As Preciosas do Kelmer – fev2018

28/02/2018

28fev2018

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#65, fev2018
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Marguerite Duras, escritora e cineasta francesa (1914-1996)

.

*** FEITAS PARA O PRAZER

Milly Lacombe, repórter da TPM (Trip Para Mulheres), foi a um curso de sexo tântrico. E testemunhou o que lhe parecia impossível: uma mulher tendo um orgasmo de quinze minutos. Sim, quinze. E ejaculando como ela sempre se recusou a crer que fosse possível. Milly retornou de lá impressionada, com suas ideias sobre a sexualidade feminina bastante mudadas.

Em conversas sobre sexo, costumo dizer algo que para algumas pessoas parece tão somente frase de efeito. Eu digo que a mulher foi feita para o prazer, muitíssimo mais que o homem. Que seu corpo e toda a dinâmica de seu organismo foram meticulosamente moldados pela Natureza no sentido de fornecer-lhe prazer sexual, de variadíssimas formas e intensidades, mas que, infelizmente, a cultura cristã-patriarcal sempre conseguiu convencer a sociedade, inclusive a quase totalidade das mulheres, do contrário, reprimindo sua sexualidade a ferro e fogo. E mais: nossa cultura fez e continua a fazer com que as mulheres desprezem e temam as mulheres que escapolem dos grilhões repressivos e assumem, publicamente e sem culpa, a sua sexualidade.

Não há futuro para a humanidade, se ele não trouxer a libertação do princípio feminino, inclusive no homem. Mas para isso, é preciso reconhecê-lo, em toda a sua potencialidade, inclusive sexual. Como ocorreu com a repórter da revista. > Mais

.

*** GLITTER ANTIECOLÓGICO

O glitter, muito usado em maquiagens, escorre para os rios, lagos e mares e leva centenas de anos para se degradar, além de contaminar os peixes. E agora?

Uma solução é usar glitter ecológico, feito de material biodegradável. > Mais

.

*** PROSTITUTAS CÉLEBRES

Uma delas conseguiu pagar os estudos de seis filhos só por causa de um boquete no carro. Pense num boquete… > Mais

.

*** BRINCADEIRINHA QUE PODE SAIR CARO

O “Como Você Seria Se Fosse Do Gênero Oposto?” é o teste da vez no Facebook. Se você entrou na onda, saiba que deu seus dados a uma empresa pouco conhecida, e sabe-se lá o que ela fará com eles…

Pra você deixar de ser besta. > Mais

.

*** IGREJAS SÃO SÓCIAS NO TRÁFICO DE DROGAS

Ter uma igreja é a maneira mais fácil de lavar o dinheiro do tráfico de drogas, pois elas são isentas de impostos e não há fiscalização. E agem em nome de Deus. > Mais

.

.

*** CINEMA E LITERATURA EM MARGHERITE DURAS

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes abre inscrição para o curso livre “O lugar da Paixão: Literatura e Cinema de Marguerite Duras”, ministrado pela escritora e atriz Sara Síntique. As inscrições vão até a quinta-feira (8/03) e as aulas gratuitas ocorrerão entre os dias 12 e 16 de março, na Vila das Artes, equipamento da Prefeitura de Fortaleza.

Romancista, novelista, roteirista, poetisa, diretora de cinema e dramaturga francesa, Marguerite Duras é considerada uma das principais vozes femininas da literatura do Século XX na Europa.

O curso consiste em um estudo sobre a obra literária e cinematográfica de Marguerite Duras, considerando que, para a artista, literatura e cinema surgem num mesmo lugar de criação, o qual denomina de “o lugar da paixão”. A atividade propõe a reflexão sobre as interseções entre essas duas linguagens artísticas, partindo do nível embrionário proposto por Duras.Sara Síntique é Mestra em Literatura Comparada pela UFC, onde também se graduou em Letras Português-Francês. Pesquisa a poética do corpo na obra literária e cinematográfica de Marguerite Duras. É escritora, atriz e performer. Publicou seu primeiro livro, Corpo Nulo, em 2015, pela Editora Substânsia. > Mais

.

*** O PRAZER DE VIVER COM MENOS

Quanto mais coisas temos, mais escravos somos delas. E quanto mais temos, menos sabemos o que temos. O consumismo é uma ilusão que vicia. > Mais

.

*** DOE PARA A WIKIPEDIA

A Wikipédia é o 5º site mais visitado na internet e serve 500 milhões de pessoas diferentes por mês – com bilhões de visualizações de páginas.

Não há nada de errado com o comércio. Publicidade não é um mal. Isso, entretanto, não tem lugar aqui. Não na Wikipédia.

A Wikipédia é algo especial. É como uma biblioteca ou um parque público. É como um templo para a mente. É um lugar aonde todos podemos ir para pensar, aprender e partilhar o nosso conhecimento com outras pessoas.

Quando fundei a Wikipédia, podia tê-la transformado numa empresa lucrativa com anúncios comerciais, mas decidi fazer uma coisa diferente. Temos trabalhado arduamente ao longo dos anos de forma a mantê-la perfeitamente ajustada, sem descuidar dos recursos. Nós cumprimos nossa missão e deixamos o desperdício para os outros.

Se todos que lerem isso doarem R$ 10, nós teríamos que levantar fundos apenas um dia por ano, mas nem todo mundo pode ou irá doar. E está tudo bem. Todo ano um número suficiente de pessoas decide doar. Este ano, por favor, considere fazer uma doação de R$ 10, R$ 20, R$ 50 ou qualquer outro valor que você possa para proteger e sustentar a Wikipédia.

Obrigado,

Jimmy Wales – Fundador da Wikipédia

PARA DOAR

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 


Anúncios

As Preciosas do Kelmer – jan2018

31/01/2018

31jan2018

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#64, jan2018
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Liliany Sá, cantora brasileira

.

*** MULHERES CONTRA OS EXAGEROS FEMINISTAS

Seu manifesto conseguiu semear o caos na França e em boa parte do mundo. A escritora e crítica de arte Catherine Millet, autora do best-seller A Vida Sexual de Catherine M., é uma das cinco mulheres por trás do manifesto contra o #MeToo, assinado por 100 personalidades da cultura francesa, lideradas pela atriz Catherine Deneuve, a cantora Ingrid Caven e a editora Joëlle Losfeld. Millet diz que esse movimento, que rotula de “puritano”, favorece a volta da “moral vitoriana”. Ela defende “a liberdade de importunar”, inclusive no sentido físico, considerando-a indispensável para assegurar a herança da revolução sexual.

> Leia sua entrevista para o El País Brasil

.

*** RESPONDENDO A CATHERINE DENEUVE

“Temos o direito fundamental de não sermos insultadas, assobiadas, agredidas, estupradas. Temos o direito fundamental de vivermos nossas vidas em segurança. Na França, nos Estados Unidos, no Senegal, na Tailândia ou no Brasil: este não é o caso hoje. Em nenhum lugar”, diz o manifesto, assinado por dezenas de ativistas no jornal independente Médiapart, em reação à carta aberta assinada por Catherine Deneuve, Catherine Millet, Elisabeth Lévy e uma centena de mulheres no jornal Le Monde em 09.01.18.

Já para a editora da revista Causeur, Elisabeth Lévy, signatária da carta aberta, esse movimento (feminista) coloca todos os homens no mesmo saco: “Vivemos um período de histeria coletiva que tenta nos fazer acreditar que todos os homens são porcos”.

E eu, o que acho, eu que costumo me meter nesses assuntos espinhosos, e geralmente levo porrada dos dois lados? Acho que o atual debate é difícil, mas é bem vindo. As grandes mudanças costumam, num primeiro momento, trazer excessos, e isso é natural, pois a água represada, para seguir seu rumo, precisa romper e destruir. Sei que há várias linhas no movimento feminista, e que algumas discordam veementemente entre si, assim como os homens também discordam entre si sobre machismo e sobre as mulheres.

Espero que os homens reconheçam que, mesmo com possíveis excessos, a luta das mulheres por emancipação é mais que justa, é necessária. E espero também que, num segundo momento, estejamos todos mais maduros nesse debate, e que o princípio feminino, historicamente tão oprimido em nossa sociedade, enfim se equilibre ao masculino (yin e yang), tanto na psique das mulheres como na dos homens, e assim cheguemos a uma sociedade mais justa e igualitária, sem opressor nem oprimido. > Mais

.

*** HISTERIA COLETIVA E POLÍTICA: TUDO A VER

A estratégia é bem conhecida: escolhe-se uma causa justa que represente bem a mentalidade média de uma população em determinado período (os crimes de pedofilia, por exemplo) e ela é usada de forma sensacionalista e desonesta contra um grupo, uma classe ou um partido, ou mesmo uma ideia, para gerar uma espécie de histeria coletiva e massacrá-los ante a opinião pública.

No Brasil de 2017, muita gente bem intencionada caiu nessa armação e vociferou contra os artistas e os museus, sem saber que agia como massa de manobra.

Por trás desses episódios de ódio e intolerância e de tentativa de censura artística estão milícias políticas ligadas à direita, como o MBL, que esperam colher os frutos dessa estratégia nas eleições e na aprovação de leis e emendas favoráveis aos grupos que representam.

Conheça alguns casos de histeria coletiva e veja como algo banal pode sair totalmente do controle e ocasionar grandes tragédias. > Mais

.

*** DUZENTOS ANOS DEPOIS, MARQUÊS DE SADE AINDA NOS FASCINA

Duzentos anos após sua morte, o depravado mor da literatura ocidental ainda nos seduz. Ah, safado… > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



As Preciosas do Kelmer – dez2017

31/12/2017

31dez2017

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#63, dez2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Sirlanney Nogueira, desenhista e quadrinista brasileira

.

*** A TERCEIRA IDADE DO ORGASMO FEMININO

A sexualidade na terceira idade é um tema que não encontramos facilmente por aí. Mas, se não morrermos antes, todos nós chegaremos lá. Talvez seja interessante ouvir o que os mais velhos têm a dizer. > Mais

.

*** XICO SÁ, MARIA RIBEIRO E GREGÓRIO DUVIVIER

Um batepapo descontraído e com muito humor sobre livros e o prazer da leitura. Este é o mote que reúne Xico Sá, Maria Ribeiro e Gregório Duvivier no evento que acontecerá em Fortaleza, no domingo 10dez, no Cineteatro São Luiz. Para os amantes dos livros, uma ótima pedida. > Mais

.

*** TRÁFICO EVANGÉLICO E INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Crimes de ódio contra praticantes de Umbanda e Candomblé no Rio Janeiro representam 90% dos casos do disque-denúncia estadual. No país, as denúncias de discriminação por motivo religioso cresceram 4.960% em 5 anos. A novidade é a união das igrejas evangélicas com os grupos criminosos que comandam o tráfico de drogas. Os bandidos agridem praticantes de religiões de matriz africana, incendeiam suas casas e terreiros e os forçam a sair da comunidade.

O Brasil está no caminho de se tornar um Estado Evangélico. Isso já ocorre na prática, com leis aprovadas que ferem a laicidade do Estado e com o terror implantado pelo tráfico evangelizado. Se você é católico, talvez se sinta seguro, pois evangélicos também são cristãos. Porém, quando a religião se une à política, o fanatismo sempre vence, e pequenas diferenças de credo podem ser o suficiente para justificar a violência. Católicos também serão perseguidos. > Mais

.

*** OBRIGADO, LUIZ CARLOS MACIEL

Principal ensaísta e pensador da contracultura no Brasil, o jornalista, diretor teatral e roteirista Luiz Carlos Maciel morreu no sábado 09dez, aos 79 anos, vítima de falência múltipla de órgãos. Conheci-o pessoalmente em 2005, quando fui seu aluno num curso de roteiro na Casa da Gávea, no Rio de Janeiro. Pareceu-me, à época, cansado e um tanto desgostoso, mas aprendi bastante com ele. Um brinde, bruxo velho. > Mais

.

*** TUDO POR UM BEBÊ

Quando você acha que já viu todos os terrores e todas as crueldades possíveis nos livros e nos filmes, aí você se depara com um caso desse. Disposta a ter um bebê a qualquer custo, uma mulher atrai uma garota grávida para uma armadilha, faz o parto, mata a garota e vai para o hospital com o bebê, afirmando que é a mãe. O caso aconteceu em Uberlândia-MG, em novembro deste ano.

Além do sofrimento da família e dos amigos da garota, fico a imaginar como a criança lidará com o fato, quando a ela for revelado. Ou isso é o tipo de coisa que alguém jamais deveria saber? > Mais

.

*** JESUS NEGRO NINGUÉM ROUBA

Num balneário turístico na região da Toscana, Itália, a prefeitura montou o presépio de Natal deste ano com um menino Jesus negro. Nos anos anteriores, o Gèsu bambino, de pele branca, sempre era furtado. Dessa vez, parece que os ladrões não se interessaram muito pelo recém-nascido… > Mais

.

*** SIRLANNEY NOGUEIRA

Conheci Sirlanney na Bienal Internacional do Livro do CE, em 2014. Desde então, acompanho com entusiasmo seu trabalho de desenhista. Em certos momentos, o modo com que ela expressa suas dores e angústias me lembra Frida Kahlo. Outras vezes, vejo-me diante de uma super-heroína atrapalhada da pós-modernidade, que combate o machismo e outras opressões com humor e graciosidade.

Não é fácil seguir uma carreira de desenhista no Brasil, principalmente sendo mulher, declaradamente feminista e cearense do interior. Torço para que Sirlanney não canse tão cedo.

Uma entrevista com ela: http://www.sobreotatame.com/magra-de-ruim-feminista-arretada-e-dos-quadrinhos

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



Espírito natalino? Sei…

24/12/2017

24dez2017

O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana

ESPÍRITO NATALINO? SEI…

.
Quem me conhece, sabe que não curto o Natal. Eu até curtiria, caso vivesse na Europa pré-cristã, quando as pessoas celebravam o nascimento anual do Sol no solstício de inverno. Era uma festa sincera e autêntica, ligada à Natureza, sem consumismo, que celebrava a vitória da vida sobre a escuridão, após o Sol ficar dois dias escondido abaixo da linha do horizonte e “ressuscitar” no terceiro dia.

Porém, veio o Cristianismo, e os cardeais ressignificaram a festividade a partir do século 3 com o objetivo de converter os povos pagãos sob o domínio do Império Romano, e aí o Natal passou a significar a comemoração do nascimento de Jesus de Nazaré, que não nasceu em Nazaré e nem no Natal, e na verdade ninguém sabe se realmente existiu ou se é um mito construído da junção de vários relatos envolvendo mitos anteriores e candidatos a messias, obcecados por cumprir as profecias do Antigo Testamento.

O tal do espírito natalino pode enganar os bestas, mas a mim não me engana. A peçoa umana entope o bucho de comida boa, enche a cara de birita, gasta uma puta grana com compras supérfluas e depois dá uma esmola pro mendigo e lhe deseja Feliz Natal, todo sensibilizado… Por que não se sensibilizou durante o ano? Por que não bateu panela contra a reforma trabalhista, que já está aumentando a quantidade de gente morando na rua? Por que não luta por um país com menos desigualdade social? Hipócritas, isso é que são. Preferem ser os privilegiados celebrantes desse espírito natalino e uma vez por ano posar de solidários com os pobres do que viver num mundo onde não precise existir espírito natalino.

Pronto, agora quem quiser excluir este ateu blasfemo, socialista e estraga-prazeres, pode me excluir, sem problema. Mas quem quiser me convidar pra um passeio de rena, aceito de bom grado, ho, ho, ho… 🙂

.
Ricardo Kelmer 2016 – blogdokelmer.com

.

.

MATRIX, PSICOLOGIA E MITOLOGIA NO LIVRO:

Matrix2012Capa14x21aMatrix e o Despertar do Herói
A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas

Analisando o filme Matrix pela ótica da mitologia e da psicologia do inconsciente e usando uma linguagem simples e descontraída, RK compara a aventura de Neo ao processo de autorrealização que todos vivem em suas próprias vidas.

.

.

.
LEIA NESTE BLOG

Blade Runner: Deuses, humanos e androides na berlinda – Como todo ser, o criador busca sempre transcender a sua própria condição e é criando que ele faz isso.

A cruz da paixão – O crescimento só virá se o ego se entregar ao sacrifício da paixão, mandando Judas fazer logo a sua parte e aceitando o sofrimento inerente ao processo

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer
 (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 01- booom ! Airton Lima, Fortaleza-CE – dez2017

02- Já comemorei meu Solstício de verão. 🌞 Iris Medeiros, Campina Grande-PB – dez2017

03- Se quiser faço um bolo de chocolate para adoçar seu coração. Kkkkk. Fath Fernandes, Brasília-DF – dez2017

….. RK: Olhaí. Naquela tarde faltou espírito natalino em ti, viu? 🙂

04- Ho ho ho tbm ñ curto Natal! Vc está certo! Meire Torres Ferreira, Curuá-PA – dez2017

05- Feliz natal Ricardo Kelmer! Quer vim jantar c a minha família? Kkkkkkkk. Jôsy Soares, Fortaleza-CE – dez2017

….  RK: Obrigado pelo convite, mizifia. Bom apetite. 😊

….. 06- tudo bem ” meu fio”, sou da umbanda tb. Jôsy Soares, Fortaleza-CE – dez2017

07- Eu acho coerente sua posição, no entanto muitos ateus gananciosos se aproveitaram de uma data criada pela igreja católica, cujo simbolismo é muito interessante, para quem se interessa, e transformaram na festa do consumo, em torno de mesas fartas que não tem nada a ver com a proposta ideológica religiosa. Eu concordo que ateu não devia comemorar festa nenhuma no dia 25 de dezembro, nem devia feriar, mas coerência é coisa difícil, as pessoas querem usufruir até daquilo que não concordam e ficar bem sentadas tecendo críticas. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Não foi a Igreja Católica quem criou a data. O 25 de dezembro já era comemorado muito antes do Cristianismo, no hemisfério Norte, pra celebrar o retorno do Sol, que ficava três dias escondido (morto) abaixo da linha do horizonte.
Não vejo incoerência no fato de ateu comemorar o 25 de dezembro (não o Natal), pois, como já disse, é uma data mitológica antiquíssima que festeja a vitória da vida sobre a escuridão. Mitos são anteriores às religiões institucionalizadas, e existem independente delas. E quem impôs o feriado natalino foi a Igreja Católica, que impôs outros baseados em seus dogmas.
E sobre a ganância capitalista, ela é um mal geral, de muitos ateus e religiosos.

…. 08- 25 de dezembro como data do nascimento de Jesus foi a igreja católica, o papa Júlio I. Antes era mesmo uma festa pagã, mas como é o dia mais longo do ano serviu para simbolizar o surgimento da luz do mundo que é Jesus para os cristãos e o Sol para os pagãos. Nem todos os cristãos aceitam esta data como a do nascimento de Jesus. Acredito que poucos ateus saibam de datas mitológicas ou mesmo as valorize, creio que trata-se mesmo da velha “garapa” como se diz por aí, ou seja, porque não usufruir do feriado dos idiotas cristãos? Quando falei na ganancia dos ateus foi porque mesmo sem crer na importância do natal eles criam toda uma mística que impele ao consumo. Peço desculpa, não é minha intenção ser grosseira nem nada, esclareço logo, porque detesto discussões inúteis. Beijos para você. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Não foram os ateus que criaram o consumismo no Natal. Foi o capitalismo, que é mantido por todos que adoram os deuses Dinheiro, Lucro e Mercado, sejam ateus ou religiosos.
Ateus geralmente conhecem mais sobre religião e mitos do que os religiosos. Isso ocorre porque a grande maioria dos ateus estudou e estuda mitologia e religião pra poder embasar racionalmente seus argumentos, ao contrário dos religiosos, que se embasam na fé.
A celebração da vida sobre a escuridão é algo que fazemos sempre, sem perceber, sejamos religiosos ou ateus. A celebração de datas que têm esse tema é comum em quase todas as culturas. Por isso, ateus que celebram o 25 de dezembro não estão pegando carona na data, pois essa celebração é natural da nossa espécie, é próprio da psique humana.
O Carnaval é uma festa pagã. Nela, não há nada de cristã. A seguir a mesma lógica, os cristãos não deveriam festejar, nem curtir o feriado carnavalesco, né?

09- Nem mais. Cristãos de castigo em casa, recatados e do lar! Susana X Mota, Leiria-Portugal – dez2017

….. 10- Sim, há cristão que não participa de Carnaval, o difícil é esta fidelidade às ideias, que em tese são muito propagadas, na prática não. Eu, particularmente acho que há diversos ateus muito fanáticos e proselitistas e até entendo que o ateísmo é uma crença muito forte e que de facto precisa de muito embasamento para se sustentar, daí o ateu convicto ser extremamente dogmático, nada cabeça aberta como se imagina, acho verdadeiros sacerdotes sempre vigilantes e patrulheiros. Um ateu convertido é um verdadeiro cão de caça, pois trás toda sua sanha proselitista para a religião. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. 11- O capitalismo tem um poder enorme até sobre os lúcidos e vigilantes ateus que diante do deus consumo murcham as orelhas e não são capazes de ter uma visão crítica. Os religiosos se corrompem do mesmo jeitinho. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

….. RK: Ateísmo é crença? Bem, melhor pararmos a discussão por aqui. 🙂 A propósito, você trabalha durante o Carnaval?

12- Nem antes, nem durante e nem depois do Carnaval trabalho. E o que não é crença? Ateísmo é ausência de crença na existência de divindades, e a presença de crença na inexistência de divindades. Ligia Eloy, Lisboa-Portugal – dez2017

13- Adorei a rena, no baseado. Muito melhor que arena. Quanto ao texto, cada vez mais lhe admiro como poeta e parceiro. Quanto ao texto, dá vontade de musicar. Mas prefiro harmonizar com minhas idéias. Valeu parceiro. Um ano novo de paz, saúde e sucesso. Joaquim Ernesto, Fortaleza-CE – dez2017

14- Muito bom!!! 👏 👏 👏 Luciana Rodrigues, Fortaleza-CE – dez2017

15- Concordo plenamente com a segunda metade do texto! Mas isso não me impede de acreditar no Cristo! Mas num Cristo meio diferente do que a maioria venera… acredito num Cristo subversivo, que desafiou um sistema… que defendeu os pobres porque era pobre! Que trocava uma ideia com ladrões, defendia prostitutas, e escolheu pra amigos aquela gente q não tinha nada a oferecer… o Cristo q chamou os religiosos de sepulcros caiados e que só demonstrou amor, justiça e igualdade… Esse Cristo ninguém celebra… e o matariam de novo caso viesse ao mundo por esses tempos… Os mesmos que hoje o celebram o matariam… não todos… mas a maioria. Não faço ideia de quando exatamente ele nasceu, ou onde… Mas acredito nesse cara! E tenho certeza de que Ele tá orgulhoso de gente como a gente… que não cospe religião… mas q tenta ser luz por onde passa… bjao e uma noite bem feliz pra nós… bom passeio de trenó! 😜 Priscila David, Fortaleza-CE – dez2017

16- O espírito do mundo mataria de novo o nosso Jesus. Sandro Marcelino, Campina Grande-PB – dez2017

17- Disse tudo, Ricardo Kelmer. Viemos do mesmo planeta! Ana Claudia Domene Ortiz, Albuquerque-EUA – dez2017

18- Concordo demais contigo bju querido. Maria Alba Machado, Fortaleza-CE – dez2017

19- Amanita muscaria. Voa rena, voa veado, voa véi gordo e barbudo, voa Alice, voa Jesus e até o Sol Invictus se desmancha numa aurora surreal. Vamos voar nesse trenó das cores e que se lixe o Natal. Susana X Mota, Leiria-Portugal – dez2017

….. RK: Sobre o cogumelo Amanita muscaria: https://pt.wikipedia.org/wiki/Amanita_muscaria

20- beijos no coração, amigo! Mendes Júnior, Fortaleza-CE – dez2017

21- Um feliz Natal filho.Que a Paz do Senhor esteja sempre com você. Beijos. Vilma de Oliveira, Fortaleza-CE – dez2017

22- Texto massa! Adorei! Beijo, Kelmer. Vanessa Capibaribe Monte, Fortaleza-CE – dez2017

23- Eu tô aqui decidindo se sou sincera e mando a merda todos as falsas felicitações de Natal ou faço a francesa e finjo que não é comigo. E olha, sou cristã, pelo menos curto o JC, o que ele representa de verdade. E como ele, socialista, querendo dignidade e justiça para meu povo tão sofrido e batalhador… Simone Santos, Campinas-SP – dez2017

24- Bong Natal Ricardo Kelmer!!! hehehe. Christiano Torreão, Rio de Janeiro-RJ – dez2017

25- Também não gosto do Natal. Doida que passe logo. E acredito totalmente em Deus. Mas meu Deus não tem nada a ver com shoppings lotados, mesas fartas para alguns privilegiados, troca de presentes, abraços falsos. Um Feliz Natal pra você. Obrigada pela sinceridade. Fez eu me sentir menos esquisita. Joyce Lôbo, Fortaleza-CE – dez2017

26- SUMEMO RICA! They’re not fooling us. Roberto Candido, São Paulo-SP – dez2017

27- Papai Noel presenteia os ricos, cospe nos pobres, sujeito miseravel! Celso Rocha, Jericoacoara-CE – dez2017

28- De qualquer forma, Feliz Natal! Paulo Mayr Cerqueira, São Paulo-SP – dez2017

29- 👏 👏 👏 👏 👏 👏 👏 Clícia Karine Marques, Fortaleza-CE – dez2017

30- Jê…ny…all! Luciano Almeida Filho, Fortaleza-CE – dez2017

31- Mande um abraço pra dançarina kkk. Hugo de Freitas, Fortaleza-CE – dez2017

32- Ho..ho..ho te amo amigo.Podes ser o que quiseres. A escolha é tua. E este consumismo, gente que faz ano todo coisa ruim…e acha que no Natal tudo se conserta, tudo se perdoa… Seja bom e verdadeiro no dia a dia. Goste quem quiser. Bjao. Míriam Costa Cearucha, Porto Alegre-RS – dez2017

33- Bora dar uma volta de rena?… 😁 ✌🏼 😎 Waldemar Falcão, Rio de Janeiro-RJ – dez2017

….. 34- Nas renas eu acredito. Iris Medeiros, Campina Grande-PB – dez2017

35- Eu apoio seu pensamento e não vou excluir Ricardo Kelmer do meu face. Tânia Mary, Campina Grande-PB – dez2017

> Postagem no Facebook


Um tempo para pensar no tempo

18/12/2017

18dez2017

Se pensamos sobre o tempo, logo não sabemos mais o que ele é

UM TEMPO PARA PENSAR NO TEMPO

.
O tempo… Eis um tema instigante. Eu sei o que é o tempo. Você também sabe, todos sabemos. Porém, olha que curioso, se pensamos sobre o tempo, logo não sabemos mais o que ele é.

Para você, que me lê agora, o tempo vai do passado em direção ao futuro, ou vem do futuro e se faz passado? Ou você acha que o tempo não vem e nem vai para lugar algum, que ele é apenas um produto do estar-se vivo?

E o presente, quanto tempo exatamente ele dura? Um segundo? Um décimo de segundo? Um milionésimo de segundo? Tsc, tsc… Medir o tempo presente é impossível, pois qualquer medida será sempre divisível. Ou seja, o agora exato é uma mera abstração. Mas… se o passado já passou, o futuro ainda não chegou e o presente jamais será localizado, o que existe então?

Sabe as estrelas no céu? O que, de fato, você vê é a luz delas que chegou à Terra após uma viagem de muitos anos. Ou seja, o que você vê é o passado da estrela. Talvez ela já tenha desaparecido e só agora sua luz nos chegou. Aliás, tudo que você vê é passado, pois a luz emitida por qualquer objeto, inclusive essas palavras que você lê, demora um tempo, ainda que mínimo, para chegar às suas belas retinas. Na verdade, todas as suas percepções da realidade ocorrem em sua mente um tempo após seus sentidos captarem a imagem, o som, o sabor, o toque, o odor. Nem seu próprio pensamento escapa: quando você percebe que está pensando, já se passou um tempo, ainda que minimíssimo, desde o pensamento original. Isso significa que nossa consciência nunca está no mesmo tempo exato da realidade que acontece.

Vi recentemente o filme A Chegada (Arrival, do diretor Dennis Villeneuve), que é baseado no conto História da Sua Vida, de Ted Chiang, que li após ver o filme. A história é sobre a vinda de misteriosos seres extraterrestres à Terra. Uma renomada linguista é chamada pelos militares para, com ajuda de um matemático, tentar se comunicar com os alienígenas. Enquanto decifra a estranha linguagem dos visitantes, ela percebe que somente compreendendo o tempo de um modo diferente conseguirá realmente entendê-los e, assim, evitar um gravíssimo conflito internacional e definir o futuro da humanidade. Gostei muito do filme, e ainda mais porque desconfio seriamente que estamos próximos de uma descoberta decisiva sobre a natureza do tempo, e que isso poderá conduzir nossa espécie a um novo patamar evolutivo. Precisaremos que inteligências extraterrestres venham nos ensinar?

A teoria da reencarnação é uma ideia sedutora, pois admite a continuação da consciência na sequência do tempo, enquanto o corpo físico nasce, morre e renasce em vidas sucessivas. Porém, essa ideia está presa ao tempo linear, que não admite o conhecimento do futuro. Mas… e se for possível acessar o futuro, nem que seja apenas num lampejo de pensamento? Se é possível, e se existe a reencarnação, então por que não seria possível acessarmos uma vida nossa no futuro? Considerando essa possibilidade, o eu que fomos numa vida anterior poderia perfeitamente acessar esta nossa vida atual, como se fosse uma “lembrança” do futuro. Isso seria admitir que a consciência pode atuar em variados níveis de realidade espaço-temporal, uma ideia difícil de conceber, mas que é simpática a muita gente.

Inclusive gente doida como eu, que faz você ler isso tudo para, no fim, chegar à retumbante conclusão de que não sabemos absolutamente nada sobre o tempo, e que, por esse motivo, pensar sobre o tempo é a mais pura perda de tempo. Ou não?

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

DICA DE LIVRO

O Irresistível Charme da Insanidade
Ricardo Kelmer – romance

Dois casais, nos séculos 16 e 21, vivem duas ardentes e misteriosas histórias de amor, e suas vidas se cruzam através dos tempos em momentos decisivos. Ou será o mesmo casal? Nesta história, repleta de suspense e reviravoltas, Luca é um músico obcecado pelo controle da vida, e Isadora uma viajante taoísta em busca de seu mestre e amante do século 16. A uni-los e desafiá-los, o amor que distorce a lógica do tempo e descortina as mais loucas possibilidades do ser.

.

LEIA NESTE BLOG

Guia de Sobrevivência para o Fim dos Tempos (contos) – O que fazer quando de repente o inexplicável invade nossa realidade e velhas verdades se tornam inúteis? Para onde ir quando o mundo acaba?

O redemoinho do fim do mundo – É provável que estejamos à beira de um grandioso marco evolutivo, onde a Humanidade alcançará o clímax dessa aceleração das transformações

.

DICA DE FILME

A CHEGADA (The Arrival, EUA, 2016)

Gênero: Ficção científica, drama, mistério
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Eric Heisserer, baseado no conto História da sua vida, de Ted Chiang

Elenco: Amy Adams, Jeremy Renner, Forest Whitaker
Música: Jóhann Jóhannsson
Edição: Joe Walker

> Na Wikipedia

.

TRÊILER DO FILME “A CHEGADA”

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos

Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- muito bom! Conversas para as madrugadas… rsrs. Adorei o filme Arrival! Ana Claudia Domene Ortiz, Albuquerque-EUA – nov2017

02- Mestre! Me instigou a ver o filme! E nunca é perda de tempo ler vc! Kkkk bjks. Deise Carmo, Rio de Janeiro-RJ – nov2017

03- Amei ler isso mizifi RK. Não estou sozinha com minhas perguntas…. Zete More, Fortaleza-CE – nov2017

04- Bem precisamos de uma descoberta sobre a natureza do tempo, essa coisa que se mede em espaço… Porque a humanidade está num ponto de não retorno. Mais do que lugares para fugir ou regressar, precisamos de sair da linha reta e abraçar as curvas musculadas de Kronos. Susana Mota, Leiria-Portugal – nov2017

05- Tenho um livro aqui pra vc ler: O Espaço, o tempo e o Eu. Eu , Rômulo, Braulio Tavares e outros amigos costumávamos ler em voz alta, juntos, e conversar esses papos loucos que o “tempo” nos instiga. Isso rolava pela madrugada e só era interrompido quando eu servia um “arroz biônico”, prato delicioso feito com tudo que havia na geladeira. E a “plantinha” garantia o apetite.😎 Precisamos fazer isso juntos. Íris Medeiros, Campina Grande-PB – nov2017

> Postagem no Facebook

 


As Preciosas do Kelmer – nov2017

30/11/2017

30nov2017

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição finalizada de cada mês. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

Dicas e pitacos para o mês
#62, nov2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês:

.

*** DEZENOVE LIVROS QUE OS HOMENS DEVERIAM LER

Existe algo como “literatura feminina”? É uma velha discussão. Enquanto a discussão segue, você, caro leitor do sexo masculino, pode dar um passo além na terra das mulheres, e conhecer um pouco mais sobre este ser que habita nosso imaginário desde o primeiro dia no útero. Este ser especialíssimo, que só existe no planeta Terra. > Mais

.

*** FERNANDA MONTENEGRO

Considerada pelo público e pela crítica como uma das maiores damas dos palcos e da dramaturgia brasileira de todos os tempos, a atriz Fernanda Montenegro (nome artístico de Arlette Pinheiro Esteves Torres, nascida no Rio de Janeiro em 16 de outubro de 1929), foi a primeira latino-americana e a única brasileira já indicada ao Oscar de melhor atriz.

É a primeira e, até hoje, única atriz indicada ao Oscar por uma atuação em língua portuguesa, sendo nomeada por seu trabalho em Central do Brasil (1998). Foi também a primeira brasileira a ganhar o Emmy Internacional na categoria de melhor atriz pela atuação em Doce de Mãe (2013).

Dentre os inúmeros prêmios nacionais e internacionais que recebeu em seus mais de sessenta anos de carreira, em 1999 foi condecorada com a maior comenda civil do país, a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito, “pelo reconhecimento ao destacado trabalho nas artes cênicas brasileiras”, entregue pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. Em 2013 foi eleita pela revista Forbes a 15ª celebridade mais influente do Brasil.

Recentemente, tornou-se o novo alvo dos fanáticos que fazem campanha pela censura à expressão artística. Fernanda usou o seu perfil oficial no Facebook para defender a liberdade de expressão com esta mensagem: “Meu protesto a respeito de qualquer censura à expressão da arte no Brasil”. A publicação foi feita em 20.09.17 pela equipe da atriz que administra a sua página. O tom raivoso dos comentários incluía xingamentos e ameaça à vida da atriz. > Mais

.

*** JUIZ NEGA CANCELAMENTO DE PEÇA SOBRE JESUS TRANSEXUAL

Querer censurar a arte porque não concordamos ou gostamos dela é típico de uma mente doentia e fanática. O juiz José Antônio Coitinho, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Alegre-RS, negou o pedido de cancelamento da peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu”, que teve sessão no Sesc Jundiaí (São Paulo) cancelada por decisão judicial. Assim, ela foi apresentada no festival Porto Alegre em Cena, em 21 de setembro. O monólogo recria a história de Jesus como uma transexual e traz em seu papel principal a atriz e travesti santista Renata Carvalho.

“Ao Juiz é vedado proibir que cada ser humano expresse sua fé ou a falta desta da maneira que melhor lhe aprouver. Não lhe compete essa censura”, justificou o magistrado.

Ufa… Ainda podemos ter esperança na Justiça brasileira. > Mais

.

*** PARA ONDE VAI O DINHEIRO DO MBL

O MBL (Movimento Brasil Livre) surgiu recentemente. É uma milícia política de extrema direita, com uma pauta difusa e estratégias oportunistas. Apoiou publicamente Eduardo Cunha e se empenhou bastante em pró do impechment de Dilma Rousseff. Atualmente, apoia o presidente golpista Michel Temer.

O MBL promove campanhas de censura às expressões artísticas e de perseguição a artistas ligados à esquerda, aos movimentos sociais e a causas feministas, indígenas e negras.

Para onde vai o dinheiro que arrecada? > Mais

.

*** NEONAZISMO

Alemanha e Estados Unidos são exemplos de democracias fortes e consolidadas. Porém, as leis dos dois países tratam de modo diferente os movimentos neonazistas. Nesta questão, o Brasil é mais parecido com a Alemanha.

Diz a Wikipedia:
O neonazismo está associado ao resgate do nazismo, ideologia política propagada por Adolf Hitler, a partir do começo da década de 1920. O movimento neonazista tem suas origens assentadas na intolerância e em preceitos racialistas, primando sempre pela “raça pura ariana” ou pela “superioridade da raça branca”. Os seguidores da doutrina em sua maioria promovem discriminação contra minorias e grupos específicos, como homossexuais, negros, estrangeiros, ameríndios e judeus, além de imigrantes caboclos e islâmicos e contra os comunistas. Algumas correntes preferem apenas a segregação da “raça pura ariana” das demais “raças”, condenando agressões físicas contra tais grupos (muitas vezes condenando também a violência moral e psicológica). Outras promovem explicitamente o ataque físico aos grupos citados. Há grande oposição vinda dos neonazistas de grupos punks, fazendo com que cresça uma hostilidade entre os dois grupos. Alguns grupos chegam a defender o uso da força para tomar o controle do Estado ou segregar regiões através de movimentos separatistas. > Mais

.

*** AS POLÊMICAS SOBRE A PÍLULA ANTICONCEPCIONAL

Curiosidades e polêmicas sobre a pílula que ajudou no processo de emancipação feminina. > Mais

.

*** O FALSO FOTÓGRAFO DE GUERRA

É incrível, mas hoje, na era da informação instantânea, ainda tem espaço para grandes golpes de falsa identidade. > Mais

.

*** CANSADO DE LEVAR CHIFRE DA MULHER, HOMEM REGISTRA BO

Tem uma que cansa, né? Acho que até eu teria feito o mesmo.

Mas o melhor, ou o pior, foi a estratégia do sujeito. Como a mulher usava sua bicicleta para ir se encontrar com os amantes, o que ele fez? Esvaziou os pneus. Gente civilizada cê otre xôze. > Mais

.

*** A VOZ DE MILTON CARLOS

Milton Carlos viveu apenas 23 anos. Morreu em 1976, num acidente de carro na estrada, no qual morreu também sua noiva, Mariney Lima, e o jovem Mário Alves de Araújo, que tentava socorrer as vítimas e foi atropelado. Uma tragédia.

Dono de um timbre de voz feminino, de rara beleza, Milton Carlos era irmão da compositora Isolda, com quem dividiu várias parcerias, como “Samba quadrado” e “Um jeito estúpido de te amar”. Após a morte do irmão, Isolda compôs, para ele, “Outra vez”, que se tornaria um dos maiores sucessos de Roberto Carlos.

Selecionei o samba-canção “Contrassenso”, de Milton Carlos e Martinha, uma das minhas preferidas. Se você não soubesse quem está cantando, certamente acharia que é uma mulher. Mas é ele, Milton Carlos, uma das mais belas vozes da música brasileira e um ótimo compositor.

.

*** GENIVAL SANTOS, UM BRINDE

Paraibano de Campina Grande, Genival Santos (não confundir com o Lacerda, do forró) morreu aos 71 anos, em 2014, em Fortaleza, onde morou os últimos anos de sua vida. Foram quase 30 discos lançados, que venderam 5 milhões de cópias. Ele era um dos expoentes do gênero popular romântico, muito tocado nos cabarés desse Brasil-sil-sil.

Vixe, já tomei muita cachaça ouvindo “Meu coração está em greve”, ”Se errar outra vez”, “Sendo assim” e “Eu não sou brinquedo”. E tem a famosa “Eu lhe peguei no flagra’’, ideal para curtir aquela boa cornagem.

Fui a alguns shows do Genival, e num deles, ele me chamou ao palco e cantamos juntos “Menina da praia”. Inesquecível.

A jornalista Fabiana Moraes organizou uma série de perfis de artistas populares, entre eles Genival Santos. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 



Cem vezes mais

21/11/2017

21nov2017

CEM VEZES MAIS

.
Deus é fiel, tá sabendo? Prova disso é que semana passada abriu uma igreja evangélica aqui pertinho. Toda noite tem culto, uma ruma de carrão importado na frente. Chance boa de faturar um troco, ajudar a tia a pagar o aluguel do barraco, ela que me cria desde que mamãe morreu. Morreu no corredor do hospital, gosto nem de lembrar, bola pra frente, meu irmão. Primeiro, segundo, terceiro dia guardando os carros da igreja, faturei nada. Eles não tinham dinheiro, só cartão. Mas sempre diziam que eu orasse muito que Deus proveria. Tinha um que dizia assim, Precisa olhar o carro não, moleque, Deus tá vigiando. Era o carrão mais bacana de todos. Olhei no vidro, tinha um adesivo, Foi Deus que me deu. Uma noite descobri que o dono do carro era o pastor da igreja. Descobri porque entrei lá acompanhando minha tia, ela queria orar pelo primo que os polícia mataram por engano numa batida dia desses. O pastor estendeu um bauzinho na nossa frente e disse que aquela noite era especial, que Deus estava ali ao lado dele, e que a gente receberia cem vezes mais o que a gente botasse naquele bauzinho. Minha tia enxugou as lágrimas, abriu a bolsa e contou as moedas. Dava uns cinco ou seis reais, era tudo que tinha. Ela botou as moedas no bauzinho e rezou. Eu olhei nos olhos do pastor. Ele repetiu, sorrindo, Cem vezes mais, meu filho, tenha fé. Eu acreditei nele, claro. E botei uma nota de vinte. No dia seguinte, quando o pastor saiu da igreja, cadê o carrão? Tava lá não. O lugar mais vazio do mundo. Eu também não tava. Naquela hora eu tava dirigindo o carro dele, o Isaías me esperando com dois milzim na mão. Deus é fiel.

.
Ricardo Kelmer 2017 – blogdokelmer.com

.

.

MAIS MINICONTOS

A metamorfose – Um miniconto sobre o fundo do poço

Desculpem o atraso – Um miniconto sobre BDSM e feminismo

A última mensagem – Um miniconto sobre amor e perdão

Literalmente – Um miniconto sobre os textos e a vida

 

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

,

.

.

.

.

 


%d blogueiros gostam disto: