As Preciosas do Kelmer – abr2018

30/04/2018

30abr2018

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#67, abr2018
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Marielle Franco, ativista social e vereadora pelo PSOL-RJ, assassinada em crime ainda não esclarecido (1979-2018)

.

*** A POLÍCIA QUE NÃO GOSTA DE DESVENDAR CRIMES

Repórteres de um jornal conseguiram localizar duas testemunhas do assassinato da vereadora Marielle Franco, coisa que a Polícia, que há 20 dias “investiga” o caso, não conseguiu. Os relatos das testemunhas (que afirmam que os policiais as mandaram ir embora antes da chegada da imprensa) e a atuação da Polícia revelam duas coisas:

1- Foi realmente uma execução, e realizada por profissionais.

2- Se depender da Polícia, o caso dificilmente será esclarecido.

Agora, a pergunta mais importante: por que a Polícia não tem interesse em desvendar o crime? > Mais.

.

*** A AMEAÇA DOS GENERAIS

O general Villas-Boas fez chantagem ao STF ao ameaçar pegar em armas caso o habeas corpus de Lula não fosse aceito. Como isso pode acontecer numa democracia? É mais uma mostra de que o golpe abriu a porteira de todos os retrocessos. E, infelizmente, tudo indica que mais retrocessos virão. > Mais
.

*** DANDARA DOS SANTOS, UM ANO DEPOIS

Cinco dos oito assassinos da travesti Dandara dos Santos, morta após tortura em fev2017, foram julgados ontem em Fortaleza. Francisco José Monteiro de Oliveira, conhecido por Chupa Cabra, foi condenado a 21 anos de prisão. Ele confessou que deu dois tiros em Dandara. Jean Victor Silva Oliveira, Rafael da Silva Paiva e Francisco Gabriel Campos dos Reis, o Didi ou Gigia, pegaram 16 anos. Isaías da Silva Camurça o Zazá, recebeu 14 anos e seis meses. Todos em regime fechado. Eles não poderão apelar em liberdade.

O MP denunciou mais três réus pelo crime. Dois deles estão foragidos há mais de um ano: Francisco Wellington Teles e Jonatha Willyan Sousa da Silva. O outro acusado, Júlio César Braga Costa, chegou a ser pronunciado para o Júri Popular, mas recorreu da decisão e aguarda que o pedido seja analisado. O Brasil é líder de assassinatos de GLBTs, com a sinistra média de uma morte por dia. Algumas mortes são como a de Dandara, tão cruéis que é difícil imaginar como alguém pode sentir tanto ódio pelo simples fato do outro ser diferente.

.

*** LIVRO SOBRE LULA GRÁTIS

O e-book do livro “A verdade vencerá: o povo sabe por que me condenam”, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, lançado em mar2018, está disponível gratuitamente para baixar no site da Editora Boitempo.

Um livro necessário, uma leitura urgente. Diante de uma perseguição política sem precedentes, Lula lança livro para contar a sua versão da história.

O coração da obra são as 124 páginas, de um total de 216, que apresentam um retrato fiel do ex-presidente no presente contexto em formato de uma longa entrevista concedida aos jornalistas Juca Kfouri e Maria Inês Nassif, ao professor de relações internacionais Gilberto Maringoni e à editora Ivana Jinkings, fundadora e diretora da editora Boitempo. Foram horas de conversa aberta e sem temas proibidos, divididas em três rodadas, que aconteceram no Instituto Lula, em São Paulo, nos dias 7, 15 e 28 de fevereiro.

Entre os principais temas discutidos, ganha destaque a análise inédita do ex-presidente sobre os bastidores políticos dos últimos anos e o que levou o Partido dos Trabalhadores a perder o poder após a reeleição de Dilma Rousseff. Lula também fala sobre as eleições de 2018 e suas perspectivas e esperanças para o País.

Organizada por Ivana Jinkings, com a colaboração de Gilberto Maringoni, Juca Kfouri e Maria Inês Nassif – e edição de Mauro Lopes –, a obra traz ainda textos de Eric Nepomuceno, Luis Fernando Verissimo, Luis Felipe Miguel e Rafael Valim. Além disso, a edição é acrescida de uma cronologia da vida de Lula, organizada pelo jornalista Camilo Vannuchi, texto de capa do historiador Luiz Felipe de Alencastro e dois cadernos com fotos históricas, dos tempos no sindicato à presidência, passando pelas recentes caravanas e manifestações de rua. > Mais

.

*** LULA, O HUMANO

Trecho do artigo da jornalista Eliane Brum, no EL PAÍS Brasil:

7 de Abril de 2018 é talvez o dia mais triste da história recente. Para Lula, o humano, e para todos os brasileiros. Qualquer pessoa que não teve seus neurônios infectados pelo ódio – e uma das características do ódio é ser burro – é capaz de perceber a gravidade representada por um político que encarnava o projeto de pelo menos duas gerações de brasileiros, um projeto que de forma nenhuma pertencia apenas a ele, ser acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. E ser preso por isso sem provas convincentes no momento em que está em primeiro lugar nas pesquisas para a eleição de 2018.

Qualquer brasileiro sério é capaz de perceber o abismo que isso representa para o Brasil. A dureza desse momento não para Lula, mas para o que chamamos “nós”, o que de fato não existe, ou só existe em alguns momentos de síntese.

As panelas batendo com fúria nas janelas dos bairros “nobres” de São Paulo é o som da nossa vergonha como país. A de que as pessoas que tiveram o privilégio de estudar, num Brasil tão desigual, sejam incapazes de compreender a gravidade do momento histórico. Esse ódio mascarado de alegria é o rosto contorcido de uma distorção. Esse ódio mascarado de alegria é obsceno. > Leia na íntegra

.

*** O MERCADO GLOBAL DAS CURTIDAS FALSAS

O importante é ter mais curtidas e seguidores. Essa máxima movimenta muito dinheiro no mundo. > Mais

.

*** O JOGO POLÍTICO NO BRASIL PÓS-GOLPE

O cientista político e filósofo Marcos Nobre deu uma ótima entrevista ao El País Brasil. Professor da UNICAMP e pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), ele diz que o país vive um momento muito triste” por causa de uma lógica em que atores “irrelevantes politicamente vem buscando relevância política”. Neste grupo ele coloca o presidente Michel Temer, o comandante do Exército Eduardo Villas Bôas e a ministra do Supremo Carmen Lúcia. Na ânsia de se tornarem relevantes, eles acabam prejudicando a sociedade e ferindo a democracia. Ele explica também que a Lava-Jato, ao tentar apoio em setores da sociedade, atingiu as forças políticas de maneira desigual, mirando no PT e “esquecendo” outros. > Mais

.

*** BONS MOTIVOS PARA NÃO COMPRAR NA RIACHUELO

A Riachuelo patrocinou o filme “Nada a Perder”, cinebiografia de Edir Macedo, dono da Igreja Universal do Reino de Deus.

1- O dono da Riachuelo é Flávio Rocha, que é o pré-candidato a presidente do PRB

2- (Partido Republicano Brasileiro), que elegeu Marcelo Crivela governador do Rio de Janeiro, que é parente de Edir Macedo.

3- A milícia ultradireitista MBL, após brigar com João Dória, agora apoia o PRB. > Mais

.

*** PRAZERES MÚLTIPLOS

Sim, orgasmos múltiplos existem. Pelo menos, para as mulheres. Que inveja…

> Veja depoimentos

.

*** MAIS TIROS CONTRA A DEMOCRACIA

Na madrugada deste sábado 28abr, o acampamento Marisa Letícia, montado em Curitiba em apoio a Lula, foi vítima de um atentado. Um homem atirou e feriu duas pessoas, e depois fugiu num automóvel. A Polícia divulgou imagens e está investigando o caso.

Vai investigar como fez no atentado a tiros contra os ônibus da caravana de Lula, semanas atrás? Se for, melhor não esperarmos nada.

E as pessoas que disseram que os tiros contra os ônibus foram uma trama do próprio PT, para mostrar que são perseguidos, dirão agora também que os apoiadores de Lula atiraram contra eles mesmos? E as pessoas que se mantiveram em cúmplice silêncio, mesmo sabendo que o atentado era um perigoso ataque à democracia, também continuarão agora caladas, covardemente caladas? > Mais

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 


Anúncios

Protegido: As taras de Lara – Como não perder a virgindade (VIP)

18/04/2018

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:


As taras de Lara – Como não perder a virgindade

18/04/2018

18abr2017

Lara decidiu finalmente perder a virgindade

AS TARAS DE LARA – COMO NÃO PERDER A VIRGINDADE

.
A ideia foi da amiga Didica. Por que as duas não perdiam a virgindade juntas, com o Jorge? Sim, com o Jorge, que era da família, de confiança, e afinal Lara já transava com ele havia cinco meses, não seria muita novidade. Só fizeram anal, é verdade, por conta do pavor que Lara tinha de engravidar, mas agora seria pela frente. E adeus time das virgens, ufa!

– Até que não é uma má ideia… – respondeu Lara, considerando que sendo as duas juntas, se sentiriam mais seguras. E nossa menina fez as contas: um mês que não transava, um mês!, tempo demais, já passava da hora.

Então combinaram que convidariam Jorge para ir ao cinema, um inocente cineminha, mas no caminho anunciariam que o que queriam na verdade é que ele fosse o primeiro homem delas, e naquela noite. Ele certamente não recusaria tão nobre missão.

Durante dias, Lara preparou-se para a grande noite. Pesquisou informações em dezenas de sites, para se assegurar de que não engravidaria. Comprou lingerie nova. Até cortou o cabelo. Finalmente saberia o que é ter um pau na buceta. Poderia ser ainda mais prazeroso que no cu?

Conforme o combinado, às oito da noite Jorge parou o carro em frente ao prédio de sua prima Didica e aguardou. Cinco minutos depois, Didica e Lara desceram. Os vestidos curtos, os sapatos de salto e a maquiagem forte lhes davam uma aparência de mais velhas. Pegariam a sessão das nove, um filme de comédia. Dez minutos depois, porém, no meio do caminho, Lara informou, muito séria, que não iriam para cinema coisa nenhuma. Que ele tomasse o rumo do Sabrina´s Motel.

De tão surpreso, Jorge quase bateu o carro. Gaguejou um pouco, dizendo que não sabia chegar lá, mas Lara mostrou o mapa na tela do celular, não tinha erro, só seguir as indicações. No banco de trás, Didica, envergonhada, se esforçava para não rir. Quando chegaram ao Sabrina´s, Jorge ainda não acreditava em sua sorte. Ele parou o carro em frente ao guichê da portaria e baixou o vidro. Olhou a tabela de preços e pediu a suíte mais barata.

– Não! – protestou Lara. – Queremos com hidromassagem. E tudo que tiver direito.

Resignado, Jorge pediu outra suíte, evitando pensar na fatura do cartão de crédito. Mas precisava admitir que o investimento valia a pena, claro que valia. Porém, quando a funcionária pediu os documentos das garotas, ele gelou. Porque só então se lembrou: elas tinham 16 anos.

– Aqui está – disse Lara, entregando para Jorge duas carteiras de identidade. Ele relutou por um instante, mas Lara fez que sim com a cabeça. A funcionária conferiu os documentos, um por um. Jorge sentiu uma gota de suor descendo pelo rosto. Finalmente, a funcionária devolveu as carteiras, com a chave da suíte. Jorge engatou a primeira e saiu.

– Carteiras falsas… – ele murmurou, aliviado –  Vocês podiam ao menos ter me avisado. Quase morri do coração.

– Não, são verdadeiras – respondeu Lara, guardando as carteiras na bolsa. – É pra isso que servem as amigas mais velhas. Né, Didica? – E virou-se para a amiga, que bateu em sua mão espalmada, toda cúmplice.

Ah, nossa esperta menina achou linda a suíte. A decoração suave, os espelhos a embaralhar as imagens, a luz azulada que saía debaixo da cama… Era sua primeira vez num motel, e a primeira vez da amiga também. Estavam ambas encantadas com tudo, embora Didica, ao contrário de Lara, estivesse um tanto nervosa. Ficaram todos descalços, serviram-se de vinho e brindaram. Depois se despiram e foram para a banheira. A água, porém, não esquentou bem e Lara sentiu frio. Tomou mais uma taça de vinho, mas continuou com frio. Então saiu, deixando Jorge e Didica lá. Seria bom para a amiga relaxar, pensou Lara, sorrindo maliciosa para Didica enquanto se enrolava na toalha e voltava para o quarto.

Para animar a festinha, pôs para tocar uma seleção de músicas sensuais que preparara em seu celular especialmente para a noite. Então ligou as luzes piscantes, serviu-se de mais vinho e foi dançar sobre um pequeno tablado, enrolada na toalha. Dançava sozinha, de olhos fechados, viajando na música, caprichando nos movimentos ondulantes. Sentia-se leve. Na verdade, estava aliviada por ter chegado o dia que, desde os treze anos, quando começou a namorar, aguardava com paciência.

Quando se virou, viu a amiga sendo levada nos braços pelo primo. Ele a deitou na cama e os dois se beijaram. Lara achou linda a cena, serviu as taças de todos e pediu mais uma garrafa de vinho. Após isso, sentou-se no sofá, no canto mais escuro, para que Didica não se sentisse intimidada. Assistiria de camarote a amiga perder o cabaço. E depois Jorge faria com ela o mesmo serviço. E adeus time das virgens.

Jorge foi muito cuidadoso, sem pressa nenhuma. Tirou a cueca, depois a calcinha de Didica, lentamente. Beijaram-se com ardor, acariciando-se até onde as mãos alcançavam. Depois, ele beijou o corpo da prima da cabeça aos pés, detendo-se nos peitos, na barriga e, por fim, na buceta, que lambeu por um bom tempo, com suavidade, até que Didica, contorcendo-se feito uma cobra, puxou-o para si. Ele a penetrou com calma, atento a qualquer sinal de dor. Mas não foi tão doloroso, como Didica esperava, apenas uma dorzinha aguda que aos poucos foi se diluindo no meio da excitação que sentia. E foi assim que ela consumou seu desejo, deixando para trás seu passado de virgem, enquanto tocava a seleção sensual de Lara, e ela, no escurinho do sofá, só observava.

– Lara, vem também – Didica a chamou, após um tempo. Mas ela não respondeu. – Lara?

Só quando chegou pertinho foi que Didica percebeu que a amiga… dormia profundamente. Ao lado do sofá, viu a segunda garrafa de vinho vazia e entendeu tudo.

– É, tua amiga exagerou na birita – falou Jorge, enquanto cutucava Lara, que nem se mexia. – E agora?

Didica deitou a amiga no sofá, pondo uma almofada sob sua cabeça, e voltou para a cama, puxando o primo pela mão.

– Agora a gente continua, ora.

(continua na área vip)
.

Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

> LEIA A CONTINUAÇÃO AQUI
Exclusivo para Leitor Vip. Basta digitar a senha de 2018.

> Ainda não é Leitor Vip? Vamos resolver isso agora

.

.

AsTarasDeLaraLogo-01aAs Taras de Lara – capítulos publicados

E você, generosa leitorinha, conhece alguém como Lara? Não gostaria de contribuir com a série? Envie suas sugestões: rkelmer@gmail.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

Por trás do sexo anal – Há algo de divinamente demoníaco no sexo anal que, literalmente, a-lu-ci-na algumas mulheres
.

SÉRIES ERÓTICAS DESTE BLOG

As aventuras de Diametral e Ninfa Jessi – Um casal apaixonado vive seu amor libertino com bom humor e muita safadeza

As taras de Lara – Desde pequena que Lara só pensa naquilo. E ai do homem que não a satisfaz

Um ano na seca – O que pode acontecer a um homem após doze meses sem sexo?

O último homem do mundo – O sonho de Agenor é que todas as mulheres do mundo o desejem. Para isso ele está disposto a fazer um pacto com o diabo. Mas há um velho ditado que diz: cuidado com o que deseja pois você pode conseguir
.

DICA DE LIVRO

IFTCapa-04aIndecências para o Fim de Tarde
Ricardo Kelmer – contos eróticos

Uma advogada que adora fazer sexo por dinheiro… Um ser misterioso e sensual que invade o sono das mulheres… Os fetiches de um casal e sua devotada e canina escrava sexual… Uma sacerdotisa pagã e seu cavaleiro num ritual de fertilidade na floresta… A adolescente que consegue um encontro especial com seu ídolo maior, o próprio pai… Seja provocando risos e reflexões, chocando nossa moralidade ou instigando nossas fantasias, inclusive as que nem sabíamos possuir, as indecências destes 23 contos querem isso mesmo: lambuzar, agredir, provocar e surpreender a sua imaginação.

A entrega – Memórias eróticas (Toni Bentley, editora Objetiva) – A bailarina filosofa sobre sua profunda experiência de amor e salvação por meio da submissão no sexo anal

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01-


A foto repugnante e o sonho que não pode ser preso

10/04/2018

10abr2018

A foto que resume a baixeza moral dos fascistas que querem a morte de Lula

A FOTO REPUGNANTE E O SONHO QUE NÃO PODE SER PRESO

.
Oscar Maroni é dono de hotel em São Paulo e trabalha no ramo da prostituição de luxo. Sua boate Bahamas Club, em Moema, é frequentada por políticos, grandes empresários, policiais e até líderes religiosos. Num vídeo de 2016, ele prometeu que se Lula fosse preso, distribuiria cerveja de graça, e cumpriu a promessa na sexta-feira 06abr.

Na festa, na porta de sua boate, Maroni vestiu-se como presidiário. Uma foto feita nesse evento diz muito sobre o atual momento político do Brasil. Nela, Maroni exibe aos convidados uma mulher desnuda, com a calcinha nos joelhos, e atrás duas grandes fotos de seus heróis, o juiz Sergio Moro e a presidenta do STF Carmen Lúcia. Absolutamente repugnante.

A grande mídia, que, assim como Maroni e muitos direitistas, odeia Lula e apoia o golpe em curso no Brasil, não divulgou a foto, pois sabe que se o fizer, perderá simpatizantes em sua tarefa de destruir Lula e o que ele representa para o povo. Algumas pessoas, mesmo indignadas com a foto, hesitam em divulgá-la. De fato, é uma imagem asquerosa, que envergonha até mesmo alguns dos “cidadãos de bem” que odeiam Lula – mas se não a divulgarmos estaremos beneficiando aos fascistas como Maroni e eles se sentirão cada vez mais à vontade para fazer coisas piores, sempre com a cumplicidade silenciosa da grande mídia.

Peraí que tem mais repugnância. No vídeo em que jura sua promessa, Maroni vai além: ele diz que SE MATAREM LULA NA PRISÃO, a cerveja será de graça durante o mês inteiro. Outro homem pergunta: “E se for sofrida a morte?”. E Maroni responde: “Aí eu dou meu rabo”.

Prostituir-se não é crime. Dar o rabo também não. Mas incentivar o assassinato de alguém, sim. Porém, assim como nos casos do atentado a tiros contra a caravana de Lula e dos áudios criminosos gravados durante o voo que o conduzia preso a Curitiba, nada será feito, porque o golpe, além de parlamentar e midiático, é também judiciário. E conta com a omissão dos que veem mas silenciam.

O golpe abriu as porteiras dos piores retrocessos. São coisas tristes e doentias, mas precisamos divulgá-las para que o mundo saiba o que está acontecendo, e para nos mantermos juntos e firmes no sonho de justiça social, esse mesmo sonho que tentam manter preso numa cela em Curitiba. Como se celas prendessem sonhos…

.
Foto: Túlio Vidal

 

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

SAIBA MAIS:

Homens de bem comemoram no puteiro a prisão de LulaPor Lola Abramovich, no blog Escreva, Lola, Escreva

Enquanto o povo chora, o Brasil prostíbulo comemora – Por Carlos Fernandes, no Diário do Centro do Mundo

Oscar Maroni realiza festa em comemoração à prisão de Lula – O Povo

Vaza áudio de voo de Lula: “Manda este lixo janela abaixo aí” – Jornal do Brasil

Perícia acha projétil e aponta que tiros em ônibus da caravana de Lula foram disparados a cerca de 19 metros – O Globo
.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Renata Mendonça: A escória do nosso país!

02- Moacir Bedê: Esse é o tipo de gente que não gosta do lula

03- Isabella Cantal: Vc e suas generalizações q em nada refletem a realidade! Não suporto o Lula, e toda a corja q envolve o Temer e etc… não por isso sou dantesca! Moro na Aldeota como vc, e nem por isso somos “burguesia q fede” !!! Enfim: menos Moacir Bedê, menos!

     Moacir Bedê: Estou generalizando mesmo, vc é exceção. A candida que eu votei derrubaram, o candidato que eu quero votar prenderam e querem matar. Pq será que eu estou P da vida em?

     Moacir Bedê: Vc não gostar Lula é perfeitamente normal, não vejo problema nenhum. Mas tente acabar com ele e o PT nas urnas e não apoiando golpe de estado ( golpe assumido publicamente pelos próprios golpistas).

04- Patricia C. Vignoli: Que asco!

05- Paola Braul Décaillet: Cadê os defensores de porta de galeria de arte?

06- Nathália Nepomuceno: Nojo

07- Charly Olmo: Lo traduzco y lo comparto. Obrigado

08- Juliana Lyra: Meu deus… inacreditável

09- Iris Medeiros: Texto muito bom Kelmer.

10- Ribamar Bezerra: Seboso, escroto esse cara!

11- Lílian Martins: Que nojo! Que Brasil de baixezas….

12- Marcia Sucupira Viana Barreto: Isso é medonho

13- MCândida Oliveira: Aquela professora primária que defecou em plena calçada há uns anos atrás, deve ter aprendido com ele. Ê São Paulo… Esses são os habitantes desse país de quinta.

     Clarisse Ilgenfritz: (eu mesminha acho que a professora que fez sua manifestacao, por mais escatológica que tenha sido, tem muito – mas muito, muito, muito – mais integridade do que este animal aí da foto.)4

     Ricardo Kelmer: Defecar na calçada e incentivar o assassinato de alguém. Você tem mais alguma comparação pertinente a fazer?

     Andre Barbosa Bonno: Que porca. Caguei pro lula

     Ricardo Kelmer: Andre Barbosa Bonno Cagar não é crime, fique à vontade. Mas incentivar o assassinato de uma pessoa é crime.

14- Alexandre Ferraz Greco: doentio. mas que se eternize o caráter da direita brasileira.

15- Pedro Henrique Vieira Costa: Só uma observação: prostituição não é crime, mas a sua exploração sim.

16- Caio César Muniz: Cara de psicopata!

17- Clarisse Ilgenfritz: os 3 né? os dois dos cartazes e o carequinha tarado né?

18- Caio César Muniz: Clarisse Ilgenfritz exatamente… Mas o careca tem cara daqueles personagens de filmes de terror americano.

> Postagem no Facebook


O socialista crucificado

09/04/2018

09abr2018

Se esses cristãos vivessem naquela época, teriam batido panela contra o bandido Jesus e aplaudido sua crucificação

O SOCIALISTA CRUCIFICADO

.
Talvez Jesus não tenha existido de fato, mas se existiu, então ele era um ferrenho socialista. O cara defendia os pobres e oprimidos, criticava os ricos poderosos, denunciava o mercantilismo da religião, perdoava bandidos e acolhia as mulheres apedrejadas pelos defensores da moral e dos bons costumes. Jesus era um lutador pela causa dos direitos humanos, quando isso nem existia ainda.

Hoje, porém, grande parte dos cristãos é declaradamente antiJesus: são a favor da pena de morte (mas são contra o aborto porque a vida só a Deus pertence), gritam nas ruas e redes sociais que bandido bom é bandido morto (crucifica-o!) e odeiam a todos que têm sexualidade diferente da sua (joga pedra na Geni!). Muitos deles apoiam políticos que fazem apologia ao estupro, incentivam a violência e defendem a prática da tortura. Muitos seguem religiosos que creem mais no dízimo que em Deus. Se esses cristãos vivessem naquela época, teriam batido panela contra o bandido Jesus e aplaudido sua crucificação. Se a tecnologia permitisse, teriam feito lindas fotinhas com os soldados romanos.

Hoje, ser cristão pode significar uma coisa, mas também pode significar exatamente o oposto. É a prova final de que ser religioso não define o caráter de ninguém. O que define são os valores morais. Verdadeiramente, não precisamos de religião para fazer do nosso país um lugar melhor para se viver. Precisamos é de cidadãos comprometidos com os valores da democracia e da justiça social, independente de crerem ou não em deuses.

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

.

MATRIX, PSICOLOGIA E MITOLOGIA NO LIVRO:

Matrix2012Capa14x21aMatrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas

Analisando o filme Matrix pela ótica da mitologia e da psicologia do inconsciente e usando uma linguagem simples e descontraída, RK compara a aventura de Neo ao processo de autorrealização que todos vivem em suas próprias vidas.

.

.

.
LEIA NESTE BLOG

Blade Runner: Deuses, humanos e androides na berlinda – Como todo ser, o criador busca sempre transcender a sua própria condição e é criando que ele faz isso.

A cruz da paixão – O crescimento só virá se o ego se entregar ao sacrifício da paixão, mandando Judas fazer logo a sua parte e aceitando o sofrimento inerente ao processo

Espírito natalino? Sei… – O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 01-

 

> Postagem no Facebook


As Preciosas do Kelmer – mar2018

31/03/2018

31mar2018

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#66, mar2018
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Tonia Carrero, atriz brasileira de cinema, teatro e televisão (1922-2018)

.

*** DIA INTERNACIONAL DA MULHER

O Dia Internacional da Mulher é celebrado em 8 de março. A ideia de criar o Dia da Mulher surgiu no final do século XIX e início do século XX nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas femininas por melhores condições de vida e trabalho, e pelo direito de voto. Em 26 de agosto de 1910, durante a Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em Copenhague, a líder socialista alemã Clara Zetkin propôs a instituição de uma celebração anual das lutas pelos direitos das mulheres trabalhadoras. > Mais.

.

*** BARBIES INCLUSIVAS

A artista mexicana Frida Kahlo é um dos modelos da nova coleção de bonecas Barbie. O objetivo da coleção, que conta com 17 modelos, é honrar mulheres de todo o mundo que são inspiração e tiveram um papel histórico ou moderno. Quando surgirá a Barbie transexual? > Mais

.

*** POLITICANDO CONTRA AS MULHERES

O Palácio do Planalto voltou a cometer uma gafe no Dia Internacional da Mulher. Exatamente um ano depois de o presidente Michel Temer afirmar em discurso que tinha “convicção do quanto a mulher faz pela casa”, o governo federal enviou ofício ao governador do Ceará Camilo Santana (PT) assinado por órgão que não existe: a “Secretaria Nacional de Políticas contra as Mulheres”.

O nome correto é Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SPM), vinculada ao Governo Federal. O ofício remetido a Camilo trata da inauguração da Casa da Mulher Brasileira de Fortaleza.

Uau, isso é que é sinceridade! > Mais

.

*** O INCESTO

Ela determinou que suas quatro filhas, menores de 18 anos, teriam que ter a primeira relação sexual com o pai, seu marido. Durante anos, ambos forçaram as garotas a fazer sexo com eles e as crianças cresceram acostumadas a essa rotina. A mais velha, porém, após casar e fazer tratamento psicológico, denunciou os pais, que foram presos.

Não é filme, é real. > Mais

.

*** OS JUÍZES E O AUXÍLIO-MORODIA

Ano após ano, R$ 919 milhões saem dos cofres públicos para o pagamento de auxílio-moradia para 17.094 magistrados, conforme dados do Conselho Nacional de Justiça. Desse total, R$ 98 milhões são para juízes federais. O benefício é pago aos juízes por conta de uma decisão, de 2014, em caráter liminar do ministro Luiz Fux.

Muitos dos que hoje recebem o auxílio mensal de R$ 4.300 têm imóveis próprios, caso do juiz Sergio Moro, dono de um imóvel de 256 metros quadrados em Curitiba, onde trabalha. Há casos inacreditáveis: José Antonio de Paula Santos Neto, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, é proprietário de 60 imóveis. Ele, assim como Moro e os demais juízes que recebem o benefício, argumentam que o auxílio serve para compensar a falta de reajuste da categoria desde 2015.

O STF julgará a questão nos próximos dias. Porém, mesmo que o auxílio-morodia, ops, auxílio-moradia, dos juízes seja suspenso, eles continuarão com muitas regalias, como auxílio para despesas médicas, para alimentação e para a educação de seus filhos. É mais R$ 1 bilhão saindo dos cofres públicos todo ano para ajudar a quem não precisa.

Para protestar contra a retirada de seus privilégios, os juízes federais farão greve nesta quinta-feira 15mar. Parece absurdo, né? E é mesmo. Quantas escolas e hospitais poderiam ser construídos com todo esse dinheiro que nós, sim, nós, pagamos a esses grandes privilegiados?

.

*** MARIELLE, PRESENTE!

O recado da banda podre policial foi claro: não atrapalhem nossos negócios. Porém, o efeito da execução da vereadora Marielle Franco será o inevitável surgimento de mais Marielles por todo o país, ainda mais destemidas. Haverá bala suficiente para nos deter em nossa luta por justiça social? > Mais

.

.

*** AS MENTIRAS SOBRE MARIELLE FRANCO

Poucas horas após o assassinato da vereadora Marielle Franco, a fábrica de notícias falsas foi ativada contra ela, gerando boatos como o seu envolvimento com “bandidos”. O MBL (Movimento Brasil Livre), a desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), Marília Castro Neves e o deputado estadual Alberto Fraga, presidente do DEM no Distrito Federal e presidente da Frente Parlamentar de Segurança Pública, são alguns que participam da campanha difamatória. > Mais

.

*** AS MILÍCIAS, O TRÁFICO DE DROGAS E A POLÍTICA

A vereadora Marielle Franco denunciava com frequência a violência da banda podre da Polícia e a atuação das milícias nas comunidades pobres do Rio de Janeiro. Por isso, são eles os principais suspeitos de terem-na assassinado. As milícias são grupos formados por ex-policiais, bombeiros, militares, agentes penitenciários e também membros das forças de segurança ainda na ativa. Elas agem nas comunidades carentes, aproveitando o vácuo criado pela ausência do Estado e oferecendo serviços de segurança, transporte, TV a cabo e até mesmo taxando negócios imobiliários. Em alguns lugares, milicianos e traficantes brigam ferozmente pelo território e em outros eles se entendem. No meio desse jogo sujo e sanguinário, fica a população pobre, cujos pedidos de socorro são amplificados por ativistas sociais corajosos como Marielle.

A única forma de deter a violência gerada por traficantes, milicianos e policiais bandidos é a intervenção do Estado nas áreas carentes. Mas não com soldados, e sim com educação, saúde, segurança, transporte, cultura e lazer. > Mais

.

*** A PROFESSORA COM DOWN E A DESEMBARGADORA ESTÚPIDA

“Well, eis que se não quando, ouço que o Brasil é o primeiro em alguma coisa!!! Apuro os ouvidos e ouço a pérola: o Brasil é o primeiro país a ter uma professora portadora de síndrome de down!!! Poxa, pensei, legal, são os programas de inclusão social. Aí me perguntei: o que será que essa professora ensina a quem???? Esperem um momento que eu fui ali me matar e já volto, tá?”

Esta foi a postagem da desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Marília Castro Neves, na qual ela critica o fato de alguém com síndrome de Down ser professor.

A professora criticada é Débora Seabra, que tem 36 anos e trabalha há 13 como professora auxiliar em uma escola particular de Natal. Ela é ainda autora de livro infantil chamado Débora Conta Histórias (Alfaguara Brasil, 2013). Por ser considerada exemplo no desenvolvimento de ações educativas no país ela recebeu, em 2015, o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação em Brasília. Eis a resposta da professora:

19/3/2018. Recado para a Juíza Marília.
Não quero bater boca com você! Só quero dizer que tenho síndrome de Down e sou professora auxiliar de crianças de uma escola de Natal/RN. Trabalho à tarde, todos os dias, com a minha equipe que tem uma professora titular e outra auxiliar.
Eu ensino muitas coisas às crianças. A principal é que elas sejam educadas, tenham respeito às outras. Aceitem as diferenças de cada uma. Ajudem a quem precisa mais.
Eu estudo o planejamento, eu participo das reuniões, eu dou opiniões, eu conto história para as crianças, eu ajudo nas atividades, eu vou para o parque com elas. Acompanho as crianças nas aulas de inglês, música, educação física e mais um monte de coisas.
O que eu acho mais importante de tudo isso é ensinar a incluir as crianças e todo mundo pra acabar com o preconceito porque é crime. Quem discrimina é criminoso!
Débora Araújo Seabra de Moura.”

A Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down publicou uma carta aberta de repúdio à manifestação da desembargadora. > Mais

.

*** TIROS CONTRA A DEMOCRACIA

As mesmas pessoas que comemoraram o assassinato da vereadora Marielle Franco agora aplaudem as violentas agressões e até mesmo os tiros que foram dados hoje contra os ônibus da caravana de Lula, no Paraná. Isso é típico do fascismo, de quem faz política com ódio.

O que está em jogo agora, acima das divergências políticas, é a defesa da democracia. Se ações como essas não forem combatidas com veemência, os fascistas se sentirão cada vez mais à vontade, e aí é só olhar para o passado recente para saber como a coisa pode terminar. > Mais

.

*** TONIA CARRERO

Nascida e criada na zona sul carioca, Maria Antonieta de Farias Portocarrero, seu nome de solteira, era filha do general Hermenegildo Portocarrero e de Zilda de Farias Portocarrero. Apesar de graduada em Educação Física, a formação de Tônia como atriz foi obtida em cursos de teatro em Paris. Antes de partir para a França, fez um pequeno papel no filme Querida Susana. Foi a estrela da Companhia Cinematográfica Vera Cruz, tendo atuado em diversos filmes.

A estreia em teatro foi no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), em São Paulo, com a peça Um Deus Dormiu Lá em Casa, onde teve como parceiro o ator Paulo Autran. Após a passagem pelo TBC, formou com seu marido à época, o italiano Adolfo Celi, e com o amigo Paulo Autran, a Companhia Tônia-Celi-Autran (CTCA), que nos anos 1950 e 1960 revolucionou a cena do teatro brasileiro ao constituir um repertório com peças de autores clássicos, como Shakespeare e Carlo Goldoni, e de vanguarda, como Sartre.

Na TV, um dos seus personagens mais marcantes foi a sofisticada e encantadora Stella Fraga Simpson em Água Viva (1980), de Gilberto Braga. Tônia viria a trabalhar novamente com o autor, em 1983, na novela Louco Amor, dessa vez interpretando a não menos charmosa e chique Mouriel. Tanto em Água Viva como em Louco Amor, Tônia perdeu o papel de vilã para Beatriz Segall e Tereza Rachel, respectivamente. Mesmo assim, os dois personagens que interpretou foram um sucesso.

Era mãe do ator Cecil Thiré, e avó dos atores Miguel Thiré, Luísa Thiré e Carlos Thiré. (Wikipedia)
> Mais
.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



A luta de Marielle continua

21/03/2018

21mar2018

Haverá bala suficiente para nos deter em nossa luta por justiça social?

A LUTA DE MARIELLE CONTINUA

.
O assassinato da vereadora Marielle Franco, que seria a candidata a vice-governadora do Rio de Janeiro pelo PSOL este ano, foi um claro recado da banda podre da Polícia: não atrapalhem nossos negócios. Porém, o efeito de sua execução pode ser justamente o oposto, fazendo surgir mais Marielles por todo o país, ainda mais conscientes e destemidas. Haverá bala suficiente para nos deter em nossa luta por justiça social?

Vi gente criticar o fato de usarem a morte de Marielle como bandeira política. Ora, nada mais coerente. Porque foi um crime político. Porque Marielle fez da política a sua razão de viver e aceitou correr riscos pela defesa dos direitos civis e sociais da população mais pobre. O que as pessoas estão fazendo é tão somente continuar a sua luta, assim como os cristãos fazem quando exibem seu deus pregado na cruz. Falando nisso, o mundo tá cheio de bom cristão que é contra o direito da mulher de abortar porque só Deus é quem pode tirar a vida, mas é a favor da pena de morte.

Espero que a luta da família de Marielle por justiça não seja inglória. Elucidar o crime obrigará o Estado a cortar na própria carne e expor a podridão de sua estrutura policial e a completa ineficácia dessa caríssima guerra às drogas. Talvez a morte de Marielle e de seu motorista Anderson Gomes sirva para nos fazer discutir seriamente a desmilitarização da Polícia e o custo-benefício para a sociedade da política de proibição das drogas.

Mas não basta matar Marielle com tiros. É preciso também assassinar sua reputação, como fez o MBL ao repassar boatos sobre seu envolvimento com o Comando Vermelho, entre outras mentiras. O deputado Alberto Fraga (DEM-DF) foi um dos que repassou os boatos, e poderá ser denunciado ao Conselho de Ética. A desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, do Tribunal de Justiça do RJ, também repassou as mentiras, e depois apagou. Mas já era tarde, e agora terá de responder ao CNJ.

Aliás, a dita magistrada responderá também por ter, numa rede social, sugerido o fuzilamento do deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) num “paredão profilático”, e ainda comentou: “embora não valha a bala que o mate e o pano que limpe a lambança, não escaparia do paredão”. Na postagem, um seguidor comenta que o deputado “gostaria” de ser fuzilado se pudesse “ficar de costas”, ao que a desembargadora respondeu de forma homofóbica, dizendo ter dúvidas, uma vez que “o projétil é fininho”. Eis o nível grotesco do nosso magistrado, esse mesmo que esperneia e faz greve para não perder seus imensos e descabidos privilégios, como o auxílio-moradia de R$ 4,3 mil. Né, Sergio Moro?

Enquanto isso, aquele presidenciável todo machão e valente, que posa de terror dos bandidos, continua caladinho…

.
Ricardo Kelmer 2018 – blogdokelmer.com

.

SAIBA MAIS:

A história de Marielle – Sua família, seus estudos, sua atuação política

Desmilitarização da Polícia – O que é isso?

Entenda a intervenção federal no RJ

Desembargadora que ofendeu Marielle pediu fuzilamento de Jean Wyllys – Marília de Castro Neves Vieira também ofendeu uma professora com síndrome de Down

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01-

> Postagem no Facebook


%d blogueiros gostam disto: