O Irresistível Charme da Insanidade

ICI2011Capa-01f

.
O Irresistível Charme da Insanidade

Romance – Arte Paubrasil, 2011
14 x 21 cm – 160 pag – ISBN: 9788599629352
.

Dois casais, nos séculos 16 e 21, vivem duas ardentes e misteriosas histórias de amor, e suas vidas se cruzam através dos tempos em momentos decisivos. Ou será o mesmo casal? Nesta história, repleta de suspense e reviravoltas, Luca é um músico obcecado pelo controle da vida, e Isadora uma viajante taoísta em busca de seu mestre e amante do século 16. A uni-los e desafiá-los, o amor que distorce a lógica do tempo e descortina as mais loucas possibilidades do ser.

Luca é um músico, obcecado pelo controle da vida, que se envolve com Isadora, uma viajante taoísta que acredita ser ele a reencarnação de seu mestre e amante do século 16. Ele inicia uma estranha aventura onde somem os limites entre sanidade e loucura, real e imaginário e, por fim, descobre que para merecer a mulher que ama terá antes de saber quem na verdade ele é.

Nesta insólita história de amor, que acontece simultaneamente na Espanha quinhentista e no Brasil do século 21, os déjà-vu (sensação de já ter vivido certa situação) são portais do tempo através dos quais temos contato com outras vidas.

Blues, sexo e uísques duplos. Sonhos, experiências místicas e ordens secretas. Este romance exercita, numa história divertida e emocionante, intrigantes possibilidades do tempo, da vida e do que seja o “eu”.

.

OPÇÕES DE COMPRA E LEITURA

Livro impresso – Nas livrarias e direto com o autor
E-book
Na Amazon

Livro-pdf – Direto com o autor
Livro-blog – Trechos para leitura no blog. Links abaixo

Disponível também em espanhol (mais infs no fim da página)

> Confira mais livros e promoções na seção Livros

.

>> PARA ADQUIRIR O LIVRO IMPRESSO

EM LIVRARIAS E LOJAS CULTURAIS
lojas físicas ou pedidos pelos sites das livrarias

AmazonLivraria Arte Paubrasil – Livraria Martins Fontes – Cia do Livro – Fnac – Livraria da Travessa – Livraria CulturaExtraAmericanasSubmarinoSaraiva – Ponto Frio – Livrarias CuritibaCasas Bahia – 

.

.

PREFERE COMPRAR DIRETO COM O AUTOR?
com dedicatória

Leitor comum: R$ 25 – Leitor Vip: R$ 22
(frete incluído)

PAG SEGURO (cartão de crédito, débito ou boleto)
DEPÓSITO (HSBC, Itaú, Banco do Brasil e Bradesco)

> Envie email para rkelmer@gmail.com

.

>> PARA ADQUIRIR O LIVRO ELETRÔNICO

> Amazon (e-book Kindle)

> Direto com o autor (PDF, com dedicatória personalizada): R$ 10. Para Leitor Vip: R$ 8.

> Direto com o autor (PDF, com apresentação escrita pelo próprio leitor): R$ 25. Para Leitor Vip: R$ 20.

Envie e-mail para rkelmer@gmail.com

> Postagem oficial no Facebook

.

.

CAPÍTULOS DISPONÍVEIS

Prólogo
cap 1
cap 2 cap 3 cap 4

cap 5 – cap 6 – cap 7 – cap 8
cap 9 – cap 10 – cap 11 – cap 12

.

.

.

.

EDIÇÕES
– Publicado originalmente em 1996 em versão impressa, edição Universalista
– Publicado em 2005 em versão impressa, formato bolso, edição Miragem Editorial
– Disponibilizado em 2008 em versão eletrônica personalizada (PDF), edição Miragem Editorial
– Publicado em 2011 em versão impressa, edição Arte Paubrasil

– Disponibilizado em 2011 pela Amazon em versão eletrônica, edição Miragem Editorial
(Editoras interessadas, favor entrar em contato: rkelmer@gmail.com)

.

LEITORES ESPECIAIS

Obrigado a todos os leitores que adquiriram esta obra antecipadamente na promoção de pré-lançamento (até 24fev2011). Eles ganharam desconto, tiveram seus nomes inseridos na obra e foram os primeiros a receber o livro, pelo correio. Mais que leitores, estas pessoas são grandes incentivadoras do meu trabalho.

Mariana Melo (Maceió-AL), Thais Souza (Manaus-AM), Pat Maria (Salvador-BA), Fernando Veras (Camocim-CE), Paula Izabela (Juazeiro do Norte-CE), Alzira Aymoré, Ana Érika Galvão, Ana Karine Oliveira, Arthur Valente, Eugênio Leandro, Fabiano Brilhante, Gilvanilde Oliveira, Glaucia Costa, Iana Bezerra, Marta Aurélia, Monica Fuck, Sandra Macedo, Verônica Guedes, Viviane Avelar (Fortaleza-CE), Meg Lia (Paracuru-CE), Suely Andrade (Brasília-DF), Mardônio Veras (São Luís-MA), Aluska Cavalcanti, Emerson Figueiredo (Campina Grande-PB), Christiane de Oliveira, José Maria Teixeira Jr. (João Pessoa-PB), José Carlos Neves (Belo Horizonte-MG), André de Sena, Rógeres Bessoni (Recife-PE), Joelson Maximiniano (Curitiba-PR), Gabriel Falcão, Maria Emília Lino da Silveira, Pedro Camargo, Regina Coeli Carvalho, Waldemar Falcão, Wilza Mazur (Rio de Janeiro-RJ), Larissa Azevedo (Natal-RN), Arlene Amorim, Edgar Powarczuk, Gisela Symanski (Porto Alegre-RS), Jamile Mileipe (São Carlos-SP), Virginia Mancini (Leme-SP), Antonio Venâncio, Bárbara Leite, Bia Rocha, Celia Terpins, Cesar Veneziani, Graziely Camargo, Kátia Regis Albuquerque, Juliana Cupini, Leopoldo F. Noschese, Lucilene Pacheco, Maria do Carmo Antunes, Renata Regina, Roberta Lossio e Tarcius Guedes (São Paulo-SP), Katiê Ribeiro (Plymouth-Inglaterra), Francisco Fontenele Neto (Lourinhã-Portugal), Luciana Bergstrom (Suécia).

Obrigado pelas observações valiosas: Rosa Emília Costa (Fortaleza-CE), Daniela Ramos (Rio de Janeiro-RJ) e Marcelo Gavini (São Paulo-SP). Obrigado por tudo: Wanessa Bento (Fortaleza-CE).

.

INSANOS OLHARES
Envie sua foto com o livro pra rkelmer@gmail.com
.


Adriana Cardoso (Jundiaí-SP)
.

ICIInsanosOlharesSamaraDoVale-01aSamara do Vale (Fortaleza-CE)
.

ICIInsanosOlharesLorenValente-01Loren Calente (Fortaleza-CE)
.

ICIInsanosOlharesRenataKellyFortCE-01Renata Kelly (Fortaleza-CE)
.

ICI201107RenataR-01aRenata Regina (São Paulo-SP)
.

ICIGraziellyCamargoPipaRN201601-101Graziely Camargo (São Paulo-SP), em Pipa-RN, uma das praias do roteiro
de encontros e desencontros de Luca e Isadora

.

.

DUAS HISTÓRIAS EM UMA

A história de Luca e Isadora são na verdade duas histórias. Uma acontece no século 21, pelas praias do Nordeste, entre shows e agitos da noite, e a outra aconteceu no século 16, num mundo de intrigas políticas e religiosas, ordens secretas e rituais misteriosos.

Aconteceu? Talvez seja mais correto dizer que as duas histórias acontecem pois ambas se cruzam e se influenciam, levando os personagens a vivenciar o tempo de um modo diferente, a questionar suas noções sobre a vida e a morte e a viver no emocionante e perigoso limite da própria sanidade.

Existirá mesmo a reencarnação? Ou essa crença será apenas o nível superficial de um entendimento bem mais profundo e abrangente da realidade? Haverá outros “eus” vivendo vidas simultâneas? Será possível alterar o passado?

O encontro, ou reencontro, de Luca e Isadora traz à tona todas essas questões. Convidamos você a acompanhá-los nessa intrigante história de amor, temperada com humor, erotismo e mistério.

.

O LIVRO PELO AUTOR

Este livro nasceu de algumas vivências pessoais e da necessidade de exercitar certas ideias sobre a natureza da realidade, as possibilidades do tempo e a noção do eu. Escrevi-o em 1996, e ele foi lançado no fim desse ano pela editora Universalista.

Alguns anos depois percebi que não havia contado direito a história e decidi reescrever tudo, com calma. Então o republiquei em 2005, em formato bolso, numa edição supermodesta e de forma totalmente independente. Em 2010, finalmente, escrevi a versão definitiva, e a editora Arte Paubrasil o relançou numa bela edição. A essência da história não mudou mas mudaram algumas passagens, acrescentei e excluí personagens, foquei no que realmente interessava e alterei o fim. Optei por uma narrativa mais enxuta, com ritmo cinematográfico, porque pretendo que um dia o livro vire filme. Acho que poderia ser um drama romântico-aventureiro, com uma boa dose de metafísica e mistério.

Sou ateu e não creio em reencarnação, mas desconfio seriamente que a consciência humana seja multidimensional, ou seja, que ela pode atuar em diferentes níveis de realidade, desrespeitando a lógica do tempo-espaço como comumente o entendemos. Algumas práticas meditativas e certas substâncias psicoativas proporcionam experiências que parecem nos revelar essa natureza multidimensional da consciência, e há cientistas sérios que pesquisam o assunto. Talvez em breve a tecnologia nos traga revelações bastante surpreendentes sobre tudo isso.

Há muito de mim nos personagens, sim, mas neles há muito do demasiado humano: a confusa busca do amor, o medo de se entregar à vida, a relação de terror e fascínio com a morte, a sensação de insignificância diante dos mistérios do existir… Esses temas nos acompanham sempre, e sempre podem inspirar boas histórias aos escritores. Espero ter conseguido criar uma história envolvente. (RK)

.
.

TRILHA SONORA

Este romance possui uma trilha sonora própria, com músicas compostas por RK e parceiros. É uma trilha aberta: qualquer um pode participar, compondo e gravando uma música, usando ou não as letras disponíveis no livro. Pra participar, entre em contato: rkelmer@gmail.com

Vídeo-clipe com a música Blues de Luz Neon

.

MAIS MÚSICAS pra ouvir e baixar

Lucio Ricardo – Blues de luz neon
(Ricardo Kelmer e Joaquim Ernesto)

De Blues em Quando – Não me peça pra te amar
(Ricardo Kelmer e Alvim)

Teófilo – Estações
(Ricardo Kelmer e Teófilo Lima)

Humberto Pinho – Eu só queria que você soubesse
(Ricardo Kelmer e Humberto Pinho)

Ana Alcântara – Trem dos sonhos (versão caseira)
(Ricardo Kelmer e Flávia Cavaca)

Lily Alcalay – Mar e sol
(Lily Alcalay)

Ana Alcântara – Nas curvas do teu litoral (versão caseira)
(Ricardo Kelmer e Flávia Cavaca)

Celso Blues Boy – Blues Motel
(Celso Blues Boy)

.

.

ICI2011Capa-01bCAPÍTULOS DISPONÍVEIS

Prólogo
cap 1
cap 2 cap 3 cap 4
cap 5 – cap 6 – cap 7 – cap 8
cap 9 – cap 10 – cap 11 – cap 12

.

.

.

.

SOBRE O LIVRO
Mônica Burkle Ward

Quero tentar passar pra você de que forma sua história mexeu comigo. E sem querer, vou acabar me mostrando um pouco pra você também. Quando a gente entra numa história, não tem volta,a gente já ta lá dentro, meio misturada ao escritor, às paisagens e aos personagens.É um desnudamento total essa coisa de literatura… Aquele lance do espelho, etc e tal (ou tao).

Você tem umas tiradas ótimas, uns nomes bacaninhas, engraçados, tipo Júnior Rível ou mesmo o nome da banda do Luca, que faz a gente ter vontade de ter uma banda de blues só pra usar o nome! Gosto da citação das músicas q estão tocando também. Quem gosta de música, compõe melhor a cena na cabeça. (No momento, estou baixando aqui no Emule “Mares da Espanha”, q eu não conheço, embora seja fã da RôRô). Enfim…gosto do seu humor.Natural pra caramba.

O Tao como o oposto do controle…O modo de vida do Luca como oposto ao de Isadora, e o amor como o grande conciliador dos opostos (me vem o arcano V do tarô à cabeça, aquele que deu um jeito de Eduardo e Mônica , do Legião Urbana, se acertarem “apesar de”.)

O Sonho, outro grande conciliador de todos os “tempos”. Neles, Luca perde o “controle” e tudo passa a ser possível. Se não fossem os sonhos, quando esse cara iria acordar??(xiii…ficou paradoxal isso,né?)

Uma coisa que você fez de um jeito muito legal foi a costura entre os supostos tempos passado e presente.Em momento algum me senti perdida.Dá pra gente acompanhar direitinho em que época estamos em cada trecho. Pra mim, isso seria o mais difícil da narrativa, mas você conseguiu não deixar o leitor sem bússola! A história poderia ter se perdido totalmente se você tivesse falhado aí, né?Mas, ficou show, acredite.

E aí, você vai nos conduzindo para uma idéia que pra grande maioria das pessoas é complicada demais: a de que o tempo linear só existe nessa dimensão, e na verdade, as coisas acontecem simultaneamente.O “passado” está lá, acontecendo agora,porque só existe o agora. Aliás, cá entre nós, você foi bastante corajoso em querer passar essa mensagem dentro de um romance.E não é que deu certo?Acho que mesmo as pessoas que nunca leram nada ou nem sequer pensaram a respeito, perceberam bem o sentido. E esse, na minha opinião é o grande insight do romance.

O amor: Todo aquele parágrafo no final da página 95 circuladérrimo… Lá dentro tem “era o amor a grande força, maior que todos os grandes saberes e mais poderoso que o mais longínquo dos conhecimentos.” Preciso justificar?

A Bebel: tão boazinha, né tadinha?Risos… Tá. Pura implicância minha com triângulos amorosos, confesso.Acho q sou focada demais quando estou amando, e essa possibilidade não existe na minha emoção. Se bem que o triângulo estava mais no lado yin da questão.Mas,mesmo assim… Bom.Pra provar que esse meu jeito de sentir não é puro preconceito e nem posse boba, anexo a esse e-mail um texto da Regina Navarro.Um barato o texto.Pra quem funciona assim, deve ser ótimo.Devo ter nascido com defeito.É Osho demais pra minha cabeça. Estou comentando isso porque você escreveu lá: “Era possível amar duas pessoas ao mesmo tempo?”

Gostei demais de outra passagem no final do mesmo parágrafo.A que fala sobre apaixonar-se pelo amor.Eu fico impressionada como existe gente que confunde a paixão por alguém com a paixão pelo amor. Isso sempre traz um sofrimento danado…

Aliás, esse romance do Luca com a Bebel me lembrou do naipe de copas do tarô (ok,desculpe, é inevitável pra mim). É comum o envolvimento entre duas pessoas com cálices vazios.Por isso, a gente vê tanta infelicidade por aí.O que se tem pra doar se seu cálice está vazio?

“Festa é o que nos resta”-Lema da sobrevivência emocional a qualquer custo.Até que se encontre outro jeito.

Pronto.Deixei pro final o mais importante. No romance, você mexe com um sentimento arquetípico: o da nossa eterna incompletude. Essa foi uma grande sacada e resultou num livro ótimo. Nostalgia da Fonte? Ou nós, perdidinhos da silva até hoje, procurando nosso outro lado que Zeus nos tirou com o raio? Criando histórias que justifiquem essa necessidade enorme de amor?(All we need is love, tum tum tum tum tum…) Na verdade, a gente não sabe a resposta, por mais kms rodados que se tenha num divã de psicanalista.Isso é coisa das bandas do sentimento, justamente aquele pedaço bom onde não há controle algum.

Mônica Burkle Ward, Niterói-RJ – mai2006

.

SOBRE O LIVRO
Rosa Emília Costa

“Um romance com título legal, é do Kelmer… Deve ter muita insanidade, acho que vou me divertir pra caramba.”

A surpresa veio depois de algumas poucas páginas. Não tratava-se apenas de um livro de título charmoso, ia mais além. Mais intrigante. Mais envolvente.

Uma história de apaixonados que cruza o passar dos anos, une as pontas de duas vidas que buscam a realização de seu amor perdido no tempo e no espaço.

Ela, Isadora, acredita indubitavelmente que Luca é seu par , ele, acha que a estranha maluca e linda é apenas uma criatura maluca e linda e que essas coisas de outras vidas não passam de um monte de bobagem. Ela taoísta, segura, cigana do mundo, ele músico, hesitante, com os pés fincados na terra, não se permite sonhar muito… Será que seriam mesmo predestinados um ao outro? É o que a gente vai descobrindo em meio a descrições de lugares paradisíacos, clima de mistério, muito blues e uísque.

O enredo é lindo, os protagonistas ao mesmo tempo que possuem características humanizadoras, vivem uma existência paralela, além do ceticismo mortal.

Psicologia, filosofia, história, misticismo, amor, é tudo muito bem amarrado e a leitura flui com uma naturalidade impressionante. E o que falar do colorido especial que Júnior Rível, Bebel, Soninha e companhia dão a história? O tempero.

Luca só conseguirá se descobrir ao aceitar o amor de Isadora e com esse amor toda a carga simbólica de escolhas. Isadora precisa encontrar e se desprender de Luca para juntos “pularem o abismo”. Idas e voltas que não tem muito o que comentar, é preciso passar pela experiência da leitura. Li e já penso na releitura muito em breve.

Rosa Emília Costa, Fortaleza – nov2010

.

.

SOBRE O LIVRO
Maria do Carmo Antunes

Eu, que estudo a filosofia Taoista há tanto tempo, jamais imaginei que poderia encontrar em um romance tão grandes ensinamentos. Ensinamentos estes que mudaram minha forma de agir e de ver o mundo. Não mais querer controlar a vida e entender que as histórias podem ser reescritas a qualquer momento, fez de mim uma pessoa menos ansiosa e frustrada por não ter as coisas da forma e no tempo que gostaria. Romance que de certa forma trabalha nossos cinco elementos, pois me fez rir, chorar, pensar, ficar irada e apreensiva. Um livro para ser degustado a cada letra, para ser lido nas entrelinhas, pois há muito que se aprender com ele, e de uma forma muito divertida e prazerosa. Livro para ser lido muitas vezes. Parabéns Ricardo Kelmer por mais esta grande obra.

Maria do Carmo Antunes, São Paulo-SP – jan2011

.

.

FALARAM DO LIVRO POR AÍ

FalaramDoLivroTelegrafo-01Conexões atemporais – Jornal Diário do Nordeste, Fortaleza, 10.05.11
O herético e o erótico segundo Ricardo Kelmer – Por Jeite Jr., 20.05.11
Livro em Cena – Leonardo Távora, do blog Literatura Exposta, roteirizou um trecho do livro, 26.03.12
Minha estante: O irresistível charme da insanidade – Blog Achados, Relíquias e Coleções
Resenha: O irresistível charme da insanidade – Blogs, Livros e Mimos!
Comentários no Orkut

.

.

O FILME


.
Uma antiga profecia diz que o romance O Irresistível Charme da Insanidade um dia virará um filme. E será um filme de muito sucesso. Assim sendo, nada melhor que os próprios leitores sugerirem nomes para o elenco!

QUE ATORES DEVEM INTERPRETAR OS PERSONAGENS DESSA HISTÓRIA?

Deixe aqui suas sugestões que eu passarei para o futuro diretor do filme.

.

EN ESPAÑOL

ElIrresistibleEncantoDeLaInsaniaCapa-01aEl Irresistible Encanto de la Insania
Ricardo Kelmer, novela, 2015
Traducción: Felipe Obrer

Dos parejas, en los siglos 16 y 21, viven dos ardientes y misteriosas historias de amor y sus vidas se cruzan a través de los tiempos en momentos decisivos. ¿O será la misma pareja? En esta historia, repleta de suspenses y transformaciones, Luca es un músico obsesionado por el control de la vida, e Isadora una viajante taoísta en búsqueda de su maestro y amante del siglo 16. Los une y es su principal reto el amor que distorciona la lógica del tiempo y descortina las más locas posibilidades del ser.


Luca es un músico, obsesionado por el control de la vida, que se involucra con Isadora, una viajante taoísta que asegura que él es la reencarnación de su maestro y amante del siglo 16. Él comienza una aventura rara en la cual desaparecen los límites entre sanidad y locura, real e imaginário y, por fin, descubre que para merecer a la mujer que ama tendrá antes que saber quién en realidad es él mismo.

En esta insólita historia de amor, que ocurre simultáneamente en la España de 1500 y en el Brasil del siglo 21, los déjà-vu (sensación de ya haber vivido determinada situación) son portales del tiempo a través de los cuales tenemos contacto con otras vidas.

Blues, sexo y whiskys dobles. Sueños, experiencias místicas y órdenes secretos. Esta novela ejercita, en una historia divertida y emocionante, posibilidades intrigadoras del tiempo, de la vida y de lo que puede ser el “yo”.

.

.

CONHEÇA TAMBÉM ESTE LIVRO

GuiaDeSobrevivenciaCAPA-1aGuia de Sobrevivência para o Fim dos Tempos
Ricardo Kelmer, contos
fantástico, ficção científica, horror

O que fazer quando de repente o inexplicável invade nossa realidade e velhas verdades se tornam inúteis? Para onde ir quando o mundo acaba? Nos nove contos que formam este livro, onde o mistério e o sobrenatural estão sempre presentes, as pessoas são surpreendidas por acontecimentos que abalam sua compreensão da realidade e de si mesmas e deflagram crises tão intensas que viram uma questão de sobrevivência. Um livro sobre apocalipses coletivos e pessoais. > saiba mais

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Po ricardão teu livro troce de volta dentro de mim alguns sentimentos, ou feellings se te gosta mais, que a mais de 25 anos achava que tinha perdido. Primeiramente a forma, se e que essa e palavra, com que tu relataste a historia em si, quer dizer, me impactou muito a facilidade com que tu deu um formato a cada personagem sem perderte por outros rumos ou seja, luca sempre foi o eixo principal. Outra coisa que me avassalou foi a tua capacidade para que se tornem quase realidade e com todas as suas respectvas características as demais personagens, quer dizer como e incrível que da tua cabeça (de escritor) consigas manter a trama do assunto, e te digo mais, parabéns pelos relatos históricos verídicos muito bem colocados, dos relatos fictícios encaixados neles mesmos. Em fim não sei se fui claro, tal vez a insanidade esteja muito a fim de mim. Para terminar, te digo que eu, um mero leitor sem muitas pretensões técnicas, este livro o posso comparar com os autores que eu mais lia na minha época áurea, la pelos 15 ate os 18 anos, eram eles julio cortazar(o mais parecido) o colombiano de cien años de soledad, vargas llosa, o urugauio que não lembro o nome se não me engano e eduardo galeano, ernesto sabato em fim, e isso ai,você e o tipo de pessoa em extinção. Jorge Luís Novaro, Fortaleza-CE – mai2005

02- Li O irresistível charme da insanidade recentemente, adorei, ainda mais por saber que se passava aqui em Fortaleza.O cenário é lindo,e o sentimento que rola entre os personagens é magnífico. Gostei do assunto tratado,e me vejo na intenção de encontrar com alguém que já tenha vivido em outra vida. Quer saber como peguei seu contato?Li o jornal, e vi seu texto falando sobre The Doors que é uma banda maravilhosa.Por coincidência dizia a típica frase do personagem:”Festa é o que nos resta”Lembrei logo do livro, aí foi só ver quem era o escritor.Você é claro! Danila Gomes, Fortaleza-CE – mai2005

03- Sei lá..o que sei é que o livro é simplesmente demais. Adorei a leitura, um livro dinâmico, altamente espiritual, divertido, e que me fez despertar para novas coisas….iclusive ser Tao…vou buscar mais…olha vou passar um e-mail para todos os meus contatos falando do livro e pedindo, ou melhor, mandando o povo comprá-lo !!!! Fabiano Brilhante, Fortaleza-CE – ago2005

04- amigo ricardo, estou em NY e trouxe seu livro para leitura de bordo. Adorei… Conversaremos sobre Luca e Isadora, abcs. Tonico Caminha, Nova York-EUA – out2005

05- Li o seu Livro no ultimo final de semana. Adorei! To doida para ver esta linda historia de amor nas telonas e também quero ouvir o cd com a trilha sonora. Estou torcendo por você! bjs. Lua Morena, Brasília-DF – out2005

06- Ninguem escreve…. tudo isto… se não ta sentindo!!! o gosto… o lindo sentir… o estar ali… naquele momento!!! este romance ta mais p/ uma biografia…. To errada? Rita de Cássia, São Paulo-SP – out2005

07- Seu romance trás uma história de amor muito bonita, mas como foge do convencional, tira a velha melosidade que geralmente elas têm. Além do mais trás elementos bastante edifinantes como a idéia do taoismo, da necessidade de leveza, de se abandonar nas maos do destino, sem ter grandes temores, do desnecessário que isso tudo é… Enfim, e aquela primeira noite de amor deles dois foi linda, viu? O livro foi delicioso de se ler. Rafaela Almeida, Fortaleza-CE – nov2005

08- só o enviava para felicitar-te eu só li textos de tuas colunas e coisas em tua página web, e me pareceu interessante ” Ou Irresistível Charme dá Insanidade “. pela história do ” taoísmo “, como nesta etapa de minha vida, estou experimentando novas sensações, novos estilos de vida. Ricardo Augusto Cabrera Palma, Quilpe-Chile – dez2005

09- Oi, Ricardo! Só pra dizer que eu simplesmente devorei, com todo prazer, “O irresistível charme da insanidade”. Parabéns pela sua criatividade e inteligência. Andei sabendo que também é um ótimo coreógrafo de beira de piscina (essa informação procede, ou foram apenas delírios de “ICARAÍ”?). Sucesso! Beijo. Zinha, Fortaleza-CE – abr2006

10- Olá, querido! Digamos que eu fiz uma verdadeira viagem lendo o livro. Essa é uma daquelas histórias que a gente só sossega quando chega no final e quando chega a gente lamenta porque acabou. Não sou tão mística quanto Isadora, mas me identifiquei muito com o seu modo de ver a vida (… a vida é o que se pensa dela…). Essa é a frase que traduz a história pra mim. Não me aventuraria como ela, mas não desisto de confiar na VIDA e esperar o melhor que ela tem pra me dar. Zinha, Fortaleza-CE – abr2006

11- Realmente o livro pegou na veia em mim. Acho que fiz umas 10 pessoas lerem ele depois que eu li, todas adoraram, É impressionante, mas a história tem alguma coisa que faz todos se identificarem com ela, pega fundo e faz a gente ver nossa vida e nós mesmos de uma maneira diferente e mostra pra gente o poder que temos de mudar, basta querer… já fucei seu site, tb, li vários textos, “A ilha” é demais. Li também o Guia Prático, gostei tb, enfim, sou seu fã!!! Continue sempre escrevendo e mostrando pra gente sua maneira “diferente” de ver o mundo e nós mesmos. Abração. Roman Ciupka, São Paulo-SP – mai2006

12- Eu li esse livro a mtsss anos.. acho que pelo menos uns 8. Minha mae ganhou de uma paciente e eu adorei!! Simplesmente mudou minha vida!!! Muitas das coisas que no romance eram apenas ficção se encaixaram perfeitamente na minha historia, e foi o principio da busca pelo meu eu mais profundo. Vivian, Curitiba-PR – mai2006

13- Li o livro no fim do ano passado, uma fase meio conturbada talvez, de águas paradas… Foi como um estalo. E, a partir daí uma série de coincidências incríveis. Junto a isso foram um monte de coisas interessantes e, te juro mesmo, cara… eu meio que me senti naquele estado de quando se vislumbra o Tao, tipo entrar no fluxo mesmo… E, como diz nossa amiga Isadora, é coisa que não se explica, só se sente e simplesmente é.
…….. Pro Jung daí foi um passo e tive revelações muito importantes mesmo. E, ainda hoje, praticamente todo dia, procuro anotar sonhos e, sempre que posso, me debruço sobre eles. Junto a isso, misturei uma visão do Inconsciente da Programção Neurolingüística. Juntei o Tao, Jung e PNL e fiz uma massaroca interessante e, posso dizer que minha vida mudou da água pro vinho mesmo. Até aquele insano brilho no olhar. Uma amiga veio me dizer isso recentemente… fazia tempo que eu não conversava com ela e ela disse que, além do meu comportamento, minha aparência mudou… citou até o brilho no olhar. Lembrança imediata? Luca e Isadora.
……. Cara, você tá de parabéns. Só a história mesmo já é muito, muito boa mesmo. Mas com esse tempero taoísta e jungiano, com certeza, muito mais que uma boa leitura, você deve ter ajudado a provocar insights fantásticos em muita gente. Eu sou um exemplo disso e, de vez em quando, releio o livro só pra sentir o gostinho. E mais: indico pra todo mundo. Marcelo Gavini, São Paulo-SP – mai2006

14- Oi!!! td bem??? Faz tempo q não nos falamos, né? q fã desnaturada q eu sou!!!!!!!!! ehehe Seu livro é um dos meus preferidos mesmo!!!!! Fiquei morrendo de vontade de conhecer Pipa inclusive! Tô te devendo um “feedback” da leitura faz um tempinho, né? e olha q fiquei com várias curiosidades! Daniella Dias, São Paulo-SP – mai2006

15- Oi Ricardo!! Que prazer poder falar com vc!! Então trabalhei por um tempo num Instituto onde tinha uma livraria, foi lá que conheci seu livro e me interessei bastante pelo título e adorei! Aqui em casa todos leram seu livro e gostaram!! Camila Martini, São Paulo-SP – mai2006

16- Meu interesse veio através de uma grande amiga, a Paloma, que esteve no lançamento do seu livro em Natal. Nós morávamos lá na época. Inclusive, vcs se conheceram. Lembra dela?! Difícil esquecer uma mulher tão bonita! E foi assim: ela leu, comentou, me emprestou, eu gostei e contei pra todo mundo. Parabéns! Themis Laureano, Fortaleza-CE – mai2006

17- E ai Dr…Eh esse mesmo….Muito bom o livor….Parabens….Eu le sim e recomendei pra galera…. Abracos… Ricardo Peter Ciupka, São Paulo-SP – mai2006

18- Me apaixonei pelo seu livro: “O irresistível charme da insanidade”, eu não costumo ler duas vezes um livro, mas acho que este eu vou ter que ler! Um abraço! Danila Gomes, Fortaleza-CE – jun2006

19- Eu sou de Sampa mas moro em Natal a muito tempo e eu tive o prazer de ter em minhas mãos, através de uma amiga aqui de natal,um exemplar de “O irresistivel charme da insanidade”.Um livro bem escrito,de leitura agradavel,Uma historia realmente fascinante!Tanto gostei que o levei comigo quando fui viver por um tempo na suiça e deixei como presente pra uma pessoa especial. Victor Verenno, Natal-RN – ago2006

20- Então, que terça-feira passada, no meio de uma aula ridícula de direito tributário, comecei a ler “O irresistível charme da insanidade”. Muito bom, estou gostando… A Kilma, sentada ao meu lado, questionou: “Você não acha que o Luca é uma espécie de alter ego do Ricardo?”. Como eu tinha lido poucas páginas, não soube responder. Acontece que acabei de ler a sua coluna e então eu pensei: “Ele é a Isadora: o desapego material, o taoísmo, a idéia de que a vida é um longo caminho…”.Então, se isso não for um segredo profissional ou não te trouxer traumas irrecuperáveis, será que dava para sanar essa dúvida? Assim você deixa duas leitoras felizes! Boa sorte na nova cidade! Espero que São Paulo te proteja! =)Abs, Carol, Fortaleza-CE – nov2006

21- Oi, RK!!! sOU AQUela que ainda não emprestou o livro para a Carol! “Kilmalvada”, lembra? Aliás, terminei de ler, adorei e descobri que tenho muita coisa parecida com o Luca… ainda tenho a falsa impressão de estar no controle de tudo… Depois que a Carol terminar de ler, podemos fazer um debate especial… Bjaum. Kilma, Fortaleza-CE – jan2007

22- Estou acabando de ler o livro que você escreveu “O irresistivel charme da insanidade”. Meu comentário é o seguinte: Estava a caminho para assistir a um filme francês (contos de inverno), que eu já havia assistido antes…mais a história me remete muitas lembranças do que já foi vivido e o que ainda esta por vir… Por “acaso” era feriado e nada estava aberto na cidade e assim que eu desci da estação do metro dei de cara com uma única banca de livros aberta, em uma feira de livros…Nessa banca haviam muitos livros e apenas resolvi olhar, o único livro que conseguir ver foi o seu…(isto aconteceu a 1 semana atras) desde então comecei a ler o livro e não consigo parar de achar milhares de semelhanças, inclusive ando perturbando algumas pessoas com meus comentários…. Gostaria de dizer que você escreveu sobre vivências normais entre pessoas entregues a liberdade da vida e de viver….e a falta de compreensão da maior parte da sociedade quanto a essa visão de mundo e de vida!!!!!! Já terminei de ler e acredito que Luca e Isadora, Henrique e Catarina não sairão facilmente dos meus pensamentos e continuarão me fazendo recordar e viver historias semelhantes na minha vida…. grande beijo. Daniela Ramos, Rio de Janeiro – mai2007

23- Ricardo, ha tempos queria te escrever este email dizendo que foi muito bom te ver, e que li o Insanidade em dois dias e adorei, ria às gargalhadas, me identificando com os diálogos absurdos, é claro! Ri tanto que o André ficou curioso e também leu de uma vez só, e já emprestou para uma amiga. Enfim, foi um sucesso por aqui. Os outros vou levar comigo e ler com calma nos states, ah e também recebi o Guia do Escritor Independente, super obrigado – quem sabe um dia eu viro uma, né? Um beijo bem grande e continue sempre assim, com seu jeitinho assim que só você tem! :0)) Ana Claudia Domene, Albuquerque – EUA – jul2007

24- Incrível, impressionante como toda a história segue para uma solução que transcende as fronteiras do tempo, achei muito bem trabalhado tanto as situações como o desenrolar da história, aliás, as passagens de déjà-vu foram sensacionais, eu consegui imaginar o livro inteiro em um filme. Sabe, cheguei até a me sentir um pouco Luca em algumas situações. Achei muito interessante aquela teoria de vidas paralelas da alma, onde você descobriu aquelas teorias, foram no Tão? Eu já conhecia a doutrina espírita que fala da reencarnação da alma, mas essa interpretação de mudança permanente do passado e futuro, vidas intercaladas, eu não conhecia. Foi muito bom ter visualizado esse outro lado também, confesso que o que me chamou mais atenção pelo interesse em adquirir o livro foi a idéia de ter duas vidas acontecendo ao mesmo tempo e ainda mais pelos séculos 15, 16, nas feiras medievais, esse época sempre me fascinou, quem sabe não fui um Luca / Enrique nessa época? He! He! He! Francisco Samuel Rêgo Dias, Campina Grande-PB – jul2007

25- O livro que mais adoro do RK, adoro o jeito romantico que ele-RK- escreve, a estoria, as coincidencias…o temperamento da Isadora, tudo. Christina Alecrim, Rio de Janeiro-RJ – ago2007

26- Eu terminei o livro e acho que ele é de grande ajuda para que nós possamos compreender melhor este difícil lado,que uma vez despertado,não tem mais volta.Como muitos não sabem como fazer,acabam se fechando e aí é que sofrem mais ainda. Eu não me perdi em nenhum momento do livro e dá para compreender perfeitamente bem o desfecho final,onde Luca fez acontecer, num espaço onde as épocas se fundem,o que ainda não tinha sido vivido,para que as coisas parassem de se repetir sempre do jeito errado. Agora eu fiquei curiosa,como era o final da primeira versão? Bia Leite, São Paulo-SP – jan2008

27- Gostaria de lhe dizer que me apaixonei pelo seu livro “O irresistível charme da insanidade”, e que agora vc faz parte da minha lista de autores prediletos… rsrsrsrsrsrsrsrs. Meu filho mais novo achou estranho alguém ler um livro em uma noite, mas ficou encantado com a idéia da mãe dele conhecer pessoalmente um escritor. Ele falou assim: Fantástico mamãe, vc tem certeza que falou mesmo com esse homem? Será que vc não estava no mundo da imaginação? depois eu tive que explicar tim tim por tim tim sobre sua palestra na CAGECE há alguns dias. Parabéns Kelmer. Seu livro é doce, gostoso e nos remete a valores que acabamos deixando de lado… Aquela história da intuição, da alma e do espírito. Das vidas passadas e até da presente. Não estava enganada quando me apaixonei de cara por ele, em meio a tantos outros. Sucesso e espero que você volte a ministrar palestras na nossa empresa, pois como te falei pessoalmente os elogios foram muitos. Vânia Maria, Fortaleza-CE – abr2009

28- O livro chegou em mim de uma forma bem curiosa. Fui passar uns dias na casa de uma prima em Niterói e ela disse que eu devia ler o livro porque era a minha cara. Nele tem uma dedicatória sua ao marido dela, chamado Vitor. Isabela Fontão, Rio de Janeiro-RJ – mai2010

29- O Kelmer tem umas façanhas… O Roman que tem preguiça até pra ler legenda em filme leu o Insanidade de cabo a rabo. Marcelo Gavini, São Paulo-SP – jun2010

30- Eu estava acompanhando minha mãe no hospital e ele foi meu melhor companheiro, eu nem via o tempo passar! Cada leitura me remetia a tantos lugares, imaginei todas as cenas, como que num flash back! Gostei mesmo! Inclusive, deixei o último capítulo para ler depois, fiquei com dó de terminá-lo! Michelle Costa, Camocim-CE – fev2011

31- Fala meu irmão! Recebi o livro ontem à noite e queria fazer uma reclamação: não consegui largar até agora, quando terminei a última página. Agora preciso estudar pra prova de História do Teatro II e tenho uma mísera hora pra rever tudo. Por favor encaminhe a reclamação à editora, com as observações de que o livro é sensacional e que em breve pretendo relê-lo, pra revisitar as implicações filosóficas e simbólicas da história — que tem um quê de Autocosmobiografia (se é que essa palavra ajuda a entender). Enfim… muito obrigado! O resto é silêncio. Abração!!! Gabriel Falcão, Rio de Janeiro-RJ – mai2011

32- Reli. Ao final chorei com a mesma emoção da primeira vez. A primeira leitura foi para matar a fome de conhecer a história. Ler pela segunda vez me possibilitou degustar, saborear cada pedacinho dessa deliciosa “real ficção”. Cada página nos dá um raro prazer de mergulhar nas profundezas do simples, de aprender um pouco mais sobre o quanto a vida se torna mais fácil de ser vivida quando abandonamos o seu controle e deixamos que o Universo conspire ao nosso favor. Parabéns, Ricardo Kelmer, por essa super-produção literária! Maria do Carmo Antunes, São Paulo-SP – mai2011

33- Será que isto dá um Blues:

INSANIDADE

Me embriago no mel
Dos teus olhos insanos
Que me lançam no abismo
No mais puro engano

No espiral da garganta
Da grande serpente
No abismo que encanta
Toma conta da mente

E vejo tudo girando, girando…
Como um barco sem leme
Sinto as ondas quebrando
É meu corpo que treme

O controle procuro
De uma vida tão certa
Quero um porto seguro
Uma casa coberta

Mas me entrego aos teus planos
De uma vida funesta
Hoje, sou só desenganos
Festa é o que nos resta!

Inspirado no romance “O Irresistível Charme da Insanidade”, de Ricardo Kelmer. Má Antunes, São Paulo-SP – mai2011

34- O Irresistível Charme da Insanidade é uma delííícia. O Incrível Borogodó da Loucura é Báááárbaro 😉 sem o Desmembramento doloroso da queda no Abismo Negro não há Casamento delicioso na Terra Vermelha! Né, ErriKá Beeeeeijo. Pat Maria, Salvador-BA – mai2011

35- Meu amor, eu ADOREI, devorei em dois dias…e me identifiquei com uma pá de coisas. Parabéns! Falei tanto do livro q já tive de emprestar a duas amigas, mas assim q receber de volta, não saira mais de meu poder. Marina Oliveira, Fortaleza-CE – mai2011

36- Comprei esse livro amore, a não ser que seja nova versão… até minhas filhas leram … tem uma tonica filosófica nietzscheana salutar ::: na verdade amei. Marcia Daré, São Paulo-SP – jun2011

37- Gente!!! Aí está o livro que mais indico e empresto! Adoro o livro, a história, e muitos de vcs já leram pq eu emprestei =D Tenho 3 cópias e não tenho nenhuma em casa no momento… Acessem e conheçam! Recomendo sempre =D – Graziely Camargo, São Paulo-SP – jun2011

38- gostei de ver, amigo, no meio daquela ficção toda, me entra ricardo kelmer para anunciar um concurso de misses rsrsrs doido, véi! Hélio Aroeira, Belo Horizonte-MG – jun2011

39- cara, acabei o livro e gostei muito. sensacional. “pular no abismo” é um lance no qual a vida nos põe em xeque, nos impõe, até. pra quem pula é a libertação, para quem não pula, fica o aprendizado. e ó, a cena final, na chuva, quão cinematográfica! clap clap clap. Hélio Aroeira, Belo Horizonte-MG – jul2011

40- O livro é simplesmente delicioso! Jocasta Palombino, São Bernardo do Campo-SP – jul2011

41- O livro realmente prende a atenção e achei inteligentes e pra mim novidades aquelas idéias de reencarnação junto com taoísmo. Aquela sacada do espelho quebrado… Gostei mesmo! David Câmara, Fortaleza-CE – jul2011

42- adorei ler teu livro nessa fase pós-operatória. aliás, gostei muito da escrita, da história, dos elementos que vc juntou, me identifiquei. parabens! Marta Aurélia, Fortaleza-CE – jul2011

43- baxei seu livro e li imediatamente so conseguindo para quando teminei de ler todo………legal…..msm……..uma historia emocionante…. Weslen Queiroz, Juazeiro do Norte-CE – ago2011

44- Kelmer: Com seu livro, entrei mais fundo no labirinto, só que dessa vez soltei o fio da moral que me permitia voltar e não pretendo matar o touro… Prefiro solta-lo e afirmar a vida! Obrigado por compartilhar conosco essa história inspiradora! Tarcius Guedes, Rio de Janeiro-RJ – ago2011

45- Esse livro é muito bom. Gostei demais. E não to puxando saco do autor. Nathalie Sterblitch, Resende-RJ – ago2011

46- Tô pensando o que o Luca aprontou, gostei muito do Luca, mais do que da Isadora, rsrsrs. Lua Morena, Goiânia-GO – ago2011

47- Meu livro favorito, muito bom mesmo, li em dois dias. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – ago2011

48- Gosta de blues, filosofia, tramas inimagináveis, história de amor? Quer tudo junto? Leia! Artur Menezes, São Paulo-SP – set2011

49- na verdade não o li – devorei…. Muito bom, meu irmão, parabéns!!! Quero ler outros títulos seus, ok?? Grande abraço e conte com esse velho colega aqui… José Maria Teixeira Jr., Cajazeiras-PB – set2011

50- Caro, Kelmer, Como tive prazer em consumir teu livro. Aponto-te, no romance teu, um defeito único!─ Ele acaba! Max Honorato, Nilópolis-RJ – set2011

51- andei relendo a saga de luca, gostei, apurou o estilo. separei um volume pra esquecer numa mesa a beira da guaraira, final de ano talvez. parabéns meu amigo loner! richards, meu filho. Antonio Martins, Maceió-AL – out2011

52- Oi Ricardo, Estou terminando de ler o seu livro!!! É muito gostoso de ler. Fiquei feliz de finalmente ler seu trabalho (apesar de que já tinha lido algumas crônicas), pois romance é sempre melhor. Confesso que estava lendo um livro ótimo, chegando ao final, e quando peguei no seu não consegui largar. Acabei abandonando o outro! Seu texto tem um atrativo curioso, situações e linguagem simples, mas que te engajam na leitura. Irresistível, diria!! Bem, parabéns por isso. Deborah Goldemberg, São Paulo-SP – nov2011

53- Grande Ricardo! Cara, meu pai adorou seu livro! Vcs tem cabeças mt parecidas. Grande abraço Ricardo! SUCESSO, MUITO SUCESSO!!! Alexsander Lepletier, Rio de Janeiro-RJ – nov2011

54- eu li e adorei! Como sempre, aliás… adoro esse seu jeitinho todo especial de escrever! bjooo. Ana Karla Dubiela, Fortaleza-CE – jul2011

55- Eu eu achei muito bom, me fez passar a madrugada lendo pra terminar, de tão ansiosa que eu fiquei. Te recomendo, viu? rsrs. Marcelle, Fortaleza-CE – jan2012

56- Sem comentários… Ricardo Kelmer é o cara…  Li o Irresistível Charme da Insanidade. Ricardo, vc conseguiu colocar em xeque minhas dúvidas/crenças sobre as possibilidades da reencarnação. Parabéns… Ricardo Kelmer supera muitos pseudo- filosófos que se metem a escrever sobre a vida após a morte. Marcos Barbosahttp://www.recantodasletras.com.br/autores/marcosbarbosa, Águas Lindas de Goiás-GO – fev2012

57- Li seu livro na versão eletrônica em pdf. Estava “fuçando” no google livros para download e apareceu, entre outros, o seu. Gostei do título, gostei da capa e baixei. E, para minha surpresa, gostei muito dele pois já baixei outros por causa de título que achei interessante e foi uma “bomba”! Tailei Noskoski, Cascavel-PR – jun2012

58- Achei seu livro O irresistível charme da insanidade maravilhoso. Fiquei muito feliz no dia que o encontrei pelas estantes da biblioteca de ciências humanas da UFC! E simplesmente devorei madrugada adentro, no dia em que encontrei, verdadeiramente envolvente, tudo. 🙂 Marcelle Silva, Fortaleza-CE – jun2012

59- Amei o “Irresistível charme da insanidade”. Ainda hoje me pego pesando até que ponto podemos ter controle sobre nossas vidas. Recomendo!!! Juliana Melo, São Paulo-SP – jul2012

60- Estou terminando o livro e é como se camadas de mim mesma estivessem sendo removidas. Sinto-me personagem da história e com a sensação de estar tendo várias das experiências descritas. Virou livro de cabeceira pra mim que sou, agora com mais certeza do que nunca, universalista. Claudia Costa Machado, Rio de Janeiro-RJ – ago2012

61- Livro show! uma história louca e além de ter o Blues como música da história que eu gosto muito. Felipe Valentini, Itajaí-SC – ago2012

62- Amei seu livro e sou realmente um fã sua, inclusive indiquei pra muitos dos meus amigos. Estava procurando alguns livros pra ler durante o período de greve da faculdade e o título dele me chamou muito a atenção…. Parabéns, na minha opinião é um livro muito bom. O fato da Isadora não desistir do Luca, mesmo ele no começo não conseguindo lembrar dela – das outras vidas-. Quando muitos teriam desistido nesse ponto, ela se manteve na espera, não se desesperou e carregava consigo a certeza de que eles eram feitos de fato um pro outro. A forma como ela encarava o mundo, que lidava com os sentimentos, o Taoismo… nossa, tudo isso me fez refletir muito. Helloysa Moura, Garanhuns-PE – out2012

63- ai, gostei da historia toda. as aventuras dele… as viagens da mulher .. fala fala de tudo um pouco, sobre natureza, dejavu… romantismo. erotismo. tuuudo. Bárbara Carolina, Arapongas-PR – out2012

64- Fiquei deslumbrada com a narrativa… nossa… os detalhes de cada cena… era como se eu estivesse vivendo junto com os personagens! rsrsrs A história é completa. Mas vamos lá… pra mim o que mais marca é a ‘viagem’ feita em momentos diferentes da história dos personagens… quero dizer, em um dado momento se fala do presente, da loucura de cada encontro (e desencontros) dos dois, e logo em seguida, estamos ‘revivendo’ o século passado com os mesmos personagens… Fabiana Silva Lima, Arapongas-PR – out2012

65- Oi cara, eu li a versão em PDF, eu estava buscando autores brasileiro para ler, e encontrei o seu livro, achei muito bom. Renato Mello, Santo André-SP – dez2012

66- acho que os irmãos Wachowski são bons candidatos a dirigir o filme do Insanidade. Wanessa Bentowski, Fortaleza-CE – jan2013

67- Eu simplesmente adorei e me identifiquei muito com a história, foi um livro que li em 1 dia. A cada página que acabava eu queria saber o que vinha a seguir…rsrs E só pelo título eu já fiquei seduzida em ler.Essa é excelente obra, parabéns! Quero ler outras, vc tem mais? O que me sugere? Um abraço. Tati Figueiredo, Salvador-BA – jan2013

68- Olá, Eu li a versão eletrônica em pdf. Achei muito interessante o livro. Bom demais! O livro nos faz refletir sobre muita coisa, além de contar histórias passadas, envolver religião e também um pouco de romance que torna o livro ainda mais agradável. Adorei a história. Izabela Trajano, São Paulo-SP – fev2013

69- Já devorei o livro inteiro e adorei Ricardo Kelmer Do Fim Dos Tempos, é ótimo, daqueles livros que vc não consegue largar até ler inteiro. Quem tá lendo agora (e quase terminando tmb) é Marcos Moraes, que tá doido pra conhecer Bebel …. kkkkk. Samantha Pimentel, Campina Grande-PB – fev2013

70- Olá, Li a versão em PDF. Livro espetacular, realmente viajei na leitura dessa obra. Parabéns! Rodrigo Rodrigues, Salto do Jacuí-RS – mai2013

71- Envolvente, encantador. .. É uma história que dá vontade de viver. É um livro que prende o leitor Até o fim e em todos os momentos. Também é um livro que faz vc refletir sobre sua vida… eu amei. Quero ler os outros e ele de novo. Jessika Barbosa, Fortaleza-CE – nov2013

72- Muito bom! E pode dar um bom filme. Pedro Camargo, Rio de Janeiro-RJ – mai2013

73- A insanidade realmente tem seus encantos ! Marcia Sucupira Viana Barreto, Fortaleza-CE – mai2013

74- Ai me perguntam “Do que você mais gostou no livro??” E eu respondo: Da forma em que o passado e o presente se misturam, e essa coisa de sair com um violão e ir acampar (já fiz muito isso)… Gostei muito da parte em que ela “da uma aula” sobre o taoismo, achei interessante essa filosofia de vida, e tals… E, é claro das músicas… Resumindo: Amei o livro TODO! Juliana Silva, Paulo Afonso-BA – set2013

75- Um livro que eu RECOMENDO sempre que posso. “O Irresistível Charme da Insanidade” do Talentoso e cearense Ricardo Kelmer. Faz a águia e voa pra livraria. Fabiano Brilhante, Fortaleza-CE – jan2014

76- Ganhei e gostei muito. Li de uma só vez!!! Elias Sampaio, Fortaleza-CE – jan2014

77- livro top!!! Rafa Moreira, Fortaleza-CE – jan2014

78- Esse livro é maravilhoso !!! Acho que fui umas das primeiras a lê-lo. Carol Oliveira, Rio de Janeiro-RJ – jan2014

79- Eu ameiiii o livro , pra emprestei para três amigas e elas amaram tn. Complicado dizer o que eu mais gostei , Pq o livro me envolveu do começo ao final. Eu ri , chorei , fiquei apreensiva. Até tive raiva dá.Isadora kkkkk. Cinthia Elise, Alagoa Nova-PB – abr2014

80- Oi lindo!!! Olha eu fiquei alucinada pelo livro ” O irresistível charme da insanidade” Li duas vezes e já dei de presente para 3 pessoas!!! Eu me via nos dois personagens…me deparei com cenas da minha vida…mexeu muito!!! Venho de uma família muito tradicional… a coragem da personagem de fazer o que dá vontade…me atrai. sem ligar com padrões morais… Esse livro é de uma psicologia fantástica…. Sidneia Fonseca, São Paulo-SP – abr2014

81- Enfim, terminei de ler o ” O Irresistível Charme da Insanidade (oficial)”. Para mim o melhor livro que li até agora! Sempre que termino de ler um livro, fico com aquela sensação de vazio, como se um amigo tivesse partido, dessa vez não foi assim. É como se eu tivesse vivenciando toda essa história, é como se essa história fosse a minha também. Fui Isadora e Catharina, compreendi Luca e Henrique, me assustei, me emocionei, sorri, chorei e muito me identifiquei com esse maravilho encontro com o EU MESMO.
Meu resumo sobre o livro é… Segurança é viver sem assegurar-se a nada / É ter a liberdade e escolher saltar do abismo / Nesse mistério que para muitos é ter com a morte / Para quem salta é ter um encontro consigo mesmo.
Um abração menino, muito obrigada por esse presente e por essa viagem insana rumo a mim mesma. Bjos. Renata Kelly, Fortaleza-CE – mai2014

82- Acabei de ler o livro, O irresistível charme da insanidade, nossa muito bom, viajei! Estava buscando um livro com esta essência e o destino me proporcionou esta oportunidade através da internet, estou grogue com está história maluca, sou seu mais novo fã, se tiver algo me mande, preciso conhecer mais seus escritos, gostei muito, quando crescer que ser igual a você… rs  Parabéns!!!!!!!!! Gostei de como relata o cotidiano de forma simples e poética, para ser sincero quando estava no quadro do henrrique não tinha muito interesse, mais a vida boemia de luca e como o destino se descortinava em sua vida era realmente uma leitura muito agradável, os conselhos de isadora, e como as armadilhas da vida é feita para evolução do indivíduo((Luca). Jonas Rocha Neto, Palmas-TO – jun2014

83- Quem agradece sou eu, por ter feito um livro como este!! Sem palavras para expressar o quão linda é a história pela qual fui arrebatada totalmente … Parabéns pela obra! Eu já conhecia o Tao, mas não levava muito a sério, e então eu me deparo com um livro ao qual um dos personagens é movido pelo Tao… Foi uma surpresa enorme, e eu gostei muito disto, gostei muito de toda a reflexão a respeito da vida mesmo sendo na visão de um personagem, e de um livro. Nohanna Andrade, Lagoa Seca-PB – ago2014

84- A Verdade é que muitas vezes uma dose de Insanidade pode não ser o suficiente para a quantidade de coisas que temos por fazer nas estradas de nossa vida. Um livro que demonstra que pra alcançar sonhos tão almejados de felicidade precisamos tirar os pés do chão e acreditar! “Aquela coisa do Tao e Tao e coisa..”! Obrigado Ricardo Kelmer por essa obra prima na literatura nacional que me fez perceber novamente o valor de se apaixonar e de seguir o doce embalo da vida! Diego Claudino, Rio de Janeiro-RJ – out2014

85- Siiii recomendadíssimo O Irresistível Charme da Insanidade meu preferido, super envolvente, instigante! Rebeca Clozel Petrovcic, São Paulo-SP – dez2015

86- Oi Ricardo Kelmer como disse para você, é uma honra conhece lo, mesmo que distante. Terminei a leitura de seu livro à dois dias. A leitura flui de forma surreal. Gostei muito do livro, achei muito instigante. Acabei viajando nas idas e vindas do tempo da leitura. Não sei como você fez ou faz, mas acabei por vários momentos quase que dentro da história,rs (não posso ler livros com uma pitada de misticismo, fico alucinada kkk) Parabéns pelo maravilhoso livro. Achei excelente. Simone Andrade Melo, São Paulo-SP – jan2016

87- Sou seu fã. Estava resgatando um trecho de um livro seu O irresistivel charme da insanidade. No face, num grupo q participo alguem perguntou de um livro que nos fez chorar. Lembrei na hora daquela parte que o Luca entra no lago. E voce descreve lindamente a sensaçao de sintonia da personagem com a natureza. Fiquei emocionado e agradecido como ele. A narrativa, O ritmo da historia. Voce descreve muito bem as situaçoes os locais Fica facil acompanhar. Ate hoje inagino o Luca no fusca viajando, O lance do lago. Li uns tres livros seus em sequencia, Ainda os tenho. Voce e muito eloquente. Leitura ritmada e de facil compreensao Apesar de tratar de questoes filosoficas complicadas. Osias Junior, Curitiba-PR – mar2017

38 Responses to O Irresistível Charme da Insanidade

  1. paulaizabela disse:

    Já te expliquei no MSN pq sou fã do Luca: a mania de achar q pode controlar tudo, a quase morte… Lembra-me muito uma aluna retruquete q vc tem.

    Vi o vídeo de novo, em tela toda agora. Adorei – já add aos meus favoritos do orkut, junto com a Mulher Selvagem.

    A música é lindaaaaaaa. Q bom q vc disponibilizou o MP3 p quem comprar o livro – adorei a idéia. Não dá p colocar ela p tocar nas próximas edições do livro? Vc faz tipo aqueles cartões musicais. Qdo a gente abrir o livro, ela começa a tocar (risos). Enfim, se quiser sugestões absurdas, não se intimide…

    As imagens foram muito bem selecionadas. Só senti um excesso de Isadora e Bebel (nada contra as duas) e pouco Luca. Tudo bem q a música foi escrita p minha quase xará, mas não custava colocar mais Luca de Luz Neon p alegria das suas “leitoas”, né? Preconceito esse contra as imagens sensuais masculinas. Nan!

    Curtir

  2. Elder Valerio disse:

    Li QUEM APAGOU A LUZ hã alguns anos. a leitura mais despretenciosa que ja fiz que resultou no inicio de um longo caminho. na minha insanidade costumo ( se e que louco costuma alguma coisa) imaginar o absurdo das aparentes coincidencias como causalidades invitaveis… assim o o seu livro. Do nada, do despretencioso ao inicio do meu caminho. Preciso reencotra-lo. O caminho se quebrou … Preciso voltar a andar

    Curtir

  3. […] Caso você se interesse, é só acessar meu blog. Lá há mais informações sobre o livro e comentários de leitores:https://blogdokelmer.wordpress.com/livros/o-irresistivel-charme-da-insanidade […]

    Curtir

  4. Chris disse:

    “Eu só queria que você soubesse
    Que você não tem coração…”

    Demais…

    Curtir

  5. Mônica Paiva disse:

    Eu quero ler O IRRESISTÍVEL CHARME DA INSANIDADE!!! De Ricardo Kelmer!!! Com todas as forças do meu ser!!!

    Curtir

  6. Guilherme disse:

    to ansioso pra receber o meu ! 😄

    Curtir

  7. Ana Claudia disse:

    Querido, gostei muuuuito da nova versao do Insanidade. A estoria flui tao bem, li o livro todo em tres horas, sem vontade de largar ate descobrir o novo final. Adorei o novo final! A ideia de que nossas escolhas presentes nao apenas definem nosso futuro mas podem modificar nosso passado… Ha uns tempos li um livro, o titulo em portugues eh algo do tipo “As Varias Vidas da Alma”. Eh de um psicologo Junguiano, phd, formacao no insituto junguiano em zurich, etc, etc, etc. Ele descreve a intensidade de lembracas de vidas passadas na terapia e seu potencial para transformacao, independente de serem vidas passadas ou nao. Uma das coisas mais interessantes eh exatamente a ausencia de qualquer forma de linearidade nessas lembrancas quando se trata da ideia de “evolucao” – as vidas se alternam entre “positivas” ou “negativas” de forma aleatoria, e os pacientes relatam que a nocao de um tempo linear simplesmente nao existe para a alma. O final do seu livro me lembrou um pouco do que li ali. Eh isso. Gostei muito e espero que os leitores Brasileiros o descubram logo. Beijo grande!

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Se vidas passadas ou simultâneas existem ou não, eu não sei. Mas que isso é ótimo pra criar histórias, ah, isso é. Que bom que você gostou, Tata. Próxima etapa: traduzir o livro pro inglês!

      Curtir

  8. Luciana Martins disse:

    O que mais amei no livro? o reencontro de almas…a possibilidade de corrigir os erros, uma nova chance… a busca pelo que a gente é realmente…tenho vontade de me encontrar mas n sei p onde começar ou tenho medo de descobrir… o sexo que você constrói nas suas narrativas é muito bom também – adoro – mas isso deve ser fichinha pra um dono de cabaré…rsrs Beijão!

    Curtir

  9. Grande, Furei com você devido a dificuldades emergentes, assim que melhorar a situação quero ler o seu livro com muito carinho. A vida dá muitas voltas e você poderá me ajudar a escrever a minha autobiografia, quem sabe? Beijos gigantes, Wania

    Curtir

  10. Elza Silva disse:

    Parabéns Ricardo – amei seu livro – muito bom – deixa bem claro que não somos donos nem mesmo do tempo que nos é presenteado pelo universo e que estamos aqui para sermos felizes – é só deixar acontecer, confiar, pois o universo nos quer felizes –
    vou repassar para algumas amigas – obrigado

    Curtir

  11. Rogoncalves disse:

    Olá, Recomendo este livro para os apaixonados por histórias intensas,charmosas e com muita verossimilhança! Um ótimo livro!

    Curtir

  12. Ficha técnica: O irresistível charme da insanidade – Ricardo Kelmer – ISBN: 978-85-99629-35-2 – São Paulo: Arte Paubrasil 2011
    Resenha: Publicado originalmente em 1996 e reescrito 15 anos depois com o incentivo de leitores que motivaram republicá-lo. “O irresistível charme da insanidade” é uma história de amor que fere a lógica do tempo. Presente, passado e futuro se fundem para mostrar que o homem vive o ontem, o hoje e o amanhã com sua vida e a dos que já se foram, além dos que virão. Luca e Isadora, Enrique e Catarina, eu, você, nós, seres que ora controlam suas vidas, ora a deixam que ela os leve a qualquer lugar. O livro passa a ideia de que os controle da vida não nos permite controlá-la. Mas, justamente quando a deixamos correr livre, sem controle, é aí que começamos a dirigi-la.

    Curtir

  13. O livro tem em seu prólogo um ambiente de um cais onde dois amantes se despedem, Enrique e Catarina. Enrique está partindo, mas voltará para ir junto com Catarina ao Brasil. Aquela cena já teria acontecido? Quando? Onde? Com quem? Por quê? Essa sensação persistirá em todo o livro.
    Já no capítulo 1, Luca é apresentado, bem como seu abismo, imenso, escuro e aterrorizante. Ele sonhara e um dia terá que enfrentá-lo. O livro apresenta este ponto como um marco na vida de Luca.
    Daí a constante de loucura, tontura, déjà-vu, insanidade, beleza, euforia, fantasia, sexo e amor que o livro apresentará nos próximos capítulos.
    Luca de Luz Neon e Isadora, Enrique e Catarina, eu e você, personagens de vida. Uma vida, múltiplas vidas.

    Trecho que mais gostei no livro (pág.27) “A vida de Enrique, assim como qualquer vida, inclusive a sua, pode ser acessada por qualquer um pois todas as vidas estão interligadas através das experiências vividas, formando uma vida só, um único eu.”

    Curtir

  14. Rafael de Mesquita disse:

    Esse é um livro que me veio por indicação de um músico. Acho que já no começo do livro já fui cativado pela ideia da viagem com, carregando a música consigo, parar em um local sem um motivo rígido e concreto.
    E depois, algo inédito pra mim, foi ver em cenas do livro, os personagens passar por locais que eu mesmo já estive tantas vezes. Era como se da próxima vez que eu fosse ali fosse encontra-los.
    Por fim, acho que o modo como as idéias se cruzam, sem uma ordem cronológica (não no termo convencional), também é bem sedutor. E os personagens cativam!

    Curtir

  15. Kel Sma disse:

    Li o livro em PDF, e simplesmente amei! Gostei da vida agitada do Luca, meu pai é músico, entao, sei bem como é rs. Gostei das coisas meio loucas da Isadora, que no final fizeram todo sentido (fiquei bem surpresa), e o fato de Luca querer ter ”o controle de td” me fez refletir que tds nós somos assim, queremos ter o controle de td á nossa volta sem mesmo ter o controle de nós… deixamos de viver as coisas que realmente sao boas (que as vezes sao coisas tao pequenas), por nao darmos valor p/ elas, por pensarmos que nem precisamos delas…

    Curtir

  16. Michele disse:

    Caríssimo Kelmer, seu livro é mágico! Faz a gente viajar por paisagens paradisíacas e, ao mesmo tempo, nos coloca num universo de ordens medievais muito sinistras! Como fala da “alma do mundo” é impossível não se reconhecer em algum momento do livro. Por várias vezes, lendo o livro, pensei comigo: “Eu já vivi isto!” coincidência??? Será??? Só sei que adooooorrrrrrei!É o tipo de livro que você lê uma, duas, três vezes e não se cansa. Quando irá lançar o próximo??? Michele Jacinto Fortaleza/CE

    Curtir

  17. Patrick Anjos disse:

    Gostei por demais do livro! Esse é um daqueles livros que você lê e se sente mal quando chega ao final! desejando que a historia prossiga ! Só sei de uma coisa a insanidade tem lindos olhos cor de mel!

    Curtir

  18. Luana Gleyce disse:

    aah ele é diferente de qualquer romance q já li, sem a maioria daqueles clichês (que eu tbm adoro) mas é uma mistura louca tipo: droga, sexo e rock in roll rs mas não deixa de ter aquele amor verdadeiro, e a loucura de vidas passadas, e mostra tbm como todos estão sempre procurando arriscar suas seguranças pra ser feliz de verdade. =D é realmente envolvente. vc está de parabéns =D

    Curtir

  19. Reggina Moon disse:

    Kelmer, Muito bacana o seu Blog, depois venho aqui com mais calma ler-te…abraços! Reggina Moon http://www.versoeprosapoemas.blogspot.com
    http://www.regginamoonpoemas.blogspot.com

    Curtir

  20. EDILÉIA disse:

    Fiquei deslumbrada com a narrativa… nossa… os detalhes de cada cena… era como se eu estivesse vivendo junto com os personagens! rsrsrs A história é completa. Mas vamos lá… pra mim o que mais marca é a ‘viagem’ feita em momentos diferentes da história dos personagens… quero dizer, em um dado momento se fala do presente, da loucura de cada encontro (e desencontros) dos dois, e logo em seguida, estamos ‘revivendo’ o século passado com os mesmos personagens

    Curtir

  21. Renata Kelly disse:

    Para mim o melhor livro que li até agora! Sempre que termino de ler um livro, fico com aquela sensação de vazio, como se um amigo tivesse partido, dessa vez não foi assim, pois é como se eu tivesse vivenciando toda essa história, é como se essa história fosse a minha também. Fui Isadora e Catharina, compreendi Luca e Henrique, me assustei, me emocionei, sorri, chorei e muito me identifiquei com esse maravilhoso encontro com o EU MESMO. Meu resumo sobre o livro é…

    Segurança é viver sem assegurar-se a nada
    É ter a liberdade e escolher saltar do abismo
    Nesse mistério que para muitos é ter com a morte
    Para quem salta é ter um encontro consigo mesmo.

    Muito obrigada Kelmer por esse presente e por essa viagem insana rumo a mim mesma.

    Curtir

  22. Laisa disse:

    Amei seu livro, o li em um dia, não consegui largar por um minuto, uma leitura envolvente, diálogos maravilhosos e uma narração que me prendeu da primeira a última linha.. Me fez ficar pensando durante dias como pessoas aparecem do nada na nossa vida, pra revirar completamente, pra nos salvar, ou então por ambos motivos. A forma como você passeia pelo tempo. Me senti viajando junto com Luca e Isadora, senti suas incertezas, indecisões, medos, seus mundos conturbados, suas fraquezas. Senti o amor e a insanidade despertando em Luca, sutil, confuso e avassalador, como um sentimento forte tem que ser. Parabéns pela obra, você passa desperta os sentimentos mais profundos através das palavras…

    Curtir

  23. Esther Ramos disse:

    Pelo visto tu deixa a sensação de ‘quero mais’ quando terminam de ler o seu livro, da vontade de nunca querer parar de ler. Realmente o livro é incrível, envolvente demais, insano, místico, da um ar de liberdade, de querer ser intenso igual a Isadora, da pra sentir tudo que a história conta. Vontade de redescobrir outro eu, de deixar a vida fluir como deve ser, sem se prender demais. Eu amei! Muito sucesso a voce Ricardo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: