Pesquise antes de acreditar

06ago2015

O ideal para a democracia é que esse imenso poder da mídia não se concentre nas mãos de poucos

PesquiseAntesDeAcreditar-01

PESQUISE ANTES DE ACREDITAR

.
Cada empresa de mídia tem seus interesses próprios e sempre tenderá a noticiar os fatos pelo ângulo e intensidade que lhe forem mais vantajosos, ou sequer os noticiará, fingindo que nada acontece. Elas têm esse direito, claro, até porque a total imparcialidade jornalística é algo que não existe, principalmente quando se trata de política. Em alguns casos, porém, o problema não é o ângulo, é a distorção do fato, ou seja, a mentira jornalística, o que é algo muito grave.

Caso deseje garantir para si próprio informações mais honestas, o cidadão só tem um caminho: pesquisar. Ele deve ter sempre em mente que a informação é um produto como outro qualquer, e que somente comparando as várias versões possíveis de um fato é que será possível adquirir uma compreensão mais abrangente da realidade.

O mercado da informação rende muito, muito dinheiro. Os grupos que o dominam convencem mais facilmente os políticos a defenderem leis que lhes beneficiam. Quanto mais poderoso é um grupo de mídia, mais ele pode influenciar eleições e direcionar os rumos de um país. Não é à toa que a imprensa é chamada de “o quarto poder”. Por isso, o ideal para a democracia é que esse imenso poder da mídia não se concentre nas mãos de poucos, e que a população tenha fácil acesso às várias versões possíveis dos fatos.

No Brasil, o mercado de mídia é bastante concentrado, principalmente por Rede Globo, Folha de São Paulo e Editora Abril, que dominam vários segmentos da mídia impressa e eletrônica, produzindo, distribuindo e exibindo informação e cultura. Como essas empresas também têm suas ideologias e preferências políticas, a versão dos fatos que elas apresentam todo dia para milhões de brasileiros obviamente jamais irá contra seus interesses, e em nome destes às vezes é preferível omitir, confundir e desinformar do que efetivamente esclarecer. É por isso que elas lutam contra a regulação da mídia no Brasil (tentando falsamente associá-la à censura, por exemplo), pois sabem que a regulação ocasionará, entre outras coisas, uma maior divisão de forças no mercado da informação, assim como ocorre nas grandes democracias, como França, Alemanha e Estados Unidos. Se o Brasil prosseguir avançando na consolidação de sua democracia, a regulação desse mercado acontecerá em breve, mas, independente disso, o que cabe ao cidadão é agir como o bom consumidor: pesquisar sempre antes de comprar, ou melhor, de acreditar.

Ao fim do texto seguem algumas sugestões para o consumidor que não se contenta apenas com as versões dos fatos vendidas pelos poderosos do mercado. Quem tiver outras, fique à vontade para sugerir, afinal quanto mais opções, melhor. Melhor para o consumidor, claro.

SUGESTÕES:

Observatório da Imprensa – Congresso em Foco – Jornalistas Livres
Diário do Centro do Mundo – Revista Fórum – El Pais Brasil
Jornal GGN – Carta Capital – Caros Amigos – Vi o Mundo
Conversa Afiada

.
Ricardo Kelmer 2015 – blogdokelmer.com

.

Ilustração: Fernando Vasqs. Argumento: Ricardo Kelmer.

.

.

SAIBA MAIS

Regulação da mídia não é censura – Por Pedro Ekman e Bia Barbosa, 03.06.14

Mudanças aceleram regulamentação da mídia no mundo – Reportagem do Opera Mundi, 2010

Por que a dívida da Globo não é manchete de jornal? – Por Bruno Marinoni, 31.07.14

.

LEIA NESTE BLOG

DemocraciaERegualacaoDaMidia-02Democracia e regulação da mídia – A informação é um produto, e o mercado da informação precisa de regras, caso contrário o grupo que tem mais dinheiro monopolizará a informação, para prejuízo da sociedade em geral

WikiLeaks e o nascimento da cidadania global – Quanto mais as pessoas se conectam à internet, mais elas se entendem como participantes ativos dos destinos do mundo e não apenas de seu país

Acabou a paciência – O povo está enfim deixando de ser tão conformista e alcançando um novo nível de conscientização política. É gol do Brasil

O protesto da babá negra – Talvez ela saiba que quando um governo tem como objetivo a equidade social e a redistribuição da riqueza do país, automaticamente atrai o ódio das elites econômicas, que lutarão para manter seus privilégios

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

01- Aff. Anna Melo, Teresina-PI – ago2015

02- É MUITA [DES]INFORMAÇÃO, NÉ?!… Maria Gama, Vitória-ES – ago2015

03- É muita informação para pouca formação. Jessica Giambarba, Fortaleza-CE – ago2015

04- Nossa sacanagem, perto dessa gente tratada no texto, é pinto. Fernando Vasqs, São Paulo-SP – ago2015

05- se for veja e globo, não precisa nem se informar, É MENTIRA. Moacir Bedê, Fortaleza-CE – ago2015

06- DIRETO DO TÚNEL DO TEMPO: É CLARO QUE HOJE AS COISAS ESTÃO BEM PIOR… [TÍNHAMOS SÓ TV… HOJE TEMOS DE ‘FILTRAR’ TAMBÉM A INTERNET, QUE É BEM MAIS ‘VASTA’… youtube.com/watch?v=MtQTejGeL4M Maria Gama, Vitória-ES – ago2015

07- Pesquisem mesmo!!!! Maria José Figueiredo, Brasília-DF – ago2015

08- Pra quem ainda não entendeu….. Daniele Nóbrega Cavalcante, Fortaleza-CE – ago2015

09- Para quem ainda não entendeu o espírito da coisa… Antonieta Figueiredo, Fortaleza-CE – ago2015

> Postagem no Facebook

 

.

.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: