Flor de Resistência

.

FLOR DE RESISTÊNCIA

Organizadores: Ricardo Kelmer e Alan Mendonça – poemas, contos, crônicas, fotos e desenhos – Miragem Editorial e Editora Radiadora, 2020 – 10×15 cm – 56 pag

.

Livro Flor de Resistencia capa 03a

PARTICIPANTES VOL. 1
Alan Mendonça, Alberto Perdigão, Carlos Dantas, Cleudene Aragão, Denis Akel, Dércio Braúna, Glauco Sobreira, Igor de Sousa, Íris Cavalcante, Kelsen Bravos, Laodiceia Weersma, Leo Mackellene, Lidia Valesca Pimentel, Luana Braga, Luciano Dídimo, Marcia Matos, Mário Gomes, Marta Pinheiro, Ricardo Guilherme, Ricardo Kelmer e Thyago Cabral

.
.

PARTICIPANTES VOL. 2
Alan Mendonça, Alana Girão de Alencar, Alberto Perdigão, Aluísio Martins Rodrigues, Alves de Aquino, Bruno Paulino, Carlos Nóbrega, Carlos Vazconcelos, Chico Araújo, Cleudene Aragão, Francélio Alencar, Jansen Viana, Kelsen Bravos, Laodicéia A. Weersma, Leite Jr., Léo de Oliveira, Levy Motta, Lidia Valesca, Luciano Dídimo, Magna Maricelle, Mailson Furtado, Marcos Oriá, Meite Viana, Pantico Monteiro, Ramos Cotôco, Renato Pessoa, Ricardo Kelmer e Roberta Laena

.

RESUMO

Organizado por Ricardo Kelmer e Alan Mendonça, o livro Flor de Resistência traz poemas, contos, crônicas, fotos e desenhos de diversos autores, reunidos sob os temas cidadania, democracia, direitos humanos e justiça social. O livro integra o projeto Livros da Rua, que não tem fins lucrativos e objetiva democratizar o acesso à arte por meio da publicação de livretos de baixo custo cuja parte da tiragem é vendida e a outra parte é distribuída gratuitamente entre pessoas que habitam ou trabalham nas ruas.

.

LIVROS DA RUA

.
COMO SURGIU

Este projeto objetiva democratizar o acesso à arte, levando a produção literária local à população que habita ou trabalha nas ruas por meio da distribuição de livros organizados de forma coletiva

Em 2016, o escritor Ricardo Kelmer teve a ideia de publicar um livro cujas vendas lhe possibilitassem distribuir parte da tiragem entre pessoas que moram ou trabalham nas ruas, como guardadores de carro, vendedores ambulantes e garis. Ele conta, explicando a motivação do projeto: “Um dia, percebi que enquanto nós, escritores, celebramos a nossa arte nos bares e espaços culturais, ao redor, excluídos da celebração, estão aquelas pessoas que provavelmente jamais entraram ou entrarão numa livraria ou biblioteca. Isso me incomodou e decidi fazer algo.”

Nascia assim o projeto Livros da Rua, com o objetivo de democratizar o acesso à arte. A primeira publicação foi o livreto Versos Safadinhos para Noites Românticas e Vice-versa, com poemas de Kelmer e desenhos do artista húngaro Mihály Zichy, falecido em 1906. A segunda foi Trilha da Vida Loca – Contos do amor doído, de 2017, que reúne contos de Kelmer baseados em sucessos românticos da chamada música brega.

Os livretos são simples e de baixo custo, em formato bolso, vendidos a R$ 5. “O projeto não tem fins lucrativos, mas os livretos dão mais visibilidade ao meu trabalho, me permitem uma relação mais íntima com a cidade e sinto que faço algo útil para a sociedade”, diz ele. Para seu criador, o projeto é uma forma de diminuir a distância entre as classes sociais, e por causa do tamanho pequeno, ele sempre leva alguns no bolso da calça. Outra característica do projeto é a laicidade, pois, segundo Kelmer, já existem várias iniciativas de cunho religioso de assistência à população de rua.

OS TRÊS PILARES

O projeto se compõe de três pilares: autores, público comprador e população das ruas. Para os autores, é bom ter seu trabalho divulgado coletivamente para um público diverso de regiões diversas, que eles, provavelmente, não alcançariam agindo sozinhos, proporcionando-lhes uma relação mais íntima e interativa com a cidade. Além disso, ao levarem seus trabalhos para populações que são mais atingidas pela desigualdade social, contribuem para a democratização da arte.

Para o público comprador, esta é uma boa oportunidade para conhecer melhor a produção artística local e de participar de uma ação que visa diminuir, por meio da arte, as distâncias entre as classes sociais.

Para a população das ruas, os livros e o contato direto com os artistas podem representar companhia, aumento da autoestima, motivação para o enfrentamento das dificuldades do dia a dia, oportunidades profissionais… poesia…

Você gostaria de participar? Entre em contato: rkelmer@gmail.com

SIMPLES E FUNCIONAL

Os custos são bancados pelos autores, que recebem os exemplares para vender e distribuir, de modo que possam receber o que investiram. O baixo custo viabiliza a distribuição gratuita, e o tamanho pequeno do livro facilita o transporte, permitindo que os autores o levem a todos os lugares e que ele possa ser lido em ocasiões diversas, como encontro de amigos, saraus e manifestações públicas.

Segundo Kelmer, a simplicidade dos livros, no início, não seduz a alguns artistas, mas eles logo percebem a importância de participar. “Entendo a vaidade do artista, e eu também gosto de publicar livros mais bonitos, mas a prioridade deste projeto é democratizar a arte, e para que seja funcional, é preciso que os custos sejam baixos”, ele esclarece, completando que os livros também são vendidos pela internet, nos formatos impresso e eletrônico, o que permite que pessoas de outros lugares possam contribuir com o projeto.

O Livros da Rua tem proporcionado experiências curiosas. Kelmer conta: “Noite dessas, ao sair de um bar, o guardador de carros me reconheceu e pediu outro livro, pois o seu ele dera para uma garota, que gostou muito. Ah, você quer um pra você, né?, perguntei. Ele, um tanto envergonhado, respondeu que não sabia ler, e depois emendou, malicioso: É pra outra gata acolá… Dei-lhe outro livro e fui embora rindo, satisfeito por ver que minha poesia ao menos anda favorecendo o nheco-nheco. Mas interessante mesmo era a ironia da coisa, ao mesmo tempo triste e bela: um analfabeto que espalha literatura por aí pela cidade…”

.

Flor de Resistência logo 03

.

OPÇÕES PARA LER E COMPRAR

Livro impresso – Direto com os autores e em eventos literários. R$ 5. Pelo correio (frete incluído): 1 livro R$ 12  –  2 livros: R$ 17  –  3 livros: R$ 22  –  4 livros: R$ 27. A partir de 5 livros: a combinar. Pagamento: transferência bancária (Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica).

E-book Amazon – Em breve

Livro-pdf – Com dedicatória personalizada: R$ 5. Envie e-mail para rkelmer@gmail.com

Livro-blog – Em breve neste blog

> Confira mais livros e promoções na seção Livros

.

.

Flor de Resistência 202001 Autores 01
Lançamento no Gentilândia Bar (Benfica, Fortaleza, jan2020). Na foto, 10 dos 21 autores

.

.

TEXTOS

(em breve)

.

. .

Seja Leitor Vip e ganhe:

LeitorVipElaLivro-101

 

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer

.

.

Comentarios01


COMENTÁRIOS
.

01- Parabéns Ricardo! Feliz com mais esse sucesso seu. Me tornei escritora, depois de um certo Sarau em Fortaleza, numa creperia, em que te conheci… Tenho dois livros infantis , e participo de várias coletâneas com crônicas minhas. No segundo volume…quem sabe eu não participo. Celina Bezerra, Fortaleza-CE – jan2020

02- florindo! Eleuda Carvalho, Fortaleza-CE – jan2020

03- maravilha querido, vai ser lindo. JC CA, Fortaleza-CE – jan2020

04- Que lindo projeto, Kelmer. Conta comigo pro próximo! Vamos abrir essa flor e resistir, mesmo que no asfalto quente! Meire Viana, Fortaleza-CE – jan2020

05- Pena eu não estar por aí. Guarde um e exemplar para mim. Obrigada. Bj. Marcia Soares Fernandes, São Paulo-SP – jan2020

06- Parabéns amigo Kelmer. Precisamos de mais movimentos iguais a esse.
Grata. Marcia Sucupira, Fortaleza-CE – jan2020

07- Parabéns a todoa por mais essa iniciativa. Publicar livros já é uma maneira de resistir. Lidia Maria, Fortaleza-CE – jan2020

08- Eu sou grata pela oportunidade. Tudo lindo. Lidia Valesca Pimentel, Fortaleza-CE – jan2020

09- Excelente proposta, primo! Leite Jr., Fortaleza-CE – jan2020

10- 

2 Responses to Flor de Resistência

  1. Jose' Carlos do Nascimento disse:

    GOSTARIA DE PARTICIPAR DO PRÓXIMO FRONT LITERÁRIO DOS ORGANIZADORES DESTA RESISTÊNCIA POÉTICA.

    Curtir

  2. Márcia Matos disse:

    Achei massa meu poeminha visual ter sido convidado p esse projeto literário social! Viva a flor do amor, da amizade e da POESIA🌺🌵💃

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: