As Preciosas do Kelmer – abr2013

Ricardo Kelmer 2013

AsPreciosasDoKelmer201304-1.

Criei uma revistinha no Facebook. Ela se chama As Preciosas do Kelmer e é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem, que sempre trará imagens femininas.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim o Facebook é ideal pra isso.

Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook

> No Blog do Kelmer

.

AsPreciosasDoKelmer201304-1AS PRECIOSAS DO KELMER
Dicas e pitacos para o mês
#7, abr2013

Imagem da capa: Bruna Lombardi, atriz, modelo e escritora brasileira. Uma mulher que não se conformou em ser apenas linda.

.

*** SORTEIO DE DVDS

Leitores que comentarem nesta edição das Preciosas do Kelmer concorrem automaticamente ao sorteio de DVDs. O sorteado escolhe entre vários títulos, entre eles:

2001, Uma Odisseia no Espaço – A História de O
Alucinações do Passado  – Bettie Page – Blade Runner – Calígula
Chicago – Desconstruindo Harry – Don Juan DeMarco
Lua de Fel – Matrix – Moulin Rouge – Nove Rainhas
O Elo Perdido – O Exorcista – Uma Cilada para Roger Rabbit

> Saiba mais sobre os filmes

.

*** ADOLESCENTE ATACADA POR TALIBÃS PUBLICARÁ SUA HISTÓRIA

MalalaYousafzai-3Malala Yousafzai prossegue em sua luta contra o fanatismo religioso que impede a educação de mulheres. Ela foi baleada na cabeça em um ataque cometido no dia 09.10.13 contra o ônibus escolar no qual viajava no Vale do Swat (noroeste do Paquistão) por um grupo talibã que queria castigá-la por seu compromisso em favor da educação das meninas paquistanesas. Dias depois, foi transferida ao Reino Unido, onde foi tratada e submetida no início de fevereiro a duas cirurgias de reconstituição craniana. Em mar2013 a adolescente pôde voltar à escola, desta vez em Birmingham (centro da Inglaterra), onde a família viverá por algum tempo. Malala, que tem 15 anos, é uma das candidatas ao prêmio Nobel da Paz 2013. > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (56)

O COBRADOR (Rubem Fonseca) Editora Agir

O Cobrador, publicado em 1979, era aguardado não apenas por ser o quinto livro de contos de Rubem Fonseca, já então considerado um dos mais importantes e inovadores escritores do gênero no Brasil. Era também o primeiro livro após Feliz Ano Novo, de 1975, ter sido recolhido por ordem da censura, sob a alegação de ter conteúdo contrário à moral e aos bons costumes. A resposta veio no conto que dá título ao livro, em que Rubem Fonseca apresenta um de seus personagens mais inquietantes. Amálgama de bandido, poeta e revolucionário, o Cobrador é uma espécie de vingador não apenas da divisão de classes mas também da violência simbólica que é o controle da palavra.

> Adquira este livro na livraria Arte Paubrasil

.

*** ISRAEL PRENDE JOVEM QUE SE RECUSA A ENTRAR NO EXÉRCITO

UmMundoMelhorNathanBlanc-1Nathan Blanc tem 19 anos e nas últimas 19 semanas foi preso oito vezes por ser contra serviço militar. Nathan sente uma forte conexão com seu país, do qual tem orgulho em vários aspectos. “Mas tenho uma aversão a nacionalismo”, explica. De qualquer modo, afirma não querer “lidar com política e conflitos minha vida toda”. O jovem quer estudar ciência ou tecnologia na universidade e sabe que pode ter prejudicado de algum modo seu futuro. “Mas isso é pequeno quando comparado aos meus princípios em risco”, conclui.

Assim como a paquistanesa Malala Yousafzai, este jovem israelense personifica o mundo melhor que desejam os amantes da paz. Que o exemplo deles motive muitos outros jovens a desafiar os valores de competição e intolerância propagados pela sistema capitalista e pelo fanatismo religioso.

> Saiba mais, veja o vídeo

.

*** ARTISTA RUSSO VIVE SEM DINHEIRO TROCANDO SUA ARTE POR BENS E SERVIÇOS

UmMundoMelhorSergeyBolavin-1O artista russo Sergey Balovin encontrou uma maneira de viver pura e simplesmente de sua arte. Ele vive sem dinheiro, pintando retratos de amigos, conhecidos e desconhecidos e usando as obras para pagar alimentação, serviços, hospedagens e outras necessidades básicas diárias.

> Saiba mais

.

*** SEGUIR A BOIADA OU AS PRÓPRIAS CONVICÇÕES?
Ricardo Kelmer

SeguirABoiadaOuAsPropriasConviccoes-2A paquistanesa Malala Yousafzai, o israelense Nathan Blanc e o russo Sergey Balovin, com seus exemplos de vida, estão mostrando ao mundo que… sim, um outro mundo é possível. À sua maneira, agindo de acordo com suas convicções pessoais, eles simbolizam a grande luta que travam nesse momento muitas pessoas em todo o planeta: a luta contra a opressão e por um mundo mais justo e harmonioso. > Leia a crônica na íntegra

.

*** A LITERATURA MORRE NO SÁBADO

O Grupo Estado anunciou em 05abr que fará mudanças na organização do conteúdo do jornal “O Estado de S. Paulo” e um dos cadernos que deixará de existir é o suplemento literário Sabático, publicado aos sábados. É muito triste quando morre um caderno literário. Com ele, morre um pouco a própria Literatura e morrem também todos os autores do mundo. Morre a fantasia, o sonho, a imaginação, o encantamento. Morre a humanidade. As Preciosas do Kelmer, como uma revista que divulga a Literatura, não poderia deixar de registrar esse falecimento e lamentar a perda de mais um espaço literário. Que nasçam outros espaços. > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (57)

JUNG, O HOMEM CRIATIVO (Luiz Paulo Grinberg) FTD

Chamando o leitor a observar seus próprios conteúdos simbólicos, o texto refaz o percurso de Jung e, ao mesmo tempo, oferece uma chave para a compreensão da sua psicologia. Jung foi, por assim dizer, um acendedor de lampiões no racionalismo do século XX, e suas ideias continuam iluminando. > Adquira este livro na livraria Arte Paubrasil

.

*** QUANTAS PESSOAS DEUS JÁ MATOU, FELICIANO?

QuantasPessoasDeusJaMatou-01Marco Feliciano é uma aberração política, um fruto lamentável da mentalidade de negociatas de cargos que nasceu na podridão do Congresso. Misógino, racista e homofóbico, ele jamais poderia ser presidente de uma Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Mas é, pois para os fanáticos religiosos democracia e direitos humanos não são importantes – tudo que interessa são os seus dogmas. Pra esses fanáticos as mulheres, os negros e os sexodiversos são seres inferiores e amaldiçoados por Deus.

Marco Feliciano defende a tese de que Deus matou John Lennon e os Mamonas. No caso de John Lennon foi um tiro em nome do Pai, um tiro em nome do Filho e um tiro em nome do Espírito Santo. No caso dos Mamonas, um anjo pôs o dedo no manche e Deus fulminou o grupo.

Segundo a Bíblia, Deus matou muita gente mesmo, mas como ela foi escrita há muito tempo, lá não constam John Lennon e os Mamonas. Talvez um dia Feliciano deseje escrever seu próprio evangelho e nele incluir os novos mortos por Deus. Assim sendo, segue uma listinha para ajudá-lo nessa sagrada empreitada:

> Quantas pessoas Deus já matou? (Ricardo Kelmer)

.

*** VATICANO BAIXA FILMES PORNÔ COM NINFETAS, SADOMASOQUISMO E TRAVESTIS

O programa para compartilhamento de arquivos TorrentFreak, usando informações levantadas pelo site de pesquisas Scaneye, divulgou uma lista dos arquivos de torrent baixados por endereços de IP localizados no Vaticano. Será que esses filmes são abençoados por Deus? De qualquer modo, obrigado pela dica, Vaticano.

> Confira a lista dos filmes. E se você for fazer uma festinha, me convide! Posso levar umas amigas animadinhas?

.

*** ESTUDO COMPROVA: HOMOFÓBICOS PODEM SER GAYS ENRUSTIDOS

Pessoas que estão seguras de sua própria sexualidade não se sentem ameaçadas por pessoas de orientação sexual distinta ou de práticas disntintas. Por que elas deveriam se sentir ameaçadas? A psicologia do inconsciente nos ensina que os conteúdos psíquicos não reconhecidos pela consciência são reprimidos no inconsciente mas de lá influenciam a personalidade. No caso dos homofóbicos, a sexualidade que eles tanto agridem nos outros provavelmente é o reflexo não reconhecido de sua própria homossexualidade. A mesma regra aplica-se aos religiosos homofóbicos, com a diferença que esses buscam justificar seu ódio e violência usando argumentos de sua religião. Ao pastor Marco Feliciano e outros homofóbicos, recomendo este vídeo que mostra uma pesquisa da Universidade da Georgia (EUA).

http://youtu.be/Y9UeKYF6sno

.

*** FEMINISTA E SUBMISSA, SIM SENHOR

O BDSM é um conjunto de práticas fetichistas que envolvem fantasias de dominação, submissão e sadomasoquismo. É um jogo entre adultos e deve contar com três condições essenciais para ser bem jogado: ser saudável, seguro e consensual. A trilogia 50 Tons de Cinza, mesmo abordando o tema de forma bem confusa e desinformativa (e sem qualquer qualidade literária), contribuiu para tornar o BDSM mais conhecido do público médio. Um brinde!

Os jogos de dominação e submissão são apenas jogos. Porém, ainda tem muita mulher que confunde fantasia com realidade e, por isso, acha inconcebível que uma mulher fantasie ser submissa a um homem. O relato a seguir fala justamente sobre isso, sobre como uma mulher feminista, e altamente consciente de sua condição, é uma perfeita submissa no BDSM. Recomendooo.

> Sou feminista e submissa (relato no blog Escreva, Lola, escreva)

.

*** LIVRANDO A SEMANA (58)

LIVRO542-DomCasmurroDOM CASMURRO (Machado de Assis) Martin Claret

Do romance “Dom Casmurro”, pode-se dizer que o tema é mais o ciúme que o adultério. Por que a questão central não é o adultério? Porque não sabemos (nem saberemos) se Capitu o traiu. Machado escreve o romance com total ambiguidade, dando sinais de que de fato a mulher poderia ter traído o marido, mas este, contando sua própria história e sendo tão frágil, também pode ser um psicótico. Esse romance é o resultado de um exercício de escrita fabuloso, pois até hoje discute-se a força dos argumentos do narrador de “Dom Casmurro”. > Adquira este livro na livraria Arte Paubrasil

.

*** SOBRE MACHADO DE ASSIS

Joaquim Maria Machado de Assis (Rio de Janeiro, 21 de junho de 1839 – Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1908) foi um escritor brasileiro, amplamente considerado como o maior nome da literatura nacional. Escreveu em praticamente todos os gêneros literários, sendo poeta, romancista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista, e crítico literário. Nascido no Morro do Livramento, Rio de Janeiro, de uma família pobre, mal estudou em escolas públicas e nunca frequentou universidade. Sua obra foi de fundamental importância para as escolas literárias brasileiras do século XIX e do século XX e surge nos dias de hoje como de grande interesse acadêmico e público. Em seu tempo de vida, alcançou relativa fama e prestígio pelo Brasil, contudo não desfrutou de popularidade exterior. Hoje em dia, por sua inovação e audácia em temas precoces, é frequentemente visto como o escritor brasileiro de produção sem precedentes, de modo que, recentemente, seu nome e sua obra têm alcançado diversos críticos, estudiosos e admiradores do mundo inteiro. > Saiba mais

.

*** COMÉRCIO ELETRÔNICO – EVITE ESSES SITES

Procon inclui em ”lista negra” mais 71 lojas virtuais não confiáveis. Antes de fechar sua compra, conheça a lista.

.

*** MELODRAMA
Bruna Lombardi

BrunaLombardi-03Eu sou uma mulher espantada
o amor me molha toda
me deixa com dor nas costas
ele diz no fundo gostas
no fundo ele tem razão

o amor tinha de ser
mais uma contradição
tinha de ser verdadeiro
confuso e biscateiro
como em toda situação

tinha de ter remorso
e um querer e não posso
e toda essa aflição
tinha de me dar pancada
e eu cantar não dói nem nada
com um radinho na mão

tinha de fazer ameaça
que é pra poder ter mais graça
como toda relação
tinha de ser dolorido

rasgar um pouco o meu vestido
depois me pedir perdão
e como em todo melodrama
terminar na minha cama
até por falta de opção.

.

*** LIVRANDO A SEMANA (59)

TODA POESIA (Paulo Leminski) Cia das Letras

Paulo Leminski foi corajoso o bastante para se equilibrar entre duas enormes construções que rivalizavam na década de 1970, quando publicava seus primeiros versos: a poesia concreta, de feição mais erudita e superinformada, e a lírica que florescia entre os jovens de vinte e poucos anos da chamada “geração mimeógrafo”. Ao conciliar a rigidez da construção formal e o mais genuíno coloquialismo, o autor praticou ao longo de sua vida um jogo de gato e rato com leitores e críticos. Se por um lado tinha pleno conhecimento do que se produzira de melhor na poesia – do Ocidente e do Oriente -, por outro parecia comprazer-se em mostrar um “à vontade” que não raro beirava o improviso, dando um nó na cabeça dos mais conservadores.

Pura artimanha de um poeta consciente e dotado das melhores ferramentas para escrever versos. Entre sua estreia na poesia, em 1976, e sua morte, em 1989, a poucos meses de completar 45 anos, Leminski iria ocupar uma zona fronteiriça única na poesia contemporânea brasileira, pela qual transitariam, de forma legítima ou como contrabando, o erudito e o pop, o ultraconcentrado e a matéria mais prosaica. Não à toa, um dos títulos mais felizes de sua bibliografia é Caprichos & relaxos: uma fórmula e um programa poético encapsulados com maestria.

Este volume percorre, pela primeira vez, a trajetória poética completa do autor curitibano, mestre do verso lapidar e da astúcia. Livros hoje clássicos como “Distraídos Venceremos” e “La Vie en Close”, além de raridades como “Quarenta Clics em Curitiba” e versos já fora de catálogo estão agora novamente à disposição dos leitores, com inédito apuro editorial.

> Adquira este livro na livraria Arte Paubrasil

PAULO LEMINSKI FILHO (Curitiba, 24 de agosto de 1944 – Curitiba, 7 de junho de 1989) foi um escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor brasileiro. Era, também, faixa-preta de judô. > Saiba mais

.

*** POR QUE AS COTAS RACIAIS DERAM CERTO NO BRASIL
Reportagem de Amauri Segalla, Mariana Brugger e Rodrigo Cardoso, revista IstoÉ, edição 2264, 05.04.13

Desde que o primeiro aluno negro ingressou em uma universidade pública pelo sistema de cotas, há dez anos, muita bobagem foi dita por aí. Os críticos ferozes afirmaram que o modelo rebaixaria o nível educacional e degradaria as universidades. Eles também disseram que os cotistas jamais acompanhariam o ritmo de seus colegas mais iluminados e isso resultaria na desistência dos negros e pobres beneficiados pelos programas de inclusão. Os arautos do pessimismo profetizaram discrepâncias do próprio vestibular, pois os cotistas seriam aprovados com notas vexatórias se comparadas com o desempenho da turma considerada mais capaz. Para os apocalípticos, o sistema de cotas culminaria numa decrepitude completa: o ódio racial seria instalado nas salas de aula universitárias, enquanto negros e brancos construiriam muros imaginários entre si. A segregação venceria e a mediocridade dos cotistas acabaria de vez com o mundo acadêmico brasileiro. Mas, surpresa: nada disso aconteceu. Um por um, todos os argumentos foram derrotados pela simples constatação da realidade. “Até agora, nenhuma das justificativas das pessoas contrárias às cotas se mostrou verdadeira”, diz Ricardo Vieiralves de Castro, reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). > Leia a reportagem completa

.

*** MULHERES (DES)COBERTAS
por Laura Greenhalgh – O Estado de S.Paulo

FeminismoAmina Tyler-02E a briga entre as ativistas do peito aberto e as muçulmanas defensoras dos véus? Que embate… De um lado, as moças do Femen, organização nascida na Ucrânia, de orientação “sextremista”. No cocuruto de uma estátua, em frente a uma mesquita, na Praça São Pedro, em Roma, ou num estúdio de TV, elas tiram a blusa com a velocidade do raio. E mostram os seios, em protesto pela opressão feminina. Do outro lado, alistam-se as seguidoras do Islã tradicional, milhares de adeptas dos jihabs e niqabs, decididas a não baixar a guarda. Juram por tudo que é sagrado, e aqui não se trata de força de expressão, que jamais serão subjugadas por feministas etnocêntricas, degradadas e por aí vai.

Os dois exércitos se engalfinham desde o mês passado, quando uma jovem da Tunísia, Amina Tyler, de 19 anos, postou na internet fotos nua da cintura para cima, com slogans sobre os seios: “my body is my own” (conhecido bordão feminista) ou “f*ck your morals” (empunhando um cigarrinho).  > Leia o artigo na íntegra

.

*** UM MUNDO SEM DINHEIRO

Seria possível um mundo sem dinheiro? Isso acabaria com as desigualdades e injustiças sociais? Por que alguém quereria trabalhar se não ganharia por isso? Como alguém conseguiria obter as coisas de que necessita? O que seria feito de bancos e operadoras de cartão de crédito?

A cada dia, por todo o mundo, surgem várias iniciativas que defendem a ideia de que é possível um mundo sem dinheiro. A Carta do Mundo Livre é uma delas. Ela é feita de uma declaração de dez princípios que visa otimizar a vida na Terra para todas as espécies, erradicar a pobreza e ganância, e promover o progresso, e são baseados unicamente na Natureza, senso comum e sobrevivência.

> Conheça a Carta do Mundo Livre

.

.

AsPreciosasDoKelmer201304-1AS PRECIOSAS DO KELMER

> No Facebook

> No Blog do Kelmer

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS

.
01- A lista me surpreendeu. Vários q ainda não vi. Obrigada pelas dicas! Shirlene Holanda, São Paulo-SP – abr2013

02- Gostei muito de todos os temas aqui propostos, porém um me chamou muita atenção: “Quantas pessoas Deus já matou?” Deus vem sendo culpado por muita coisa ruim, vem sendo visto como aquele “senhor do exército” que fica no seu trono só dando ordens e fazendo os outros morrerem por ele. As religiões pintam em nossa mente esse deus, cruel, melindroso, irritadinho que se não fizermos o que ele quer, vem e nos dá os piores castigos. Cresci pensando assim e me perguntava onde estava aquele Deus justo e misericordioso que eu sentia em meu coração.
Deus não é esse ser que as religiões pregam, que usam como desculpa para matar uns aos outros, que usam para discriminar e humilhar, que usam para tirar dinheiro de quem pensa que tem fé. Isso aí chama-se interesse político e ganância por poder.
As pessoas ainda não sabem o que ou quem é Deus, eu mesma não sei. Mas sei sim, que há uma inteligência maior e imutável que está em conexão com o mundo inteiro, que nos dá o livre arbítrio para tomar as nossas próprias decisões e que nos tem imenso amor, pois o contrário já teria acabado com tudo isso aqui. O resto é “religião” e eu nem mesmo tenho a certeza de que isso seja coisa de Deus. Renata Kelly, Fortaleza-CE – abr2013

03- Gosto dele (Paulo Leminski). Tereza Cristina da Silva, Fortaleza-CE – abr2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: