Religião no esporte é gol contra

29jun2009

Se nada for feito, a religião invadirá os campos e quadras e o esporte virará uma cruzada entre os jogadores e seus deuses

RELIGIÃO NO ESPORTE É GOL CONTRA

.
Brasil tricampeão da Copa das Confederações, Kaká o melhor jogador, Luís Fabiano o artilheiro, troféu Fair Play de equipe mais disciplinada… Festa bonita mesmo. Dunga, a Canarinho, a CBF e a torcida estão de parabéns!

Mas agora terei que ser o estraga-prazer, é o jeito, pois tem algo que me preocupa muito mais que os gols que o Brasil faz ou deixa de fazer: estou falando do proselitismo religioso no esporte. Putz, esse negócio de jogador exibir mensagens religiosas já passou dos limites. A Fifa precisa fazer algo, assim como fez em relação às mensagens políticas, senão em breve o futebol será um grande púlpito de devotos a fazer propaganda de seus deuses para o mundo inteiro.

Lúcio foi o herói do jogo mas não deveria ter posado com aquela camisa onde se lia “I love Jesus”. Não foi um comportamento digno de capitão do time, afinal a cerimônia de premiação é oficialmente parte do evento e, além disso, Lúcio representa o grupo e nele há jogadores com outras crenças. Kaká também usou uma (“I belong to Jesus”) após a partida mas não a exibiu durante a premiação. E se outros jogadores fizerem o mesmo? Teremos um palanque religioso cheio de mensagens, com Deus, Alá, Jeová, Jesus, Shiva, Yemanjá e outras entidades disputando a atenção das câmeras. E os ateus, eles também não terão direito a uma camisa?

Se nada for feito, a religião invadirá os campos e quadras, e o esporte virará uma cruzada entre os jogadores e seus deuses. Comoum jogador evangélico se sentiria ao lado de outro que exibisse na camisa “Reencarnarei com Jesus” ou “Eu pertenço ao Demo”? Ué, se uma religião pode, todas podem. E se a minha religião for declaradamente contra a sua ou o meu deus for inimigo do seu? E as torcidas, como se comportarão? Será que esses jogadores não calculam o risco do que fazem num mundo onde as diferenças religiosas patrocinam atentados, guerras e genocídios?

Que Lúcio ame Jesus, tudo bem, ele ama a quem quiser. Que Kaká pertença a Jesus, ótimo, o passe espiritual é dele. Mas o esporte nada tem a ver com as crenças pessoais dos jogadores – isso é misturar o público com o privado. É o mesmo que um deputado usar o plenário para propagandear sua religião. Deputado está no plenário para legislar e jogador está no campo para jogar. Misturar política ou esporte com fervor religioso não dá certo. Por favor, senhoras e senhores jogadores, respeitem o espectador e divulguem sua fé em outra ocasião. O esporte deve ser laico e não político, para que ele não se desvie de sua essência mais legítima, que é a confraternização entre os povos.

Sei que toco num tema delicado e não duvido que algum religioso raivoso me xingue e me acuse de ser contra a liberdade de expressão e coisital… Nada disso. Quem conhece meu trabalho sabe bem do quanto prezo e luto pela liberdade. Não tenho religião nem tenho deuses ou deusas a honrar (a Luana Piovani não conta), mas sempre lutarei pela liberdade individual de qualquer um de tê-los. Esporte, porém, não é igreja – pelo bem do esporte e pela paz no mundo, sigamos esse primeiro mandamento.
.

Ricardo Kelmer 2009 – blogdokelmer.com

.

.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Fifa repreende comemoração religiosa do Brasil – estadao.com.br

Seleção de futebol é do Brasil ou de Jesus? – opovo.com.br

Fervor religioso nos gramados causa constrangimento – colunistas.ig.com.br

Ateus.net – Humor, reflexão, dicas de livros, batepapo

.

LEIA NESTE BLOG

Memórias de um excomungado – Eu jamais havia cogitado a ideia de que era possível não ter religião ou não acreditar em Deus

Bem vindo ao clube dos excomungados – Para a Igreja o pecado de estuprar ou assassinar alguém é menor que o de praticar um aborto

Religião certa e sexualidade errada – Com exceção daquelas mais ligadas à Natureza, as religiões atuais foram criadas por homens e refletem a mentalidade patriarcal dominadora

Entrevista com o ateu – Um pregador evangélico entrevista um escritor ateu. O que pode sair disso?

Santa Luana, livrai-nos dos fanáticos – Crer que o ser supremo do Universo está do meu lado e castigará quem discorda de mim, e que o meu deus é real e os outros são mentira – isso não é fanatismo?

A menina, a exorcista e a cantora – Primeiro a menina é usada como laboratório de novas técnicas de exorcismo. Agora é usada como objeto de promoção de igreja evangélica

> Textos sobre religião e ateísmo neste blog

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

 COMENTÁRIOS
.

01- É de lascar o mané tem até um blog é mole,penso q só ele le a si mesmo.Onde esse ex jornal das mutidões arrumou esse mala e sem alça. Ribamar Alves, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

02- É só ver o exemplo do Kaká que que passou a ser o representante mundial do casal de estelionatário da “igreja” Renascer. Ou seja, o cara divulga pro mundo interio um casal de bandidos que usa a religião para enganar e roubar pobres ignorantes, coisa muito comum nesta monte de igreja-empresa evagélica que surge em cada esquina. Luiz Araújo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

03- Após esse comentário totalmente absurdo, inadequado, sem o menor sentido, jamais colocarei meus olhos em qualquer comentário que seja desse “abençoado” sujeito. O jornal deve urgentemente tomar alguma providência contra uma pessoa deveras despreparada para lidar com o público. É cada um que aparece, meu JESUS… Também, um colunista? (escritor?) que tem como DEUS a Luana Piovani, é de se esperar qualquer coisa hehehe. Até nunca mais!!!!!!!! Rocha, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

04- Esse cara pelo fato de não ter religião se incomoda com esses pequenos detalhes,não tenho religião porem respeito quem louva a sua,acho bonito, melhor do que falar em violencia e politica. acho o comentário desse cidadão meio sem sentido,não acho q manifestação religiosa dos jogadores ou artista de um modo geral não incomoda ninguem afinal de contas é melhor louvar o nome de Jesus do q exibir uma arma. Ribamar Alves, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

05- Esse Luiz Araújo é no minimo desinformado e acima de tudo um preconceituoso,sou relativamente pouco informado mas nunca vi nem ouvi kaká falando sobre o casal da igreja em questão.Afinal o jogador em referencia não vai mais dormir por causa da opinião dele. Ribamar Alves, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

06- Impressiona-me que um “jornalista” não compreenda que o esporte também é um meio de expressão. E qual o problema se diferentes crenças forem expressas simultaneamente num evento esportivo? Lastimável não é a livre expressão, e sim sua intolerância, como, por exemplo, a reportagem acima. Marcelo Trévia, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

07- Isso é que dar autorizarem qualquer um se auto-afirmar jornalista… Aí um… o que esse cara é mesmo??? Vem falar abrobinhas como estas… Se o Lúcio não tem o direito de expressar-se num momento de superação como o que viveu, tenho certeza absoluta que uma opinião como esta, jamais deveria ser sucitada em um jornal que quer ter credibilidade. Se o futebol não é palanque, um jornal que se preze não pode permitir-se a aceitar uma coluna tão ridícula, sem propósito… Quem bom era o tempo em que escreviam jornalistas de verdade. Ob, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

08- Engrçado nã, quando os jogadore tiram a camisa para exibir seja lá o que for e até mesmo a pornografia o mundo aprova mas quando exibe algo que rea0lmente faz sentido na vida dos jogadores,onde está o erro? impressionante como isso incomoda alguns uma atitude dessa de agradecimento é louvável sim, afinal vivemos a era da comunicação não é verdade SR. Ricardo Kelmer e cada um tem o seu direito de expressar como queira e com certeza com o coração e verdadeiramente feliz. “O que é bom tem de ser compartilhado pois esse é o nosso maior legado”. Albert, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

09- Como é? Não acredito que estou lendo tal barbaridade no conceituado jornal “O Povo”. Se entendi bem, caro “jornalista”, estás defendendo a censura? É isso mesmo? Quer dizer que um jogador (ou mesmo um deputado) não pode expressar sua fé? Por que não? Não estamos falando de tirar a camisa no desenrolar de uma partida, pois aí poderíamos considerar um deserespeito ao uniforme (ou ao patrocinador, na verdade). Mas, após o jogo e para comemorar uma conquista? Tenha paciência!! Por que qualquer um pode escrever uma coluna e expressar suas idéias e preferências (as mais amalucadas, inclusive) e um jogador, não? Responda-me, por favor. Ou você concorda com essa censura para (pseudo)jornalistas também? Você não acha isso muito perigoso? Sou apaixonado por futebol, porém há muito tempo não tenho mais coragem de ir aos estádios. Se nos fosse possível escolher, você optaria por uma arquibancada transformada em campo de batalha (é, isso sim dá medo) ou uma arquibancada pacífica, ordeira e com torcedores vestindo camisas com as inscrições I LOVE JESUS? Outra coisa, eu prefiro um deputado que defenda a sua fé (qualquer que seja ela) a um que aja subrepticiamente, na moita, através de atos secretos. Cláudio Moreira, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

10- Nunca vi alguem se queixar qdo se via despacho de macumba nos campos de futebol.E aonde se tira a liberdade individual vc manifesta que ama alguem,se Deus,que nos criou e nos mandou ama uns aos outro.Como um pai que tem vários filhos,pede para eles se amarem.Seria muito,e ruim o filho dizer que ama esse pai.Sim,porque Jesus é Deus,e foi Ele que nos fez. Tira se a libertade individual é vc matar outra pessoa. Graça, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

11- Concordo com o jornalista. No mundo em que vivemos, onde há guerras e terrorismo por conta da religião, o futebol não é o meio adequado para se divulgar crenças. Se continuar assim em preve teremos homem bomba dentro de estádios lotados para protestar porque o “Deus” dele é mais justo e bondoso do que o do jogador X que está em campo, e porque o “Deus” é o melhor ele se acha no direito ne matar e mutilar milhares de outras pessoas que não tem a sua mesma fé. Silvia, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

12- vejo q vc fala na luana piovani, mas aposto q vc é muito é gay. Claudemilson, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

13- Admiro muito mais aqueles que fazem o bem, sem olhar a quem…do que os que nada fazem, mas se vestem “100% Jesus”. Roupa nao vale nada!!! O que vale sao os atos!!!!Queria ver ao inves da camisa, era uma atitude dos jogadores doando estes “rios de dinheiro” para orfanatos e instituicoes de caridade. Isso sim, seria um ato respeitável e glorioso…Praticar o bem, sem ficar idolatrando de forma vazia. As pessoas esqueceram que a parte mais importante das religioes é prática da bondade, misericórdia e solidariedade, tanto no Cristianismo, Judaísmo, e na religiao Mulcumana (nao falo de outras, porque conheco menos). Acho que se os jogadores usassem uma camisa “100% Paz”, estaria agradando tanto a Deus (a paz é divina!), como contribuiriam com uma mensagem positiva para um mundo cada vez mais violento. preto velho, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

14- è uma preocupação muito mesquinha essa sua, quer dizer então que, exaltar atraves do esporte a cerveja a cachaça e o cigarro pode, e a cocaina tambem pode? Washington Portela, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

15- Amigo, não tenho religião mas conheço bem partes da Bíblia. Ela, em uma das passagens nos manda pregar o evangelho e Jesus Cristo como salvador de nossas vidas a todas as criaturas. Portanto, eles estão mais do que nunca cumprindo a palavra de Deus, mesmo porque as obras sem a fé não valem nada. è melhor mostrar caráteres de jogadores que buscam estar próximos de Deus do que mostrar jogadores beberrões e cachaceiros ou usuários de drogas. A violência hoje impera em toda a sociedade e você pregando a fé através de Jesus Cristo diminui essa ânsia de inversões dos princípios cristãos, porque desde há muito tempo os valores humanos e familiares têm ficado em segundo plano. Eles apregoando a fé em Jesus Cristo estará sim incentivando muitos jovens a buscar o lado espiritual do que estarem sendo invadidos por mensagens de consumos de drogas e outras afins. Pedro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

16- Lamento pela infelicidade desta material, principalmente sendo veiculada por uma entidade que sempre lutou pelo direito de expressão livre. Quantas mensagens são exibidas durante eventos públicos que tem trazido desgraça e morte de jovem que acabam cometendo atos catalizados pelas drogas e alccol. O importante é deixar claro que a publicação da fé de alguma pessoa não pode ser interpretada como prejudicial a ninguém. Desejo que Deus abençoe grandiosamente sua vida e projetos conforme a vontade Dele, e que a cada dia você cresça em sabedoria e amor, pois Dele jorra uma fonte ilimitada e acessível a todos. Jorge Rodriguescoluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

17- O Cristianismo nunca foi uma religião para ser mantida secreta. Se os primeiros cristãos foram até mártires em palcos “esportivos” como o Coliseu, você acha que pode censurá-los agora? Paulo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

18- Legal,Kelmer, vc ter tocado nesse assunto, pois o mesmo me incomoda tb. E quanto à Santa Piovani, no meu quarto tem um altar exclusivo dela. Abraço. Giordani Carvalho, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

19- Parabéns pela crítica, pois religião, é sinônimo de: individualidade, respeito e paz. Regina de Nazareth Gouveia Martins – jul2009

20- infeliz comentário, deve ser falta de assunto. Francisco, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

21- Ricardo, bom dia! Muito prudente sua expressão. O importante é que pensamentos, palavras e ações sigam sempre no mesmo caminho. O Homem é um vaidoso quando se exibe e não faz e nem pensa. O Homem é um difamador, quando não faz e não pensa. O Homem é um fraco quando fala e não pensa e não faz. Fraternal Abraço. Éwerton, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

22- Ricardo Concordo com você. Que cada um agradeça as Bençãos recebidas no silêncio do seu coração e que em sua ações no dia-a-dia possa evangelizar e não apenas em um momento na frente das cameras. Muito pertinente o seu texto. Saudações ! Minerva, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

23- O Jorge Rodrigues tem razão. Você nao pode pensar que a Fé de alguém venha prejudicar aos outros. É uma característica dos protestantes em expressar sua Fé de forma bem explícita. E mesmo eu, sendo católico, confesso que NUNCA me incomodei com isso. Próximo a minha casa existe uma igreja evangélica e acredite, o som que me pertuba o sono é do forró dos carros dos adolescentes. Marcelo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

24- Pois é, eu entendí sua boa intenção, Sr. Kelmer. O verdadeiro Cristinanismo ultrapassa todas essas barreiras, a intolerância em sí não vem da religião e sim dos seus seguidores, que são hipócritas e não aplicam em suas vidas os próprios preceitos de sua religião. Em parte o que você falou é verdade, mas exagerou um pouco: “Isso não é um comportamento digno de capitão do time”. Pega leve. Lili, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

25- AMIGO, gostaria muito que você tivesse o prazer de conhecer Jesus,o que Lúcio e Kaka anunciou foi Jesus e não uma religião,eles não disseram sou Evangélico,ou macumbeiro ou espirita,eles falaram de Jesus,sem chingar relegião,credo ou puliticos,gostaria muito que você deichasse Jesus fazer a obra em sua vida.Reflita nisso por que Jesus te deu inteligência para falar coisas boas e abençoar vidas.Pensse nisso! Ari Junior, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

26- Prezado Ricardo, Pensei que vocês vinculariam criticas a esse comentário, que vi ontem no site do yahoo, feito pela membro da FIFA um dinamarques e não apoiar tal situação, infeliz comentário o seu, pensei que não dariam créditos. Está está deve está presente em todos os lugares, os jogadores não estão fazendo apologia a religião X ou Y, mas sim agradecendo a Deus pela vitória. Rafael, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

27- Querido Ricardo Kelmer(redator da coluna) será que vc. não teria nada mais importante para divulgar neste conceituado jornal. Camarada, tantas coisas absurdas que acontecem no futebol como: Desvio de dinheiro, Brigas em estádios, protecionismo parcial a determinadas agremiações… e vc. perde seu tempo a falar de opções religiosas. Peço que o redator chefe deste espaço tome providências neste caso, pois sou leitor “fiel” deste jornal e como tal, quero redações inteligentes e animadoras e não medíocres e preconceituosas. Teomar Mesquita, coluna Kelméricas, O Povo On Line –  jul2009

28- Fique tranquilo,menino. Essas manifestações religiosas só são vistas em jogadores brasileiros, que adoram aparecer e dar uma de bonzinhos.Afinal, brasileiro adora uma presepada para se exibir. Voce já viu algum jogador muçulmano,asiático ou mesmo africano com essa palhaçada? Nem eu.Sabe porque? Porque lá eles tem mais noção e não precisam recorrer a essa palhaçada para aparecer ou fazer média com o pa$tor da igreja, que sempre leva uma comissão do mané(10%). Dr. Mundico, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

29- É lamentável o comentário do jornalista… se ele é ateu.. até respeito… só não adimito ele usar um meio de comnicação para expressão sua opinião pessoal… para louvar e agradecer DEUS… não tem hora nem lugar… sou católico e concordo com as atitudes dos jogadores evangélicos de louvar e agradecer a Deus… já que os estádio precisam tanto de paz. João Batista, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

30- Fiquei indignada com o conteúdo do que li. Moro na Europa e aqui existem pessoas de todas as religioes e tambem um grande número de ateus. Mas, em nenhum momento, li na imprensa qualquer comentario a respeito da declaracao de amor a Jesus pelos nossos jogadores de futebol. Jesus pregou a paz e o nosso futebol precisa justamente de paz, tanto dentro de campo como fora dele. E nao esqueca prezado colunista ” Jesus te ama tambem”!!! Joselia Biersack, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

31- Isso q é um ateu revoltado com a proclamação de Deus!!!Todos ali são pessoas q dedicam sua vitoria a um Deus no qual eles acreditam , não é da conta de ninguém,eles são os melhores jogadores do mundo .Devemos ressaltar isto e não fazer criticas a uma frase exibindo sua fé ,muito pelo contrario, são pessoas que não se exaltam em se ,somente em Deus.Acho q esse foi um comentário sínico simplista de sua parte para demonstrar sua inconformidade com a fé,na qual você não deve ter. Victor Raidni, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

32- Jesus Cristo é para ser proclamado sempre e em todo o lugar! Dizer que a manifestação desses atletas é uma forma de tentar aparecer é no mínimo infantil. Ora, se ele já brilha por ter feito o gol não precisaria de mais nada. Pelo contrário, na grande maioria das vezes “divide” aquele momento mágico com Deus e o oferece em ação de graças. Agora se alguém está enciumado com isso… Bom, isto é outra história. Haroldo Antunes, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

33- DEVIA SER PROIBIDA QUALQUER TIPO DE CAMISA POR BAIXO OU NO LUGAR DA OFICIAL COM QUALQUER TIPO DE MANIFESTAÇÃO…QUER LÁ SABER SE ALGUÉM AMA JESUS,JEOVÁ,ALAH…A MÃE, A FILHA, O URSINHO DA COCA COLA…ENFIM O CÃO QUE FOR……USEM SÓ A CAMISA DO TIME E PRONTO!!!! MAS QUE ISSO SÓ É VISTO NO FUTEBOL BRASILEIRO ISSO É VERDADE!!! Raimundinho, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

34- Infelizmente Ricardo Kelmer esse seu comentário está fora de ar. Considerar uma manifestação, um ato religioso, você precisa transcender este seu campo mediocre de percepção. Sabia que ali nas estampas das camisas de alguns jogadores está escrito uma declaração de amor ao Deus Todo Poderoso que não se prende e jamais de prenderá a religião, pois, DEUS ESTÁ ACIMA DE QUALQUER RELIGIÃO. Espero que você abra sua mente, para o conhecimento da verdade que está Nele JESUS CRISTO. Queiroz, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

35- O bom senso e grande parte das religiões não fundamentalistas, pregam a tolerância entre os povos e suas crenças. Não vejo problema algum em atletas ou qualquer outra pessoa manifestar, individualmente, sua fé ou mesmo a falta dela. Vejo, sim, como lamentável, criticar esta liberdade individual, respaldada pelo ART 5º da nossa Constituição. Nossos atletas, nosso povo, têm sua espiritualidade e isto precisa ser respeitado. A fé ou a falta dela é prerrogativa de cada indivíduo, influencia nosso comportamento, e por consequência a política, o esporte, o trabalho, o comportamento da sociedade, que é resultado da ação dos homens, isto é inevitável. Que mal haveria em a seleção iraquiana, ao final do jogo expor camisas, “Eu louvo a Alá”, ou algum outro, “Eu sou atéu”? Se você não tem coragem de frequentar a redação com uma camisa “Eu amo Jesus”, use então uma com “Eu adoro a Luana Piovani”, haverão muitos materialistas sem cérebro que te acharão “o cara”. Roberto Campos, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

36- Pelo jeito esse nobre escritor não conhece, ou pelo menos dá a entender, que cada religião tem a sua própria Doutrina. Pois bem, no Evangelho está escrito “portanto, ide! Ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo”. Mt 28:19. O apóstolo Paulo cita em II Tm 4:2 “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda longanimidade e doutrina”. O que os “Atletas de Cristo” estão fazendo, nada mais é do que cumprir a vontade e o mandado do seu Mestre, o Senhor Jesus Cristo. Também, a História nos prova que um povo não separa a vida, digamos, uma parte religiosa e outra atéia, e que o proselitismo religioso faz parte de toda e qualquer religião. O Judaísmo, o Hinduísmo, o Cristianismo, o Confucionismo e o Islamismo nos mostram essa realidade. Dessas grandes religiões mundial,temos de convir que o cristianismo é a mais perseguida, por quê? Agora eu faço outra pergunta: Será que se esses atletas fossem muçulmanos e fizessem uma manisfestação de ação de graças em nome do Islã, alguém teria coragem de criticar e pedir a proibição? Ricarterith, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

37- vc é um infeliz,coração de pedra ñ sabe nem o q ta dizendo.Q Jesus te perdoe pq vc é um pobre de espirito. Deus esta acima de qualquer religiao. E uma manifestação de amor é valida em todo lugar. seu ipocrita. Renata, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

38- Péssimo comentário este,talves o mundo esteja assim,tão complicado por causa de pessoas como este rapaz. que ver uma mensagem de paz e cria uma guerra. Evaldo Oliveira, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

39- Como ficou bem claro no final, esse Sr., não conhece ou melhor não reconhece o AMOR DE DEUS na vida dele, só o fato de está vivo, acordar todos os dias e ter a liberdade até mesmo de se colocar contra o povo de DEUS, é prova de que o Senhor JEUS o ama muito. Caro Ricardo, conheça JESUS,sinta uma PAZ que só Ele nos propociona,seja curioso, procure saber desse DEUS que tanta gente AMA. Tenho muita certeza que DEUS TE AMA MUITO e que ainda vou ler um lindo artigo seu, contando o seu encontro com Ele (JESUS). Fique na PAZ DE CRISTO, estarei orando pelo Sr. Abraços!!! Sandra, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

40- acho que realmente o Ricardo nao tem o que publicar ou teve ser ateu para ficar se metendo na religiao dos outros para mim e o isso e falta do que fazer .meta se com a sua vida e va trabalhar que e melhor. Simone Moura, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

41- Que o Senhor Jesus seja louvado! É incrível como o inimigo de Deus usa as pessoa para falarem por ele. O comentáio escrito pelo Sr. Kelmer foi infeliz já que o Rei dos Reis é o Senhor do Universo e dono de Todas as coisa e por tanto usa quem Ele quer e onde quer para propagar a sua palavra e salvar os seus filhos mostrando-les o caminho para salvação.Oro a Deus pelo Sr. Kelmer. Madalena Patrícia da Silva, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

42- Muito correto o comentário!!! Futebol não tem nada a ver com religião!! Isso pode gerar inclusive embate sem sentido de torcidas!!! E o time é um grupo, tem q se respeitado a religião de cada um! E não como pareceu, uma seleção católica, ou crente… e se tivesse alguém do candomblé lá na seleção, será q a pessoa nao ficaria constrangida na hora que rezaram o time todo d mãos dadas o pai nosso??? Bruno, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

43- ESSE RICARDO SÓ TÁ QUERENDO APARECER…NÃO TEM O QUE PUBLICAR E FICA ESCREVENDO ESSAS BOBAGENS! BICHONA! Paulo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

44- acho que assim como nois temos livre arbitrio para escolher a religiao ,o time ou o partido que queremos os jogadores tambem tem esse direito e acho que nao e um ou outro que vai sensacionalizar ou tentar tirar o direito das pessoas sendo jogadores ou nao.obs Ricardo nao seja estupido a ponto de querer aparecer discutindo a religiao dos outros. Simone Moura, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

45- Primeiro,o senhor só poderia ser ateu. Acredita que veio do macaco, e não é semelhante ao seu criador. Se o senhor preza pelo mandamento de liberdade, neste momento estar contradizendo-se.E o mandamento que conheço, é que devemos amar a deus sobre todas as coisas, e a seu irmão com a se mesmo. Partindo deste princípio, todos seremos iguais, e sendo iguais não há o pq de entrarmos em confronto.Há várias religiões,mas só há um caminho a seguir, q é JESUS. O senhor estar invertendo as coisas, e o q poderia ser um ato de liberdade, de livre expressão, aparece alguém para reprimir. O sehor foi muito infeliz neste comentário. Jackson Barros, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

46- É pena ouvir isso de uma pessoa tão “culta”. Esse moço não entende que o Rei dos Reis está presente em tudo. Que se ele não permitir, nem futebol haverá mais. E que se Ele quiser calar a voz desse cidadão, ele cala. Sr. Kelmer, qual o seu problema com Jesus? Qual o por que de tanta revolta? Tenho plena convicção de que o Senhor te ama muito. E que depois de Ele ter lido sua mensagem, apenas sorriu. Não disse nada. e nem precisa. Sr. Kelmer, mais cuidado com o que fala! Socorro Melo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

47- Apoiado! Esses crentes são chatos demais, querendo impor suas crenças a todos. Ou você está com eles ou contra… Não tem respeito algum às crenças dos outros cidadãos. Pois bem: Respeitem para serem respeitados! E mais, o futebol, por si só, já é uma “religião”, e tem seu problemas com torcedores… Imagina só ver um quebra-pau entre a torcida católica e a torcida crente, no estádio! Deixemos as religiões em seus lugares de adoração. Vamos aprender a respeitar as diferenças, ao invés de execrar quem pensa diferente. José de Almeida, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

48- a minha opnião é que a religião não salva ninguém, nem budismo, espiritismo, maria, evangélica ou seja, nem uma outra, agora em relação as mensagens das camisas estão plenamente corretas pelo fato de só o Senhor Jesus salvar(jo 14.6) eles trouxerão uma palavra de paz para o povo africano que é uma nação oprimida(jo 10.10). contudo isso eles estão certo!!! Douglas, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

49- Precisamos entender que o mundo está reconhecendo quem é o rei verdadeiro desse mundo. Nada podemos fazer se as pessoas estão acreditando mais em Deus. É melhor nos conformamos pois 50% da população Brasileira em 2020 conhecerá esse Deus. Espero que você também reconheça isso e acredite nesse Deus. Ninguém vai poder para isso, pois é plano de Deus. Cícero Lima, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

50- Também fico irritado com algumas dessas manifestações religiosas. Algumas realmente chegam a me incomodar, e olhe que eu sou uma pessoa espiritualizada. Mas não acho que devam ser banidas. Acho que eles têm o direito de manifestar sua fé em agradecimento pela conquista, qualquer que seja o deus em que eles acreditem. Agora… Se Lúcio estivesse usando uma camisa com a foto de Luana Piovani esse indivíduo que escreveu essa… coisa aí (não aceito chamar de crônica)… não teria reclamado de nada, talvez tivesse elogiado. É uma manifestação ideológica, quer ele reconheça quer não. O futuro desse país é sombrio; políticos pilantras, jovens imbecilizados e jornais com esse tipo de conteúdo. Futuro sombrio… Brasileiro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

51- e ae? cada um na sua… cada um faz o que quer… de maneira geral é uma opinião infeliz! Poderia ter ficado calado, mas entendi que a sua intenção era de “fazer chover comentários”… tsc tsc, parece até que é um amador. Kabal, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

52- menosprezante é a sua opnião diante de um Deus que é exaltado até debaixo do mar!!! Lucilo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

53- SR. Ricardo Kelmer Vc não sabe o que fala !! Não tem a noção e dimensão do que um jogador desse passou na sua vida , para hj estar Glorificando e exaltando o nome de JESUS. Agora se fosse uma propaganda de CERVEJA o SR. Ricardo Kelmer não falaria nada se fosse propaganda do fernandinho beira mar e o seu PÓ vc estava calado.. deixe de ser usado pelo satanás e venha para JESUS aceita-lo como SENHOR E SALVADOR de sua alma. Thiago, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

54- Bem, não concordo com a opinião do Sr. Ricardo Kelmer, pois os jogadores são pagos para jogarem bola durante os 90 minutos + acréscimos que a partida venha a se estender, durante esse momento realmente são pagos para jogarem futebol. Porém, creio que após o jogo, na comemoração de uma vitória, os jogadores têm o direito de manifestar-se livremente acerca de seus credos, pois é livre esse direito, com tanto que não venha a ofender a ninguém. Francisco Filipe Uchoa Carneiro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

55- Ricardo, é a primeira vez que leio algo e seu e vou te dizer, cara: Parabéns! Dificilmente algum colunista consegue não tendencionar suas idéias / seus ideais nos seus leitores. E o tema, também, fugiu do óbvio. Independente da opinião que se tenha sobre qq coisa, o mais importante é saber expor “toda a coisa”. Bom mesmo. Tatiana Rodrigues, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

56- “Digo-vos que, se estes se calarem, as próprias pedras clamarão.” (Lucas 19:40) Rapaz, pense num assunto complicado,esse que você entrou. Concordo no ponto que Thiago fala sobre “dimensão do que um jogador desse passou na sua vida”. Sou protestante e se tivesse a oportunidade diria a todos: Jesus mudou a minha vida, e pode mudar a sua também, de uma forma incompreensível a nossa realidade, mas, essa sensação só é sentida após uma verdadeira mudança. Viva na verdade de Deus e não na aparente verdade desse mundo. Que Deus abençoe você, sua casa e que tu possas ver quanto é bom viver o melhor de Deus para nossa vida. Abraço! Haroldo Campos, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

57- falar de Deus nunca é gol contra…. nunca existirá inconveniente em se falar Jesus… vc deveria procura ler + sobre Aquele te criou…afinal, tudo é por Ele, Dele e para Ele…estarei orando por vc…. Deus abençoe, queridooooo. Kelly, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

58- “Estado Laico” – Qual desta frase essas pessoas não entendem ? Parabéns Ricardo. Jannayna – jul2009

59- repórter fascista! e que acha dos nomes dos filhos e das esposas nas camisas e tatuagens? como a de daniel alves?…tb deve ser proibido? Sincera, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

60- Foi o comentário mais imbecil, sem sentido e infeliz que já li, parece até que o escritor está indignado por ter outra crença … essa poderosa palavra JESUS CRISTO não incomoda ninguém, a não ser que é contra Ele … Ricardo, que Jesus tenha missericordia da sua vida e não entre nesse merito, pois a maioria do mundo acredita em Jesus Cristo como salvador e só vi até hoje na minha vida você reclamando de tal manifestação. Haroldo Viana, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

61- É!! RESLAMENTE DELICADO FALAR SOBRE ESSE ASSUNTO, RELIGIÃO VERSUS FUTEBOL, MAS TEMOS QUE ENTENDER UMA COISINHA CHAMADA “RESPEITO”: TANTO NÓS PESSOAS COMUNS, COMO ELES OS “REIS DA BOLA” TEMOS NOSSOS DIREITOS E ISSO DEVE SER RESPEITADO, DEUS VEIO PARA TODOS, PORÉM É PRECISO AGIR COM SABEDORIA E COM RESPEITO AO PROXIMO, SE VC AMA REALMENTE O SEU DEUS, NÃO PRECISA MOSTRAR NUMA CAMISA, BASTA QUE AME TAMBEM O SEU RPOXIMO E DÊ SUA VIDA POR ELE COMO DEUS FEZ ENVIANDO SEU FILHO PARA NOS SALVAR! PAZ NO CORAÇÃO DE TODOS E QUE DEUS OS ABENÇOE! Gil, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

62- Ricaro vc é igual a maioria da imprensa,se rola alguma coisa ruim em relação a religião todo mundo comenta e critica,mas se os caras exibem frases e nada tem de errado vc critica também! Vc é um tremendo pagão isso sim.Vc nunca vai aceitar que as pessoas falem de Deus ou demonio ou outra coisa parecida,porque vc já é uma marionete dominada por ele(demo) e está cego assim como a maioria,nada vai te fazer mudar de opinião,só existe uma ocasião em que vc abrirá os olhos,será na sua morte,e aí pode ser tarde demais. Deus tenha misericordia de sua alma seu pagão incrédulo. (Covarde anônimo), coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

63- esses comentaristas deveriam se preocupar com a violência que ronda a cidade, em vez de se preocupar com crenças religiosas dos jogadores, pelo menos eles creem em algo importante para sua conduta e formação como homens,parabéns LÚCIO E KAKÁ, POR SEREM HOMENS DE BOA PROCEDÊNCIA, POIS NUNCA VI NINGUÉM MATAR OU ROUBAR, POR NOME DE JESUS, MAS SIM FALAM DE PAZ E SALVAÇÃO E ISSO SIM É BOM!!! Ricardo Rodrigues, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

64- Super contraditório!!!fala em liberdade e critica a forma como os caras comemoram e dedicam as suas vitórias…cada um comemora como quiser, quem não gostar que mude o canal e fique na sua! Respeite a LIBERDADE deles meu querido! cara incomodado…eu hein! Ione, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

65- E eu como sempre uma doida que concordo ctg e discordo dos outros! hahaha Ótimo texto! 😉 Marina, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

66- O q tu tem a ver com a fé dos outros? se tú não tem fé o problema é teu. deixa os caras em paz e procura o q fazer, até parece q tu não tem é assunto pra comentar. (e é o que parece) Daniel Barros, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

67- caro kelmer, excelente post, meu camarada. o problema é que a negada tá contaminada com o vírus do fanatismo religioso. “Afirmar que determinada religião é falsa é uma asserção com a qual a esmagadora maioria da humanidade tende a concordar, desde que o juízo não se refira ao seu próprio credo” ¿ Hélio Schwartsman. abçs. Carlos, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

68- Seu texto não é só parcial; é pobre de consistência também. Suas falácias dão nojo… pensei q vc pararia na questão da “camisa do ateu”, mas foi até uma comparação esdrúxula entre esporte e estado! P/ um escritor “liberto incondicionalmente” vc está mais preso do q muitos.. Felipe Luiz, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

69- QUERIDO KELMERICAS… A UNICA COISA QUE TENHO A LHE DIZER EH: QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DAS SUAS PALAVRAS MEDIOCRES!! E QUE DEUS POSSA UM DIA AUMENTAR SUA FE, QUE TA MUITO POUCA OU NAO EXISTE!!! DEUS TE ABENCOE. Natalie, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

70- No dia do Senhor.ele vai se lembrar do que disse. Pirulito, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

71- E vc acha que Deus permitiu q eles ganhassem atoa? Eu sei que o diabo tá muito é do furioso com as lindas declarações de amor q os meus queridos conterrâneos brasileiros fizeram! Um comentário desses só poderia ser inspirado por alguém q não tem a presença do Dr. Espírito Santo em sua vida… Vou orar por vc Sr. Kelmer. Ana, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

72- Engraçado vc falar tanto de liberdade… e não deixar as pessoas livremente se expressarem! Que Deus te abençoe! Georgia, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

73- O mais engraçado disso tudo é a perspectiva dos fanáticos,pra eles uns estão gordos, outros religiosos, o que realmente querem? Claudiane Martins, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

74- Sensacional e corajoso o comentario. afinal a religião é algo intimo.Muito mais que palavras mensagens é preciso ação, pois nem todos que dizem senhor, senhor herdarão o rei so ceu, mas aquele que faz o vontade do meu pai. hoje jesus é o maior mercadoria para ser vendida.Vale lembra que nas outras seleções estão tambem filhos de Deus, se a seleção tivesse perdio Deus teria esquecido de seus filho? Francisco Antonio de Oliveira, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

75- Deus e Jesus não tem nada a ver com a conquista do título. Ateu,graças a Deus, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

76- Achei o comentário muito corajoso!!! Mas não vejo problema em o cara expressar sua fé, seja ela qual for, principalmente se considerarmos que a grande maioria deles o fazem pós-jogo. Que problema tem isso?!?!?! Gilverlan, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

77- Faça me o favor Sr. Kelmer…. Tenho certeza que o espaço disponível nesta coluna, deveria ser utilizado para de5ates que envolvam a essência do esporte, o gol, a linda jogada, etc…. Sua preocupação com a expressão espiritual do próx, não deveria ser levado a público, através de um veículo para o “puro” debate esportivo. Como em outros espetáculos, o esporte é uma arte… e pelo que entendo, ninguém recrimina expressões de fé em peças de teatro, filmes ou programas de tv. Porque reciminá-la no esporte ? Portanto, o Sr. deveria destinar seu comentário ao esporte tão somente… pois, como mesmo disse, cada um expressa sua fé da maneira que convém (LIBERDADE). No Uzbequistão, por exemplo, não podemos expressar a fé cristã…por isso o fazemos aqui. E este ato dos jogadores mostra justamente a liberdade que todos devem ter. Como disse que política não tem haver com fé, se há feriados criados em homenagens a santos, hein?! um abço. Daniel, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

78- Adorei o artigo. Deveria ser proibido fazer demonstrações religiosas num jogo. Eu APOSTO que se eu fizer propaganda do MEU ATEÍSMO, pouca gente vai gostar. Claudio, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

79- Li em algum lugar e concordo: “A religião é o maior defeito do homem, e a dúvida a sua maior virtude.” Deus não existe bando de alienado, tomem consciencia da responsabilidade de cada um de nós nesse mundo. Nós somos responsaveis por tudo de bom e tudo de ruim nessa terra, não existe Deus nem o diabo. Silvia Costa, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

80- As camisas deles não me incomodou em nada. José Carlos, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

81- Mas que baboseira! E no final das contas eu não entendi qual é o problema em os jogadores mostrarem camisetas com essas mensagens. Que tal acabar com a lei do impedimento? Ou com a violência dentro e fora dos gramados? Se incomodar com mensagens de amor a Jesus? Quê que é iiiisso!?!! Jolliens, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

82- É difícil compreender a razão de matérias como essa jamais terem sido escritas, mesmo sendo certo que os jogadores, há muito tempo, fazem menção notória à própria fé durante a prática esportiva. Por exemplo, quanto ao sinal da cruz, antes, durante e depois de cada jogo, em uma clara demonstração de fé católica. Também não vi reportagens assim quando jogadores comemoraram seus gols com danças tipicas do candomblé, como Vampeta, por exemplo, ex-Corintians. Por que apenas a fé cristã evangélica revela-se danosa ao ser exposta em um jogo de futebol ? A fé invade os campos porque, antes, invadiu o coração daquele que a tornou pública diante das câmeras. Os cristãos das mais variadas tendências, orientações e origens jamais criticaram a manifestação alheia. Mais do que reportagens como a que ora comento, o que de fato precisamos é de respeito. Mais respeito, Ricardo Kelmer. Luiz Freitas, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

83- Por que expressar o amor a Deus, é tão ruim assim??? Mas se fosse para alimentar a propaganda de uma bebida ou de um cigarro isso seria uma maravilha… O Mundo já está sem Deus… E não divulgar o seu amor a ELE só alimenta mais ainda o ódio, o rancor, o egoísmo…. Gilton Barreto de Castro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

84- que absurdo o que eu acabei de ler,que o senhor tenha misericordia desse escritor Ricardo Kelmer e dessa Silvia Costa. Mario Cesar, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

85- Gostei do artigo!! Deveria realmente ser abolido o uso desse tipo de “homenagens”!! PS:Um desses posts deve ser apagado ne, ja que defende uma crença, e quer impor-la verbalmente onde nao e o local!! Rodrigo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

86- adoro o jornal o povo mais essa matéria está ridícula!!! isso é um absurdo Deus tenha misericordia desses escritores. Bruna, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

87- Preconceituoso, sem nexo, ausente a lógica e pior: sem respeito. Jornalista sem qualificação esse Ricardo Kerlmer. Almeida, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

88- Foi muito infeliz esse comentário. Jesus não é motivo de vergonha seja em qualquer situação ou em qualquer lugar. Jocilia Oliveira, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

89- Infelizmente o povim atrasado é esse povo Brasileiro, não entende o que o companheiro está querendo dizer. E pior não respeita o que ele diz, mesmo que vc não concorde tem que haver o respeito. Concordo em genero numero e grau, com o artigo. Milhões aindam morrem por divergir de religiões, Israel x Palestina estão ai pra comprovar. Eu como telespectador não acho bacana essa blusas com eu amo jaca, Amo chuchu. Pra mim o que vale é o futebol bem jogado. O resto é pura demagogia. Paulo Salut, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

90- Vcs não entedem nada de religão ou de respeito, não sou o Sr. da verdade mas se o Capitão Lúcio tivesse utilizado uma camisa com os dizeres: “EU AMO O LUCIFER”o mundo inteiro caíria em cima dele e aií eu pergunto ? Vc seria contra ou favor da religião no esporte? Não seria a religião dele o capitão.? Então tbm haveria que ter o minimo de respeito. Não julgue para não ser julgado pessoas de mentes pequenas… Precisamos respitar tanto quem é católico, evagélico, umbadista, espírita, ateu enfim … A PALAVRA CHAVE É RESPEITO. Paulo Salut, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

91- Que o SENHOR, em sua infinita misericórdia, perdoe este infeliz, pois ele não sabe o que diz… Estes atletas estão dando a Glória devida ao Senhor por suas vitórias… Célio, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

92- Tantos problemas, desvios de conduta dos políticos… então vem a mente brilhante desse colunista, se importar com a forma com que o jogador professa sua fé,é brincadeira. Natan, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

93- quero so saber qm da saude para eles todos os dias e vigor para eles jogar bola,se vc sta vivo ate hj e tem alimento para comer agradeça a esse JESUS Q UM DIA MORREU POR MIM E POR VC.ALI ELES STAO HONRANDO O UNICO Q É DGNO DE LOUVOR.DEUS T ABNÇOE,OS HOMENS SE MATAM PORCAUSA DE RELIGIAO SIM,MAIS RELIGIAO NAO SALVA NINGUEM PELO CONTRARIO faz é separar como vc dsse,mais JESUS NAO É RELIGIAO PELO CONTRARIO SE VC LER A BIBLIA ELE PREGA CONTRA OS FARISEUS OS RELIGIOSOS DAKELA EPOCA.JESUS TE ABNÇOE. Icaro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

94- total contradição,terminam de rezarem e vão xingar um ao outro. Carlos Alberto Costa, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

95- Não me importarei em colocarem mitos como Deus e Jesus no futebol no dia em que eu puder andar pelas ruas com a frase: “sou ateu e sou feliz” sem ser xingado. André, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

96- Liberdade de expressão e consciência é digna em qualquer sociedade ou manisfestação. Se os próprios jogadores rezam antes de jogarem e entrarem em campo por acreditarem em Deus. Porque não mostrar a todos que o viu atuar durante a partida, quem realmente eles amam e agradece pela vitória. Infelizmente um ateu agradece atoa. Danivaldo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

97- Se eles exibissem uma camisa com os dizeres: “amo a maconha”” o que Kelmer escreveria?Ele falaria mal ou exaltaria? Paulo do Topete, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

98- Discordo. A liberdade de crença e consciência é salvaguardada pela Constituição Federal, em seu art. 5º, VI, o qual prevê: Art. 5º – Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias; Além disso, o Brasil é signatário de várias convenções internacionais que asseguram a liberdade de culto e de crença, dentro os quais destaco o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos, em seu art. 18º: Artigo 18.º 1. Toda e qualquer pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de ter ou de adoptar uma religião ou uma convicção da sua escolha, bem como a liberdade de manifestar a sua religião ou a sua convicção, individualmente ou conjuntamente com outros, tanto em público como em privado, pelo culto, cumprimento dos ritos, as práticas e o ensino. A Declaração Universal dos Direitos Humanos é ainda mais enfática ao prever em seu Artigo II: Artigo II Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. Portanto, uma norma interna corporis da FIFA, ou seja, uma associação civil de direito privado não pode se sobrepujar a tratados internacionais celebrados entre Estado independentes e democráticos. A atitude dos jogadores está amparada pelos Tratados Internacionais e representa apenas o exercício de sua liberdade de crença. Carlos Amorim, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

99- A fifa já manifestou sua preocupação com essas manifestações e promete tomar medidas no sentido de impor limites. Estará certa se assim o fizer. Religião deve ter seu espaço e tb deve ter seus limites de atuação. Rosemiro, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

100- Discordo de sua opinião. Os jogadores não estão misturando o futebol com religião – estão fazendo isso depois dos jogos – o que tem de errado expressar sua religião ou crença, ou ainda a falta dela – como fazes? Eles estão homenageando aquEle que lhes ajudou a vencer – colocando Deus, Jesus, como destaque e em evidência, agradecendo-lhe pelas conquistas. Que outros (independente de suas crenças) o façam também. A religião, amor, temor a Deus nunca fez guerra ou apoiou genocídios, isso foi feito por pessoas ou religiões extremistas – a religião mesmo não faz isso – afinal, Jesus resumiu dizendo: “Amai a Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo”. Parabéns Lúcio, Kaká e outros por tal atitude. Respeito o colunista, mas não concordo com seu ponto de vista.  Francisco das Chagas Sousa, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

101- Seu comentário foi muito infeliz… Os jogadores estão certíssimos… Quem tem Jesus, é FELIZ e sente a necessidade de divulgar para as outras pessoas essa alegria. Devemos a Deus TUDO que temos… Ele nos proporciona uma vida maravilhosa e cheia de vitórias… Abra o seu coração e deixe Jesus falar com vc e lhe mostrar essa alegria de viver… “Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda a criatura…” Sâmia, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

102- Senhor, meu Deus, perdoa-o, ele não sabe o que escreve!!! Colunista, vá se converer!!! Só o Senhor Deus é digno de toda e qualquer exaltação do seu nome!!! Daniel, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

103- Não acredito que li isso cada um faz o que quiser ao meu ver ele não está fazendo apologia alguma,é uma crença dele e mandar mensagens para familia ou fazer referência a sua crença,não vejo problema algum. existem coisas bem mais importantes para se falar em uma matéria fiquei decepcionada! Suzana Scarano, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

104- Caro jornalista Você prefere que divulguem bebidas, bancos e outras coisas ao invés do amor de Cristo por nós? Você está incomodado, mude de canal no fim do jogo, e procure os canais de sexo explicito, onde você pode continuar a se prostituir com suas ” deusas” . Pense um pouco e se você se sentiu incomodado , é porque Jesus está tocando teu coração para uma mudança de atitude em sua vida. Fique com Deus e bom fim de semana. Paulo, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

105- esse bestao nao sabe,oq esta escrevendo deveria nem esta trabalhando,babaca vai ler 1 a biblia ze maneu……………. Kleber, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

106- É, EXISTE O LIVRE ARBÍTRIO E O COLUNISTA DESTA MATÉRIA, UTILIZOU DE 42 LINHAS DESTE CONCEITUADO JORNAL, PARA DIZER O Q?????…QUE AMA A LUANA PIOVANI(NÓS SABEMOS DA SUA BELEZA…), QUE ACREDITA NA REENCARNAÇÃO, OU ENTÃO QUE É CRISTÃO OU ATEU???…TALVEZ, QUEIRA SER O DONO DA VERDADE. SEJA MAIS OBJETIVO, E NÃO PRECISA UTILIZAR 42 LINHAS PARA ISSO. E VOCÊ JÁ ESPERAVA POR CRITICAS, FALEI E PRONTO!!! Roberspierre, coluna Kelméricas, O Povo On Line – jul2009

107- Eu fiquei impressionado com tamanha intolerância. Nino Cariello, Fortaleza-CE – jul2011

108- Impressionante como esses cristãos cultivam o ódio! Verônica Guedes, Fortaleza-CE – jul2011

109- owwwww povo sem noção!!! li vários comentários e bolei de rir, há pessoas de fanáticas(milhares) à extremamente agressivas (normalmente as fanáticas),desinformadas, destrambelhadas… sem acuidade mental nenhuma pra resumir! Porque se tivessem usariam educaçã( a tal delicadeza com o próximo) e bom humor pra comentar! e vi que você ainda se deu ao trabalho de responder um monte no fim! amei foi um comentário de um Dr.(esqueci o nome) que te chamou de menino e pediu pra vc se acalmar porque era só no Brasil que acontecia essa marmota, amei a calma dele rs. e adoooorei um louco de um Ribamar completamente fora do ar e que se achou no direito de comentar 3 ou 4 vezes hahaha…disse que o Kaká nunca defendeu igreja nenhuma (vaila meu pai!) ainda bem que ele assumiu que “não era muito bem informado”…deu foi pena. Sigamos rindo que a estrada é doida. beijão. Fabiane Schmitt, Fortaleza-CE – jul2011

CAMPANHA PROTEJA SEUS AMIGOS – Ao enviar mensagens coletivas de e-mail, jamais deixe os endereços dos destinatários expostos pois é justamente isso que municia os criminosos da rede, que catam endereços nas mensagens para enviar suas armadilhas e infectar nossos computadores. Ponha os endereços na <CÓPIA OCULTA> (cco ou bcc) pois, assim, quem recebe a mensagem não vê os endereços dos demais destinatários da mensagem.
Ricardo Kelmer
Blog do Kelmer – blogdokelmer.wordpress.com
> facebook.com/RicardoKelmer
> twitter.com/ricardokelmer………………………………….
Anúncios

26 respostas para Religião no esporte é gol contra

  1. Manoel disse:

    Prezado Kelme, passei a ser seu leitor por meio do jornal “o povo”, do Estado do Ceará. sempre que posso, leio suas crônicas aqui e tbm no jornal.
    quanto ao seu comentário acerca dos jogadores e suas mensagens religiosas, concordo em parte. concordo quando diz que aquelas mensagens religiosas são meios chatas, porque não são apropriadas para a ocasião. entretanto, discordo quando vc diz que a fifa deve tomar uma medida. acho que o desprezo é o melhor remédio para as atitudes desses jogadores. não acho que precisamos de medidas para isso, pois,afinal, o que impede um jogador ateu de tbm fazer as suas manifestações? Acredito, com todo respeito, que o verdadeiro ateu não se magoa com isso, uma vez que a função do ateu é desprezar a ideia de um Deus. a partir do momento que um debate dessa ordem nos cerca, a ideia de um Deus passa a ser aceita.
    Parabéns pelo blog. Você põe paixão nas letras. Grande Abraço!

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Sua leitura muito me honra, meu cumpade. E seu comentário enriquece meu trabalho, muito obrigado.
      Minha preocupação com a religião no esporte vai além da minha posição particular de não-religioso: eu me preocupo com o futuro da humanidade e não vislumbro um bom futuro quando vejo o que as religiões estão fazendo, como os líderes religiosos enriquecem com a fé alheia e como bandidos usam a religião pra encobrirem ou justificarem seus crimes. Desconfio que a religião ainda nos trará terríveis problemas. O 11 de setembro e outros atentados terroristas-religiosos são um exemplo.

      Curtir

  2. Gledson Shiva disse:

    Ótimas colocações,RK! vc ta afiado!
    Eu não vejo comemorações, apenas o jogo… mas é realmente chato ver aqueles caras mostrar as camisas com as inscrições “Só Jesus Salva”! “Deus é 10”! “Jesus te ama!” Putz! é deplorável… mas fazer o quê? a maior parte dos jogadores de futebol são de origem humilde, estão num contexto de manipulação desta gente que usa a organização religiosa para seus fins particulares, e acabam matando ou encobrindo a verdadeira religiosidade que há em todos nós, até nos ateus.
    Mas e o Kaka, em?! Filho de funcion´rios públicos federais, pessoas de uma classe que se supõe daria uma orientação menos… menos… menos supersticiosa. Ele é um caso enigmático.

    Curtir

  3. Lia disse:

    Eu, hein, Rosa… Concordo com tudo que escreveu acima e ainda acrescento que morri de vergonha!!! “Aibilongtujesus”,ai, ai… A Fifa tem que coibir sim. Daqui a pouco a Al-Queada cai de pau na copa do mundo. Beijo, Ricardo.

    Curtir

  4. Alan disse:

    Já ouviu falar em LIBERDADE DE EXPRESSÃO!? Não! Então leia essa frase da banda de rock Raimundos: LIBERDADE DE EXPRESSÃO, DEIXA EU FALAR FILHO DA PUTA! Então, filho da puta, cade uma se expressa da maneira que quiser, assim como você se expressa na sua coluna, que por sinal é muito sacal, as pessoa também tem livre arbítrio pra falar o que quiser. Ah, vou até fazer um abaixo assinado pra trocar de colunista, pois ultimamente so estou lendo baboseira no O POVO.

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Dona Vilma, pule este comentário, viu? Pulou? Ótimo.
      Bem, eu avisei que ia aparecer um religioso raivoso que me acusaria de ser contra a liberdade de expressão, não avisei? Putz, deviam distribuir vacina antirrábica nessas igrejas… Mas acho que você merece uma resposta, Alan: vai já lavar esta boca, menino malino!

      Curtir

      • The Hawker disse:

        Prezado Ricardo, enquanto houver desconhecimento e ignorância por parte de pessoas que se limitam a ser guiadas por falsos profetas e não se permitirem estudar, acho que criaturas como estas continuarão ‘elogiando’ a sua mãe. Saudações

        Curtir

  5. Lia disse:

    Ora bolas, que doido! Não se vai a um casamento de biquini assim como não se vai jogar bola de terno , fraque ou de vestido de noiva. Futebol deveria, ao menos pensava que sim, ser só chuteira, camisa do time- antigamente(devo estar velha mesmo, só pode) abraçava-se a camisa do time, pertencia-se ou “bilonguiava-se” ao clube que se jogava de coração e alma.Sangue, suor e lágrima! Agora é um tal de propaganda prá lá, jesus prá cá e se for neo nazista e a camisa for aibilonguitohitler??? Liberdade de expressão tudo bem, tanto que todo mundo pode dar opinião, tem direito mas um pouquinho de senso é bem vindo.
    Tenho nada a ver com isso mas não consegui ficar calada- liberdade de expressão é o comentário ser moderado e ainda assim não ter havido censura para ele. Eu censuraria mas sou tirana e não democrática…haha!
    Vê se toma “tento” , rapá!

    Curtir

  6. Luiz disse:

    Olá vejo que vc lê a bbc e copiou o artigo dos incrêdulos europeus. morei lá e não gostei do que vi . ou seja : se manifestações religiosas encomodam a vc e seus poucos leitores , deveria incomodar muito mais o belo mundo que vc e gente com idéias como a sua estão ajudando a criar a nossa volta .
    poooooooor favorrrrr
    use sua coluna e sua ( impar ) oportunidade de mìdia para passar valores mais relevantes a sua volta.
    o mundo precisa melhorar , por favor contribua com isto e deixe as questões religiosas para cada um cuidar. porventura futebol é relevante ou paixão pelo club de futebool é relevanteeeee?
    abraços a vc e seus leitores

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Não sei que artigo da BBC é esse, pastor Luiz, mas seria ótimo se você nos passasse o link, pode ser? Eu e meus poucos leitores ficaríamos muito agradecidos. Obrigado por participar.

      Curtir

      • The Hawker disse:

        Cultivar valores positivos é compreensível, mas no âmbito do futebol no exemplo citado pelo Ricardo é latente a necessidade da imposição de uma doutrina religiosa. Mentes fracas se submetem à alienação, de criaturas que manipulam sentimentos, e promovem cisão entre as pessoas devido à religião ou não a que professam. Jesus, o criador não é para ser imposto, porém aceito mediante a uma condição de amor, que não necessariamente será encontrada na Igreja X ou Y.

        Curtir

  7. Fabiano disse:

    Qualquer manifestação de opinião que é permitida fora das quadras deveria ser permitida dentro. Não faz sentido de outra forma. Por que motivo a expressão religiosa dentro do esporte teria efeitos diferentes da que ocorre fora dele?
    O que quero dizer é que, mesmo se a proibição fosse justificável, ela, por lógica, deveria se aplicar a ambas as situações. Por exemplo, a camisa “I belong to Hitler” citada por Lia é inadmissível tanto fora como dentro do esporte.
    Da mesma forma, se promover a religião fosse sinônimo de guerra, essa divulgação deveria ser proibida tanto fora como dentro do esporte! Entretanto, isso está muito longe de ser um fato científico ou um consenso. Na verdade, a religião é bastante respeitada por seu papel na promoção de valores morais sólidos. Isso é tão verdade, que é argumentado por muitos como motivo para se incluir o Ensino Religioso em todas as escolas.
    Agora, proibir porque “é chato”, porque “é deplorável”, porque “não é um comportamento digno” ou porque “eu me sinto mal” não faz qualquer sentido. É justamente isso que a liberdade de expressão procura evitar!
    Abraços fraternos.

    Curtir

  8. Lia disse:

    Hahahahahaha…. Desculpa, Ricardo, colocar lenha na fogueira mas adoro isso.Toda discussão se não se parte para agressão é salutar e uma polêmicazinha nos abre os olhos para pontos que talvez não tenhamos visto antes. É verdade, I belong to hitler(note que o h é minusculo) foi demais mas não prá um neo nazista- este acharia super, dentro e fora do campo.
    Religião, futebol e sexo sempre dão controvérsias. Falando em liberdade de expressão deveriam lembrar tb que estae , por exemplo, não precisaria de canudo para ser exposta…Clarice Lispector era formada por acaso??
    Religião…Ora bolas, gente , cada macaco no seu galho e com direito a estar. Já pensou se o Kaká estivesse então com uma camisa com os dizeres “I love to be a macumbeiro”!!! Será que a igrejinha(mera instituição) universal, católica e etc aceitaria? Ou se o jogo fosse no Irã??? Mata-se por menos lá. Maomé, Jesus, Alá, Buda…
    Nas escolas há e deve haver ensinamentos religiosos( sobre ética, respeito, amor) mas não deveria ser imposta qual e no Brasil então, onde há um enorme sincretismo religioso. Meus filhos estudam numa escola Walfdorf baseada na antroposofia e lá convivem muito bem alemães, israelenses, cearenses, etc. Cada qual com sua religião ou sem ela.Sou agnóstica e meus filhos acreditam em Maria, Jesus como filho de Deus, coisa e tal. Meu marido tb…Eu não. Direito de cada um, não? Mas respeito acima de tudo.
    Em toda religião ensinam que o caminho do meio é o da sabedoria. Liberdade de expressão? A rede globo está ensinando adolescente a assaltar! Censura?? Ditadura é dose e não dá prá abrir precedente…Fazer o quê? Vai que é sua , Ricardo!!! Não tenho mais argumento… Por ora, rs.

    Curtir

  9. ricardokelmer disse:

    > “Só a Igreja Hitleriana salva”. Expressar isso deve ser permitido, assim como “Eu pertenço a Jesus”. Mas há melhores e piores situações pra expressar crenças religiosas. Um evento esportivo transmitido pra todo o mundo não é das melhores.

    Curtir

  10. Carlos Amorim disse:

    Kelmer, Continuando o assunto, além do que já conversamos por email…
    Essa questão da conveniência social das expressões religiosas possui grande relevância também, é um aspecto a ser aprofundado Eu entendo que o fanatismo deve ser rechaçado sempre, pois como do outro lado da moeda, da liberdade de expressão e de consciência que citei, também tolhe o direito alheio. Devemos debater até que ponto uma manifestação religiosa é proselitismo ou simples expressão de consciência.
    As religiões baseiam-se na fé, não cabendo discutir seu conteúdo e não sendo passível de verificar sua “veracidade”, se assim podemos dizer. Então, várias “verdades” religiosas coexistem e poderiam ter um convívio pacífico, se não fosse o fanatismo e a ambição em conversão de certas lideranças.
    Perguntas podem ser feitas:
    Kaká e Lúcio estavam manifestando sua fé ou querendo expandir sua crença?
    Os jogadores ao orarem à sua divindade suprema pretendiam associar sua vitória esportiva como sucesso fruto de uma religião?
    As frases ofendem a crença alheia?
    Qual o local adequado para a celebração?
    Talvez o caminho seja o MEIO e discutir isso como você fez, nos leve uma solução para acabar com constrangimentos que também são causados em outras ocasiões:
    – Religiosos que fazem proselitismo denegrindo a fé alheia
    – A presença de crucifixos católicos e somente católicos em prédios e espaços públicos de julgamento e reunião legislativa.
    Um grande abraço, Carlos.

    Curtir

  11. Chris disse:

    Ainda bem que minha religião, o kardecismo é hiper, mega, super,ultra democrática e não ataca ninguém, nem se importa com isso…há questões tão mais relevantes…a fome na África e no Brasil , por exemplo.

    Curtir

  12. Gledson Shiva disse:

    Socorro RK, a Kaká Estamos Salvos está vindo aí!… Ouvi no programa do Juka Kfouri que a esposa do Kaká acaba de inaugurar uma igreja em Madrid, Juka menciona que ela proferiu um discurso para um jornal, e que a fonte do Juca ficou shokado com as palavras da “bispa”. E agora? Que será de nós?…

    Curtir

  13. Chris disse:

    E qualquer tentativa de catequisar alguém, sou contra…..sou pela liberdade de crenças, pela não agressão, pela ética, sempre, em todas as esferas….ética pode estar fora de moda, mas é importante se viver com ética em tudo, custe o que custar……palavra de kardecista!

    Curtir

  14. […] gol contra « Blog do Kelmer […]

    Curtir

  15. Gabril disse:

    Eu dou minha cara a tapa se esses cristãos que estão protestando aqui não começassem a chiar quando algum jogador mostrasse uma camisa onde pudêssemos ler “Buda é o Caminho” ou “Sou feliz porque sou de Iemanjá”… Cambada de hipócritas. Tenho nojo de cristãos! Nojo!

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Já pensou uma camiseta “Deus é infiel”?

      Curtir

      • Gabriel disse:

        Rapaz, já sim… Mas isso exigiria muito dos cristãos. Pensei em algo mais agressivo do tipo, sabe aqules adesivos de carros que dizem “foi Deus que me deu”? Intão, eu vou colocar algo do tipo “Foi o Capeta que me deu”. Obviamente que não acredito nessas crendices, mas soaria mais impactante…

        Curtir

  16. Elaine disse:

    É, RK….tem gente mesmo que não merece resposta. Só enxerga o próprio umbigo mesmo e não entende muito bem o alcance da liberdade de expressão. Desejo-lhe muita paciência, já que se vc deu a cara a tapa, tem que aguentar alguns pseudo sabichões falando asneiras… 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: