Agora não tem mais desculpa

Ricardo Kelmer 2007

Viver de música continua difícil. Mas o mais importante é que pessoas talentosas como você já não dependem tanto da sorte pra acontecer
.

.

Intocáveis Putz Band. Era o nome da minha banda. Estávamos predestinados a ser um sucesso mundial, cachê estratosférico, férias no Pacífico Sul… Mas só duramos cinco anos e um CD. O ano era 1994, da era pré-internet. Tempos difíceis. Naqueles dias tudo que uma banda de rock de Fortaleza tinha pra divulgar seu trabalho eram os shows pela pobre noite da cidade. Gravar um CD? Ihhh, isso era tão caro e complicado que só apelando pras burocráticas leis de incentivo cultural e olhe lá.

Se naquele tempo já existisse a internet como ela é hoje, ah, seria bem menos complicado. Hoje a tecnologia facilitou tanto o caminho que não tem mais desculpa. Putz, hoje você pode gravar um CD inteiro usando o computador do seu quarto! E ainda envia suas músicas pra milhares de pessoas com apenas um toque no teclado. E o preço disso tudo? Menos que um violão de terceira mão.

Hoje existe o mp3 e os sites que hospedam gratuitamente clipes musicais. E pra fazer um clipe é só unir a música com umas imagens num programinha básico de edição e jogar no You Tube. Os artistas podem ter seu próprio blog ou site, sempre atualizado com informações, agenda, músicas pra ouvir, contato com os fãs… É um novo mundo. E já existe a tecnologia que em breve permitirá que toda a banda se reúna pra ensaiar sem ninguém precisar sair de casa, bastando usar um programa que conecta todos ao mesmo tempo num ambiente interativo e ainda podendo gravar o ensaio. Putz… acho que vou montar outra banda.

Claro que viver de música continua difícil. Mas o mais importante é que pessoas talentosas como você já não dependem tanto da sorte pra acontecer. As etapas de produção e divulgação estão ao alcance de qualquer um que possua o mínimo de intimidade com computadores e internet, coisas que a cada dia são mais acessíveis. Há também as comunidades virtuais e as feiras de música, que possibilitam maior intercâmbio entre os profissionais e une a classe artística. Hoje, graças a todos esses fatores, ocorre algo antes impensável: o cenário alternativo deixou de ser última opção pra ser uma escolha pessoal e viável, o que é ótimo pra quem não aceita abrir certas concessões ao esquemão e prefere as liberdades da carreira independente.

Você quer ser um profissional da música? Ótimo! Então continue se aperfeiçoando. E vê se pára de reclamar da vida, levanta o traseiro dessa cadeira e vai aprender mais sobre computadores e internet pra depender o menos possível dos outros, do dinheiro e da sorte. Talvez sua banda não chegue a passar as próximas férias numa ilha do Pacífico, talvez não, mas pelo menos você saberá se mover bem nesse novo mundo que já chegou.

.

Ricardo Kelmer – blogdokelmer.wordpress.com

.

.

 

LEIA NESTE BLOG

> A celebração da putchéuris – A história fuleragem da Intocáveis Putz Band
> A volta da Intocáveis – Oh não! – Um show com os restos mortais da Intocáveis
> Ouça e baixe músicas da Intocáveis Putz Band

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;}

 Acesso aos Arquivos Secretos
 Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

 

 

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

01- TIVE O PRAZER DE VER AQUELE BESTEIROL INTELIGENTE E IDIOTA AO MESMO TEMPO NO JORKEMAN, NUMA NOITE DE DOMINGO ESCALDANTE REGADA A MUITA CERVEJA E PANFLETAGEM DE KARINE ALEXANDRINO COM O MANIFESTO BISSEXUAL FEMININO, PERFORMANCES BESTIAIS DE RKELMER E LOVING YOU DESAFINADÍSSIMA E FALSETE DO PARAGUAI DE MOACIR BEDÊ. FOI DEMAIS. POUCO TEMPO DEPOIS CRIEI OS MOI, NÃO COM A MESMA PROPOSTA, MAS COM O SARCASMO E BESTEIROL INTELIGENTE QUE VOCÊS FAZIAM, ALÉM DA FUSÃO DE SONS QUE FAZÍAMOS. FOMOS DE 1994 A 1999 (PRIMEIRA FASE) E DE FINAL DE 2000 A 2004. POR FALÊNCIA E RUMOS DIFERENTES (FILHOS, MULHERES, DINHEIRO, FACULDADE, EMPREGO, UNS RICOS, OUTROS POBRES E OUTRAS MAZELAS QUE VOCÊ CONHECE). TENHO O CD DE 4 CAPAS. ABRAÇO. Jofran Fonteles, Fortaleza-CE – dez2009

02- Como não lembrar dessa experiência auditiva,mas tinha seu valor, fala sério! Teca Baima, Fortaleza-CE – dez2009

.Comentarios01 COMENTÁRIOS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: