As Preciosas do Kelmer – jan2017

30jan2017

aspreciosasdokelmer201701

.
As Preciosas do Kelmer
é uma revista que criei no Facebook. Ela é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos, com ênfase no feminino. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim, o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

aspreciosasdokelmer201701Dicas e pitacos para o mês
#52, jan2017
> Esta edição no Facebook

Capa do mês: Mafalda, personagem do cartunista argentino Quino.

.

.

*** MÃES ARREPENDIDAS

A socióloga israelense Orna Donath sabia que estava colocando o dedo numa ferida quando ousou perguntar a um grupo de mães se elas se arrependiam de ter tido filhos. Mas nunca imaginou que iria provocar uma polêmica global que não dá sinais de trégua. Seu livro Regretting Motherhood (Arrependendo-se da Maternidade, inédito no Brasil) reúne depoimentos de 23 mulheres que sem dúvida amam seus filhos, mas, se pudessem decidir agora, sabendo o que a maternidade significa e implica, optariam por não tê-los. A tese de fundo que Donath desenvolve é que as mulheres precisam trilhar um caminho predeterminado; que, apesar de se supor que decidimos ser mães livremente, a pressão social para ter filhos é enorme, e o resultado é que algumas acabam se arrependendo. > Mais

.

*** PRESOS PARA SEMPRE EM 2016

O voo da American Airlines saiu de Fortaleza para Nova York em 30dez. Os passageiros sonhavam em passar o réveillon na Times Square. Mas o voo teve tantos problemas, atrasos, cancelamentos, gente passando mal, desvio de rota… que só chegou em Nova York três dias depois, em 02jan. Os passageiros ficaram para sempre presos em 2016. > Mais

.

*** PRIVATIZAÇÃO DOS PRESÍDIOS

Os presídios do Amazonas foram privatizados em 2003. Em nome do lucro, as empresas que os administram cortaram vagas de trabalho e achataram salários. E o nível de qualificação dos agentes contratados caiu. > Mais

.

*** VIRGINDADE AO SOL NASCENTE

Segundo cálculos de dois pesquisadores da Universidade de Tohoku, no Japão, que se basearam em um algoritmo matemático e dados de população e fertilidade, se o Japão continuar no ritmo atual de interesse de seus habitantes por sexo, no ano de 3766 haverá… um único japonês no mundo. Recentes estatísticas do Instituto Nacional de Pesquisa da População e Seguridade Social revelaram que 44,2% das mulheres e 42% dos homens japoneses solteiros e com menos de 34 anos são virgens. Em 2010 os percentuais eram, respectivamente, 38,7% e 36,2%. Se depender do Japão, é o fim da humanidade. > Mais

.

*** CHELSEA MANNING É LIBERTADA

Chelsea Manning era analista de inteligência militar dos Estados Unidos quando foi presa por, em 2010, revelar documentos secretos sobre as guerras do Iraque e do Afeganistão e informações diplomáticas que expuseram a podridão do governo dos Estados Unidos. Ela teve negados seus direitos constitucionais e foi condenada a 35 anos de prisão. Nesta terça-feira 17jan o presidente Barack Obama reduziu a pena para 7 anos e a ex-soldada será libertada em maio. A decisão é irreversível.

Um dos documentos vazados por Chelsea, que antes de um tratamento para mudança de gênero se chamava Bradley, é um vídeo de 2007, que mostra o ataque de um helicóptero do exército dos EUA em Bagdá, que matou doze civis e dois jornalistas da agência de notícias Reuters. O vídeo chocou o mundo e ajudou a mudar a opinião pública sobre a atuação dos Estados Unidos no Oriente Médio.

Chelsea, como o australiano Julian Assange e o estadunidense Edward Snowden, fazem parte de um crescente número de pessoas que consideram que segredos governamentais e empresariais que atentem contra direitos humanos devem ser tornados públicos.

.

*** MAFALDA

Mafalda, personagem do cartunista argentino Quino. As histórias, apresentando uma menina (Mafalda) preocupada com a Humanidade e a paz mundial que se rebela com o estado atual do mundo, apareceram de 1964 a 1973, usufruindo de uma altíssima popularidade na América Latina e Europa. Apesar de a maioria das histórias terem sido traduzidas em diferente línguas europeias, bem como em chinês tradicional e simplificado, elas foram raramente publicadas em inglês; na verdade, jamais nos Estados Unidos. (Wikipedia) > Mais

.

*** PERFIL POLÍTICO DO PAULISTANO É CONFUSO

Pesquisadores da USP e Unifesp revelam um cidadão de São Paulo que se vê como um pouco conservador e solidário com as causas feministas. As entrevistas mostram que 83,8% dos paulistanos acreditam que todos deveriam trabalhar com regime de carteira assinada e 54,1% concordam que o Bolsa Família é um programa necessário para reduzir a desigualdade socioeconômica brasileira. A pesquisa mostra também que 86,5% das pessoas concordam que as mulheres devem ter o direito de se vestir como quiserem e 56,9% não concordam com a frase: “só pode ser considerada família a união de um homem uma mulher”.

“As pessoas têm dificuldade em se definir de esquerda ou de direita”, diz Esther Solano, uma das coordenadoras do levantamento e professora de Relações Internacionais na Unifesp. Quando essa pergunta é colocada, 54,3% dizem não se identificar com nenhum dos campos e 14,3% afirmam não saber. Segundo Solano, o que vem marcando posições conservadoras e de direita, neste momento, é o rechaço ao PT e o apoio ao impeachment. “São questões, contudo, circunstanciais. A pessoa pode se definir como conservadora ou de direita por concordar com o impeachment ou ser contra os Governos do PT, mas, quando confrontada com outras questões, não dá respostas características do espectro político”, diz. Isso, para ela, é prova da volatilidade de opiniões no espectro. > Mais

.

*** ATEUS DO BRASIL, SAIAM DO ARMÁRIO

Pesquisa do Datafolha de dez2016 revela que 1% da população é ateia. É pouquíssimo em comparação com países da Europa, e até mesmo da América do Sul, como Uruguai, Chile e Argentina. Mas desconfio que boa parte desses 14% que se declaram sem religião na verdade não têm coragem de assumir sua não crença. É compreensível, afinal não é fácil ser parte de uma minoria tão estigmatizada. Mas é preciso que os ateus saiam do armário, para que possamos todos conviver melhor com as nossas diferenças.

PERCENTUAIS DA PESQUISA:

50% Católicos
22% Evangélicos neopentencostais
7% Evangélicos não neopentencostais
2% Kardecistas
1% Umbandistas
1% Ateus
1% Candomblecistas
2% Outras religiões
14% Não tem religião

> Mais

.

*** SOLTA O CANO QUE NÃO CAI

Velha tradição popular, as marchinhas carnavalescas servem para criticar e debochar, transmitindo o que pensa a população sobre os personagens protegidos pela grande imprensa. A marchinha “Solta o cano que não cai” faz gozação com os vazamentos seletivos que, coincidentemente ou não, sempre poupam o PSDB.

SOLTA O CANO QUE NÃO CAI
(Vitor Velloso e Marcos Frederico)

Mais um dia, mais um vazamento
Segura o cano ou a casa cai
O furico tá na mão
E já não aguento
A pressão está demais

Eu já rezei, pedi pra Cristo
E finalmente achei a solução
Eu arrumei o meu registro
Agora a casa não cai mais não

Solta o cano que não cai
Solta o cano que não cai, meu irmão
Já vai baixar a pressão
Solta o cano que tá tranquilão

.

*** O DIREITO DE VIVER SUA PRÓPRIA CULTURA

A tribo Mentawai, que atualmente conta com cerca de 60 mil membros, é uma rara cultura indonésia que não foi influenciada pelas correntes hindu, budista e muçulmana ao longo dos últimos dois milênios. Em vez disso, suas tradições e crenças lembram fortemente as dos povos austronésios que chegaram de Taiwan a este vasto arquipélago há cerca de 4.000 anos. Se a cultura da tribo desaparecer, um dos últimos elos com os primeiros habitantes da Indonésia desaparecerá com ela.

Há décadas eles resistem, assim como outros como eles, às políticas do governo indonésio para pressionar os grupos indígenas a abandonarem seus velhos costumes, aceitarem uma religião aprovada pelo governo e se mudarem para vilarejos do governo. Essa mudança, juntamente com a atração inevitável exercida pelo mundo moderno sobre seus filhos, tem provocado uma grande disjunção entre gerações de mentawai. > Mais

.

.

AS PRECIOSAS DO KELMER

aspreciosasdokelmer201701> Esta edição no Facebook
> No Blog do Kelmer

.

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: