A bailarina da fé

27jun2008

Se as palavras servem, infelizmente, para deixar impunes os criminosos, servem também para manter acesa a fé das pessoas num mundo melhor

ABailarinaDaFe-02

A BAILARINA DA FÉ

.
Conheci Renata em 1992, quando ela passava férias em Fortaleza. Fiquei encantado com aquela sagitariana bonita, graciosa e de gênio forte, e logo estávamos namorando. Ela era uma pessoa alegre e reluzente, mas havia algo mais nela que me maravilhava: a firmeza de sua fé. Fé em seus ideais, em sua arte, em seguir seu caminho verdadeiro. Uma fé inabalável na vida.

Renata seguiu seu caminho com muita coragem. Ainda adolescente, pegou suas sapatilhas e se mandou, deixando sua terra e sua família, foi sozinha para o Rio de Janeiro viver sua arte bailarina. Era muito nova mas já parecia intuir que, por mais difícil que seja o caminho, mais difícil será sempre a frustração de não haver tentado.

Ela tentou. Morava num quarto e sala pequenino no Catete, dividindo dificuldades, alegrias e esperanças com outra amiga bailarina, enquanto seguia seu aprendizado na academia de dança, sonhando com os palcos e a carreira de atriz. Durante meses nosso namoro se segurou entre cartas, telefonemas e as idas e vindas entre as duas cidades. Durante esse tempo tive o privilégio de conviver com seus sonhos e aprendi bastante com a força de sua fé.

Uma noite, quando já havíamos terminado o namoro e vivíamos aquele clima de volta não volta, ela me ligou chamando para irmos nos divertir na Praia de Iracema. Renata curtia novamente suas férias em Fortaleza, com toda aquela energia de uma garota de 20 anos. Mas era uma segunda-feira, eu tinha muito trabalho no dia seguinte, e respondi que não podia, mas que no outro dia nos veríamos.

Não houve outro dia. De manhã cedo acordei com a notícia de que Renata estava morta, fora assassinada por causa de uma discussão de trânsito. Morta com um tiro no rosto, disparado por um desses dementes que andam armados por aí e que acham que podem resolver tudo na bala.

Já se foram muitos anos. Até hoje sou tentado a me sentir culpado por não ter aceito seu convite aquela noite. Para nós, a família e os amigos de Renata Maria Braga de Carvalho, sua ausência é uma sensação diária de estar amputado. Uma dor sem qualquer remédio possível, como se faltasse uma parte da alma. Mataram Renata e nos condenaram à pena perpétua dessa dor.

O assassino, porém, continua solto e faceiro por aí. Sua família, de Brasília, soube educá-lo com dinheiro, carro importado e um revólver, muito útil para discussões no trânsito. Como ele, há muitos outros Wladimir Lopes Magalhães Porto aí pelas ruas, todos clientes da impunidade, essa senhora discreta e eficiente, que tão bem serve aos que lhe fazem as honras no escurinho dos escritórios e gabinetes.

De todas as violências, a impunidade é a maior. Se queremos uma sociedade mais justa e mais pacífica, não podemos ser complacentes com essa senhora. É preciso não se conformar, protestar, denunciar, chamar a imprensa, o bispo, a corte internacional! Mas às vezes, eu admito, dá um desânimo danado, parece que estamos nadando, nadando e não saímos do lugar. E a impunidade ali, zombando dos nossos esforços…

Nesses momentos, então, eu lembro da família de Renata e de todas as outras famílias vítimas da violência e da impunidade, todas elas lutando por justiça. E aí não posso desanimar, tenho que fazer a minha parte, uma pequena parte, é verdade, afinal sou apenas um escritor. Mas se as palavras servem, infelizmente, para deixar impunes os criminosos, servem também para manter acesa a fé das pessoas num mundo melhor. A mesma fé que Renata tinha na vida.
.

Ricardo Kelmer 2008 – blogdokelmer.com

.

.

RK199301RenataMWoodstock01d

.

RenataBraga-10

.

RenataMBCImpunidade-01.

.

SAIBA MAIS SOBRE O CASO

RenataBragaDeCarvalho-2O vestido decotado de impunidade Vê este corpinho, rapaz? Ainda está conservado porque são vocês que o solicitam e tratam de cuidá-lo toda vez que lhes é vantajoso

Acusado do crime é absolvido – Diário do Nordeste, 21.06.08

Acusado de matar bailarina será levado a júri popular pela terceira vez – Site do TJCE, 28.05.15

Acusado de matar bailarina é condenado a 12,5 anos de prisão – Diário do Nordeste, 01.06.15

Acusado de matar bailarina Renata Braga tem prisão decretada após 23 anos – Diário do Nordeste, 02.08.16

Caso bailarina: Justiça decreta prisão de Wladmir – O Povo, 03.08.16

Mãe de bailarina desiste de lutar após acusado de matar a filha ser solto pela Justiça – Tribuna do Ceará, 05.05.17

Caso Renata Braga vai à OEA – O Povo, Blog do Eliomar, 27.09.17

Postagem no Facebook

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- caramba, 20 anos já. que loucura. saudade da renata. Moacir Bedê, Fortaleza-CE – dez2013

02- SAUDADES …. Marcus França, Fortaleza-CE – dez2013

03- LIndo registro Ricardo..Parabéns.. Claudia Bahia, Fortaleza-CE – dez2013

04- Um dia a conta chegará para ele Ricardo Kelmer, um dia o “Analista” cobra…bjs. Tatiane Sá, Fortaleza-CE – dez2013

05- Tocada. Nayanna Freitas, Fortaleza-CE – dez2013

06- Noooossa, que texto forte e lindo Ricardo Kelmer! Eu como Renata, sagitariana e também bailarina, me senti até homenageada com o carinho e a atenção que vc descreve a Renata do texto, por sua graça, seu gênio forte, sua fé, sua alegria e esse jeito liberto. É até difícil imaginar como alguém que aparenta ter tanta vida, não mais viver entre nós.  É mesmo muito triste essa impunidade que há no nosso país. Quanto desamor, desumanidade e injustiça. Que possamos cultivar mais o amor, a paz e o respeito com o próximo e sermos mais educados, só assim o mundo será melhor. Que essa saudade que vc, a família e os amigos da Renata sentem, dê lugar a alegria contagiante que ela passo através desse sorriso lindo e escancarado. Tenham fé, a Bailarina dança feliz em uma dimensão tão bela quanto ela. Renata Kelly, Fortaleza-CE – dez2013

07- Areepiou até, seu Kelmo. Muito e muito foda. Marcelo Gavini, São Paulo-SP – dez2013

08- Caramba tempo voa.Coisas do Brasil que não muda a lei nunca.o bandido sempre tem razão e até “bolsa” pra família. Mimi Rocha, Fortaleza-CE – dez2013

09- Texto irretocável meu amigo. Quero te reencontrar prá jogar umas conversas fora qualquer hora. Abraço. Evandro Mário Coelho, Fortaleza-CE – dez2013

10- Caramba que triste, isso nos faz pensar em “nunca deixe para amanhã o que vc pode fazer hoje” … Vamos lutar meu povo por futuro melhor, enquanto houver vida haverá esperança! Eliene Oliveira, Fortaleza-CE – dez2013

11- O brilho de Renata me visitou aqui, a beleza da história, cheia de lições, é de arrepiar, uma pena vivermos no reino da Impunidade. João Dumont, Juazeiro do Norte-CE – dez2013

12- São tantas Renatas! Mas, vamos seguindo com fé na vida. Belíssimo texto Cadim….bjos. Karina Mozart, Fortaleza-CE – dez2013

13- Muito bom, Ricardo. Quase todo dia me pergunto se esse país mudará algum dia. Ricardo Pontes, Fortaleza-CE – dez2013

14- Encontrei com a Renata na praia, na sábado ou no domingo anterior a essa segunda. Conversamos muito, linda demais, positiva, alegre. Até hoje não dá pra acreditar. Ricardo Campos, Fortaleza-CE – dez2013

15- Ninguém esquece deste trágico acontecimento…mto chocante. Luiz Eugenio Oliveira, Fortaleza-CE – dez2013

16- Oportuno e tocante texto em tempos ainda d tanta impunidade em nosso país. Compartilho sua dor, kelmérico escritor! , Márcia Matos, Fortaleza-CE – dez2013

17- “Nos codenaram à pena perpétua dessa dor” Olhos marejados aqui… Michelle Costa, Camocim-CE – dez2013

18- Esse sujeito, ele vai encontrar o que lhe cabe. Corno manso… Simão Salomão, São Paulo-SP – dez2013

19- Saudades !! A Renata foi minha aluna de sapateado, me lembro como se fosse hoje. Ana Clara Catrib, Fortaleza-CE – dez2013

20- Feliz de rever Renata, mesmo que em foto! Há 20 anos não tínhamos as facilidades tecnológicas de hoje e as poucas fotos reveladas que tinha dela se perderam pelo caminho… Sempre me identifiquei com ela: sagitariana, alegre, geniosa, com sede de liberdade… E meus sonhos também me levaram ao Rio de Janeiro onde moro desde 2005. Coincidentemente, em Laranjeiras, próximo ao Catete. Trabalho no centro da cidade e sempre que passo em frente ao Teatro Municipal me lembro dela… O tempo passa e a dor vai sendo sublimada. Ainda vemos sua alegria e seu sorriso nos sorrisos e alegrias dos irmãos e da tia Oneide, os quais tenho a honra de ter entre meus amigos de face; e particularmente na linda menina do Paulo Henrique Carvalho, que tanto lembra a Renatinha. Mas sempre fica a sensação de como a vida seria mais fácil e mais gostosa se Renata ainda continuasse entre nós. Para mim, particularmente, seria fantástico poder contar com essa amiga querida na cidade em que escolhesmos para morar… Enfim, não podemos mudar o que está feito e só nos resta agradecer à vida pelos 20 anos de sua presença nesse mundo. Mas, confesso que meu coração ficaria um pouco mais calmo se pudesse ver o responsável por sua ausência pagar por toda a dor que causou e por todos os ” e se” de que ficamos órfãos. Marta Lima, Rio de Janeiro – dez2013

21- Uau! Que texto… Que história!!!! Me emocionei! Lilian Argenta, São Paulo-SP – dez2013

22- Belas estórias de amor merecem grandes homenagens. Viva Renata! Helga Lima Carlos, Rio de Janeiro-RJ – dez2013

23- Belas palavras para descrever um fato horrível, muito triste tudo isso. Káryta Lima Schajris, Floriano-PI – dez2013

24- Show. Abner Rios de Alencar, Fortaleza-CE – dez2013

25- Esta em cada um o combate á resignação….o não nos deixarmos corromper e lutar por uma sociedade mais justa…em nome das Renatas todas do Brasil e do Mundo….E nunca esquecer! Lutar sempre ! Renata para sempre ! Oscar Manuel Varandas Correia, Belo Horizonte-MG – dez2013

26- Na época do ocorrido, fiquei extremamente comovido com a situação absurda que foi este episódio! Não a conhecia, mas a revolta ao saber do wue aconteceu, mexeu como se a conhecesse!!! Triste, mesmo!!! Nunca soube que a bailarina, foi sua namorada caro Ricardo Kelmer! De qualquer forma, compactuo com seu sentimento de dor “perpétuo”, acreditando que não só a ferramenta das suas palavras, como de suas, ou nossas atidudes positivas, possam contribuir para um mundo mais tranquilo, mais sereno! Creio que onde quer que a estrela Renata esteja, certamente está com você, com sua luz de fé, com sua luz de arte, Grande abraço pra você! Napoleão Caldas, Fortaleza-CE – dez2013

27- Um texto que traz uma mensagem não só sobre a verdade da impunidade existente nesse país… Traz a verdade sobre a vida em seus vários aspectos, e o mais importante de todos, não deixe para amanhã, não prolongue… curta o hoje, sinta, ame, viva cada dia, antes que seja tarde. Todos estamos aqui de passagem, façamos dessa passagem um reflexo de luz e amor. Robervânia Feitosa, Campina Grande-PB – dez2013

28- Rena morremos de saudade!!! Mônica Carvalhedo, Fortaleza-CE – dez2013

29- Olhos marejados. Daquelas coisas que não podem ser esquecidas. Márcio Roger Braga, Fortaleza-CE – dez2013

30- Lindo texto e triste história. Jeane Sousa Tupperware Acácias, João Pessoa-PB – dez2013

31- Nossa Ricardo, vinte anos, que tristeza. Eva Dantas, Londres-Inglaterra – dez2013

32- Tenho nos meus arquivos uma foto da Renata ainda criança em um dos desfiles do Colégio Cearense. Vale recordar… Luciano Dídimo, Fortaleza-CE – dez2013

33- Palavras do Ricardo! Show! Reny DielFortaleza-CE – dez2013

34- nem conhecia ela, mas lembro demais desse fato. Felipe Maia, São Paulo-SP – dez2013

35- poxa vida… Marisa Vieira, Rio de Janeiro-RJ – dez2013

36- Foi atrás do meu predio. Também lembro bem, o moleque que atirou era um sociopata…um desequilibrado mental. Com esse crime e mais outros é que hj em dia para portar uma arma é nescessário testes psicotecnicos que observam qualquer desvio psicopatico por parte do mesmo. Abner Rios de AlencarFortaleza-CE – dez2013

37- Nossa Ricardo Kelmer, não sabia dessa história. Fiquei arrepiada! Lindo! Silvana FujitaFortaleza-CE – dez2013

38- Cara, lembro muito bem disso! Mas lembre-se: a alma é eterna… Sergio NogueiraFortaleza-CE – dez2013

39- Lindas suas palavras Ricardo Kelmer,expressam muito bem seus sentimentos pela linda Renata… Eliane Campos, Salto-SP – dez2013

40- Lembro até hoje desse acontecimento, muito triste. Lembro também os esforço da elite para tirar o psicopata da cadeia. Adriano AbreuFortaleza-CE – dez2013

41- Lembro bem dos jornais e televisão noticiarem e eh uma pena hoje estarmos falando ainda de impunidade.Seria ideal uma punição,mas penso que com a cidade absurdamente violenta como estamos hoje,na realidade nao me percebia o quanto estava violenta na época desse assassinato cruel,quero pedir um favor?meditemos sobre nossa própria colaboração com a violência,eh uma forma de validar a experiência dessa jovem que hoje poderia estar brilhando nos palcos da vida,mas que teve o merecimento de brilhar em memória e emoção!desculpa o desabafo ,me sinto tocado quando vejo uma pessoa da minha geração sendo tao vilipendiada ,eh de nossa responsabilidade nao gerar tamanha violência,e constantemente implantar uma cultura de paz! Geraldo MesquitaFortaleza-CE – dez2013

42- Coração de estudante / Há que se cuidar da vida / Há que se cuidar do mundo / Tomar conta da amizade / Alegria e muito sonho / Espalhados no caminho / Verdes, planta e sentimento / Folhas, coração, juventude e fé”. Com essa música me despedi da linda Renata, foi a última vez que enchi meus olhos com seu bailado, era impressionante! Sua luz ainda maior! Tanto que não coube nessa dimensão! Acreditar na paz é fácil, difícil é acreditar nos homens! Enéas Oliveira LousadaFortaleza-CE – dez2013

43- Ô Renatinha, minha linda, como é bom ver esse seu sorriso lindo de novo. Lucy Anna Westad, Oslo-Noruega – dez2013

44- Kelmer, quero ler cada comentário! Conheci a Renata qdo morei em Fortaleza (1991) e ela era um doce, uma menina especial mesmo! Ela adorava pegar emprestada uma camisa da Ellus branca cheia de mini caveirinhas pretas, que eu tinha…as caveirinhas mais pareciam mini rosas. Há anos que quero reencontrar alguém da família, o Paulo (irmão)..ou a mãe (uma mulher sem igual!). estão por aqui entre seus amigos? aahhh não acredito, estão todos aqui,o Paulinho…a Oneide! (a Renata contida neles)..vou já deixar recado, obrigada Kelmer! (o texto nem precisa dizer que comove, e que homenagem merecida!). Elenice Gago Affonso, São Paulo-SP – dez2013

45- Conheci e convivi com ela desde de muito pequena pois era muito amigo de seus irmãos Paulo Henrique e jorginho, vendo este poste me veio toda as lembranças de muitos feriados e férias passados juntos em sua casa no morro branco. saudades!!! Dudu FreireFortaleza-CE – dez2013

46- “De todas as violências a impunidade é a maior” vai ficar pra sempre em minha mente, abraços. Cibele Baptista, Barretos-SP – dez2012

47- 😦 Dalu MenezesFortaleza-CE – dez2013

48- Exatamente um ano antes, na mesma data, 28.12.92, morreu tb uma jovem bailarina, modelo e atriz, Daniela Perez, que comoveu o Brasil inteiro.. Uma vida que foi também tirada cruelmente.. Que a justiça seja feita, em todos os casos!! Josy Jovi, Pau dos Ferros-RN – dez2013

49- Parece que ainda estou vendo a Renata correndo pelos corredores do colégio cearense. Foi uma grande tragédia para sua familia. Carla Acioly LinharesFortaleza-CE – dez2013

50- “não houve outro dia” 😦 Alana GabrielaFortaleza-CE – dez2013

51- Retrato comovente, Ricardo Kelmer… Infelizmente, e tristemente, a literatura nos abraça com seus registros que, imagino, jamais são esquecidos. Caloroso abraço, meu escritor favorito. Teo Lorent, São Paulo-SP – dez2013

52- Tinhamos encontrado com ela horas antes desse fatidico episódio! Custamos a acreditar…. Rochele BezerraFortaleza-CE – dez2013

53- Lembrei agora do som da risada dela… Mirella ForteFortaleza-CE – dez2013

54- Quanto cabelo! srsss. André Marinho Marinho, Fortaleza-CE – dez2013

55- Q triste, Ricardo. Tb perdi meu irmao, vitima da brutalidade do transito de Brasília, em 2007…E o responsável, ou melhor dizendo, o irresponsável, ainda está impune…E a gente q tem q aprender a viver e conviver com a dor da perda, como vc tao bem expressou no seu texto…Uma linda homenagem… Luciana Brasileiro de Holanda, Campina Grande-PB – dez2013

56- Que saudade Da Renatinha !! poxa, Ainda sonho reencontrando ela, varias vezes!! Nos meus sonhos eu descubro que ela está viva, e que tudo não passou de um grande engano… Não tive a oportunidade de me despedir tbm… Crime imperdoável! Tão cheia de vida…. Que a continuação de sua vida na eternidade esteja sendo uma eterna primavera e que Deus conceda a graça dela poder reencontrar todos a quem tanto ama na paz eterna! Amem. Beijo no seu coração amiga. Ore por nós todos. Nunca te esqueceremos! Fernanda PhilomenoFortaleza-CE – dez2013

57- Lembro muito dela e de sua alegria contagiante!!! Muita pena de tudo isso, ela dancava como ninguem!! Saudades. Cinthia Braga PerdigaoFortaleza-CE – dez2013

58- Amigo… jamais se culpe !! Nossos destino estão traçados.. Leila Borges, Curitiba-PR – dez2013

59- me lembro tanto dessa notícia …só a conhecia de vista mas a achava linda e cheia de vida …Se a justiça dos homens falha, com certeza esse monstro assassino não escapará da justiça divina…aqui se faz aqui se paga …e depois arderá no quinto dos infernos… Jeanine Lima Caminha, Fortaleza-CE – dez2013

60- Isso não vai acabar nunca. Não temos leis eficientes, justiça rigorosa e nem políticos capazes de mudar isso. Infelizmente. Francisco Braz, Eusébio-CE – dez2013

61- “não houve outro dia”. Alana Gabriela, esta frase foi a que mais me marcou ao ler o texto.Serve como reflexão. Silvana Alves, Fortaleza-CE – dez2013

62- Acusado do crime é absolvido. http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=548278. Monica Bürkle, Recife-PE – dez2013

63- Nossa Ricardo Kelmer….Uma narrativa trágica, mas com muita beleza de sentimentos bons! Palavras de uma tragédia que acompanhei na mídia, pois não a conhecia pessoalmente.que me emocionaram muito. Parabéns por transmitir a saudade com ternura e amor. Os “anormais” sabem sentir o amor fraterno intensamente…! Viva a nova vida de Renata !!!!!!!!!!! Angela Marques Gadelha, Fortaleza-CE – dez2013

64- Ricardo não sei te vais lembrar, nas passado um tempo (depois do ocorrido) a gente chegou a reunir-se em casa dos pais da Reanta,com o Jorge, o Paulo Henrique, os pais, a Cris (tb faleicda), Eveline, Dea Girão, tu tb… e literalmente passamos a noite ao som de violão e muita cantoria… as boas memórias ficam guardadas e não há tempo que possa apagá-las! Linda homenagem! Andrea Coelho, Lisboa-Portugal – dez2013

65- Que triste e trágico fim para essa moça tão linda… A culpa não foi sua Ricardo Kelmer, por não ter ido ao seu encontro. São fatalidades da vida… Por isso devemos amar ao próximo e respeitá-los. Cultvar cada dia com amor, pois nunca temos a certeza do que nos espera. E o que levarems daqui são as boas lembranças. Clara Haugland, Fortaleza-CE – dez2013

66- Que triste meu amigo….mas mui bela sua homenagem! Thais Guida, Rio das Ostras-RJ – dez2013

67- Não se sinta culpado… cada um de nós tem um caminho…. de alguma forma ela fez o dela… fica bem. Juliana Schure, São Paulo-SP – dez2013

68- Belíssima homenagem! Keyla Bachur, Goiânia-GO – dez2013

69- tocante, Ricardo Kelmer. Tetê Macambira, Fortaleza-CE – dez2013

70- Muito triste mesmo, 20 anos e parece que foi ontem! Garota Linda, gente boa com uma família maravilhosa. Muito comovente mesmo! O covarde que fez isso estava de férias com sua turma em fortaleza, presenciei uma confusão com eles dias antes no Clube do Vaqueiro. Quando vi a foto daquele gordo infeliz nos jornais não acreditei. James Dantas, Fortaleza-CE – dez2013

71- Não é mais um caso a se pensar, e sim agir!!! e como? Flavio Rangel, Fortaleza-CE – dez2013

72- No país da Impunidade, é quase a regra o que ocorreu … Carlos Sérgio Mota Silva, Fortaleza-CE – dez2013

73- Me lembro como se fosse hoje, o dia que recebi a notícia da morte da Renata.. muito chocante!! Denilson Lopes, Fortaleza-CE – dez2013

74- Vi praticamente a Renata nascer, era muito amigo de seus irmãos e passava muitos finais de semana em sua casa, conheci ela ainda muito pequena, e estas postagens me fizeram lembrar de uma época de infância quando tudo era sonho até crescermos e a vida nos pregar umas peças como esta. saudades!!! Dudu Freire, Fortaleza-CE – dez2013

75- Nossa cara que história triste! Jackson Wendell, Fortaleza-CE – dez2013

76- Belas palavras para descrever um fato tão triste…recomendo a leitura,toca o coração… Thais Guida, Rio das Ostras-RJ – dez2013

77- É tudo muito triste! Michelle Firmeza, Fortaleza-CE – dez2013

78- Com certeza muito triste….. Richard Siwaletti, Fortaleza-CE, dez2013

79- Passamos o reveillon juntos em Guaramiranga, lembra Ricardo Kelmer? Ela era realmente uma pessoa muito especial #luto. Beatriz Villar, Fortaleza-CE – dez2013

80- Arnêmia Boyadjian, ela era neta de um vizinho nosso da Gentilândia, sr, Clodomir. José Augusto Moita, Fortaleza-CE – dez2013

81- Eu conheci a mãe da Renata, pouco depois da sua morte! Nunca me esqueci dela e da sua dor! E do CD da Marisa Monte que tocava na casa de praia onde estávamos, com a letra “eu tenho a minha dor…” Muito triste esta história! Que Deus abençoe a sua família! Anna Mendonça, Fortaleza-CE – dez2013

82- Compartilho esse emocionante texto do amigo Ricardo Kelmer, que deveria ser bem lido pelo tal Wladimir Lopes Magalhães Porto, onde quer que esteja. Impunidade é coisa antiga e sempre atualizada. Raymundo Netto, Fortaleza-CE – dez2013

83- ME LEMBRO DESTE TRISTE ACONTECIMENTO…RENATA ERA FILHA DE UM COLEGA DO BNB. HOJE APOSENTADO. Fatima Carvalho, Fortaleza-CE – dez2013

84- Quanta dor expressa nesse texto, chega a doer em mim também. Maria Fátima Freitas Corrêa, Fortaleza-CE – dez2013

85- Só quem sabe é o dono da dor !!! Raquel Duarte Taveira, Fortaleza-CE – dez2013

86- Lembro muito desse acontecimento, realmente muito triste. Silvana Santiago, Fortaleza-CE – dez2013

87- Não fique triste,ela apenas vive em outro plano,quem sabe mais livre e mais feliz.Parabéns pra vc e beijos pelo seu sentimento tão vivo no seu coração. Janilda Oliveira, Fortaleza-CE – dez2013

88- Comovente…! Sonia Regina Parmigiano, São Paulo-SP – dez2013

89- aii, por deus! espero nunca passar por isso! Binha Oliveira, Fortaleza-CE – dez2013

90- Chorei. Ela bailava lindo quando crianca, depois a encontrei – cheia de vida, cheia de planos – na praia, ela estava de ferias aqui em Fortaleza. Dias depois soube dessa tragedia, uma lastima saber que o assassino vive impune. Luciana Melo, Fortaleza-CE – dez2013

91- A melhor justiça éa de Deus! Confia somente! Ligiane Sousa, Fortaleza-CE – dez2013

92- sinto muito. Danielle Alves, Fortaleza-CE – dez2013

93- Conheci a filha, depois a mãe. Duas mulheres encantadoras. Toda a minha solidariedade de sempre. Alberto Perdigão, Fortaleza-CE – dez2013

94- Meu querido! liberte-se da culpa de não tê-la encontrado! de não ter aceitado o convite! LIberte-se da culpa, liberte-se da Mágoa! liberte-se dos sentimentos negativos para que essa energia seja realmente transmutada e a verdadeira justiça se manifestará!Liberte-se do desejo da sua justiça, pois esta está cheia de um fardo negativo e pesado.Perdoe-se , liberte-se, entregue ao Universo que tem a sabedoria da correção e resolução justa, bondosa, verdadeira! Paz e luz no seu coração! Anosha Prema, Campinas-SP – dez2013

95- Emocionante! Nonalissia Costa, Curitiba-PR – dez2013

96- Lindo texto. E a Renatinha continua a brilhar, sempre, sempre. Kelmer compreendo o que sentes, queremos achar que temos esse poder do e se… Hoje entendo que não temos, o que temos é nosso presente e nossas atitudes que nos direciona. Fica em paz. bjs. Georgiana Portela, Fortaleza-CE – dez2013

97- Ahhhh Renatinha !!! Lembro muito … Em varias situações … Especialmente na minha festa de 15 anos, toda de azul se acabando de dançar !!!! Tenho inclusive a fita (agora transformada em DVD) …. Nessa mesma 2ª feira, havia encontrado com ela na praia e o mesmo convite fora feito a mim para ir ao Pirata … Mas como minha avó estava tb de ferias aqui e naquela noite passaria pela 1ª vez na TV o filme Ghost, declinei do convite, pois meu compromisso logo mais seria com a minha avó diante da telinha … Que aperto no , quando me recordo da minha mãe me acordando e me contando a tragédia … Muito amor tenho por toda a família (família amada desde sempre), tia Oneide Braga, meu amigo de fé Paulo Henrique Carvalho, Jorginho … Sinto muitíssimo e rogo a Deus pela Renata e por todos … Pelo perdão que salva e liberta a todos !!!! Viva a Renatinha e sua luz … Verdade Ricardo Ricardo Kelmer, a Renata é resplandecente. Isabella Cantal, Fortaleza-CE – dez2013

98- Uma história de uma estupidez absurda e um resultado na justiça decepcionante e ilustrativo de como funciona o Judiciário no Brasil. Marcelino Pequeno, Fortaleza-CE – dez2013

99- Linda, forte e de uma familia muito legal, sua mãe que eu conheci e tive prazer de conhecer , uma pessoa do bem, mas a JUSTIÇA do Brasil é esta mesmo, enquanto não mudarmos isto, ficaremos sempre a refem destes Bandidos. Franze Santos, Brasília-DF – dez2013

100- Ricardo, o mundo precisa de pessoas como você, capazes de mostrar seus sentimentos. É preciso realmente ter força pra não deixar que a mesma bala que ceifou os sonhos dessa jovem, assassine a nossa esperança de justiça. Um abraço. Luiz Carlos Menezes, Fortaleza-CE – dez2013

101- “De todas as violências, a impunidade é a maior.” Triste. Carmem Mouzo, Rio de Janeiro-RJ – dez2013

102- Ricardo, a certeza de um até breve , ameniza, traz um conforto maior!! Ela cumpriu lindamente a sua missão …. Injusto?para nós que somos egoístas e não gostamos de sofrer … Aliás , quem gosta? Mas tudo tem seu propósito …. Só Deus , nós da e nos retira … Com certeza mais deslumbrante ela está! Livre, com suas sapatilhas …. Delicadeza! Completa! Feliz ano novo !! Muita paz, saúde …. Tudo que você desejar !! Beijao. Ana Kariny Gomes Rosa, Fortaleza-CE – dez2013

103- Meu pesar, história triste…Linda meu caro poeta. Jose Leite Netto, Fortaleza-CE – dez2013

104- Lindo, triste e comovente, Ricardo Kelmer. Que 2014 nos ajude a construir um mundo melhor! Beijão. Cristina Balieiro, São Paulo-SP – dez2013

105- Linda história, lindo sentimento. Apesar da tristeza e dor existente na história, sentimos o sentimento maior de todos nessa narrativa. Saiba que não deves se sentir culpado, pois Deus tem planos para cada um de nós que fogem infelizmente ao nosso controle. Renata está em um lugar iluminado e orando por você. Feliz 2014, muita paz, luz, fé… Att, Emiliane Teixeira, Cajazeiras-PB – dez2013

106- Pra mim essa foi a sua postagem mais linda!… Um brinde à Renata, sim! Dri Flores, São Paulo-SP – dez2014

107- Emocionante Ricardo Kelmer! Grande abraço! Sidneia Fonseca, São Paulo-SP – dez2014

108- Brindemos! Amaury Candido Bezerra, Fortaleza-CE – dez2014

109- O tempo passa mas as lembranças ficam Andrea Coelho, Lisboa-Portugal – dez2014

110- merda!! nunca me esquecerei da Renata, neste dia em que estacamos organizadas de se encontrar na noite de foral…nos vinhamos e voltavamso sempre juntas de aviao, dancavamso todos os dias juntas, gargalhávamos demais….q merda!!!! q saudade doida…A renata era alegre!! como era bom estar direto c ela!! me lembro de tudo tudo….de como ela dancava, das conversas e ppalm das rizadas…era toa bom aquele tempo meu deus!! Juliana Lyra, Brighton-Nova Zelândia – dez2014

111- Ricardo eu a conheci e lamento que esse tipo de tragédia ainda aconteça no trânsito de nosso país! Rosa Verônica Barbosa Pinheiro, Fortaleza-CE – dez2014

112- Na memória um sorriso marcante ! Valeria Cavalcante, Fortaleza-CE – dez2014

113- Lindo texto Kelmer, linda homenagem! Jefferson Souza, Fortaleza-CE – dez2014

114- Parece que foi ontem né? Evandro Mário Coelho, Fortaleza-CE – dez2014

115- Estava Pensando no exato momento que congelei com a notícia e parece que foi ontem ! Valeria Cavalcante, Fortaleza-CE – dez2014

116- O caso da Renata chocou e indignou a todos os fortalezenses, Kelmer. Surpreso por saber que você teve um relacionamento afetivo com ela. Brennand De Sousa Bandeira, Fortaleza-CE – dez2014

117- Triste porém lindo, seu depoimento. Tetê Bastos, Fortaleza-CE – dez2014

118- Triste, muito triste. E você tem toda razão. A impunidade é a mãe de tudo isso. No nível Pessoal e em relação à Humanidade mesmo. Tenho certeza absoluta que muitas vidas seriam poupadas se não fosse essa descarada Impunidade. Perdão por abusar, mas vou colar aqui um texto que fiz exatamente sobre isso. Repito, perdão por abusar e postar um texto relativamente longo, mas tem muita relação com a tragédia de que sua namorada, você e as famílias foram vítimas. ´Lá vai:
Crimes Impunes. Até Quando???
Em setembro de 1988, o iatista Lars Grael teve sua perna decepada por lancha que invadiu, em alta velocidade, área demarcada para regata, em Vitória, Espírito Santo. Segundo entendidos em vela e náutica, trata-se de irresponsabilidade tão grande como a de um motorista que invadisse calçadão, igualmente em alta velociadade. Laudos revelaram que o condutor da lancha estaria acoolizado.
Cerca de um mês depois, Pinochet é preso na Inglaterra pelos crimes cometidos durante a Ditadura no Chile.
O Brasil e a Humanidade perderam oportunidades raras e emblemáticas para que todos nós do planeta tivéssemos vida mais segura.
Tanto o condutor da lancha quanto Pinochet deveriam ter sido julgados com todo o rigor da lei, bem como sem qualquer cerceamento das duas defesas. Chegados aos veredictos e determinadas as penas de prisão, essa prisões deveriam ter sido cumpridas até o último minuto.
O argumento que se ouvia na época da prisão é que Pinochet já era idoso, tinha, salvo engano, 83 anos. Simples, muito simples. Se pegasse 20 anos de prisão, aos 103 estaria em liberdade. Se não vivesse mais 20 anos, naturalmente, morreria na cadeia. Simples assim, como dizem os jovens.
Ditadores do mundo inteiro e todos os irresponsáveis pensariam várias vezes antes de cometer atrocidades ou mesmo desatinos que possam causar vítimas.
Não se trata de crueldade minha, muito pelo contrário.
Agora, temos a morte de 236 jovens em incêndio na boate do Rio Grande do Sul. Ao que parece, houve uma série de irresponsabilidades que culminaram na tragédia.
Se o causador do desastre de Grael tivesse cumprido pena justa, isso não teria funcionado como um alerta para todos os envolvidos no incêndio do Rio Grande???
Os responsáveis pela tragédia de turno devem ter julgamento justo e cumprirem as penas a que forem condenados. Caso contrário, essas histórias não vão ter fim e ainda iremos chorar infinidades de vidas perdidas em conseqüência de irresponsabilidades impunes.—————————————————— Como disse, não quis abusar, apenas alertar. Solidário Abraço em Você e em todos que sofreram com essa violência. Paulinho das Frases, São Paulo-SP – dez2014

119- Me lembro demais do nosso reveillon em Guaramiranga, ela tava lá e deixou muita saudade… Beatriz Villar, Fortaleza-CE – dez2014

120- Lembro dessa tragédia e ainda tenho esperança que esse assassino vai , de alguma forma, pagar a dor que causou a todos . A cidade ficou atônita, eu não acreditava naquela brutalidade. Não a conheci, mas tb chorei! Clara Pinho, Fortaleza-CE – dez2014

121- Brasil é uma terra sem lei! A lei somos nós que fazemos e para mim a vingança é um prato que se come frio! Ma Lima, Fortaleza-CE – dez2014

122- Nossa,história triste demais…as vezes dá nojo pertencer a essa raça, essa vida foi interrompida aqui na terra, porém ela esta sempre presente nos corações, nas lembranças e até mesmo no momento em que todo esse texto foi escrito. A morte é só uma libertação para os que vai, mas aprisiona os que aqui ficam, na lembrança e principalmente no inconformismo dessa perda! Obrigada por compartilhar esta história e fiquei muito feliz em conhecer a Renata , com suas palavras consigo sentir o que ela foi, e o que ela é para aqueles que a amam! Eternamente a bailarina da Fé! Kroll Ribeiro, Araraquara-SP – dez2014

123- Da até para escrever um livro de romance… Ery Sampaio, Fortaleza-CE – dez2014

124- OBRIGADA MEU LINDO, PELA HOMENAGEM! EU E RENATA TÍNHAMOS UMA NECESSIDADE DE FICARMOS PERTINHO UMA DA OUTRA! TENHO ABSOLUTA CERTEZA QUE FOI O SER HUMANO QUE MAIS ME AMOU NESTA VIDA !
“PORÉM UM ANO NOVO VAI SURGINDO
VEM ABRINDO OS LENÇÓIS DE UM NOVO DIA NÃO ME FALTE O SANGUE NA POESIA
PRA BERRAR A DOR QUE ESTOU SENTINDO
QUE A TRISTEZA SE VA COM O ANO FINDO
E A ESPERANÇA VENHA COM O QUE SE ARREBATA
QUE A JUSTIÇA, MÃE INGRATA
SEJA PLENA E NÃO INÁBIL
FAZ VINTE E UM ANO
QUE UM TIRO IRRESPONSÁVEL
NOS PRIVOU DA PRESENÇA DE RENATA! “
(MARIO MESQUITA)
BJOOOS QUERIDO “KELMO”,era assim que ela lhe chamava. Oneide Braga, Fortaleza-CE – dez2014

125- Paulo Henrique Carvalho lembra das nossas viagems?!!! Juliana Lyra, Brighton-Nova Zelândia – dez2014

126- Através do texto passou um filme na minha cabeça… Lembrei-me da história nos noticiários e de vc amigo do Curso de Letras Ricardo Kelmer! A impunidade é cruel… Sofia Lima, Fortaleza-CE – dez2014

127- renata jamais será esquecida! pois anjos lindo assim continuam sempre pertinho da gente… creio na justiça do deus. Veronica Braga, Fortaleza-CE – dez2014

128- ONEIDE A SAUDADE NUNCA PASSA, A FALTA É ENORME , SÓ AUMENTA DIA A DIA NÉ AMIGA ?? FELIZ ANO NOVO PRA VC E SUA FAMILIA !! BJ Rita Austregesilo, Fortaleza-CE – dez2014

129- Infelizmente os culpados continuam soltos, e nós continuamos presos em nosso medo. Triste! Lu Maia Lu, Fortaleza-CE – dez2014

130- vc gosta de uma sagitariana ein…. Priscila Marques, São Paulo-SP – dez2014

131- Lindo… Caroline Correia Maia, Fortaleza-CE – dez2014

132- Saudades sim , tristeza não. Vilma Galvão, Fortaleza-CE – jan2015

133- O amor é eterno … Leonor Oliveira Moreira, Fortaleza-CE – jan2015

134- Lindo texto meu primo! Luciana Galvão, Rio de Janeiro-RJ – jan2015

135- Inaceitavel!… Isabela Alcântara, Fortaleza-CE – mai2015

136- Sempre me emociono com esse texto “A bailarina da fé”! Renata essa minha xará, tinha além do nome um tantão de mim (bailarina, energética, de sonhos doces e fé na vida), que é pra mim doloroso saber que se foi tão cedo pelas as mãos de um covarde. Que dessa vez a justiça seja feita, para que esse criminoso fique preso no lugar que ele fez por merecer e que Renata esteja tão linda em um lugar maravilhoso, dançando livremente e feliz. Renata Kelly, Fortaleza-CE – mai2015

137- Muito triste e revoltante saber que um sujeito como este continua impune. No entanto, tenho certeza que este indivíduo nunca deve ter sido feliz. Você pode até não crer nisto, mas eu costumo pesquisar a vida de pessoas que fazem mal aos outros e em geral tem uma vida desgraçada, mesmo que aparentemente não se perceba. Pessoas más, irresponsáveis e criminosas nunca são felizes e embora fiquem impunes na lei humana, há uma lei maior que as pune e é ligeiro. Um grande beijo a você querido Kelmer. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – mai2015

138- Terra de ninguém. Nely Rosa, Fortaleza-CE – mai2015

139- Que se diga o nome do assassino: Wladmir Lopes de Magalhaães Porto! Marta Lima, Fortaleza-CE – mai2015

140- Linda. Vilma Galvão, Braga-Portugal – mai2015

141- Mais tempo de impunidade do que ela de vida. Absurdo! Coisas do Brasil… Paulo César Norões, Fortaleza-CE – mai2015

142- Wladimir Lopes de Magalhães Porto,assassino tem que pagar seu crime NA CADEIA. Vilma Galvão, Braga-Portugal – mai2015

143- Uma das maiores dificuldades deste julgamento será o tempo. Pois, uma pessoa de 32 anos tinha dez anos, muitas materiais jornalísticas não estão na Internet. Jurados podem ficar ao sabor das representações dos advogados. Por isso compartlhem o máximo que puderem para fazer voltar a memória do caso. A APAVV está publicando vídeos sobre a Renata. Grande abraço a todos. Hermann Schimmelpfeng Landim, Fortaleza-CE – mai2015

144- Que uma data para o fim da impunidade possa ser cravada no lugar dos “??????”! Halder Gomes, Fortaleza-CE – mai2015

145- Linda!!! Valdineusa Sobral, Fortaleza-CE – mai2015

146- Tomara que enfim a justiça seja feita, para que os corações da família possam sentir saudade no lugar de revolta e dor…. Hilda Durier, Rio de Janeiro-RJ – mai2015

147- “De todas as violências, a impunidade é a maior.” Sérgio Rúbia Santos, Fortaleza-CE – mai2015

148- Lembro, certa vez, há muito tempo quando eu era dono de um bar em Fortaleza chamado Outras Palavras. Isso foi em 1991, 1992. Eu tinha um Personal Computer (PC) que usava para fechar as contas do bar, com um programa feito por mim em FoxBase que naquela época não existiam programas prontos. Um dia, consegui um programa para fazer mapa astral. Foi um sucesso! Lembro que a Renata me procurou para fazer o dela e do quão decepcionada ficou ao descobrir que era escorpião. Na verdade (hoje eu sei) uma cúspide. Inaceitável esse cara estar fora da prisão. Antonio Martins, Maceió-AL – mai2015

149- Emocionante lembro demais esse triste dia, mas sei que a estrela muito brilhante é Renata. E aqui, na torcida que a justiça seja feita. Justiça dos homens, pois a de Deus não tenho dúvida nenhuma. Socorro Alves, Fortaleza-CE – mai2015

150- Queremos Justiça. Amaury Cândido, Fortaleza-CE – mai2015

151- Essa história ainda me faz chorar… : ( Beth Andrade, Fortaleza-CE – mai2015

152- Justiça! Rosângela Aguiar, Fortaleza-CE – mai2015

153- o mínimo que podemos fazer é desejar forças à família e pedir sim por justiça!!!!! Gabi Simões, Fortaleza-CE – mai2015

154- Será que teremos justiça? ?? Raquel Bernardo, Fortaleza-CE – mai2015

155- Minha irmã mais linda… O sofrimento continua… Paulo Henrique Carvalho, Fortaleza-CE – mai2015

156- Inaceitável esse ASSASSINO estar fora da prisão. Antonio Martins, Maceió-AL – mai2015

157- Até quando ???? Todos juntos, amigos, conhecidos, gente de bem, vamos todos clamar por justiça!!! Isabela Cantal, Fortaleza-CE – mai2015

158- O assassinato de Renata Braga, em 1993, em uma discussão no trânsito de Fortaleza, foi um episódio que marcou muito na época, pois a violência não era tão banal como nos dia de hoje… eu nunca esqueci a história daquela menina que perdera de forma tão vil e precoce toda a vida que teria pela frente… Alguns anos depois, conheci seu irmão(que se tornou um grande amigo), Paulo Henrique Carvalho e pude vivenciar ainda mais de perto a dor da punição que aquela perda trouxe para sua família. O mínimo que poderia acontecer seria JUSTICA e punição para quem a tirou do convívio dos seus. A esperança de ver essa JUSTICA acontecer ainda existe, contrariando tudo o que vemos neste país detentor de uma ‘justiça’ tão falha. Lidiana Martins, Ipu-CE – mai2015

159- Caríssimo RK Textos chocantes, intensos, que convocam a consciência para a fé no que se pode crer de racional no ser humano. A arte tem que lançar a notícia na eternidade, e é isso que você faz, camarada, e o faz com propriedade profética. Os revólveres passarão, primo, mas a arte da palavra ficará – assim está escrito. Um abração. Leite Jr., Fortaleza-CE – jun2015

ABailarinaDaFe-01a

Anúncios

3 Responses to A bailarina da fé

  1. Gilvanilde disse:

    Me emocionei com seu texto. Muito bom. Quem sabe toque o a consciência deste juri.Torço para que haja justiça.
    Abraços. Gilvanilde

    Curtir

  2. Patricia moura disse:

    Fiquei durante muito tempo em choque. Demorei pra aceitar. Sonhava que nada tinha acontecido e acordava pensando que ela tava em Fortaleza.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: