Roubalheiras, desigualdade social e o reconhecimento popular

01out2014

Se hoje o povo usa essa lógica para manter o PT no poder, o motivo reside justamente na histórica insensibilidade, ou incapacidade, dos outros governos perante as necessidades mais urgentes do povo
Roubalheiras,DesigualdadeSocialEReconhecimentoPopular-03

ROUBALHEIRAS, DESIGUALDADE SOCIAL E O RECONHECIMENTO POPULAR

.
Com os tantos escândalos sobre seu governo propagados diariamente pelos noticiários, por que diabos o Partido dos Trabalhadores ainda tem o apoio incondicional de metade do povo brasileiro e caminha para vencer mais uma eleição? Esta é a pergunta que se faz a outra metade, inconformada com a situação.

Não sou nenhum especialista, mas tentando analisar friamente a questão, cheguei a uma tese. Esse firme apoio ao PT vem do fato de que nenhum governo fez o que os três governos petistas efetivamente fizeram pela diminuição da desigualdade social, que sempre foi o maior e mais escandaloso de todos os problemas do país, e só isso já basta para que o PT tenha crédito de sobra com a imensa massa beneficiada, o que lhe garante os votos necessários.

E quanto aos escândalos no governo, por mais que a grande mídia grite sobre eles, isso não muda a situação, pois mesmo o povo simples percebe que falcatruas não são exclusivas do PT, que o nosso sistema político favorece a corrupção sistemática e que a grande maioria dos políticos preocupa-se apenas com seu próprio futuro. Assim sendo, se infelizmente é o caso de escolher entre partidos que não distinguem-se exatamente pela ética, o povo prefere aquele que aplicou o princípio da equidade na governança (todos são iguais perante a lei, porém aquele que mais necessita deverá ser atendido primeiro) e fez sua vida melhorar como nenhum antes fez.

Essa lógica pode soar absurda a alguns, principalmente a quem sempre teve boas oportunidades na vida, e, de fato, preferível seria que o destino de nossas eleições já não fosse guiado por esse tipo de raciocínio. No entanto, a fome e a miséria no Brasil sempre foram questões de máxima urgência, e, pensando além das simpatias partidárias, é preciso admitir que infelizmente os governos anteriores não lhes dedicaram a devida máxima atenção, como fizeram os petistas. Se hoje o povo usa essa lógica para manter o PT no poder, o motivo reside justamente na histórica insensibilidade, ou incapacidade, dos outros governos perante as necessidades mais urgentes do povo.

O crédito petista é tão grande que, independentemente de escândalos, ele poderá ser usado pelos próximos anos enquanto o povo sentir os efeitos imediatos da implementação urgente dessas políticas de equidade social. Porém, superadas a fome e a miséria, esse mesmo povo exigirá melhoras também em outras necessidades, e então, somente então, a questão da ética na política poderá finalmente ganhar mais peso nas eleições.

Este texto, obviamente, não defende a desonestidade na política, o “rouba mas faz”, nada disso. Que as roubalheiras sejam todas apuradas e os bandidos do dinheiro público condenados ‒ isso é muitíssimo importante. O que minha tese sustenta me parece ser tão somente o óbvio: para o povo cujas necessidades básicas nunca foram satisfatoriamente atendidas pelos outros governos, e para todos que reconhecem a prioridade da equidade social, o PT tem crédito e merece continuar no poder, por mais que a grande mídia não se conforme.
.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

Ilustração: quadro da série Retirantes, de Cândido Portinari

.

SAIBA MAIS

Pesquisas eleitorais – Acompanhe a evolução das intenções de voto, pesquisa a pesquisa

O que significa a palavra equidade – Texto curto e esclarecedor de Inês Buschel (2010)

Aliança para o social – Viviane Senna alerta para a importância da inclusão de políticas de equidade social (1998)

Brasil reduz em 50% o número de pessoas que passam fome, diz ONU – Peça central no estudo realizado pela FAO, o Brasil aparece como modelo para promoção de experiências exitosas como transferência de renda, compras diretas para aquisição de alimentos e capacitação técnica de pequenos produtores

.
.

LEIA NESTE BLOG

DemocraciaERegualacaoDaMidia-01aDemocracia e regulação da mídia – A informação é um produto e, como todo mercado, o mercado da informação precisa de regras, caso contrário o grupo que tem mais dinheiro monopolizará a informação, para prejuízo da sociedade em geral

Acabou a paciência – Cada um que protesta traz em si a frustração acumulada de tantas gerações por trabalhar dia após dia por um sistema econômico que finge querer o bem de todos mas concentra a renda

Eu esfaqueei o deputado Não temem que as pessoas se revoltem e invadam seus lindos gabinetes, que os sequestrem, que joguem uma bomba no congresso?

WikiLeaks e o nascimento da cidadania global – Quanto mais as pessoas se conectam à internet, mais elas se entendem como participantes ativos dos destinos do mundo e não apenas de seu país

Eles estão na fronteira – Milhões de maltrapilhos famintos, perseguidos políticos, criminosos cruéis, terroristas suicidas, narcotraficantes e trombadinhas invadindo os países e quebrando tudo, estuprando nossas irmãs, matando todo mundo, o caos absoluto

A humanidade, o psicólogo e a esperança – Os acontecimentos mostram que a humanidade está se unificando, unindo seus opostos

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

 01- Não, xará! A tese do “rouba, mas faz” prevalece. Também se encaixa muito bem “farinha pouca, meu pirão primeiro”. Traduzindo tudo, se eu tenho agora uma qualidade de vida, MINHA, melhor, podem fazer o que quiser com o Tesouro, com as finanças, com o meio ambiente, com a política externa, etc. Agora, se me tirarem esses benefícios, serão os piores políticos do país. Ricardo Campos, Fortaleza-CE – out2014

02- A cúpula do PT provavelmente leu : “O Príncipe” de Maquiavél de cabo a rabo e tentou lidar com essa cultura política massacrável em que vivemos desde sempre de maneira a aprovar projetos essenciais para o desenvolvimento do país. Porém eles se esqueceram que carregaram sempre a bandeira da ética e isso os fez pagar o pato. Qualquer pessoa razoavelmente informada sabe que sempre houve escândalos atrás de escândalos no Brasil e que o tal mensalão sempre existiu, o PT infelizmente deu continuidade, por falta de opção ou por falta de coragem. Minha maior crítica ao partido governista é o fazer tudo pela governabilidade infantil, cedendo tantos aos podres partidos da base aliada como aos bancos, acho que falta coragem em determinados segmentos ao PT e também falta inteligência em detectar no cenário político aliados que não os transformem em reféns. Faltou tato também quando expulsou do partidos pessoas importantes que tiveram a coragem de bater de frente com os arquitetos da corrupção e dos projetos que lesavam a sociedade. Hoje minha preferência é pelo PSOL, mas em determinados cargos tanto do executivo como do legislativo, o PT ainda é a opção menos maléfica. Cauê Procópio, São Paulo-SP – out2014

03- Ocorreu a diminuição vda miseria, o crescimento da classe média (sem entrarvno mérito da redução da renda para se considerar classe média). Mas não ocorreu uma redução na desigualdade social. Não falo isso pra me colocar contra seu texto ou qualquer outra coisa. Eu mesmo já uni os dois dados como se um estivesse ligado com o outro. Mas infelizmente em nosso país a diminuição da miséria não significou redução da desigualdade. Felipe Breier, Fortaleza-CE – out2014

04- Belo texto Ricardo Kelmer. Mas nada justifica manter essa quadrilha no poder. Vou de Marina. Vou torcer que com uma nova vertente esse rio sujo, que é a política no Brasil, torne- se menos poluído e que, no futuro, seja possível torna-lo potável! Hugo de Freitas, Fortaleza-CE – out2014

05- os políticos são reflexo do povo, pelo menos da maioria do povo. e nós somos, infelizmente, um povo corrupto, pelo menos uma minoria. mas nenhum governo foi tão vigiado quanto o do pt e não vi casos mais graves até serem punidos com tanto rigor quanto os que envolveram o pt. até porque eles foram julgados e condenados por antecipação por uma grande mídia poderosa e que tem seus interesses. apesar de tudo, nunca houve governos que apurassem e impedissem tanto a corrupção quanto os do pt. fora isso, q pra mim é questão importante, mas não é a principal, os caras fizeram o q realmente era prioridade: acabar com a fome, diminuir a desigualdade e preparar o terreno para o crescimento econômico, o q significa prosperidade, empregos, melhora da qualidade de vida. fizeram o que realmente precisava – há tanto tempo – ser feito e ninguém fez. vou votar na dilma, como votei no lula em todas as vezes em q ele foi candidato. com muito orgulho, e sentindo q aquilo q eu imaginava há 25 anos pro meu país, na medida do possível foi feito. ainda muito precisamos avançar, não quero ver este país dar um passo para trás. é dilma outra vez! Paulo Nunes, São Paulo-SP – out2014

06- Bela reflexão Ricardo Kelmer! Posso compartilhar? Jacques Martins Antunes, Fortaleza-CE – out2014

07- Lúcida análise, Ricardo! Essa parte, então, faz todo sentido: “Porém, superadas a fome e a miséria, esse mesmo povo exigirá melhoras também em outras necessidades, e então, somente então, a questão da ética na política poderá finalmente ganhar mais peso nas eleições.” Tete Bastos, Fortaleza-CE – out2014

08- Saímos de magnatas do petróleo do pré-sal para uma Petrobás falida em pouco tempo, do mesmo modo que caem Eikes Batistas da vida! Quando começar a faltar lá em cima, faltará muito mais lá embaixo… E é justamente o preço do petróleo que vem maquiando a verdadeira inflação, se é que já não estão sentindo no bolso. Investidor rico estrangeiro quer segurança, senão ele fecha a torneira… simples assim… Teo Lorent, São Paulo-SP – out2014

09- Adorei! Ana Erika Oliveira Galvao, Fortaleza-CE – out2014

10- ‘Grande Ricardp. Orgulho de um dia, por um maravilhoso acaso do destino, ter te conhecido! Fatima Carvalho, Santo André-SP – out2013

Roubalheiras,DesigualdadeSocialEReconhecimentoPopular-03a

Anúncios

Uma resposta para Roubalheiras, desigualdade social e o reconhecimento popular

  1. Wander Nunes Frota disse:

    Grande Ricardo Kelmer: Cara, concordo com tudo isso q vc escreveu aí em cima. A cabeça (inteligência) dos petistas reside nesses fatos a q vc aludiu, e é por isso, em suma, q SEMPRE fui, sou e serei eleitor do PT a quaisquer cargos majoritários. O q o maldito PiG tá fazendo com a Petrobras é simplesmente vergonhoso, my friend! Trata-se do desmonte massivo à custa de muita propaganda negativa de nossa maior empresa de capital misto, uma das maiores do mundo, diuturnamente via “media”. Se os brasileiros não abrirmos do olho, o capital estrangeiro vai acabar tomando o Pre-Sal… O PiG quer pq quer detonar a Petrobras de cima a baixo pq ela é uma das principais garantias de q o país poderá enfim crescer com os “petrodólares” q o Pre-Sal tá começando a gerar pras áreas q o país mais necessita (educação e saúde dos mais necessitados)… E isto é justamente o q os “coxinhas” não perdoam — até parece q querem é q a corrupção continue nesses níveis altíssimos pra eles terem assunto qdo estiverem gastando seus dinheiros sujos nos EEUU e na Europa. O pior tb é ver a chamada “oposição” descaradamente a fazer propaganda negativa do país qdo estão no estrangeiro. A burrice deles é tanta q só enxergam seus próprios rabos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: