Vocês Terráqueas

.

Vocês Terráqueas
Seduções e perdições do feminino
(Ricardo Kelmer. Contos/crônicas. Miragem Editorial, 2015)
.

Com que propriedade um homem pode falar sobre o universo feminino? Neste livro RK ousou fazer isso, reunindo 36 contos e crônicas escritos entre 1989 e 2007, selecionados em suas colunas de sites e jornais, além dos textos inéditos. Com humor e erotismo, eles celebram a Mulher em suas diversas e irresistíveis encarnações. Ciganas, lolitas, santas, prostitutas, espiãs, sacerdotisas pagãs, entidades do além, mulheres selvagens em todas as personagens, o reflexo do olhar masculino fascinado, amedrontado, seduzido. Em cada história, o brilho numinoso dos arquétipos femininos que fazem da mulher um ícone eterno de beleza, sensualidade, mistério… e inspiração.

.
.

OPÇÕES

Livro impresso – Edição do Clube de Autores, 154 pag, 15 x 21cm, orelhas. No Clube de Autores e livrarias parceiras ou direto com o autor (R$ 35, frete incluído)
Livro eletrônico
Na Amazon (e-book) ou PDF personalizado

Livro eletrônico personalizado (PDF direto com o autor)
– Com dedicatória exclusiva para você: R$ 10 (Leitor Vip: R$ 8)

Livro-blog – Para leitura aqui no blog. Links abaixo

> PEDIDOS – Entre em contato: rkelmer@gmail.com
> Conheça outros livros e promoções na seção Livros

.

DIRETO COM O AUTOR
opções de pagamento

Cartão e boleto (Pag Seguro)
Transf. Bancária (
Bradesco, Itaú, Banco do Brasil)

Entre em contato: rkelmer@gmail.com

.

EDIÇÕES
– Publicado originalmente em 2008 em versão impressa, edição Miragem Editorial
– Disponibilizado em 2008 em versão eletrônica personalizada (PDF), edição Miragem Editorial
– Disponibilizado em 2015 pelo Clube de Autores em versões impressa e eletrônica, edição Miragem Editorial
– Disponibilizado em 2015 pela Amazon em versão eletrônica, edição Miragem Editorial

(Editoras interessadas, favor entrar em contato: rkelmer@gmail.com)

.
.

A OBRA PELO AUTOR

vtcapa21x308-01Este livro significa muito para mim. Primeiro por seu tema, o feminino, um tema que de alguns anos para cá adquiriu grande importância em meu trabalho e em minha vida de modo geral. Nos últimos anos foram numerosos os textos que escrevi abordando temas ligados ao universo feminino, e hoje me sinto à vontade nesse terreno, apesar dele sempre me surpreender e me mostrar que quanto mais penso saber, mais percebo que o buraco do mistério feminino é mais embaixo….

Outro motivo que torna esta obra importante para mim é que trata-se de meu primeiro livro lançado em versão eletrônica, em formato pdf, além da tradicional versão impressa. Fiz isso porque acredito no futuro do livro digital e desejo começar logo a lidar com esse formato, tornando-o familiar a meus leitores desde já.

E há mais um motivo importante. Este é meu primeiro livro dessa nova fase profissional, onde decidi focar na relação direta com meu público leitor. Na promoção de pré-lançamento, foram vendidos 47 exemplares antecipados para 36 leitores, para serem entregues após o livro impresso sair da gráfica. Isso provou a mim que há um público leitor no qual posso confiar, um público que gosta de meu trabalho e está disposto a me ajudar a prosseguir produzindo, e que posso tornar maior nos próximos livros. Minha eterna gratidão a esses leitores:

CE – Ana Valeska Maia, Clarisse Ilgenfritz, Danilo Carvalho, Kelma Nunes, Liano Veríssimo, Luiz Olímpio Ferraz Melo, Marcos André Borges, Nilbio Portela, Patrícia Meireles, Raquel Brasil Lima, Sâmara Paula (Fortaleza), Paula Izabela (Juazeiro do Norte)
DF –
Alessandra Pereira, Mariucha Madureira, Suely Andrade (Brasília)
GO –
Márcia Morozoff (Luziânia), Luciano Junqueira (Rio Verde)
PB –
Ed Porto, Kátia Regis Albuquerque (João Pessoa)
PE –
Mônica Burkle Ward (Recife)
RJ – Christina Alecrim, Daniela Ramos, Isabel Belém, Jayme Akstein, Ilana Nahm Akstein, Kenya Costta, Waldemar Falcão (Rio de Janeiro)
RS –
Arlene Amorim (Novo Hamburgo), Gisela Symanski (Porto Alegre)
SC –
Vera Perdigão (Florianópolis)
SP –
Paulo Sacaldassy (Santos), Bia, Sidnei Castro (São Paulo)
EUA –
Ana Claudia Domene (Albuquerque), Raquel Araújo (Upland)
PORTUGAL –
Virgínia Lígia (Lisboa).

Ricardo Kelmer, 2008

,.

ESCREVERAM SOBRE “VOCÊS TERRÁQUEAS”

> O pop pornográfico de Ricardo Kelmer
(por André de Sena)

> Desconstruindo Kelmer
(por Wanessa)

.
.

.

COM ELAS NO SHOPPING
ensaio fotográfico c/ trechos do livro Vocês Terráqueas

.

.
.

TEXTOS DO LIVRO

21 contos (co) + 15 crônicas (cr)


1989

Inspiración, essa vadia (co) Cigana bela e irresistível: é a inspiração na vida do poeta


1991

O íncubo (co) Demônios que invadem o sono das mulheres para copular com elas


1996

As quarenta raposas (co) Ela transformou aquele desfile de moda num pesadelo


1998

O presente de Mariana (co) Dedé está em apuros. Ele aceitará noivar com a cabocla Mariana?
Insights e calcinhas (cr) Pode uma calcinha proporcionar revelações transcendentais?


2000

Abalou Sobral em chamas (cr) Glória e glamour no desfile gay


2002

Loiras, celulite e futebol (cr) Os terríveis inimigos da mulher moderna


2004

Dez segundos para ser feliz (co) Ela é um exemplo vivo: a felicidade é uma mera questão de percepção
Cerejas ao meio-dia (co) Súbita e poética, ela surge em seu vestidinho vermelho…
O punhal (co) Fora a imensa saudade de casa e dos amigos, para ela está tudo bem
Dois morros (cr) O alto do morro, um violão, noites estreladas. E os seios dela…
A mulher selvagem (cr) Ela anda enjaulada, é verdade… mas ainda sobrevive em todas as mulheres


2005

Cristal (co) Elas o libertariam da prisão. Mas antes ele teria um longo caminho a percorrer…
Lolita, Lolita (co) Ela é uma garotinha encantadora. E eu poderia ser seu pai. Mas não sou…
A professora de literatura do meu marido (co) Linda, culta e escrava sexual. Quem pode competir com uma mulher dessa?
Ser mulher não é pra qualquer um (cr) A purpurinesca saga de um bloco de homens vestidos de mulher


2006
As fogueiras de Beltane (co) A filha da deusa está pronta. O ritual do casamento sagrado vai começar
A gota dágua (co) A tarde chuvosa e a força urgente do desejo. Ela deveria resistir mas…
Vingativas (co) A vida imita a arte. E às vezes a supera…
Diâmetros exaltados (co) As aventuras sexuais de Diametral e Ninfa Jessi no país dos caretas
Giselle, a espiã nua que eliminou o Brasil (co) Ele tinha uma arma infalível. Mas ela foi mais esperta…
Vou tirar você desse lugar (co) E não interessa o que os outros vão pensar
Por que brigamos? (co) Não posso mais viver assim sempre chorando…
Lama (co) Se o meu passado é lama, hoje quem me difama pisou na lama também
Jesus e Maria Madalena convidam (cr) Pelo sagrado direito de um deus de se casar
Discutindo a Copa e a relação (cr) Não tente competir com a Copa, minha amiga. Você vai perder…
Futebol artigo feminino (cr) As brasileiras ficam ainda mais lindas em dia de jogo da seleção
Estão abduzindo nossas mulheres (cr) Precisamos fazer algo senão em breve só vai ter homem aqui
O mistério da morena turbinada (cr) O investigador Erri Kelmer em mais um caso misterioso da internet
Queremos mulher carnuda (cr) Não se iluda, minha amiga, homem gosta é de mulher gostosa


2007

Ventos do óbvio (co) Ah, esses ventos repentinos que bagunçam tudo…
O desejo da Deusa (co) Um encontro na praia, as forças da Natureza  e um deus repressor
A torta de chocolate (co) Hummm, a luxúria do chocolate…

Loiras ou morenas (cr) A velha dúvida. A loira é mais angelical, a morena mais diabólica. Ou não?
Medo de mulher (cr) O homem que nega o feminino declara guerra a si próprio
O escritor grávido (cr) Gestação acompanhada, um pai bobão e muitas parteiras

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

 Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS

.
01- Ri mt com o livro….O pessoal do metro me olhavam e eu nem aí…. Adorei…Parabens! bjus. Isabel Belém, Rio de Janeiro-RJ – dez2008

02- ahhh eu li vingativas…ufff…esperava outro final. Lila Arisca, São Paulo-SP – fev2009

03- Seu livro é muito… estimulante, digamos assim, mas devo confessar que curti mais os contos do que as crônicas. Sim, queria mesmo ir comentando quase q simultaneamente ao ler os textos pq depois a gente perde muito da singularidade dos pensamentos, mas ainda assim vou falar de alguns:
Cristal, me passou um quê de “Inferno de Dante”;
Tive pesadelos com O íncubo, sério;
Adorei A Mulher Selvagem (em 1º lugar, lógico);
A gota d’água
e O Desejo da deusa, pelo fator chuva (Adoro chuva. Costumo enviar mssgs semanais aos meus colegas/amigos, leia o que escrevi a respeito no P.S.) e o fator sensualidade;
Cerejas ao meio dia
, tb na linha bem sensual;
Insights e calcinhas
, já tive esses insights há muuuito tpo, graças!;
Dois morros, dá uma certa saudade da era “antes do progresso chegar”;
Loiras ou morenas
(bacana as descobertas da pré-adolescência). Detestei as de futebol.
Nossa e o que foi aquilo de “Diâmetros exaltados“???? risos
Dez minutos para ser feliz
, bem reflexivo, tem uma galerinha mundo à fora que vive nessa incógnita e me sinto mais feliz por perceber que não sofro desse mal ;- Preciso abrir uma parêntese (sugestivo, ñ?) aqui. Ao ler A TORTA DE CHOCOLATE… Meus deuses, pensei: Kelmer, vc é um tarado!! Em seguida: Acho que tb sou uma tarada!! risos Não, falando sério, me diz de onde vc tirou inspiração para escrever este conto??? Fiquei super… ahhnn, super, sabe?! rss… Outra coisa, por favor, imploro: me diz onde fica esta Fantástica Fábrica de Chocolates??!!! rss
Ah, acho que é bom ir parando, senão vai dar material pra outro livro. Bjs.  Ilde Nascimento, São Luís-MA – abr2009

04- Eu comprei seu livro lá em Campina Grande, no encontro durante o carnaval deste ano. Adorei seu livro, muitas hostórias legais, interessantes. A mais incrível foi a da paixão pelo espírito da sessão de mesa branca. Fantástica! Gisele Reis, Salvador-BA – jul2009

05- Entre umas e outras, ouvi tuas palavras escritas. Aprovei, é claro. Algumas coisas eu já conhecia e outras foram gostosas novidades. O desespero no resgate da cueca da sorte está contagiante; a morena Fernanda Fuschini me fez pensar muito a loira Geyse Arruda e, brega que sou, curti de verdade a Trilha da Vida Loca. Marcos Scaico, Serra Negra-MG – nov2009

06- Gostei do seu livro mais recente, sim (da dedicatória, sobretudo), e de reler os anteriores. Faço sempre isto quando sinto falta das peculiaridades da minha terra, gosto de como você escreve, com poucas ressalvas na linguagem e ainda assim lindamente culto. Natural com as palavras. Acho que é assim quando se ama o humano em nós, não é? Deve ser. Christiane Oliveira, João Pessoa-PB – abr2010

07- fim de semana passado foi aniver de uma amiga e levei um livro teu pra dar de presente a ela e fiz a maior propaganda pra variar. Tu é foda, a mulherada adora tua literatura! Essa sorte eu não tenho, só quem curte minha poesia é um bando de coroas intelectuais ehehehehehhe!! Pra resumir a história: fiquei de fazer a encomenda de cinco livros teus (Vocês terráqueas). Abração fera! André de Sena, Recife-PE – mai2010

08Porque eu adorei “Vocês, terráqueas”? Pelo seguinte motivo: você é muito generoso com nós, mulheres. Sendo um escritor homem, você tem uma bondade na colocação de nossos conflitos, de nossas manias, de nossos desejos mais profundo e um extremo respeito por nós. Todos os temas que fazem parte do livro, inclusive os desejos mais intimos, secretos, eróticos são abordados com bondade e com afeição, uma afeiçao linda vinda de você. E quando a gente lê o livro, se sente respeitada em cada instante, porque nada ali está fora do lugar e nada é impossível ou absurdo de acontecer. Poderia acontecer com qualquer mulher, mesmo as histórias de ficção. E nos temas sobrenaturais, como as histórias dos espíritos, não havia cinismo, havia a perplexidade com um tema que é praticamente fora do que conseguimos enxergar como real e apesar disso, pode ser tão real. Por isso, eu amei cada instante do seu livro, tudo, tudo, mesmo. E fico feliz por você, por esse grande coração, dentro do qual a gente, nós, mulheres, nos sentimos abrigadas. Fátima Braga, Recife-PE – jun2010

09- Nossa, você é bom mesmo, heim? Ia ler o primeiro conto para dar pprosseguimento depois, mas ainda não consegui parar…:-) Abraços. Tânia Contreiras, Salvador-BA – ago2010

10- Gostaria de lhe parabenizar pela grandiozidade dos textos que compõe o leu livro “Vocês Terráqueas”. Mas, em particular, gostaria de lhe parabenizar pela crônica “Medo de Mulher”. Poucos homens seriam tão capazes de reconhecer esse medo de forma tão explícita. Menos ainda seriam capazes de assumi-lo publicamente editando em um livro. Isso mostra, no mínimo, a segurança que você tem quanto a sua masculinidade, não tendo medo de expor o que pra muitos seria um “fraqueza”. Mostra também a cumplicidade que você tem com nós mulheres, nos orientando e esclarecendo os motivos pelos quais muitos homem não desceram da árvore. Talvez os “ETs” tenham maior domínio desse medo e por isso as mulheres brasileiras se deixam abduzir. Parabéns: pelo grande escritor, pelo grande homem e pela grande pessoa que você é. Maria do Carmo, São Paulo-SP – ago2010

11- Oi Ricardo, Gostei muito das “Terráqueas”. Vou ler o “Matrix”. Amaury Cândido, Fortaleza-CE – set2010

12- Obd por ter mandado os e-mails, agora estou lendo: “VOCÊS TERRÁQUEAS”… E tô adorandooo!! bjusss. Andréa Cristina de Oliveira, Natal-RN – set2010

13- Comecei hoje a ler seu livro… Inspiración, essa vadia, já me agarrou. bjbjbjb. Flávia Perez, São Paulo-SP – out2010

14- Oi, Ricardo. Tô sem net em casa , mas vim numa lan so pra te falar umas coisas…. Desde ontem eu tava toda depre( nao sei por que/ na verdade, sei, mas nao vou falar aqui…rsrsrsr), acordei e tirei o “vocês Terráqueas” da estante e fui ver os textos que ainda nao havia lido….Fiquei encantada com aquele que você fala do mirante…. poxa! quanta sensibilidade e romantismo… queria ter uns 15 anos a mais e ser aquela menina…. outra coisaa, voce me arrepiou com “presente de Mariana” , e pelo arrepio, pensei: nao lembro quanto paguei nesse livro, mas valeu a pena!!!! Irlane Alves, Fortaleza-CE – jul2011

15- Tb curto muito este livro…valeu Ricardo! Heraldo Goez, São Paulo-SP – ago2011

16- Livraço do Ricardo Kelmer. Vai entender a mulher assim na puta que pariu! Flá Peres, Campinas-SP – mar2012

17- Vocês Terráqueas. Amei esse livro…sem comentários! Ana J Souza, Fortaleza-CE – jun2012

18- Do livro Vocês terraqueas, eu gostei de muitos textos, mas um que me tocou profundamente foi “O presente de Mariana”. Irlane Alves, Fortaleza-CE – jun2012

19- Vocês Terráqueas, sensacional. Eduardo Sallas (de onde mesmo?) jun2012

20- Vocês Terráquias…… E todo o seu conhecimento e sensibilidade sobre a alma feminina. “) Jocastra Holanda, Fortaleza-CE – jun2012

21- O texto que indico, o meu favorito de Ricardo Kelmer é “A gota d’água”, adoro a forma como escreveu esse texto! escrevi um conto inspirado em “A gota dágua” e em experiências de uma montagem de um espetáculo. Samantha Pimentel, Campina Grande-PB – jun2012

22- O texto “Inspiracion,essa vadia”,lido na faculdade, me despertou curiosidade para ler o Vocês Terráqueas. Rita Queiroz, Fortaleza-CE – jun2012

23- O texto do Ricardo Kelmer que indico e que acho simplesmente foda é A professora de literatura do meu marido. O enfoque feminino é uma grande sacada! E que professora em? Marcos Moraes, Campina Grande-PB – jun2012

24- o que gosto de verdade e sempre releio é “A Gota D’água”. Rosa Emília, Fortaleza-CE – jun2012

25- Loiras ou Morenas, Conheci o Ricardo lendo essa história no EITA SARAU….adoro! sei não se são as mulheres que se identificam, acho que são os machos e toda aquela história de ficar com duas!!!!!!!! de qualquer forma adorei a história e tua interpretação!!!! inesquecível!!!!!!ui! Bju e xeru! Cris Pinheiro Lima, Santos-SP – jul2012

26- Medo de Mulher, aqui uma das minhas crônicas prediletas que além de sensível e reveladora, é feminista. hehe. Wanessa Bentowski, Fortaleza-CE – jul2012

27- Oi muito bom teu livro! A maioria dos contos já me foram companheiros em muitos momentos de crise.obrigada! Michele SJ, Fortaleza-CE – mar2013

28- Dei boas risadas em algumas crônicas Ricardo Kelmer …leitura leve, inteligente e bem humorada. Super recomendo! Celina Bezerra, Fortaleza-CE – out2013

29- Muito bacana! GOSTEI GOSTEI *_* Livia Queiroz, Salvador-BA – out2013

eu comprei seu livro lá em Campina Grande, no encontro durante o carnaval deste ano. Adorei seu livro, muitas hostórias legais, interessantes. A mais incrível foi a da paixão pelo espírito da sessão de mesa branca. Fantástica!

4 Responses to Vocês Terráqueas

  1. Ilde disse:

    Oi querido,

    Recebi seus livros ontem, cerca de 2 horas após chegar da clínica (me submeti a uma cirurgia barra pesada… ñ pergunte… rs) e já comecei a ler… estou lhe degustando, sorvendo aos poucos.

    O primeiro conto q li foi sobre a Lolita… sorriso… fiquei um pouco incomodada, sabe aquela coisa hipócrita de achar a menina mto nova, mas no fundo sentindo maior tesão pela coisa??? Pois é, lembrei também q sempre tive uma queda, não, um TOMBO, por homens assim 15, 20 anos mais velhos (e hj isto me seria complicado, já stou com 38… rsss).

    Me arrepiou a história (é, H) das 40 raposas… caramba, aquela cena num desfile de verdade ficaria simplesmente BÁR-BA-RO!!!

    Curti a história da Cabocla Mariana, mas sei lá, me senti estranhamente triste… acho que me identifiquei no papel da Mirley… snif.

    Vc tem me surpreendido, vc vai, vai… aí qdo a gente pensa que vai seguir por uma linha, zapt, segue por uma totalmente diferente, gosto disso! Sabe, adoro ler, mas ñ ler simplesmente por ler… ler de quem tem algo a dizer, ler e captar nas entrelinhas a alma do escritor, tentar adivinhar o que sente, o que pensa, tentar captar sua essência, cogitar se tudo aquilo foi literalmente ou de alguma forma vivenciado por ele… ah, é muito show!

    Bjs, obrigada por estar trazendo um novo brilho a minha leeeenta recuperação. Depois te conto mais, à medida em que for lendo.

    Ilde

    Curtir

  2. márcia disse:

    Querido ,, de cada conto em especial estou discorrendo algumas impressões bem pessoais … ao terminar postarei … portanto , “O punhal ” fortaleceu a mulher guerreira que existe em mim !
    adorei isso : “É somente dentro dela que os ventos sopram fortes, agitando sua alma feito roupa no varal ” acasalando liberdade com a certeza de ser ,, porque tudo vale a pena se a alma não é pequena .
    E essa vontade que dá de pular as janelas !!! essa é a tônica do punhal que tocou em mim ,,, aprofundei componentes que lincaram com que estou vivendo nesse momento existencial ,,,, adorei !!! beijos líricos á você ,,,

    Curtir

  3. Isadora disse:

    Ricardo Que livro!! De uma consistência temática de admirar… As reflexões são inúmeras. A primeira é: esse livro jamais poderia ser escrito por uma mulher. Nós normalmente não nos vemos tão completamente. Também não poderia ter sido escrito sem a nossa ajuda… =D Me senti tocada nas diversas mulheres que existem dentro de mim, a cada narrativa. Estou feliz e orgulhosa pela sensibilidade do sentimento, do encantamento, da sexualidade feminina, medos, dores, cortes, ressurgimentos e poderes, revelados na incrível diversidade temática de ‘Vocês, Terráqueas’.
    Comentários especiais para:
    ‘O Íncubo’, envolvente, sensualmente real.
    ‘O presente de Mariana’, muito delicado e sensível.
    ‘A professora de literatura do meu marido’, sexy e divertido!
    ‘Por que brigamos?’, real real real… Trilha sonora perfeita, surge na mente montando as cenas com perfeição.
    ‘O Desejo da Deusa’, forte! Traz à tona as Zoés infelizes que nos habita(va)m.
    ‘A Torta de Chocolate’, delicioso! e
    ‘A mulher Selvagem’, sintetizando, ainda, alguns outros, parece ter sido escrito com muita vontade.
    Parabéns pela obra! Daqui, admiradora desde as primeiras linhas publicadas e, ainda assim, surpresa e orgulhosa!

    Curtir

  4. RITA LAURA DA CONCEIÇÃO disse:

    Olá Ricardo, precisei passar por aqui para te agradecer por esse livro. Depois que li “O irresistível charme da insanidade” quis devorar ainda mais os seus trabalhos. Sempre tive preferência declarada por livros de contos, por isso esse me chamou atenção de cara em meio a suas obras. E que achado =), me divertiu, me emocionou, me despertou a confiança que eu sempre desejei ter. Os sentimentos que me despertou foram tão bons que esse livro se tornou minha figurinha carimbada pras releituras, bebo suas palavras e elas me dão fôlego novo, me fazem muito bem. Só vim te dizer isso, acho importante que saiba que sou grata.
    Te desejo sucesso continuo, continuarei lendo mais de suas obras. Um beijo e um abraço bem grande dessa fã agradecida.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: