O mundo transparente e a nova cidadania

07nov2013

O povo não deve temer seus governos, os governos é que devem temer o povo

OMundoTransparenteEACidadaniaGlobal-01

O MUNDO TRANSPARENTE E A NOVA CIDADANIA

.
Primeiro, foi Julian Assange, o australiano que criou o site Wikileaks para promover o vazamento de materiais secretos, como forma de combater a corrupção nos governos e nas empresas. Assange atualmente é perseguido pelo governo dos Estados Unidos e desde 2012 se encontra refugiado na embaixada do Equador em Londres.

Depois, veio Chelsea Manning (nascida Bradley Manning), a militar transexual do Exército dos Estados Unidos, que revelou documentos secretos sobre as guerras do Iraque e do Afeganistão e informações diplomáticas que expuseram a podridão do governo dos Estados Unidos. Manning foi presa, teve negados seus direitos constitucionais e foi condenada a 35 anos de cadeia.

E agora, surge Edward Snowden, estadunidense ex-funcionário da CIA que denunciou à imprensa os programas que Tio Sam, sob pretexto de combater o terrorismo, usa para espionar a internet e as ligações telefônicas de cidadãos seus e de outros países. Snowden refugiou-se em Hong Kong, depois na Rússia, e está sendo raivosamente perseguido pelo governo Obama, que não o perdoa por ter revelado a verdade.

Esses três casos são três furos na velha estrutura de sigilo e espionagem dos Estados. Por enquanto, os governos conseguem tapar um ou outro, mas em breve surgirão outros furos e será impossível conter tanto vazamento, pois o mundo é cada vez mais transparente, e até para os governos está difícil esconder suas ações, mesmo as mais secretas.

As facilidades das comunicações e dos transportes estão tornando as sociedades cada vez mais interconectadas. Atualmente, os países se organizam em blocos geopolíticos, dissolvendo suas fronteiras, e a internet, permitindo o intercâmbio multicultural diário, faz nascer nas novas gerações uma revolucionária noção de cidadania global, para a qual as guerras não fazem nenhum sentido e as diferenças não são meros pretextos para conflitos. Isso tudo motiva a luta por democracia e contra governos opressores, e aponta para um possível futuro onde não teremos mais países: a Terra será a pátria de todos. Sim, ainda há muitas diferenças a serem superadas, preconceitos, fanatismos religiosos, interesses capitalistas… Mas os acontecimentos se aceleram e, apesar das resistências da velha ordem, esse futuro já está acontecendo.

Julian Assange, Chelsea Manning e Edward Snowden tiveram a coragem de denunciar o que estava errado, mesmo sabendo que o preço por desafiar os interesses de empresas e governos poderosos pode ser jamais ter uma vida tranquila. Suas belas atitudes não mudam o mundo de uma hora para outra, mas nos fazem ampliar nossa noção de cidadania, de um nível nacional para um nível global. E também fazem as pessoas no mundo inteiro começarem a se dar conta de uma verdade óbvia: o povo não deve temer seus governos, os governos é que devem temer o povo.

.
Ricardo Kelmer 2013 – blogdokelmer.com

.

O ATAQUE DOS HELICÓPTEROS

Em 12.07.07, na cidade de Bagdá, dois helicópteros do exército dos Estados Unidos executaram 12 homens durante um ataque surpresa. Os militares buscavam homens armados, mas confundiram dois funcionários da agência de notícias Reuters por causa de seus equipamentos e os mataram também, além de ferirem duas crianças. O site Wikileaks conseguiu o vídeo (gravado a partir da mira do helicóptero) e o divulgou em 2010, causando grande indignação em todo o mundo e contradizendo a versão do exército estadunidense mantida até então. O soldado Bradley Manning (que em 2013 viraria Chelsea Manning) foi preso sob a acusação de ter vazado o vídeo. Nesta versão do vídeo, o diálogo dos militares foi legendando em português e indicações mostram onde se encontravam os funcionários da Reuters. > Saiba mais sobre o ataque

.

LEIA NESTE BLOG

PatriaAmadaTerra-01aPátria amada Terra – É animador ver as novas gerações convivendo mais naturalmente com essa noção de cidadania planetária

A imagem do século 20 – Vimos nossa morada flutuando no espaço. Vimos um planeta inteiro, sem divisões. Não vimos este ou aquele país: vimos o todo

WikiLeaks e o nascimento da cidadania global – Quanto mais as pessoas se conectam à internet, mais elas se entendem como participantes ativos dos destinos do mundo e não apenas de seu país

Eles estão na fronteira – Milhões de maltrapilhos famintos, perseguidos políticos, criminosos cruéis, terroristas suicidas, narcotraficantes e trombadinhas invadindo os países e quebrando tudo, estuprando nossas irmãs, matando todo mundo, o caos absoluto

A ilha – Uma fábula sobre o autoconhecimento

A humanidade, o psicólogo e a esperança – Os acontecimentos mostram que a humanidade está se unificando, unindo seus opostos

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

01- Muito bom Ric…o feitiço virando contra o feiticeiro… Emerson Boy Batista, São Paulo-SP – nov2013

 

OMundoTransparenteEACidadaniaGlobal-01a

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: