A foto repugnante e o sonho que não pode ser preso

10/04/2018

10abr2018

A foto que resume a baixeza moral dos fascistas que querem a morte de Lula

A FOTO REPUGNANTE E O SONHO QUE NÃO PODE SER PRESO

.
Oscar Maroni é dono de hotel em São Paulo e trabalha no ramo da prostituição de luxo. Sua boate Bahamas Club, em Moema, é frequentada por políticos, grandes empresários, policiais e até líderes religiosos. Num vídeo de 2016, ele prometeu que se Lula fosse preso, distribuiria cerveja de graça, e cumpriu a promessa na sexta-feira 06abr.

Na festa, na porta de sua boate, Maroni vestiu-se como presidiário. Uma foto feita nesse evento diz muito sobre o atual momento político do Brasil. Nela, Maroni exibe aos convidados uma mulher desnuda, com a calcinha nos joelhos, e atrás duas grandes fotos de seus heróis, o juiz Sergio Moro e a presidenta do STF Carmen Lúcia. Absolutamente repugnante.

A grande mídia, que, assim como Maroni e muitos direitistas, odeia Lula e apoia o golpe em curso no Brasil, não divulgou a foto, pois sabe que se o fizer, perderá simpatizantes em sua tarefa de destruir Lula e o que ele representa para o povo. Algumas pessoas, mesmo indignadas com a foto, hesitam em divulgá-la. De fato, é uma imagem asquerosa, que envergonha até mesmo alguns dos “cidadãos de bem” que odeiam Lula – mas se não a divulgarmos estaremos beneficiando aos fascistas como Maroni e eles se sentirão cada vez mais à vontade para fazer coisas piores, sempre com a cumplicidade silenciosa da grande mídia.

Peraí que tem mais repugnância. No vídeo em que jura sua promessa, Maroni vai além: ele diz que SE MATAREM LULA NA PRISÃO, a cerveja será de graça durante o mês inteiro. Outro homem pergunta: “E se for sofrida a morte?”. E Maroni responde: “Aí eu dou meu rabo”.

Prostituir-se não é crime. Dar o rabo também não. Mas incentivar o assassinato de alguém, sim. Porém, assim como nos casos do atentado a tiros contra a caravana de Lula e dos áudios criminosos gravados durante o voo que o conduzia preso a Curitiba, nada será feito, porque o golpe, além de parlamentar e midiático, é também judiciário. E conta com a omissão dos que veem mas silenciam.

O golpe abriu as porteiras dos piores retrocessos. São coisas tristes e doentias, mas precisamos divulgá-las para que o mundo saiba o que está acontecendo, e para nos mantermos juntos e firmes no sonho de justiça social, esse mesmo sonho que tentam manter preso numa cela em Curitiba. Como se celas prendessem sonhos…

.
Foto: Túlio Vidal

 

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

SAIBA MAIS:

Homens de bem comemoram no puteiro a prisão de LulaPor Lola Abramovich, no blog Escreva, Lola, Escreva

Enquanto o povo chora, o Brasil prostíbulo comemora – Por Carlos Fernandes, no Diário do Centro do Mundo

Oscar Maroni realiza festa em comemoração à prisão de Lula – O Povo

Vaza áudio de voo de Lula: “Manda este lixo janela abaixo aí” – Jornal do Brasil

Perícia acha projétil e aponta que tiros em ônibus da caravana de Lula foram disparados a cerca de 19 metros – O Globo
.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Renata Mendonça: A escória do nosso país!

02- Moacir Bedê: Esse é o tipo de gente que não gosta do lula

03- Isabella Cantal: Vc e suas generalizações q em nada refletem a realidade! Não suporto o Lula, e toda a corja q envolve o Temer e etc… não por isso sou dantesca! Moro na Aldeota como vc, e nem por isso somos “burguesia q fede” !!! Enfim: menos Moacir Bedê, menos!

     Moacir Bedê: Estou generalizando mesmo, vc é exceção. A candida que eu votei derrubaram, o candidato que eu quero votar prenderam e querem matar. Pq será que eu estou P da vida em?

     Moacir Bedê: Vc não gostar Lula é perfeitamente normal, não vejo problema nenhum. Mas tente acabar com ele e o PT nas urnas e não apoiando golpe de estado ( golpe assumido publicamente pelos próprios golpistas).

04- Patricia C. Vignoli: Que asco!

05- Paola Braul Décaillet: Cadê os defensores de porta de galeria de arte?

06- Nathália Nepomuceno: Nojo

07- Charly Olmo: Lo traduzco y lo comparto. Obrigado

08- Juliana Lyra: Meu deus… inacreditável

09- Iris Medeiros: Texto muito bom Kelmer.

10- Ribamar Bezerra: Seboso, escroto esse cara!

11- Lílian Martins: Que nojo! Que Brasil de baixezas….

12- Marcia Sucupira Viana Barreto: Isso é medonho

13- MCândida Oliveira: Aquela professora primária que defecou em plena calçada há uns anos atrás, deve ter aprendido com ele. Ê São Paulo… Esses são os habitantes desse país de quinta.

     Clarisse Ilgenfritz: (eu mesminha acho que a professora que fez sua manifestacao, por mais escatológica que tenha sido, tem muito – mas muito, muito, muito – mais integridade do que este animal aí da foto.)4

     Ricardo Kelmer: Defecar na calçada e incentivar o assassinato de alguém. Você tem mais alguma comparação pertinente a fazer?

     Andre Barbosa Bonno: Que porca. Caguei pro lula

     Ricardo Kelmer: Andre Barbosa Bonno Cagar não é crime, fique à vontade. Mas incentivar o assassinato de uma pessoa é crime.

14- Alexandre Ferraz Greco: doentio. mas que se eternize o caráter da direita brasileira.

15- Pedro Henrique Vieira Costa: Só uma observação: prostituição não é crime, mas a sua exploração sim.

16- Caio César Muniz: Cara de psicopata!

17- Clarisse Ilgenfritz: os 3 né? os dois dos cartazes e o carequinha tarado né?

18- Caio César Muniz: Clarisse Ilgenfritz exatamente… Mas o careca tem cara daqueles personagens de filmes de terror americano.

> Postagem no Facebook

Anúncios

O socialista crucificado

09/04/2018

09abr2018

Se esses cristãos vivessem naquela época, teriam batido panela contra o bandido Jesus e aplaudido sua crucificação

O SOCIALISTA CRUCIFICADO

.
Talvez Jesus não tenha existido de fato, mas se existiu, então ele era um ferrenho socialista. O cara defendia os pobres e oprimidos, criticava os ricos poderosos, denunciava o mercantilismo da religião, perdoava bandidos e acolhia as mulheres apedrejadas pelos defensores da moral e dos bons costumes. Jesus era um lutador pela causa dos direitos humanos, quando isso nem existia ainda.

Hoje, porém, grande parte dos cristãos é declaradamente antiJesus: são a favor da pena de morte (mas são contra o aborto porque a vida só a Deus pertence), gritam nas ruas e redes sociais que bandido bom é bandido morto (crucifica-o!) e odeiam a todos que têm sexualidade diferente da sua (joga pedra na Geni!). Muitos deles apoiam políticos que fazem apologia ao estupro, incentivam a violência e defendem a prática da tortura. Muitos seguem religiosos que creem mais no dízimo que em Deus. Se esses cristãos vivessem naquela época, teriam batido panela contra o bandido Jesus e aplaudido sua crucificação. Se a tecnologia permitisse, teriam feito lindas fotinhas com os soldados romanos.

Hoje, ser cristão pode significar uma coisa, mas também pode significar exatamente o oposto. É a prova final de que ser religioso não define o caráter de ninguém. O que define são os valores morais. Verdadeiramente, não precisamos de religião para fazer do nosso país um lugar melhor para se viver. Precisamos é de cidadãos comprometidos com os valores da democracia e da justiça social, independente de crerem ou não em deuses.

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

.

MATRIX, PSICOLOGIA E MITOLOGIA NO LIVRO:

Matrix2012Capa14x21aMatrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas

Analisando o filme Matrix pela ótica da mitologia e da psicologia do inconsciente e usando uma linguagem simples e descontraída, RK compara a aventura de Neo ao processo de autorrealização que todos vivem em suas próprias vidas.

.

.

.
LEIA NESTE BLOG

Blade Runner: Deuses, humanos e androides na berlinda – Como todo ser, o criador busca sempre transcender a sua própria condição e é criando que ele faz isso.

A cruz da paixão – O crescimento só virá se o ego se entregar ao sacrifício da paixão, mandando Judas fazer logo a sua parte e aceitando o sofrimento inerente ao processo

Espírito natalino? Sei… – O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 01-

 

> Postagem no Facebook


A luta de Marielle continua

21/03/2018

21mar2018

Haverá bala suficiente para nos deter em nossa luta por justiça social?

A LUTA DE MARIELLE CONTINUA

.
O assassinato da vereadora Marielle Franco, que seria a candidata a vice-governadora do Rio de Janeiro pelo PSOL este ano, foi um claro recado da banda podre da Polícia: não atrapalhem nossos negócios. Porém, o efeito de sua execução pode ser justamente o oposto, fazendo surgir mais Marielles por todo o país, ainda mais conscientes e destemidas. Haverá bala suficiente para nos deter em nossa luta por justiça social?

Vi gente criticar o fato de usarem a morte de Marielle como bandeira política. Ora, nada mais coerente. Porque foi um crime político. Porque Marielle fez da política a sua razão de viver e aceitou correr riscos pela defesa dos direitos civis e sociais da população mais pobre. O que as pessoas estão fazendo é tão somente continuar a sua luta, assim como os cristãos fazem quando exibem seu deus pregado na cruz. Falando nisso, o mundo tá cheio de bom cristão que é contra o direito da mulher de abortar porque só Deus é quem pode tirar a vida, mas é a favor da pena de morte.

Espero que a luta da família de Marielle por justiça não seja inglória. Elucidar o crime obrigará o Estado a cortar na própria carne e expor a podridão de sua estrutura policial e a completa ineficácia dessa caríssima guerra às drogas. Talvez a morte de Marielle e de seu motorista Anderson Gomes sirva para nos fazer discutir seriamente a desmilitarização da Polícia e o custo-benefício para a sociedade da política de proibição das drogas.

Mas não basta matar Marielle com tiros. É preciso também assassinar sua reputação, como fez o MBL ao repassar boatos sobre seu envolvimento com o Comando Vermelho, entre outras mentiras. O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) foi um dos que repassou os boatos, e poderá ser denunciado ao Conselho de Ética. A desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, do Tribunal de Justiça do RJ, também repassou as mentiras, e depois apagou. Mas já era tarde, e agora terá de responder ao CNJ.

Aliás, a dita magistrada responderá também por ter, numa rede social, sugerido o fuzilamento do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) num “paredão profilático”, e ainda comentou: “embora não valha a bala que o mate e o pano que limpe a lambança, não escaparia do paredão”. Na postagem, um seguidor comenta que o deputado “gostaria” de ser fuzilado se pudesse “ficar de costas”, ao que a desembargadora respondeu de forma homofóbica, dizendo ter dúvidas, uma vez que “o projétil é fininho”. Eis o nível grotesco do nosso magistrado, esse mesmo que esperneia e faz greve para não perder seus imensos e descabidos privilégios, como o auxílio-moradia de R$ 4,3 mil. Né, Sergio Moro?

Enquanto isso, aquele presidenciável todo machão e valente, que posa de terror dos bandidos, continua caladinho…

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

SAIBA MAIS:

A história de Marielle – Sua família, seus estudos, sua atuação política

Desmilitarização da Polícia – O que é isso?

Entenda a intervenção federal no RJ

Desembargadora que ofendeu Marielle pediu fuzilamento de Jean Wyllys – Marília de Castro Neves Vieira também ofendeu uma professora com síndrome de Down

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01-

> Postagem no Facebook


Resistindo com arte e alegria

08/03/2018

08mar2018

Ocupar os espaços da cidade é reconquistá-la para seus devidos donos: o povo

RESISTINDO COM ARTE E ALEGRIA

.
Quando voltei a morar em Fortaleza, em 2017, após 13 anos de perambulanças por rios e pauliceias, uni-me a alguns amigos escritores e amantes dos livros para realizar ações dentro da estratégia de inserir a literatura na agenda de entretenimento da cidade, ocupando praças, mercados e bares com eventos literários e aproximando autores e leitores. Entendemos que ocupar esses espaços com arte é um ato de resistência contra o abandono gerado pela violência, que nos faz órfãos de nossa própria cidade. Foi o que fizemos em 2017, e seguiremos fazendo em 2018.

Além dos planos literários, trouxe comigo a vontade de criar um bloco carnavalesco. Nos anos 80 e 90, eu organizava um bloquinho de pré-carnaval chamado Belas da Tarde, com homens vestidos de mulher a desfilar pela Beira-Mar num trenzinho, invadindo os hotéis a cantar os clássicos da Xuxa e aterrorizando os coitados dos turistas. Agora, porém, eu queria algo maior. Eu tinha o nome do bloco, Simpatizo Fácil, e a ideia de, com ele, oferecer não apenas entretenimento, mas fazer também política, erguendo bandeiras em defesa da arte, das liberdades, da democracia e das conquistas sociais.

No início de 2017, apresentei a ideia para minha amiga Vaninha, que gostou, mas, mulher multitudo que ela é, não teve tempo para mais um projeto. Então, deixei a ideia descansar. Em dezembro, falei com meu amigo Paulo Henrique e ele adorou. Começamos a trabalhar e Vaninha juntou-se a nós. Putz, só mesmo gente sem juízo se proporia a montar um bloco de carnaval, com festa de lançamento, eventos de pré-carnaval e carnaval, gravação da marchinha, camisetas, tudo em vinte dias. E com alta probabilidade de prejuízo financeiro. Pois foi o que fizemos. Viva os malucos!

Tendo como bar parceiro o Vilarejo 84, dos amigos Manuel e Emanuela, o Simpatizo Fácil faz sua festa no pré-carnaval aos sábados, numa ruazinha bucólica da Aldeota, a Clube Iracema, vizinho ao prédio da Receita Federal. Como o patrocínio que conseguimos banca apenas uma pequena parte dos custos (obrigado, Catuaba Selvagem e Syn Ice), precisamos vender muita birita e muitas camisetas. Sim, sabemos que muitos blocos nasceram, cresceram e morreram em pouco tempo, e às vezes, ironicamente, é o próprio sucesso do bloco que decreta o seu fim. De fato, não é fácil, mas estamos nessa porque curtimos o que fazemos, e porque amamos nossa cidade e não aceitamos perdê-la, nem para a violência e nem para a fraqueza do poder público.

Arte, literatura e alegria. Liberdade e democracia. Especialmente em tempos sombrios, acreditamos nisso. Precisamos acreditar.

.
Ricardo Kelmer –
blogdokelmer.com

.

> Simpatizo Fácil – facebook.com/simpatizofacil

PARCEIROS

Vilarejo 84, Aldeota – facebook.com/vilarejo84

Floresta Brasilfacebook.com/florestabrasilfortaleza

Boteco Vintage (Benfica)facebook.com/BotecoVintage

Cantinho do Frango, Aldeota (Cantinho Literário)
facebook.com/cantinhodofrango

Mercado Coletivo, no Mercado dos Pinhões, Centro (Anoitecer de Autógrafos)

FLLLEC – Fórum do Livro, Literatura, Leitura e Biblioteca
facebook.com/forumdeliteraturace

#catuabaselvagem #synice

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

Lugar de literatura é solta pela cidade – Com esses livretos, consigo que minha arte frequente as mesas dos bares, integrando-se à dinâmica boêmia da cidade e atraindo novos leitores

O dilema do escritor seboso – Certos escritores amadurecem cedo. Tenho inveja desses. Porque nunca viverão o constrangimento de não se reconhecerem em suas primeiras obras

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei pro mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Pesadelos do além – O pior pesadelo para um escritor é ser psicografado. Ou melhor: ser mal psicografado

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

Kelmer no Toma Lá Dá Cá – Aqueles aloprados moradores do condomínio Jambalaya descobriram meu livro maldito

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- 

> Postagem no Facebook


Espírito natalino? Sei…

24/12/2017

24dez2017

O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana

ESPÍRITO NATALINO? SEI…

.
Quem me conhece, sabe que não curto o Natal. Eu até curtiria, caso vivesse na Europa pré-cristã, quando as pessoas celebravam o nascimento anual do Sol no solstício de inverno. Era uma festa sincera e autêntica, ligada à Natureza, sem consumismo, que celebrava a vitória da vida sobre a escuridão, após o Sol ficar dois dias escondido abaixo da linha do horizonte e “ressuscitar” no terceiro dia.

Porém, veio o Cristianismo, e os cardeais ressignificaram a festividade a partir do século 3 com o objetivo de converter os povos pagãos sob o domínio do Império Romano, e aí o Natal passou a significar a comemoração do nascimento de Jesus de Nazaré, que não nasceu em Nazaré e nem no Natal, e na verdade ninguém sabe se realmente existiu ou se é um mito construído da junção de vários relatos envolvendo mitos anteriores e candidatos a messias, obcecados por cumprir as profecias do Antigo Testamento.

O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana. A peçoa umana entope o bucho de comida boa, enche a cara de birita, gasta uma puta grana com compras supérfluas e depois dá uma esmola pro mendigo e lhe deseja Feliz Natal, todo sensibilizado… Por que não se sensibilizou durante o ano? Por que não bateu panela contra a reforma trabalhista, que já está aumentando a quantidade de gente morando na rua? Por que não luta por um país com menos desigualdade social? Hipócritas, isso é que são. Preferem ser os privilegiados celebrantes desse espírito natalino e uma vez por ano posar de solidários com os pobres do que viver num mundo onde não precise existir espírito natalino.

Pronto, agora quem quiser excluir este ateu blasfemo, socialista e estraga-prazeres, pode me excluir, sem problema. Mas quem quiser me convidar pra um passeio de rena, aceito de bom grado, ho, ho, ho… 🙂

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

MATRIX, PSICOLOGIA E MITOLOGIA NO LIVRO:

Matrix2012Capa14x21aMatrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas

Analisando o filme Matrix pela ótica da mitologia e da psicologia do inconsciente e usando uma linguagem simples e descontraída, RK compara a aventura de Neo ao processo de autorrealização que todos vivem em suas próprias vidas.

.

.

.
LEIA NESTE BLOG

Blade Runner: Deuses, humanos e androides na berlinda – Como todo ser, o criador busca sempre transcender a sua própria condição e é criando que ele faz isso.

A cruz da paixão – O crescimento só virá se o ego se entregar ao sacrifício da paixão, mandando Judas fazer logo a sua parte e aceitando o sofrimento inerente ao processo

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 01- booom ! Airton Lima, Fortaleza-CE – dez2017

02- Já comemorei meu Solstício de verão. 🌞 Iris Medeiros, Campina Grande-PB – dez2017

03- Se quiser faço um bolo de chocolate para adoçar seu coração. Kkkkk. Fath Fernandes, Brasília-DF – dez2017

….. RK: Olhaí. Naquela tarde faltou espírito natalino em ti, viu? 🙂

04- Ho ho ho tbm ñ curto Natal! Vc está certo! Meire Torres Ferreira, Curuá-PA – dez2017

05- Feliz natal Ricardo Kelmer! Quer vim jantar c a minha família? Kkkkkkkk. Jôsy Soares, Fortaleza-CE – dez2017

….  RK: Obrigado pelo convite, mizifia. Bom apetite. 😊

….. 06- tudo bem ” meu fio”, sou da umbanda tb. Jôsy Soares, Fortaleza-CE – dez2017

07- Eu acho coerente sua posição, no entanto muitos ateus gananciosos se aproveitaram de uma data criada pela igreja católica, cujo simbolismo é muito interessante, para quem se interessa, e transformaram na festa do consumo, em torno de mesas fartas que não tem nada a ver com a proposta ideológica religiosa. Eu concordo que ateu não devia comemorar festa nenhuma no dia 25 de dezembro, nem devia feriar, mas coerência é coisa difícil, as pessoas querem usufruir até daquilo que não concordam e ficar bem sentadas tecendo críticas. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Não foi a Igreja Católica quem criou a data. O 25 de dezembro já era comemorado muito antes do Cristianismo, no hemisfério Norte, pra celebrar o retorno do Sol, que ficava três dias escondido (morto) abaixo da linha do horizonte.
Não vejo incoerência no fato de ateu comemorar o 25 de dezembro (não o Natal), pois, como já disse, é uma data mitológica antiquíssima que festeja a vitória da vida sobre a escuridão. Mitos são anteriores às religiões institucionalizadas, e existem independente delas. E quem impôs o feriado natalino foi a Igreja Católica, que impôs outros baseados em seus dogmas.
E sobre a ganância capitalista, ela é um mal geral, de muitos ateus e religiosos.

…. 08- 25 de dezembro como data do nascimento de Jesus foi a igreja católica, o papa Júlio I. Antes era mesmo uma festa pagã, mas como é o dia mais longo do ano serviu para simbolizar o surgimento da luz do mundo que é Jesus para os cristãos e o Sol para os pagãos. Nem todos os cristãos aceitam esta data como a do nascimento de Jesus. Acredito que poucos ateus saibam de datas mitológicas ou mesmo as valorize, creio que trata-se mesmo da velha “garapa” como se diz por aí, ou seja, porque não usufruir do feriado dos idiotas cristãos? Quando falei na ganancia dos ateus foi porque mesmo sem crer na importância do natal eles criam toda uma mística que impele ao consumo. Peço desculpa, não é minha intenção ser grosseira nem nada, esclareço logo, porque detesto discussões inúteis. Beijos para você. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Não foram os ateus que criaram o consumismo no Natal. Foi o capitalismo, que é mantido por todos que adoram os deuses Dinheiro, Lucro e Mercado, sejam ateus ou religiosos.
Ateus geralmente conhecem mais sobre religião e mitos do que os religiosos. Isso ocorre porque a grande maioria dos ateus estudou e estuda mitologia e religião pra poder embasar racionalmente seus argumentos, ao contrário dos religiosos, que se embasam na fé.
A celebração da vida sobre a escuridão é algo que fazemos sempre, sem perceber, sejamos religiosos ou ateus. A celebração de datas que têm esse tema é comum em quase todas as culturas. Por isso, ateus que celebram o 25 de dezembro não estão pegando carona na data, pois essa celebração é natural da nossa espécie, é próprio da psique humana.
O Carnaval é uma festa pagã. Nela, não há nada de cristã. A seguir a mesma lógica, os cristãos não deveriam festejar, nem curtir o feriado carnavalesco, né?

09- Nem mais. Cristãos de castigo em casa, recatados e do lar! Susana X Mota, Leiria-Portugal – dez2017

….. 10- Sim, há cristão que não participa de Carnaval, o difícil é esta fidelidade às ideias, que em tese são muito propagadas, na prática não. Eu, particularmente acho que há diversos ateus muito fanáticos e proselitistas e até entendo que o ateísmo é uma crença muito forte e que de facto precisa de muito embasamento para se sustentar, daí o ateu convicto ser extremamente dogmático, nada cabeça aberta como se imagina, acho verdadeiros sacerdotes sempre vigilantes e patrulheiros. Um ateu convertido é um verdadeiro cão de caça, pois trás toda sua sanha proselitista para a religião. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. 11- O capitalismo tem um poder enorme até sobre os lúcidos e vigilantes ateus que diante do deus consumo murcham as orelhas e não são capazes de ter uma visão crítica. Os religiosos se corrompem do mesmo jeitinho. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Ateísmo é crença? Bem, melhor pararmos a discussão por aqui. 🙂 A propósito, você trabalha durante o Carnaval?

12- Nem antes, nem durante e nem depois do Carnaval trabalho. E o que não é crença? Ateísmo é ausência de crença na existência de divindades, e a presença de crença na inexistência de divindades. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

13- Adorei a rena, no baseado. Muito melhor que arena. Quanto ao texto, cada vez mais lhe admiro como poeta e parceiro. Quanto ao texto, dá vontade de musicar. Mas prefiro harmonizar com minhas idéias. Valeu parceiro. Um ano novo de paz, saúde e sucesso. Joaquim Ernesto, Fortaleza-CE – dez2017

14- Muito bom!!! 👏 👏 👏 Luciana Rodrigues, Fortaleza-CE – dez2017

15- Concordo plenamente com a segunda metade do texto! Mas isso não me impede de acreditar no Cristo! Mas num Cristo meio diferente do que a maioria venera… acredito num Cristo subversivo, que desafiou um sistema… que defendeu os pobres porque era pobre! Que trocava uma ideia com ladrões, defendia prostitutas, e escolheu pra amigos aquela gente q não tinha nada a oferecer… o Cristo q chamou os religiosos de sepulcros caiados e que só demonstrou amor, justiça e igualdade… Esse Cristo ninguém celebra… e o matariam de novo caso viesse ao mundo por esses tempos… Os mesmos que hoje o celebram o matariam… não todos… mas a maioria. Não faço ideia de quando exatamente ele nasceu, ou onde… Mas acredito nesse cara! E tenho certeza de que Ele tá orgulhoso de gente como a gente… que não cospe religião… mas q tenta ser luz por onde passa… bjao e uma noite bem feliz pra nós… bom passeio de trenó! 😜 Priscila David, Fortaleza-CE – dez2017

16- O espírito do mundo mataria de novo o nosso Jesus. Sandro Marcelino, Campina Grande-PB – dez2017

17- Disse tudo, Ricardo Kelmer. Viemos do mesmo planeta! Ana Claudia Domene Ortiz, Albuquerque-EUA – dez2017

18- Concordo demais contigo bju querido. Maria Alba Machado, Fortaleza-CE – dez2017

19- Amanita muscaria. Voa rena, voa veado, voa véi gordo e barbudo, voa Alice, voa Jesus e até o Sol Invictus se desmancha numa aurora surreal. Vamos voar nesse trenó das cores e que se lixe o Natal. Susana X Mota, Leiria-Portugal – dez2017

….. RK: Sobre o cogumelo Amanita muscaria: https://pt.wikipedia.org/wiki/Amanita_muscaria

20- beijos no coração, amigo! Mendes Júnior, Fortaleza-CE – dez2017

21- Um feliz Natal filho.Que a Paz do Senhor esteja sempre com você. Beijos. Vilma de Oliveira, Fortaleza-CE – dez2017

22- Texto massa! Adorei! Beijo, Kelmer. Vanessa Capibaribe Monte, Fortaleza-CE – dez2017

23- Eu tô aqui decidindo se sou sincera e mando a merda todos as falsas felicitações de Natal ou faço a francesa e finjo que não é comigo. E olha, sou cristã, pelo menos curto o JC, o que ele representa de verdade. E como ele, socialista, querendo dignidade e justiça para meu povo tão sofrido e batalhador… Simone Santos, Campinas-SP – dez2017

24- Bong Natal Ricardo Kelmer!!! hehehe. Christiano Torreão, Rio de Janeiro-RJ – dez2017

25- Também não gosto do Natal. Doida que passe logo. E acredito totalmente em Deus. Mas meu Deus não tem nada a ver com shoppings lotados, mesas fartas para alguns privilegiados, troca de presentes, abraços falsos. Um Feliz Natal pra você. Obrigada pela sinceridade. Fez eu me sentir menos esquisita. Joyce Lôbo, Fortaleza-CE – dez2017

26- SUMEMO RICA! They’re not fooling us. Roberto Candido, São Paulo-SP – dez2017

27- Papai Noel presenteia os ricos, cospe nos pobres, sujeito miseravel! Celso Rocha, Jericoacoara-CE – dez2017

28- De qualquer forma, Feliz Natal! Paulo Mayr Cerqueira, São Paulo-SP – dez2017

29- 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 Clícia Karine Marques, Fortaleza-CE – dez2017

30- Jê…ny…all! Luciano Almeida Filho, Fortaleza-CE – dez2017

31- Mande um abraço pra dançarina kkk. Hugo de Freitas, Fortaleza-CE – dez2017

32- Ho..ho..ho te amo amigo.Podes ser o que quiseres. A escolha é tua. E este consumismo, gente que faz ano todo coisa ruim…e acha que no Natal tudo se conserta, tudo se perdoa… Seja bom e verdadeiro no dia a dia. Goste quem quiser. Bjao. Míriam Costa Cearucha, Porto Alegre-RS – dez2017

33- Bora dar uma volta de rena?… 😁 ✌🏼 😎 Waldemar Falcão, Rio de Janeiro-RJ – dez2017

….. 34- Nas renas eu acredito. Iris Medeiros, Campina Grande-PB – dez2017

35- Eu apoio seu pensamento e não vou excluir Ricardo Kelmer do meu face. Tânia Mary, Campina Grande-PB – dez2017

> Postagem no Facebook


Um tempo para pensar no tempo

18/12/2017

18dez2017

Se pensamos sobre o tempo, logo não sabemos mais o que ele é

UM TEMPO PARA PENSAR NO TEMPO

.
O tempo… Eis um tema instigante. Eu sei o que é o tempo. Você também sabe, todos sabemos. Porém, olha que curioso, se pensamos sobre o tempo, logo não sabemos mais o que ele é.

Para você, que me lê agora, o tempo vai do passado em direção ao futuro, ou vem do futuro e se faz passado? Ou você acha que o tempo não vem e nem vai para lugar algum, que ele é apenas um produto do estar-se vivo?

E o presente, quanto tempo exatamente ele dura? Um segundo? Um décimo de segundo? Um milionésimo de segundo? Tsc, tsc… Medir o tempo presente é impossível, pois qualquer medida será sempre divisível. Ou seja, o agora exato é uma mera abstração. Mas… se o passado já passou, o futuro ainda não chegou e o presente jamais será localizado, o que existe então?

Sabe as estrelas no céu? O que, de fato, você vê é a luz delas que chegou à Terra após uma viagem de muitos anos. Ou seja, o que você vê é o passado da estrela. Talvez ela já tenha desaparecido e só agora sua luz nos chegou. Aliás, tudo que você vê é passado, pois a luz emitida por qualquer objeto, inclusive essas palavras que você lê, demora um tempo, ainda que mínimo, para chegar às suas belas retinas. Na verdade, todas as suas percepções da realidade ocorrem em sua mente um tempo após seus sentidos captarem a imagem, o som, o sabor, o toque, o odor. Nem seu próprio pensamento escapa: quando você percebe que está pensando, já se passou um tempo, ainda que minimíssimo, desde o pensamento original. Isso significa que nossa consciência nunca está no mesmo tempo exato da realidade que acontece.

Vi recentemente o filme A Chegada (Arrival, do diretor Dennis Villeneuve), que é baseado no conto História da Sua Vida, de Ted Chiang, que li após ver o filme. A história é sobre a vinda de misteriosos seres extraterrestres à Terra. Uma renomada linguista é chamada pelos militares para, com ajuda de um matemático, tentar se comunicar com os alienígenas. Enquanto decifra a estranha linguagem dos visitantes, ela percebe que somente compreendendo o tempo de um modo diferente conseguirá realmente entendê-los e, assim, evitar um gravíssimo conflito internacional e definir o futuro da humanidade. Gostei muito do filme, e ainda mais porque desconfio seriamente que estamos próximos de uma descoberta decisiva sobre a natureza do tempo, e que isso poderá conduzir nossa espécie a um novo patamar evolutivo. Precisaremos que inteligências extraterrestres venham nos ensinar?

A teoria da reencarnação é uma ideia sedutora, pois admite a continuação da consciência na sequência do tempo, enquanto o corpo físico nasce, morre e renasce em vidas sucessivas. Porém, essa ideia está presa ao tempo linear, que não admite o conhecimento do futuro. Mas… e se for possível acessar o futuro, nem que seja apenas num lampejo de pensamento? Se é possível, e se existe a reencarnação, então por que não seria possível acessarmos uma vida nossa no futuro? Considerando essa possibilidade, o eu que fomos numa vida anterior poderia perfeitamente acessar esta nossa vida atual, como se fosse uma “lembrança” do futuro. Isso seria admitir que a consciência pode atuar em variados níveis de realidade espaço-temporal, uma ideia difícil de conceber, mas que é simpática a muita gente.

Inclusive gente doida como eu, que faz você ler isso tudo para, no fim, chegar à retumbante conclusão de que não sabemos absolutamente nada sobre o tempo, e que, por esse motivo, pensar sobre o tempo é a mais pura perda de tempo. Ou não?

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

DICA DE LIVRO

O Irresistível Charme da Insanidade
Ricardo Kelmer – romance

Dois casais, nos séculos 16 e 21, vivem duas ardentes e misteriosas histórias de amor, e suas vidas se cruzam através dos tempos em momentos decisivos. Ou será o mesmo casal? Nesta história, repleta de suspense e reviravoltas, Luca é um músico obcecado pelo controle da vida, e Isadora uma viajante taoísta em busca de seu mestre e amante do século 16. A uni-los e desafiá-los, o amor que distorce a lógica do tempo e descortina as mais loucas possibilidades do ser.

.

LEIA NESTE BLOG

Guia de Sobrevivência para o Fim dos Tempos (contos) – O que fazer quando de repente o inexplicável invade nossa realidade e velhas verdades se tornam inúteis? Para onde ir quando o mundo acaba?

O redemoinho do fim do mundo – É provável que estejamos à beira de um grandioso marco evolutivo, onde a Humanidade alcançará o clímax dessa aceleração das transformações

.

DICA DE FILME

A CHEGADA (The Arrival, EUA, 2016)

Gênero: Ficção científica, drama, mistério
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Eric Heisserer, baseado no conto História da sua vida, de Ted Chiang

Elenco: Amy Adams, Jeremy Renner, Forest Whitaker
Música: Jóhann Jóhannsson
Edição: Joe Walker

> Na Wikipedia

.

TRÊILER DO FILME “A CHEGADA”

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos

Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- muito bom! Conversas para as madrugadas… rsrs. Adorei o filme Arrival! Ana Claudia Domene Ortiz, Albuquerque-EUA – nov2017

02- Mestre! Me instigou a ver o filme! E nunca é perda de tempo ler vc! Kkkk bjks. Deise Carmo, Rio de Janeiro-RJ – nov2017

03- Amei ler isso mizifi RK. Não estou sozinha com minhas perguntas…. Zete More, Fortaleza-CE – nov2017

04- Bem precisamos de uma descoberta sobre a natureza do tempo, essa coisa que se mede em espaço… Porque a humanidade está num ponto de não retorno. Mais do que lugares para fugir ou regressar, precisamos de sair da linha reta e abraçar as curvas musculadas de Kronos. Susana Mota, Leiria-Portugal – nov2017

05- Tenho um livro aqui pra vc ler: O Espaço, o tempo e o Eu. Eu , Rômulo, Braulio Tavares e outros amigos costumávamos ler em voz alta, juntos, e conversar esses papos loucos que o “tempo” nos instiga. Isso rolava pela madrugada e só era interrompido quando eu servia um “arroz biônico”, prato delicioso feito com tudo que havia na geladeira. E a “plantinha” garantia o apetite.😎 Precisamos fazer isso juntos. Íris Medeiros, Campina Grande-PB – nov2017

> Postagem no Facebook

 


A Literatura e a reconquista da cidade

13/11/2017

13nov2017

Ocupar os espaços da cidade é reconquistá-la para seus devidos donos: o povo

A LITERATURA E A RECONQUISTA DA CIDADE

.
A 1a edição da Fresta Literária aconteceu em Fortaleza no fim de semana de 22 e 23jul de 2017. Durante dois dias, na Praça dos Leões, no Centro, celebramos a Literatura num descontraído evento que reuniu escritores e amantes dos livros em mesas de debates e também na mesa do bar. Fiquei muito feliz em participar.

O mote foi A Palavra e a Cidade, mas falamos e bebemos outras coisas como mercado editorial, políticas públicas e resistência cultural. Organizado pelo Coletivo Alumiar e pela Revista Berro, a Fresta Literária mostrou-se uma refrescante brisa no mormaço das dificuldades do fazer literário no Ceará. Parabéns aos organizadores e participantes. Que venha a próxima.

Neste delicado momento de retrocesso democrático pelo qual passamos, de perda de direitos tão arduamente conquistados e da imposição de políticas que beneficiam aos barões do capital em vez do combate às desigualdades sociais, ocupar os espaços da cidade com arte não é uma forma de escapismo, mas, ao contrário, é o modo pelo qual artistas e escritores podem unir forças e, com a população, mostrar ao poder público que estamos atentos, e resistiremos aos dias temerosos.

Sim, há violência nas ruas. Ela nos mantém acuados por trás de muros, vidros escuros e cercas elétricas, e nos afasta da nossa própria cidade. Mas ela não é aleatória. Essa violência nasce de outra, a desigualdade social, que se alimenta do descaso dos governantes e parlamentares que ignoram as necessidades básicas da população, inclusive a cultura. Eles que, aliados ao cinismo da grande mídia, seguem impunes com seus macabros rituais de sacrifícios humanos em nome do insaciável deus Mercado.

Cidadania não é um direito, que nos darão de bom grado. É uma conquista diária. Ocupar os espaços da cidade é reconquistá-la para seus devidos donos: o povo.

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

Página da Fresta Literária: facebook.com/LiterariaFresta

.

Vídeo de divulgação da 1a edição da Fresta Literária
Praça dos Leões, Fortaleza-CE – jul2017
Trecho da crônica Inculta e Bela, Dengosa e Cruel

.

LEIA NESTE BLOG

Lugar de literatura é solta pela cidade – Com esses livretos, consigo que minha arte frequente as mesas dos bares, integrando-se à dinâmica boêmia da cidade e atraindo novos leitores

O dilema do escritor seboso – Certos escritores amadurecem cedo. Tenho inveja desses. Porque nunca viverão o constrangimento de não se reconhecerem em suas primeiras obras

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei pro mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Pesadelos do além – O pior pesadelo para um escritor é ser psicografado. Ou melhor: ser mal psicografado

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

Kelmer no Toma Lá Dá Cá – Aqueles aloprados moradores do condomínio Jambalaya descobriram meu livro maldito

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Que nada cara. Obrigado você por topar inaugurar essa Fresta! Primeira de muitas. Valeu. Alexandre Ferraz Greco, Fortaleza-CE – jul2017

02- Sara Síntique, Fortaleza-CE – jul2017

03- O jogo de amarelinha entre a FRESTA. José Anderson Freire Sandes, Juazeiro do Norte-CE – jul2017

04- Que maravilha! Mateu Duarte, Lavras da Mangabeira-CE – jul2017

05- Que boa ideia! Toma lá uma canção: https://www.letras.mus.br/sergio-godinho/498155. Susana X Mota, Leiria-Portugal – jul2017

06- emersoN bastoS (assinei!) Emerson Bastos, Fortaleza-CE – jul2017

07- Quando sair da UECE (no sábado) vou lá. Deixe (se possível) um microfone aberto. Jose Leite Netto, Fortaleza-CE – jul2017

08- texto maravilhoso.. atitude também.. sou seu fã, Ricardo Kelmer… abrsssss. Arnaldo Afonso, São Paulo-SP – jul2017

09- Musiquei um conto de José Roberto Torero sobre um analfabeto que copiava poemas para dar à namorada… lembrei disso tb.. abrs. Arnaldo Afonso, São Paulo-SP – jul2017

10- E o carteiro que plagiava Neruda “a poesia não é de quem a escreve mas de quem precisa dela”. Susana X Mota, Leiria-Portugal – jul2017

11- Susana X Mota E olha só, ainda há analfabetos… Não perguntaste porquê? Susana X Mota, Leiria-Portugal – jul2017

12- Bacana Mermão!!! Parabéns!! Marcondes Dourado, Gama-DF – jul2017

13- Maravilha, Ricardo! Ótima programação! 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 Luciana Loreau, Nantes-França – jul2017

14- Grande texto, sobretudo iniciativa! Sucesso! Denis Akel, Fortaleza-CE – jul2017

15- Uooouuuuu. Tetê Macambira, Fortaleza-CE – jul2017

16- Espetacular essa programação! Heloise Riquet, Fortaleza-CE – jul2017

17- blz mano queria ser assim cara de pau que nem tu, poeta mundano mas sou muito comedido em minha arte, talvez porque não seja múltiplos que nem tu. Evaristo Filho Freitas, Fortaleza-CE – jul2017

> Postagem no Facebook


%d blogueiros gostam disto: