Cardápio também é cultura

04mai2019

CARDÁPIO TAMBÉM É CULTURA

.
Um cardápio cultural. Por que não? Um cardápio em forma de revista, apresentando os comes e bebes da casa e os serviços que ela oferece, mas oferecendo também dicas de gastronomia e, além disso, mostrando a história de envolvimento do lugar com a arte e a cultura de Fortaleza, os artistas e escritores que a frequentam…

O Cantinho do Frango (rua Torres Câmara, 71, Aldeota), do amigo Caio Napoleão, fez isso. Com o segundo número lançado no fim de abril, o cardápio-revista, ou revista-cardápio, tem formato tabloide, é impresso em papel off-set e conta com 28 páginas coloridas, e sua tiragem é distribuída gratuitamente entre os frequentadores, que podem, inclusive, levá-lo para casa como lembrança. Neste segundo número, estreei minha coluna Na Ponta Fina do Lápis, na qual falo sobre literatura, boemia e cultura cearense, e faço promoções com livros. Tô muito honrado de fazer parte desse projeto.

Gosto de dizer que o Cantinho, muito além de ser um restaurante com jeito de casa de show, é uma ZCC, uma zona de convergência cultural, onde se misturam gastronomia, boemia, arte e cultura, tudo no saboroso tempero da amizade e da poesia. Agora, com essa simpática ideia, estreita ainda mais sua relação com a clientela e torna-se, desde já, um caso representativo da boa comunicação empresarial.

Parabéns, Caio. Longa vida ao cardápio-cultural! Um brinde à cultura cearense!

.
Ricardo Kelmer – blogdokelmer.com

.
Pag do Cantinho do Frango
facebook.com/cantinhodofrango

Instagram: @cantinhodofrangodesde1994

.

LEIA NESTE BLOG

Lugar de literatura é solta pela cidade – Com esses livretos, consigo que minha arte frequente as mesas dos bares, integrando-se à dinâmica boêmia da cidade e atraindo novos leitores

O dilema do escritor seboso – Certos escritores amadurecem cedo. Tenho inveja desses. Porque nunca viverão o constrangimento de não se reconhecerem em suas primeiras obras

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei pro mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Pesadelos do além – O pior pesadelo para um escritor é ser psicografado. Ou melhor: ser mal psicografado

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

Kelmer no Toma Lá Dá Cá – Aqueles aloprados moradores do condomínio Jambalaya descobriram meu livro maldito

.
.

Seja Leitor Vip e ganhe:
– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

 

COMENTÁRIOS

01- Delícia!!!!! Também adorei!!! Ethel de Paula, Fortaleza-CE – mai2019

02- Dei o maior valor! O Cantinho do Frango sempre com suas idéias maravilhosas! Lizia Aguiar, Fortaleza-CE – mai2019

03- Massa a iniciativa. Maurição Lima, Fortaleza-CE – mai2019

04- Bela atitude cultural! Cabe mais! Parabéns ao Cantinho do Frango! Guga Cazagrande, Fortaleza-CE – mai2019

05- Olhaí Roberto Mariano. Fatima Fafa Feitosa, Fortaleza-CE – mai2019

06- Parabéns! Excelente iniciativa! Monica Paiva Barbosa, Fortaleza-CE – mai2019

07- Guarda um cantinho aí p mim. Márcia Matos, Fortaleza-CE – mai2019

08- Massa, Ricardo Kelmer. Daniel Pagliuca, Fortaleza-CE – mai2019

09- Maravilha. Joaquim Ernesto, Fortaleza-CE – mai2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: