Cem vezes mais

21/11/2017

21nov2017

CEM VEZES MAIS

.
Deus é fiel, tá sabendo? Prova disso é que semana passada abriu uma igreja evangélica aqui pertinho. Toda noite tem culto, uma ruma de carrão importado na frente. Chance boa de faturar um troco, ajudar a tia a pagar o aluguel do barraco, ela que me cria desde que mamãe morreu. Morreu no corredor do hospital, gosto nem de lembrar, bola pra frente, meu irmão. Primeiro, segundo, terceiro dia guardando os carros da igreja, faturei nada. Eles não tinham dinheiro, só cartão. Mas sempre diziam que eu orasse muito que Deus proveria. Tinha um que dizia assim, Precisa olhar o carro não, moleque, Deus tá vigiando. Era o carrão mais bacana de todos. Olhei no vidro, tinha um adesivo, Foi Deus que me deu. Uma noite descobri que o dono do carro era o pastor da igreja. Descobri porque entrei lá acompanhando minha tia, ela queria orar pelo primo que os polícia mataram por engano numa batida dia desses. O pastor estendeu um bauzinho na nossa frente e disse que aquela noite era especial, que Deus estava ali ao lado dele, e que a gente receberia cem vezes mais o que a gente botasse naquele bauzinho. Minha tia enxugou as lágrimas, abriu a bolsa e contou as moedas. Dava uns cinco ou seis reais, era tudo que tinha. Ela botou as moedas no bauzinho e rezou. Eu olhei nos olhos do pastor. Ele repetiu, sorrindo, Cem vezes mais, meu filho, tenha fé. Eu acreditei nele, claro. E botei uma nota de vinte. No dia seguinte, quando o pastor saiu da igreja, cadê o carrão? Tava lá não. O lugar mais vazio do mundo. Eu também não tava. Naquela hora eu tava dirigindo o carro dele, o Isaías me esperando com dois milzim na mão. Deus é fiel.

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

MAIS MINICONTOS

A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

Desculpem o atraso – Um miniconto sobre BDSM e feminismo

A última mensagem – Um miniconto sobre amor e perdão

Literalmente – Um miniconto sobre os textos e a vida

 

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

,

.

.

.

.

 

Anúncios

Prazer proibido

12/05/2015

12mai2015

PrazerProibido-08

PRAZER PROIBIDO

.
No quarto, ao lado do marido na cama, ela tenta ler um livro, mas ele segue falando: Catorze anos e já namorando, eu não me conformo, nossa filha devia se concentrar só nos estudos… Sim, ela diz, paciente com as preocupações do marido. Depois vá lá na sala ver se está tudo bem, ela ainda é muito inocente… Vou já, ela responde, compreensiva. Quando o marido adormece, ela levanta e caminha silenciosamente até a sala. Esconde-se agachada atrás da cortina. E vê quando, no sofá, a filha abre a calça do namorado e põe o pau dele para fora, um pau imenso e ereto, e começa a chupar enquanto se masturba. Os gozos vêm juntos, o dele jorrado na boca da filha, em longos espasmos, e o dela na ponta dos dedos, silencioso… e proibido.
.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

MAIS MINICONTOS

DesculpemOAtraso-01Desculpem o atraso – Um miniconto sobre BDSM e feminismo

A última mensagem – Um miniconto sobre amor e perdão

Literalmente – Um miniconto sobre os textos e a vida

A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

.

LEIA TAMBÉM NESTE BLOG

AsFogueirasDeBeltane-03As fogueiras de Beltane – A sexualidade sem culpa de uma sacerdotisa pagã

A noiva lésbica de Cristo – Se hoje a sexualidade feminina ainda apavora a mentalidade cristã, no século 17 ela era algo absolutamente demoníaco

Lolita, Lolita – Ela é uma garotinha encantadora. E eu poderia ser seu pai. Mas não sou

A gota dágua – A tarde chuvosa e a força urgente do desejo. Ela deveria resistir, mas…

A torta de chocolate – Sexo e chocolate. Para muita gente as duas coisas têm tudo a ver. Para Celina era bem mais que isso…

.

ARQUIVOS SECRETOS

figarquivossecretos01Os Arquivos Secretos são postagens protegidas por senha, que é enviada somente aos Leitores Vips. Em algumas dessas postagens a primeira parte é de livre acesso, mas depois que esquentam, a senha é exigida. Desaconselhável para leitores caretas. Ou altamente aconselhável justamente por isso.

> Conheça os Arquivos Secretos

.

.

DICA DE LIVROS

IFTCapa-05aIndecências para o fim de tarde
Ricardo Kelmer – contos eróticos

Uma advogada que adora fazer sexo por dinheiro… Um ser misterioso e sensual que invade o sono das mulheres… Os fetiches de um casal e sua devotada e canina escrava sexual… Uma sacerdotisa pagã e seu cavaleiro num ritual de fertilidade na floresta… A adolescente que consegue um encontro especial com seu ídolo maior, o próprio pai… Seja provocando risos e reflexões, chocando nossa moralidade ou instigando nossas fantasias, inclusive as que nem sabíamos possuir, as indecências destes 23 contos querem isso mesmo: lambuzar, agredir, provocar e surpreender a sua imaginação.

Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino – Livro de contos e crônicas sobre a mulher

A entrega – Memórias eróticas (Toni Bentley, Editora Objetiva/2005) – A ex-bailarina filosofa sobre sua profunda experiência de amor e submissão através do sexo anal

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

,

.

.

.

PrazerProibido-08a.

 


Desculpem o atraso

08/03/2015

08mar2015

Em alguns minutos ela começaria a palestra, quando a mensagem chegou…

DesculpemOAtraso-01

DESCULPEM O ATRASO

.
O salão do hotel estava lotado para sua palestra Feminismo no Século 21. Antes de começar, seu celular fez o bip que ela tão bem conhecia. Leu a mensagem e suspirou… E correu para o elevador. Na suíte do nono andar, ele a recebeu, repreendeu-a pela demora e a estapeou. E ordenou que ficasse nua. De coleira e acorrentada, ela docilmente lambeu seus pés. Quando ele a pôs de quatro e a segurou forte pela cintura, ela tremeu de expectativa, antevendo o instante seguinte: ele montado sobre ela, o pau inteiro enfiado em sua bunda, e ela agradecida pela honra de servi-lo… Meia hora depois ela agradeceu os aplausos, desculpou-se pelo atraso e iniciou a palestra. No rosto, a expressão compenetrada. No cu, a lembrança do gozo de seu senhor.
.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

> BDSM na Wikipedia – BDSM é a sigla de Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão e Sadomasoquismo. Na Wikipedia há informações básicas bem organizadas.

.

MAIS MINICONTOS

PrazerProibido-07aPrazer proibido – Um miniconto sobre mães e filhas

A última mensagem – Um miniconto sobre amor e perdão

Literalmente – Um miniconto sobre os textos e a vida

A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

.

LEIA NESTE BLOG

MarchandoComAsVadias-1Marchando com as vadias – Se ser vadia é ser livre para exercer a própria sexualidade, então todas as mulheres precisam urgentemente assumir sua vadiagem, para o seu próprio bem e o de suas filhas

Os apuros do homem feminista – Minha busca por relações igualitárias foi dificultada também porque muitas mulheres, mesmo oprimidas, preferiam relações baseadas no velho modelo machista

Me estupra, meu amor – Fantasiar ser estuprada é uma coisa – querer ser estuprada é outra coisa totalmente diferente

Dona de mim – Dona de mim já não sou mais / Quando aos teus pés me ajoelho assim / E em teu olho a chama do desejo atiça / A mulher louca e submissa que há em mim

A entrega – Memórias eróticas (Toni Bentley, Editora Objetiva/2005) – A ex-bailarina filosofa sobre sua profunda experiência de amor e submissão através do sexo anal

Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino – Livro de contos e crônicas sobre a mulher

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

,

.

.
.

DesculpemOAtraso-01b.

 


Literalmente

23/10/2014

23out2014

Literalmente-03
LITERALMENTE

.
De minuto em minuto, a vida se revela só para você, feito um texto que se lê sozinho. E o texto, de palavra em palavra se desvela, feito a vida que passa na tela do tempo. Cada segundo vivido é vida que encurta. Em cada palavra lida, o ponto final se prenuncia. Tem vida o texto que se lê: ele nasce, cresce e morre diante dos olhos, e o sentido de tudo o autor infelizmente não pode dar. O sentido é justamente a própria busca por ele, na sutileza do que não se leu, nas entrelinhas do que virá. A vida não se repete, mas o texto sempre dá uma nova chance, e você pode voltar e revivê-lo, até que o sentido que lhe fugia reluza ao olhar num repente… Releu o que escrevera, achou que estava bom e postou. E foi tratar de viver. Literalmente.
.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA TAMBÉM

AUltimaMensagem-01A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

A última mensagem – Um miniconto sobre amor e perdão

Prazer proibido – Um miniconto sobre mães e filhas

Desculpem o atraso – Em alguns minutos ela começaria a palestra, quando a mensagem chegou…

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Minicontos, muito bom. Tenho alguns também, gosto do estilo, combina com a atualidade. Antonio Martins, Maceió-AL – mar2015

02- Li e reli. Gostei! Rejane Porto Cult, Fortaleza-CE – mar2015

03- Adorei. Muito lindo Ricardo Kelemer. Vilma Galvão, Braga-Portugal – mar2015

04- Maravilha!!! Arlete Franco, São Paulo-SP – mar2015

05- Muito bom! Quando vem por aqui? Erika Lobo, Brasília-DF – mar2015

06- Vou ler…boa noite,Rica!bj e parabens sempre. Isabela Alcântara, Fortaleza-CE – mar2015

07- Amei!! Ana Andréa Gadelha Danzicourt, Tubarão-SC – mar2015

08- Vou ler !! Jane Arruda de Siqueira, São Paulo-SP – mar2015

09- Muito bom… adorei literalmente. Andrea Coelho, Lisboa-Portugal – mar2015

10- Belo texto! Cicío Bonneges, São Paulo-SP – mar2015

11- Cada dia melhor! Gisela Symanski, Porto Alegre-RS – mar2015

12- Muito bom! Emille Valença, Fortaleza-CE – mar2015

13- Pois sim…… Nada como uma boa leitura, e uma Vida no meio. Andrea Dal Castel, Rio de Janeiro-RJ – mar2015

14- Muito bem, Ricardo Kelmer! Parabéns, amigo, cujas palavras, nos levam a refletir sobre a vida e a morte — Eros/Thanatus. Abração, meu caro! Mônica Ananias, São Paulo-SP – jul2016

15- Texto lindo… Marilu Dias, São Paulo-SP – jul2016

> Postagem no Facebook

Literalmente-03b


A última mensagem

11/07/2011

11jul2011

A ÚLTIMA MENSAGEM

.
Ele pôs a mochila com livros no chão e encostou-se no muro do colégio. Nervoso, digitou no celular uma mensagem para ela, dizendo que estava muito arrependido do que fizera. E esperou, olhando o movimento dos carros na avenida. Minutos depois enviou outra mensagem, pedindo que ela o perdoasse, por favor. E ela novamente não respondeu. Na terceira mensagem, avisou que iria se matar. Dessa vez ela respondeu: precisava de um tempo para pensar. Ele respirou fundo e esperou, ansioso pela resposta que definiria sua vida. Quinze minutos depois o celular foi encontrado junto ao meio-fio, a alguns metros do corpo atropelado no asfalto. Na tela do aparelho piscava a última mensagem recebida: “Eu te perdoo, meu amor. Vem correndo!”
.

Ricardo Kelmer 2010 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

AMetamorfose-01A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

Literalmente – Um miniconto sobre os textos e a vida

> Mais minicontos

Amor em fuga – Que mundo idiota. Pra poder viver o amor a gente tem que fugir de casa

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.


A metamorfose

19/06/2011

19jun2011


A METAMORFOSE

.
Ele rastejou silenciosamente para trás do compensado que servia de parede no barraco e agachou-se. Pôs a pasta de crack sobre a latinha de cerveja amassada, acendeu o isqueiro e inalou pelo buraco. E de repente sumiram a dor, o desemprego, a fome, o leite do filho que ele não havia comprado… Quase no fim, o menino acordou. Pai, o que é isso? Subitamente a dor voltou, diferente, agora feita de vergonha e da sensação de fundo do poço. É veneno de barata, filho. E cadê a barata, pai?
.

Ricardo Kelmer 2010 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

SoOCrackSalva-01Só o crack salva – Se os problemas relacionados ao crack ficassem restritos às camadas pobres da população, os ricos jamais se incomodariam e o horário nobre da tevê nem tocaria no assunto

O sonho que morreu na praia – O mar, que não liga para nacionalidades, aceitou receber o menino sonhador

Como violentar crianças em 30 segundos – É a máxima do Compre Baton: hipnotize desde cedo uma criança e você terá um zumbi-consumidor para o resto da vida

> Mais minicontos

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.


%d blogueiros gostam disto: