a religiosidade é mais sadia que a religião pois a religião é fanática por natureza.

Minha conclusão não quer convencer ninguém da existência ou inexistência de deuses, mas sim mostrar que a religião está diretamente ligada ao fanatismo. E se existir alguma religião que considere relativa a sua visão individual do divino? Uau, eu adoraria saber disso, mas não boto fé.

As crenças religiosas são uma questão pessoal e não deveriam deixar o âmbito da intimidade para se meterem no plano esportivo ou político. Aquele crucifixo na parede do Congresso Nacional, por exemplo, não poderia estar ali pois pela constituição o Brasil é um Estado laico. Se pode um crucifixo, então pode também uma estátua de Exu. Ou, se existisse a ISLUP, Igreja dos Seguidores de Luana Piovani, poderia também uma imagem dela lá – o Congresso continuaria o mesmo covil mas ao menos ficaria mais belo. A propósito, como o fanático vê o demo em tudo, é capaz de alguém achar uma mensagem cifrada nas iniciais dos parágrafos deste texto. Ô povo imaginoso.
.

Ricardo Kelmer 2009 – blogdokelmer.com

.

Obrigado, Luana, por ter emprestado vossa santíssima beleza pra embelezar este humilde texto.

Entre pra ISLUP – Igreja dos Seguidores de Luana Piovani. O primeiro passo é saber pronunciar corretamente o nome da igreja, a língua em reverência, como se lambendo um sorvete: IsLLLLLLLup… Após isso, deixe sua inscrição num comentário cá embaixo.

.

LEIA NESTE BLOG

futebolbrasil2009copaconfed-02.jpgReligião no esporte é gol contra – Se nada for feito, a religião invadirá os campos e quadras e o esporte virará uma cruzada entre os jogadores e seus deuses. ATENÇÃO: CONTÉM COMENTÁRIOS VIRULENTOS DE FANÁTICOS RELIGIOSOS

Santa Luana, livrai-nos dos fanáticos – Crer que o ser supremo do Universo está do meu lado e castigará quem discorda de mim, e que o meu deus é real e os outros são mentira – isso não é fanatismo?

Memórias de um excomungado – Eu jamais havia cogitado a ideia de que era possível não ter religião ou não acreditar em Deus

Entrevista com o ateu – Um pregador evangélico entrevista um escritor ateu

.

.

ENQUETE

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS

Obrigado a todos os leitores que comentam meu trabalho. Mesmo que discordemos em nossas opiniões, sua participação me deixa bastante honrado. Comentários enviados por e-mail ou importados de outros sites poderão ser reduzidos. Para garantir a reprodução total de seu texto, poste diretamente neste blog. Comentários postados em maiúsculas poderão ser recusados.

.

01- Se LUANINHA ME AMA, que ela venha a mim pra me fazer feliz. Ô mulher bonita!!! Muito inteligente, Ricardo Kelmer. Parabéns! Giovanni, jul2009

02- Entre um homem pragado numa cruz de braços abertos sangrando e a Luana na sua frente com as pernas abertas, você escolhe o quê? Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu Lu !!!!!!!!! – John Lock, jul2009

03- Excelente comentário, pena que contra religião, não há razão. Eduardo, jul2009
RK: É verdade. Mas se eu ficar lembrando disso, desistirei de escrever.

04- Concordo pelamente com seu ponto de vista, a religião acaba com as pessoas formão desunião uma rivalidade sem fim um fanatismo que eles não consequem ver eles são cegos e as igrejas fazem uma lavagem nas pessoas que elas não se dõa conta de tanto fanatismo…isso não considero fé!Ricardo Kelmer adoro vc!!! Jessyka, jul2009

05- Kelmer vc se supera!!!tudo nesssa vida tem que ter equilíbrio e bom senso, inclusive a fé!!!parabéns pela profundidade dos comentários, mas, sem ser despeitada, não acho que a Luana esteja com essa “bola” toda…kkk..!!!bjo. Irismar, jul2009
RK: Luana Santinha te perdoa, Irismar.

06- a verdade está somente em Cristo,Kilmer você não pode generalizar a tudo e a todos, a própria palavra de Deus diz que no final dos tempos apreceriam todo tipo de blasfêmias que muitos esfriariam na fé. Que Deus tenha misericórdia de mim e de você. Nazareno Germano Máximo, jul2009
RK: Putz, agora fiquei sem entender se eu faço parte dessas tais blasfêmias. Posso trocar por blasfêmeas?

07- Viiiiva o deus do KELMER: VIVA A MACONHA!!!Jogadores, exponham nas suas camisas: LIBERAÇÃO DA CANNABIS JAH!A FAVOR DA MACONHA SEM PRECONCEITO DAS MINORIAS!Ricardo Kelmer BASEADO NISSO aplaudirá e exaltará em seus artigos!Só assim vcs deixarão escritor maconheiro feliz! Paulo, ago2009
RK: Caramba, Paulo… Obrigado pela publicidade gratuita do meu livro Baseado Nisso. Em retribuição, deixarei a ponta pra você.

08- Concordo com o artigo de Ricardo em quase tudo, exceto que no Brasil o “DEMO”(PFL)é responsável por tudo que não presta no país, inclusive e principalmente no SENADO. Arlindo Pacheco, ago2009

09- Quanto ao fato de haver crucifixos e outros símbolos religiosos em prédios públicos no Brasil, isso é justificável, pois a grande maioria dos brasileiros é católica e a Igreja Católica tem parte fundamental na nossa formação cultural. Luigi Nocrato, ago2009
RK: Claro, claro. E certamente você continuaria com a mesma opinião se a maioria dos brasileiros fosse do candomblé.

10- Kelmericas, esse seu artigo mostra claramente que você não domina nenhum dos dois assuntos: Futebol e Religião. Existe coisas que só podemos comentar se conhecermos a sensação de vive-las. Antonio José, ago2009
RK:
Eu conheço a sensação de viver a religião, Antonio José. Fui dirigente e palestrante de grupos de jovens católicos e tentei converter muitas almas para Deus Nosso Senhor. Frequentei outras religiões para conhecê-las de dentro, inclusive escolas iniciáticas e grupos esotéricos. E também estudo mitologia comparada. Eu não me arriscaria a escrever sobre tema tão difícil e controverso se não soubesse do que falo. Fique à vontade para ler o blog e saber mais sobre minha história e meu trabalho.


Mamãe, quero ser virgem

18/03/2009

18mar2009

Quem diria que a virgindade, coisa tão cafona, voltaria gloriosa às paradas de sucesso…

MAMÃE, QUERO SER VIRGEM

.
Atriz e modelo. Essa é atualmente a profissão dos sonhos de boa parte das adolescentes do planeta. Atriz e modelo são duas coisas bem distintas, mas na cabeça das meninas é tudo a mesma coisa. O que você quer ser quando crescer? Atriz e modelo.

No entanto, o reinado absoluto desta híbrida profissão pode estar com os dias contados. Com a repercussão dos recentes casos de garotas que leiloam a virgindade por altíssimos valores, eis que surge a profissão de… virgem. O que você é? Sou atriz e modelo. E você? Sou virgem.

Quem diria que a virgindade, coisa tão cafona, voltaria gloriosa às paradas de sucesso… Dessa vez, porém, ela não entra pura e angelical na igreja, de mãos dadas com o casamento – agora ela entra esperta e pragmática no mercado, abraçadinha com o dinheiro. No quesito anatomia as virgens profissionais não diferem em nada das antigas virgens, porém as profissionais fazem de seus hímens intactos o seu meio de sustento e através deles pagam os estudos e compram uma casa bacana para a família.

Certamente algumas virgens gerenciarão elas próprias o negócio, mas a maioria contratará um assessor para organizar os compromissos e as participações nos programas de TV. O leilão da virgindade poderá ser organizado por uma empresa especializada ou por aquele bordel classe A. Os proponentes verão imagens da virgem em seu blog e, mediante pagamento antecipado de uma parte do valor oferecido, poderão marcar encontros para conhecê-la pessoalmente, encontros esses devidamente acompanhados da mãe da moça, claro.

Uma das modalidades do negócio permitirá parcelar o pagamento em 12 vezes no cartão, mas em outra valerá o sistema de loteria: os proponentes pagam um valor estabelecido e ao final um deles é sorteado. Seja qual for a modalidade, o comprador da virgindade terá direito a uma porção do sangue para guardar de lembrança. É claro que a transmissão ao vivo do evento poderá ser negociada com alguma TV. E é claro que uma semana depois o dvd pirata estará à venda em qualquer esquina.

Como a virgindade exigida é a frontal, isso ressuscitará aquela antiga prática de dar por trás antes de dar pela frente. Se no passado as meninas faziam sexo anal por medo de engravidar ou para se manterem virgens até o casamento, agora elas o farão por consciência profissional. Ou seja: o que vai ter de virgem especialista em dar a bunda vai ser uma festa. Nada a reclamar, claro, a preferência nacional agradece.

É lógico que com tantos hímens se oferecendo no mercado, o preço cairá e as virgens terão que oferecer algo mais para se valorizarem. Será criado, por exemplo, um selo especial do InMetro para atestar a originalidade do produto. Uma boa pedida será fazer sociedade com a irmã, oferecendo virgindade em família – já pensou que irresistível, As Gêmeas Virgens! Outra boa estratégia de marketing será a virgem anunciar o leilão quando ainda for menor de idade e que perderá a virgindade exatamente na noite de seu aniversário de 18 aninhos, ela fantasiada de paquita. E aquela crente que se manteve virgem por mera convicção religiosa poderá tirar proveito disso e se transformar, que soem as trombetas, na Virgem Evangélica. Uau!

Infelizmente só os ricos é que serão os clientes dessas virgens profissionais, e vários deles se especializarão no negócio, tornando-se exímios colecionadores de cabaços. Mas não serão apenas eles e as virgens que lucrarão. Como a grana dos caras será escoada para muitas garotas, isso significa que haverá mais dinheiro circulando na praça, a economia se aquecerá, surgirão mais vagas de trabalho e o país crescerá. E o que é mais importante: as virgens profissionais poderão sustentar seus namorados artistas e escritores.

Jamais imaginei que um dia eu fosse gritar isso, mas as coisas mudam, fazer o quê? Virgindade já!!! Pelo bem da arte e da literatura.

.
Ricardo Kelmer 2009 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA TAMBÉM

O ataque das virgens estudiosas

Três virgens do Brasil, Itália e Estados Unidos leiloam a virgindade para pagar os estudos

.

.

.

Catarina Miglorini – O leilão da virgindade da catarinense de 20 anos vai virar filme

> Matéria no G1, 25.09.12

> Depoimento de Catarina Miglorini, Folha de São Paulo, 26.09.12

.

.

.

.

LEIA NESTE BLOG

O mistério da morena turbinada – Aí um dia ela, inocentemente, leva o computador numa loja pra consertar. Algum tempo depois dezenas de fotos íntimas suas estão na rede

O mistério da cearense pornô da California – Uma artista linda e gostosa, intelectual e transgressora, que adora perversões e entre uma orgia e outra luta pela liberação das mulheres? Uau!

Tábata, a mulher barata – Não fazia parte dos meus planos ter uma secretária ninfômana, alcoólatra e escandalosa, mas fazemos uma boa dupla no mundo das investigações sexuais

.

SÉRIES ERÓTICAS DESTE BLOG

As aventuras de Diametral e Ninfa Jessi – A mais bela e safada história de amor jamais contada

As taras de Lara – Desde pequena que Lara só pensa naquilo. E ai do homem que não a satisfaz

Um ano na seca – O que pode acontecer a um homem após doze meses sem sexo?

O último homem do mundo  – O sonho de Agenor é que todas as mulheres do mundo o desejem. Para isso ele está disposto a fazer um pacto com o diabo. Mas há um velho ditado que diz: cuidado com o que deseja pois você pode conseguir…

.

ENQUETE


PARA MULHERES

.

PARA HOMENS

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

01- Sabia que voce escreveria sobre isso!! tava so esperando. Irlane Alves, Fortaleza-CE – out2012

02- kkkkkkkkkkk. Abner Rios de Alencar, Fortaleza-CE – out2012

 


Bem-vindo ao clube dos excomungados

12/03/2009

12mar2009

Para a Igreja o pecado de estuprar ou assassinar alguém é menor que o de praticar um aborto

futebolexpulsao01O país inteiro ficou chocado com o caso da menina pernambucana de 9 anos que engravidou de gêmeos após ser violentada por seu padrasto. E com a confissão do padrasto, veio o segundo choque: ele abusava da menina havia 3 anos.

O padrasto foi preso e a menina teve que ser submetida a um aborto, pois seu corpo infantil dificilmente suportaria uma gravidez, ainda mais de gêmeos. O procedimento foi realizado com sucesso num hospital de Recife e a menina agora está bem. Está bem é modo de dizer, claro, pois violência sexual, principalmente na infância, costuma deixar graves sequelas psicológicas.

Porém, um terceiro choque aguardava na sala de espera: dias depois o arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho, anunciou que a mãe da menina e toda a equipe médica que participou do procedimento estavam excomungados da Igreja Católica. O assunto, que já era complexo, tomou jeitão de polêmica nacional e o tema aborto voltou forte à ordem do dia, mostrando que felizmente para a sociedade brasileira as políticas de saúde pública não dependem das leis católicas.

Toda igreja tem suas leis, e se você entra para uma delas, precisa segui-las sob pena de ser expulso. Foi o que ocorreu em Recife. Praticar ou ser cúmplice num caso de aborto é um dos pecados que causam automaticamente a expulsão da Igreja Católica. Assim sendo, a mãe e a equipe médica foram automaticamente excomungados no momento em que participaram da interrupção da gravidez da menina, e o arcebispo apenas expressou a posição oficial da Igreja.

A atitude do arcebispo possibilitou a muita gente, católicos inclusive, saber que para a Igreja o pecado de estuprar ou assassinar alguém é menor que o de praticar um aborto. Isso quer dizer que o padrasto da menina poderia estuprá-la durante a vida inteira, e até matá-la, que não seria excomungado, e poderia continuar indo à missa todo lindão e casar e receber os sacramentos normalmente como o mais santo dos católicos. O mesmo vale para os padres pedófilos que abusam de crianças e lhes traumatizam a vida ‒ esse é um pecadinho bobo sem importância, que sai, ou é ejaculado, na urina.

Como você reagiria se o caso envolvesse sua filha? Não faria nada e deixaria que a lógica de Deus decidisse? Ou autorizaria o aborto e depois procuraria outra igreja que o aceitasse? E agora, como os católicos brasileiros encaram a posição de sua religião em relação ao aborto? Seria interessante que, após esses acontecimentos, houvesse uma pesquisa de opinião sobre aborto e religião.

Quanto a mim, esse caso me fez ficar sabendo, com 25 anos de atraso, que eu também estou excomungado. Sim, pois um dia uma garota com quem eu tinha um caso engravidou e decidimos pelo aborto. Como eu já não mais me considerava católico, ter sabido àquela época que eu estava expulso da Igreja não faria qualquer diferença.

Mas hoje faz diferença. Eu me sinto bem por ter sido expulso de uma instituição cujos membros estariam realmente dispostos a sacrificar aquela menina pernambucana ‒ pelo simples fato de que essa é a lógica do deus deles.
.

Ricardo Kelmer 2010 – blogdokelmer.com

.

.

teste
SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ EXCOMUNGADO E NÃO SABE?

religiaosexo01Pesquisei e encontrei outros pecados passíveis de excomunhão. Veja se você, que é católico ou foi batizado na Igreja Católica, já cometeu algum deles:

Cisma – É a dissidência religiosa, como fizeram os protestantes. Em outras palavras: se você recusar obediência ao Papa, tá excomungado.

Heresia – Significa desrespeitar os dogmas da Igreja. Em 1977 o genial Odair José os usou artisticamente em seu disco “O filho de José e Maria” e, crau!, levou uma excomungada na cabeça.

Profanação das espécies sagradas – Dizem que fumar e não tragar não vale, né? Com a hóstia é parecido: quem recebe e não engole, também a está profanando. Roubar aquele vaso das hóstias tá liberado, mas roubar hóstia não pode, mesmo que seja oito da noite e você ainda não comeu nada.

Violência física contra o Papa – Contra qualquer outra pessoa pode, até crianças de 9 anos. Contra o Papa não, viu, minha filha, por mais que ele diga que a máquina de lavar foi a invenção mais importante pra mulher no século 20.

Violação direta do segredo da confissão – Como você não é padre, esse pecado não se aplica a você. Mas você tem certeza que deseja que o padre saiba que você e aquele seu colega do trabalho andam pecando contra o sexto mandamento?

Sexo selvagem no convento – Esse não existe, mas não resisti, me desculpe, é uma velha fantasia minha. Não dá excomunhão, mas mesmo se desse, eu já tô excomungado mesmo…

.

.

tá fora
ALGUNS EXCOMUNGADOS

odairjose010aFidel Castro – Ditador cubano, sec 20. Por proibir a fé católica em Cuba.
Geraldo Ferreira Filho – Brasileiro, sec 20. Após ter sido desenganado de câncer em 1972, descrente da existência de um ser supremo ou mesmo de uma inteligência superior, encaminhou ofício ao Vaticano, pedindo sua excomunhão, no que foi atendido.
Jesus Norberto Gomes – Farmacêutico brasileiro, criador do guaraná Jesus, sec 20. Por dar uma surra num padre. (Ué, mas em padre não pode?)
Juan Domingo Perón – Presidente da Argentina, sec 20. Excomungado por assinar decreto de expulsão de dois bispos católicos.
Martinho Lutero – Teólogo alemão, sec 16. Excomungado por heresia.
Miguel de Cervantes – Escritor espanhol, criador de Don Quixote, sec 16. Sua excomunhão foi posteriormente revertida.
Miguel Hidalgo – Mexicano, sec 19. Por liderar a guerra de independência contra a Espanha.
Odair José – Cantor e compositor brasileiro, sec 20. Excomungado por heresia.
Sinéad O’Connor – Cantora irlandesa, sec 20. Excomungada por ter sido ordenada sacerdotisa de seita católica considerada cismática pelo Vaticano.
Todos os cristãos da América do Sul que tomaram armas contra as monarquias da Espanha e de Portugal durante o papado de Leão 12, sec 19.
.

> Excomunhão na Wikipedia
> Mais sobre excomunhão
> Site Ateus do Brasil

.

LEIA NESTE BLOG

TurmaSantoInacio1975Memórias de um excomungado – Eu jamais havia cogitado a ideia de que era possível não ter religião ou não acreditar em Deus

Meu futuro de popistar cristão – Meus shows seriam superanimados, sempre acompanhados de meu time de ruivinhas cristãs de minissaia, as Noviças Viçosas

O mundo é uma mentira – Este filme mostra o quanto a história é manipulada pelas elites religiosas e econômicas, que “criam” os fatos e nos fazem acreditarmos neles, lutarmos por eles, matarmos por eles

Religião no poder é fogo – A primeira vítima da promiscuidade entre poder e religião é justamente o maior dos sustentáculos da democracia: a liberdade

Entrevista com o ateu – Um pregador evangélico entrevista um escritor ateu

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
(saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- infelizmente certos dogmas são arrastados por séculos ainda permitindo que o ser humano continue, com a mente visivelmente travada, e por isso nós os “excomungados” temos que conviver infelizmente ainda por não se sabe quanto tempo, com esses e outros absurdos cometidos por pessoas doentes que são aceitas conforme a comodidade e a “ordem” imposta por uma parte da nossa própria sociedade. Parabéns pelo texto Ricardo. Hérika Vale, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

02- Essas inconsistências é que levam a população a descrença em relação a Igreja Católica. Muito bem levantada essa questão: o estuprador não foi ex-comungado, mas quem tentou salvar a vida da menina, e DEIXAR QUE ELA TENHA UMA INFANCIA MINIMAMENTE NORMAL, foi “punido” pela Igreja. Mais uma palhaçada católica! Os evangélicos, Bispo Macêdo inclusive, deve estar rindo a toa.

03-Sou católico e defendo a vida sobre tudo. Não temos o direito de tirá-la de ninguém, muito menos de indefesos.. Não podemos mensurar o valor da vida, porque diante de Deus, todas elas tem o mesmo valor.. O Sr. Ricardo Kelmer infelizmente, não sabe que a sua vida tem o mesmo valor da criança que ele abortou quando tinha seus 20 anos, como também dos gêmeos citado nesta matéria. Só tem uma diferença, os pais do Sr. Ricardo Kelmer sabia disso. Jackson, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

04 utilizar essa polêmica para fazer campanha pró-aborto é ridículo. É preciso ter cuidado, o aborto não é somente uma questão de saúde pública, é também, uma questão de respeito à vida. Acredito não ser prudente deixar a decisão do aborto, qualquer que seja as circunstâncias, nas mãos dos pais. Lima, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

05- A lógica do Deus que a Biblia apresenta é proteção para aqueles que se sujeitam as suas orientações, a lógica da igreja pelo visto é proteção para sua classe clerical pedófila. Lili, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

06- o povo esta conseguindo ver que a igreja catolica nao passa d euma tremenda farça religiosa. Jorge Henrique da Silva, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

07- aqui, na França, os arcebispos agem de maneira diferente e o bispo de Nanterre escreveu uma Carta aberta au bispo de Olinda e Recife condenando a excomunhão. Deus é compaixão e misericordia diz ele e não se deve acrescentar uma dor onde ja existe tanta dor. As pessoas aqui estão horrorizadas com as palavras do arcebispo de Recife. Aqui ,o aborto é legalizado e não existe excomunhão. Mas a França é um pais de 1° mundo. Dois pesos e duas medidas da parte de igreja catolica! Lena O Alard, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

08- Parabéns, Ricardo! Seu artigo expressa a mais pura verdade. E põe em pauta uma discussão extramamente importante: Qual é o valor da vida? E quando me refiro à vida, não estou falando da vida biológica, que pode ser interrompida com um aborto, mas falo da vida que esta menina enfrentará pelo resto de seus dias. Miguel Arcanjo Zimmermann, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

09Gostaria de parabenizá-lo pelo excelente texto! Está passando da hora de a igreja católica acabar com séculos de hipocrisias! E os padres pedófilos, foram excomungados? E com relação ao fato de toda a igreja católica ter se calado diante do holocausto, o que dizer disso? E o bispo que ainda hoje nega a existência do holocausto, foi excomungado? Vamos esperar por todos eles com uma grande faixa onde diz: “Bem-vindos ao Clube dos Excomungados!” Sândalo Costa Bezerra, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

10- Tão absurdo quanto o aborto, um crime silencioso e covarde, é o tom dessa notícia. O “colunista” é tb um criminoso, e o que é pior, se orgulha disso. Como tantos outros, aderiu ao secularismo. A igreja católica não é uma religião; é a Religião. Fundar uma igreja é fácil, difícil é morrer e ressuscitar no terceiro dia. Francisco, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

11- Sou totalmente contra o aborto, pois a coisa que mais desejo na vida é ser mãe, mas nesse caso sou totalmente a favor, em caso de estupro eu não seria contra, como fica uma mãe ao olhar todo dia para uma criança e lembrar de como ela foi gerada?! Principalmente uma criança de 9 anos. Como esse senhor pode exomungar alguem nesse caso. A igreja catolica só vem me decepcionando cada vez mais, acho que hj em dia não tenho mais religião, apenas fé. É facil para as pessoas falarem quando não estão vivendo a situação. Vamos deixar de hipocresia, pq se estivesse no lugar dessa criança e da mae dela, irião querer o aborto. Luisa, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

12- Realmente o escritor mostrou uma tremenda ignorância ao direito canônico. O mandamento é não matarás, ou seja, é terminantemente proibido pela Igreja Católica matar, seja por aborto ou qualquer outra forma. A criança poderia correr risco de vida, mas só DEUS teria a certeza da morte ou não da criança no caso da manutenção da gravidez. Preferiram tirar a vida dos gêmeos a não tentar manter a vida dos três. Só quem é realmente católico para entender a situação. Não cabe a nós, obviamente, julgar os médicos e a mãe da criança. A excomunhão é automática, consoante as regras da Igreja. Mas isso não quer dizer que as pessoas são expulsas, pois todo pecado tem seu perdão, se assim as vítimas desejarem. Particularmente, se fosse na minha familia, manteria a mesma opinião, pois sigo fielmente a minha religião e a minha consciência, respeitando é claro, a opinião de todos, pois vivemos numa democracia e ninguém é dono da verdade, só DEUS!! Deputado, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

13- Realmente é impossível esperar de quem, de uma maneira cínica, admite publicamente que cometeu aborto, um posicionamento diferente face ao triste fato ocorrido em Pernambuco. Com que autoridade o pretenso colunista pode emitir parecer sobre o assunto? Só existe uma explicação: buscar espaço para vender livros. Augusto Andrade, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

14- se a escomunhão nesse caso se dá pelo mandamento não mataras, creio que milhões de pessoas ja deveriam ter sido excomungados, sim todo pecado tem seu perdão, mas muitos desses assassinos não se arrependem nunca, eu como mulher repito, não iria querer o fruto de um crime, de um sofrimento, é facil falar quando não é com vc, ser hipocrita é enganar a si mesmo. Também não concordo com algumas das palavras do escritor, o seu caso realmente é lamentavel, no seu caso e da sua parceira foi realmente um crime, e se eu estivesse no lugar dessa sua parceira iria carregar remorso por essa monstruosidade a vida toda. Luisa, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

15- É por esta e outras que o jornal O Povo está perdendo seus assinantes. Também com um colunista deste! Leitor indignado, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

16- Para igreja catolica so´ mando uma resposta, va cuidar dos seus padres pedofilos, que esta igreja esetar cheia. eu nao preciso de religiao,acredito em Deus independente de religiao, e niguem e´salvo p/eou c/religiao. Eliane Maria Paz Chaves, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

17- é incrível, como uma pessoa(Inrresponsável), tem o prazer de dizer que teve participação em um aborto, e hoje fala que agradece por não ser mais católico, sobre a criança de 9 anos, o seu aborto é um caso a se pensar, pela causa que se fez, mais este criminoso que não sabe o que diz um dia vai pagar pelos seus atos, esse livro dele deve ser uma porcaria, porque o cara é fútil. Paulo André, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

18- Concordo com o Ricardo Kelmer sobre o artigo, mas não é a lógica de Deus a excomunhão, mas sim dos pseudos representantes de Cristo na terra. Por todo o mau que a igreja católica praticou, principalmente na idade média, ela mesmo já não deveria ter sido excomungada? E os padres pedófilos, o que dizer deles? São uns caras de pau, ignorando até o bem que a ciência proporciona ao mundo. Francisco Delmontier da Costa, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

19- Bem vindo ao clube vc, se depender de aborto para mim ser excomungada nunca serei, não sou contra a essa menina ter feito isso, mas no seu caso, ahh faça me o favor, vc ainda vem aqui e escreve isso com a maior naturalidade, como se tivesse matado uma galinha pra comer, poupe-me viu. Cris, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

20- Lamento ter lido esse tipo de reportagem/opinião. Um indivíduo se aproveita de um meio de comunicação para externar sua opinião sem se preocupar com o que fala. Aproveita o caso para fazer sensacionalismo, falar mal de uma Instituição séria e assumir que para ele é normal fazer um aborto (matar um ser inocente) caso a namoradinha engravide e eles não queiram assumir a responsabilidade pelos seus atos. É triste ver um jornal como O Povo dar espaço para esse tipo de manifestação irresponsável!!! Karla, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

21- Agora me vejo perdida. Sou ou, sei lá, era católica…nem sei mais!!! Tanta coisa absurda por baixo de uma batina. Concordo que o aborto deva ser a ultima saída, mas no caso desta CRIANÇA…era a ultima chance pra ela e um arcebispo vem e fala que ela deverá se sacrificar pra dar a vida a um ser que pra ela, com certeza, será sinônimo de algo que quer esquece, VIOLÊNCIA!!! Meu Deus, em que templo tu estais que eu possa entrar???Se o nosso corpo é templo do Espírito Santo, então quem invadiu e fez um estrago que jamais será consertado é que deveria ser excomungado, não???!!! Milla Lopes, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

22- A pergunta “Não faria nada e deixaria que a lógica de Deus decidisse?”, do meu ponto de vista deveria ser mais fundamentada e não apenas jogada para julgamento público. Como disse, quanto ao tal do Bispo nem me importo, aliás, nem sou católico, quanto ao aborto também achei prudente que fosse feito, porém seja mais prudente ao se referir ou questionar o que Deus faz ou deixa de fazer. Afinal um ¿escritor e roteirista¿ não passa de um ¿escritor e roteirista¿, agora, Deus dispensa os meus e os seus comentários. Adriano, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

23- como posso seguir o teu conselho contra a igreja catolica ser voce teve a coragem de matar o proprio filho com a arma do aborto , infeliz é a cidade que te acolher para te ouvi maldito todos aquele que te escuta. JUDAS SE ENFORCOU E TU ? é ricardo kelmer como posso seguir o teu conselho contra a igreja de cristo se voce teve a coragem de matar o proprio filho atraves do aborto ,voce devia esta na prissao e nao numa redançao de um jornal. Nazareno, Coluna Kelméricas, O Povo On Line mar2009

24- Rapaz, vcs ainda dão ouvidos pra essa igreja. Era pra ter entrado num ouvido e saído pelo outro. Totalmente desprezível e insignificante. Renato, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

25Eu sou e espírita e em teoria, contra o aborto. Fico muito triste que as crianças do Brasil estejam sendo tão desrespeitadas. Porque todo mundo fala desse aborto, da excomunhão e tudo mais, mas e a punição do padrasto? Sinceramente, se tivesse acontecido com uma filha minha, acho que eu não seria capaz de perdoar. Eu acho que esqueceria todos os princípios cristãos que supostamente tenho e cortaria o pênis desse desgraçado e depois o obrigaria a comê-lo e depois o amarraria numa árvore em praça pública pra ele ser estuprado e humilhado. Débora, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

26- sinto pena de você. um colunista deveria ter pelo menos sensibilidade antes de escrever tanta heresia e brincar com algo tão sério. você é um irresponsável, pois pessoas sem estudo vão ler essas suas idiotices e você, com tanta besteira, vai influenciar pessoas a terem ódio da igreja católica. você é um alienado, que só pensa nesse seu mundinho de artista. se depender do demônio, você venderá muito livro. quanta besteira foi escrita nesse seu artigo. quanto despropósito, além das brincadeirinhas sem graça. peço a Deus que o perdoe, pois o fim está próximo e, com certeza, você não gostará de se sentir expulso daqueles que irão se salvar, pois o fogo queima… Paulo, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

27- Religiosos, como o arcebispo de Olinda, são tão nocivos à sociedade quanto o padrasto estuprador, pois o padre, com suas idéias, defendeu que o estupro não é um crime tão grave assim. Talvez seja o corporativismo da organização, a que ele pertence, falando mais alto. É lógico que muitos valores cristãos devam ser preservados, mas acredito que a fé religiosa, hoje, se constitui em um grande entrave para o desenvolvimento sustentável da humanidade. O que dizer das fortes críticas do Vaticano a liberação de recursos oficiais americanos para as pesquisas com “células-tronco”, do posicionamento contrário ao planejamento familiar etc. Hélder Hamilton, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

28- Sou Bispo de nascimento ( sobrenome do meu Pai ). Esse bispo nao poderia estar em Olinda, D. Helder deve estar muito desapontado do lado de la. Quero ser excomungado!!!!!!!! José Valdo Bispo, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

29- quem diz que o estuprador está livre das penas eternas definidas pelo magistério da Igreja é o Sr. Kelmer, numa ironia própria dos maldosos, segundo nos ensina com propriedade de sábio o grande psicanalista Mira y Lopez. Enfim, o Sr. Kelmer, bem como muitos da sua estampa, deveriam recolher-se àquela condição do sapateiro da fábula de Esopo: sapateiro, não vá além dos seus sapatos. Barros Alves, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

30- Sou contra o aborto, mas a favor da legalização do aborto. Sou também a favor da liberdade de culto e do Estado totalmente Laico. A Igreja não poderia interferir nas leis – mas tem o direito de ter seus próprios postulados. O Direiro Canônico da Igreja Católica é elaboradíssimo. Para falar com propriedade, é preciso conhecê-lo, pelo menos superficialmente. Caso contrário, corre-se o risco de ser totalmente superficial, como o sr. Kelmer. John Lock, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

31- O estuprador era o patrão, o senhor de engenho que deflorava as mucamas. A Igreja até esta época ficava ao lado do patrão ou era patrão mesmo, senhora do mundo. Assim a vemos ao lado do poder, quando não era o próprio poder. Posteriormente perdeu força ficando subordinada ao poder civil instituído. Num avanço político conseguiu ficar independente separada do poder do estado. Mesmo separada do estado, optava para ficar ao seu lado disputando as regalias do poder, para isso tinha que ficar senhora do povo. O dilema surgido foi de que lado a Igreja deveria ficar, do poder ou do povo. Sob o comando do Papa João XXIII a igreja iniciou a guinada na direção do povo (continua) – Airton Barbosa Gondim, Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

32Descobri, através de você, que também sou excomungado. Dei uma clicada no link da lista e o maior pecado que ví foram as asneiras escritas (e tão mal escritas, que pecado!), principalmente, pelos teus algozes. Meu Deus, quanta gente ignorante! Manda perguntar para um budista qual é a verdadeira religião. Ou a um muçulmano…  Fui criado numa família profundamente católica, fui orientado a estudar para ser padre… e quanta decepção; é tudo uma grande farsa. Ah, quando estava no seminário, uma vez comi uma lata de hóstias e só não fui expulso porque ainda não estavam “consagradas”, mas meu pai teve que pagar o prejuizo. Enquanto isso, está mais do que comprovado que a maioria dos padres decidiu sê-lo, utilizando o celibato com o propósito de “servir” a Deus escondendo a sua sexualidade; mas, de vez em quando, tinham que dar vazão aos desejos carnais. João de Deus (eu?), Coluna Kelméricas, O Povo On Line – mar2009

33- Concordo com o Sr, Ricardo Kelmer, no que diz respeito ao descaso para as crianças que sao abusadas todos os dias neste pais, mas descordo que isto seja por causa de Deus, ou melhor do Deus catolico. O problema nao é Deus e sim a hipocrisia das autoridades catolicas em querer manter dogmas que deixam impunes esses monstros pedofilos, sejam estes padres ou parentes da criança. LidiaColuna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009



%d blogueiros gostam disto: