Vingativas

04abr2012

Duas mulheres raptam um ator famoso e, como vingança por ele tê-las desprezado, levam-no a um hotel, amarram-no e…

.

VINGATIVAS

.
Wuhmmm… Wuhmmmppfff… Foi o som abafado de sua própria voz que o despertou… aos poucos… como se voltasse de um lugar longe… muito longe… Ele abriu os olhos. E tudo que viu foi escuridão. Onde estava? Sentia-se zonzo. Tentou se mover, mas não pôde, tinha os braços e pernas presos. Então percebeu que estava deitado numa cama, amarrado com cordas. E nu. Estava nu! E uma mordaça na boca. Mas… que diabos de pesadelo era aquele? O que estava acontecendo?

Imediatamente, tentou lembrar dos últimos acontecimentos. A festa de lançamento de seu filme Vingativas, as tevês entrevistando-o, as fãs gritando e pedindo autógrafos… Depois, a boate, as garotas da cidade brigando por uma foto ao lado do ator principal… Ele até tentou atender a todas, mas era impossível. E depois… depois… nada. Não lembrava de mais nada.

Lentamente, a escuridão se dissipou. Apesar da confusão mental, percebeu que estava num quarto de hotel. Mas não era o seu quarto. Pela janela aberta podia ver o céu, as luzes da cidade… E ele amarrado na cama, nu. Mas que diabos, quem teria feito… Nesse momento, uma forte luz o atingiu em cheio, cegando-o. Demorou alguns segundos até entender que a luz vinha do banheiro. E na porta, a silhueta de uma… mulher.

Linda noite para uma vingança, não? – ela falou, e caminhou calmamente em direção à cama. Por um instante, ele teve a sensação de que já vivera aquele momento, aquela frase… A mulher ajoelhou-se ao seu lado na cama e só então pôde vê-la melhor… Era uma garota morena, e tudo que vestia era uma… máscara preta. E segurava uma taça. Na taça, um líquido vermelho. Não, não a conhecia. Mas havia algo familiar em tudo aquilo…

Imagem, ação! A voz veio do lado oposto do quarto. Havia outra mulher! E ela aproximou-se devagar. Era uma garota loira, também estava nua e usava máscara preta. E segurava algo… uma pequena câmera. Ela estava filmando! Ele tentou se soltar mais uma vez, mas não conseguiu. De repente, sentiu um líquido frio sobre seu pênis… A morena pingava vinho sobre ele. Lembrou da boate, teriam posto algo em sua bebida? Mas o pensamento não prosseguiu, pois a morena reclinou a cabeça, afastando os cabelos, e passou a lambê-lo. O contato da língua morna contrastou com o frio do vinho e ele fechou os olhos, sentindo o arrepio lhe percorrer o corpo inteiro, sentindo-se ser engolido pela boca ágil e macia. Tentou manter-se atento, mas no centro de seu ser pequenas ondas de prazer se formavam e vinham dar na praia dos sentidos, inundando o pensamento.

A luz que vinha do banheiro enquadrava certeiramente a cama, iluminando seu corpo nu. Sentia-se exposto como uma tela de cinema. A loira posicionou-se com a câmera de forma a aproveitar o máximo da luz. A morena então virou-se de frente para ele e passou uma perna sobre seu corpo. Ele duvidou que fosse acontecer o que imaginava. Mas foi o que aconteceu. Devagar, ela desceu sobre o pênis duro, devagar, enterrando tudo dentro dela. Em rápidos movimentos, ela subiu e desceu, desceu e subiu, e o vai e vem de seu corpo acionou novamente as ondas de prazer. E foi assim, no balanço das ondas cada vez mais fortes, que ele viu a garota fechar os olhos, estremecer e cravar as unhas em seu peito, e urrar feito bicho.

Nem bem a morena se recuperou, a outra rapidamente posicionou a câmera sobre a mesa, ajustou o enquadramento e foi para a cama. As duas mascaradas agora brincavam com seu pênis, uma oferecendo à outra, como se fosse um sorvete irresistível, as duas saboreando-o de uma só vez, ele nas duas bocas ao mesmo tempo, entrando e saindo, saindo e entrando… Então ele finalmente lembrou: a cena do seu filme! A mesma cena! Duas mulheres que raptam um ator famoso e, como vingança por ele tê-las desprezado, levam-no a um hotel, amarram-no, aproveitam-se bastante dele e no fim… o castram. Elas o castram! A ficção de Vingativas se tornava real! E foi assim, dividido entre o terror e o êxtase, que ele sentiu as ondas se transformando num tsunami que rapidamente percorreu o interior de seu corpo, afunilou abaixo da cintura, comprimiu-se e, finalmente, lançou-se num forte jato sobre as duas bocas. E ele viu as bocas sorverem todo o líquido que jorrava, com avidez, urgente, como se fosse a última água do deserto. Seus olhos teimavam em se fechar, mas ele viu quando a fonte secou e, então, as bocas se uniram num longo beijo, dividindo o líquido entre elas.

Enquanto ele arfava, sentindo as ondas se acalmarem dentro de si, elas se vestiram em silêncio e saíram. Ele pensou em chamá-las, mas não teve forças, ainda estava zonzo. Que loucura, que loucura…, pensou, fechando os olhos e engolindo a saliva seca, o coração ainda batendo forte, tum-tum-tum… Não, os amigos jamais acreditariam naquilo, nem que jurasse de pé junto. Ele vivera a cena de seu próprio filme, a mesmíssima cena, que coisa… Bem, só o fim mudara. Felizmente, para melhor. Ele sorriu e somente então abriu os olhos. E ficou sério. A morena estava de volta. Em pé, ao lado da cama. Olhando para ele com um sorriso estranho. E algo reluzia em sua mão… Uma faca! Foi tudo bem rápido. Num movimento certeiro ela aproximou-se, encostou a faca e… zapt!, cortou a corda de um dos braços. E foi embora. Para sempre.
.

Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

– Este conto integra os livros:
Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino
Indecências para o Fim de Tarde

.

.

LEIA NESTE BLOG

ATortaDeChocolate-02A torta de chocolate – Sexo e chocolate. Para muita gente as duas coisas têm tudo a ver. Para Celina era bem mais que isso…

As fogueiras de Beltane – As fogueiras estão acesas, a filha da Deusa está pronta. O casamento sagrado vai começar

Quem tem medo do desejo feminino? – Você consegue imaginar Nossa Senhora tendo desejos sexuais? Alguma vez na vida você a imaginou fodendo?

O íncubo – Demônios que invadem o sono das mulheres para copular com elas

Lolita, Lolita – Ela é uma garotinha encantadora. E eu poderia ser seu pai. Mas não sou…

Amor em fuga – Que mundo idiota. Pra poder viver o amor, a gente tem que fugir de casa

A entrega – Memórias eróticas – A ex-bailarina filosofa sobre sua profunda experiência de amor e salvação por meio da submissão no sexo anal

Por trás do sexo anal – Há algo de divinamente demoníaco no sexo anal que, literalmente, a-lu-ci-na algumas mulheres

> Postagens no tema “erótico”

.

SÉRIES ERÓTICAS DESTE BLOG

As aventuras de Diametral e Ninfa Jessi – A mais bela e safada história de amor jamais contada.

As taras de Lara – Desde pequena que Lara só pensa naquilo. E ai do homem que não a satisfaz.

Um ano na seca – O que pode acontecer a um homem após doze meses sem sexo?

O último homem do mundo – O sonho de Agenor é que todas as mulheres do mundo o desejem. Para isso ele está disposto a fazer um pacto com o diabo. Mas há um velho ditado que diz: cuidado com o que deseja pois você pode conseguir…

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

01- Ô mulheres…. Que bichos malvados. Achei uma escrita envolvente, que une o leitor numa relação que não permite se desligar do texto de forma alguma. Parabéns, Kelmer. Só pra variar, né? ;D Herlene Santos, Fortaleza-CE – dez2012

02- Maravilha de conto! Karla Karenina, Fortaleza-CE – dez2012

Anúncios

One Response to Vingativas

  1. castanhamecanica disse:

    Saudações quem aqui posta e quem aqui visita. É uma mensagem “ctrl V + ctrl C”, mas a causa é nobre. Trata-se da divulgação de um serviço de prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins. Para saber mais, visitem o sítio do projeto. CASTANHA MECÂNICA – http://castanhamecanica.wordpress.com/ Que toda poesia seja livre! Fred Caju

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: