O escritor grávido

14jul2008

Será um lindo bebê, digo, um lindo livrinho, sobre o mais belo de todos os temas

Faz mais de um ano que eu estou grávido. Outro dia, no meio de uma viagem, as contrações ficaram tão fortes que achei que teria a criança na estrada. Não pari não, mas foi nesse momento que tive a ideia de dividir minha gravidez com o mundo. Nesse dia então criei o blog. E as contrações me deram um descanso, ufa.

E aquelas mulheres grávidas que andam para lá e para cá exibindo orgulhosas o barrigão, você já viu? Parece que estão só esperando a gente perguntar com quantos meses estão, para elas abrirem aquele sorriso e desandar a falar: Sete meses, é pra março, é um menino, vai ser ariano, ai, eu adoro esse signo, pega aqui pra você sentir ele chutando, pega… Pois então. Acho que me tornei uma dessas. Estou grávido do meu próximo livro e decidi, com o blog, dividir a gestação com minhas leitorinhas. Pega aqui para você sentir…

Minha intenção é que elas me ajudem, nesses nove meses, a selecionar os textos do livro, opinando, sugerindo, criticando. Será que algum escritor já fez isso antes? E será que deu certo? Não sei, mas agora é tarde para desistir, o blog já está no ar e o livro nascerá a qualquer momento a partir de maio de 2008, encerrando mais uma longa gestação criativa. Geralmente, só mostro o rebento depois do parto, mas dessa vez é diferente: estou mostrando a cria antes dela nascer.

Imagino que você esteja se perguntando sobre o tema do livro, né? O cara já escreveu sobre reencarnação, taoísmo, Matrix, maconha, Orkut, fim dos tempos, o que será dessa vez? Bem, agora é um assunto bem especial. Agora é a vez da coisa mais bonita de toda a inumerável criação. Agora é a vez da mulher.

Nesses últimos anos, a mulher e o feminino foram temas que apareceram bastante em meu trabalho, mostrando-se em muitas crônicas e contos. Isso certamente contribuiu para o fato de hoje serem as mulheres a maioria de meu público leitor. Elas me pedem mais textos, eu escrevo e a cada dia me sinto mais à vontade em explorar o universo feminino, do ângulo dos homens, das próprias mulheres, da sociedade repressora do feminino… e também o meu ângulo particular, de um homem que busca se entender com sua parte feminina e que, justamente por isso, passou a respeitar, admirar, desejar e amar ainda mais a mulher. Em outras palavras: fiquei ainda mais tarado do que já era, o que eu julgava ser impossível… Então nada mais lógico que, dessa vez, gerar meu próximo filho junto com meu público mais atencioso, né?

Isso de dividir a intimidade com pessoas que não conheço é algo muito estranho. Sim, um escritor já divide naturalmente sua intimidade quando publica. Mas no blog vou um passo além, pois além de exibir os textos do livro, comento sobre o próprio processo, as ideias que surgem, os fatos e lembranças relacionados, as minhas dúvidas… Isso mesmo, o blog é um laboratório para o livro, além de uma vitrine das entranhas do processo criativo.

Nas outras gravidezes eu já anunciava o livro pronto, já convidava para o batizado, digo, para o lançamento, eu não buscava causar expectativa no leitor. Agora, eu provoco a expectativa. Hummm… Com tanta gente acompanhando de pertinho, todos os dias, se esse bebê me nasce com três olhos e duas ventas, eu mooorro! Não, isso não vai acontecer. Será um lindo bebê, digo, um lindo livrinho, sobre o mais belo de todos os temas. O blog chama-se Kelmer Para Mulheres, vá desculpando a obviedade, não consegui ser mais original. Mas o nome do livro ainda não sei, tomara que as leitorinhas me deem alguma boa ideia.

O blog me ajudará a aprender sobre elas com elas próprias e, assim, meu novo livro terá muitas parteiras, olha só que maravilha. Se homem pode ler o blog? Claro que não, imagina, é terminantemente proibido. Bem, é verdade que alguns têm passado por lá, acho que se sentem espionando um tipo de clube das mulheres… Ah, tudo bem, não tenho ciúmes das minhas leitorinhas. Quem sabe assim esses caras também aprendem um pouco mais sobre o feminino e se tornam homens mais equilibrados, homens mais atenciosos e gentis com suas mulheres… Seria ótimo, heim, garotas? Só não esperem que o maridão troque a pelada do sábado para passar a tarde se embelezando no salão. Aí já é entender o feminino demais…

.
Ricardo Kelmer 2007 – blogdokelmer.com

.

Esta crônica integra o livro Vocês Terráqueas – Seduções e perdições do feminino

.

.

LEIA TAMBÉM

figrkpsicografia01aPesadelos do além – O pior pesadelo pra um escritor é ser psicografado. Ou melhor: ser mal psicografado

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

Obrigado, J K Rowling – Em todo o planeta milhões de crianças adquiriram o hábito de ler livros graças às aventuras de Harry Potter

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei para o mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Kelmer Com K no Toma Lá Dá Cá – Aqueles aloprados moradores do condomínio Jambalaya descobriram meu livro maldito

O dilema do escritor seboso – Certos escritores amadurecem cedo. Tenho inveja desses. Porque nunca viverão o constrangimento de não se reconhecerem em suas primeiras obras

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer 
(saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

Anúncios

One Response to O escritor grávido

  1. Mariucha disse:

    Ricardo me surgiu uma ideia maluca Kelmer para Mulheres, não foi isso que vc escreveu?
    Ker mel Mulheres?
    Loucura!!!!!! Bjocas criança linda. Mariucha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: