Aerocorpo

19out2017

AEROCORPO

.
O corpo que ao espaço se atira
É a silhueta em voo do tempo,
A matéria tornada vento
Que em seu bailado se eterniza.
É o segundo visto em suspenso
No tenso gesto de criar,
Do fecundo nada que há,
O ávido haver do movimento

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

> Mais poemas

.

LEIA NESTE BLOG

Inspiración, essa vadia (conto) – Quando a cigana Maria de la Inspiración chega no povoado, é um alvoroço geral. Das janelas, as mulheres a admiram e invejam. Nas tabernas, os homens enlouquecem. E o poeta se inspira…

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Lindo!!! Vilma de Oliveira, Fortaleza-CE – out2017

02- Bonito, adorei! Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – out2017

03- Kelmito quebra nas palavras! 👏 👏  Carlos Rogerio Vieira, Fortaleza-CE – out2017

04- Lindo! Gratidão. Valéria Rosa Pinto, Rio de Janeiro-RJ – out2017

05- Lindo poemARte!!  👏 👏 😍 Carolina de Sá, Rio de Janeiro-RJ – out2017

06- Magnífico! Priscilla Gunn, Fortaleza-CE – out2017

07- Lindo! Márcia Morozoff, Luziânia-GO – out2017

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: