A volta da Intocáveis – Oh não!

Ricardo Kelmer 2010

Um show com os restos mortais da Intocáveis Putz Band

.

Dezembro de 2009 em Fortaleza. Uma raríssima conjunção astrológica, que ocorre a cada dez mil anos, fez com que eu (que moro em São Paulo), Toinho Martan (mora em Brasília) e Flávio Rangel (de volta de BH) estívessemos todos na cidade, junto com Moacir Bedê (mora em São Paulo). Desde 1994, quando eu ainda estava na Intocáveis, que não tocávamos todos juntos. Não resisti à ideia: quital um show pra comemorar esse glorioso momento?

Show marcado pra 29dez2009, terça-feira, no Bar do Papai. Tudo a ver pois foi num bar administrado por Carlinhos Papai em 1994, o Compasso, que a banda fez seu show de estreia. E agora o show revival: Intocáveis Putz Band A volta dos que já deveriam ter ido.

– Pô, cara – resmungou Martan, preocupado com a altíssima probabilidade de pagar mico. – A gente vai fazer um show sem nenhum ensaio?

– Não vejo nenhum problema – falei, eu como sempre sem qualquer noção de perigo.

– As crianças não vão gostar.

– Fica frio, Martan. Ninguém vai sacar que isso é coisa de artista decadente querendo faturar um troco pro Natal.

– Isso não vai dar certo.

– Cara, NUNCA deu certo – explicou Flávio, com toda sua lógica sem-noção. – Então não será dessa vez que vai dar errado.

E assim foi. Deu tudo certo porque a fuleragem já é uma coisa errada por natureza. Bar lotado, as intoquetes em polvorosa, amigos que há tempos não se viam, gente com saudade dos shows da Intocáveis e gente que nunca viu e queria ver – afinal tem gosto pra tudo. E, é claro, nêgo que chegou no bar e quando percebeu o que o esperava, deu meia-volta e se mandou.

Tocamos os nossos mais insuportáveis sucessos, inclusive o Particularmente eu prefiro quiabo cru, a pedido da fiel intoquete Maria Fernanda. Quer dizer, tentamos tocar pois ninguém lembrava mais da letra, nem eu, que sou o autor. Nilton Fiore na percussão e JP no baixo seguraram a onda, junto com Flávio e Martan no violão. Eu filmei o show em meu celular e, é claro, subi ao palco e mandei ver no Manifesto Neomaxista Liberal: pelo direito de brochar sem ter que dar explicação, por uma delegacia de defesa do homem, pelo direito de dormir dentro…

Infelizmente Emílio Schlaepfer, o baixista oficial, e Karine Alexandrino, nossa Barbarella Pop-Star, não puderam comparecer. Ele porque virou pastor em Brasília e ela porque se recuperava da cirurgia de reversão de sexo. Neo Pi Neo e Ernesto deram suas canjas e Christiane Fiúza encantou a todos e a todas cantando Eu quero uma mulher. E Moacir Bedê, evidentemente, interpretou seus eternos e gosmentos sucessos Listen e Loving you, com seu afiadíssimo inglês de Cambridge.

Fiquem tranquilos. A gente garante que esse foi o primeiro e último revival da Intocáveis Putz Band. Pelo menos até a próxima conjunção astrológica.

.

Ricardo Kelmer 2010 – blogdokelmer.com

.

INTOCÁVEIS PUTZ BAND – A volta dos que já deveriam ter ido
Show com os restos mortais da Intocáveis
Bar do Papai, Fortaleza – 29dez2009 – Fotos: Levy Mota

.

Toinho Martan, Flávio Rangel, JP e Nilton Fiore segurando a onda

.

Christiane Fiúza: o nascimento de uma nova Intocável

.

Como eles conseguem rir das mesmas besteiras durante 16 anos?
.

Toda o charme, a beleza e o algo mais da intoquete Juju

.

Moacir Bedê: com ele a putchéuris consegue ser ainda maior

.

Ernesto e Neo Pi Neo: briga feia pelo microfone

.

.

.

LEIA NESTE BLOG

> A celebração da putchéuris – A história fuleragem da Intocáveis Putz Band

> A volta da Intocáveis – Oh não! Um show com os restos mortais da Intocáveis Putz Band

> Roque Santeiro, o meu bar do coração – Uma homenagem ao bar Roque Santeiro

> A sociedade fela da puta de Geraldo Luz – Suas músicas são baladas de melodias simplórias, conduzidas por uma inacreditável verborragia que mistura crítica social, literatura, filosofia, anarquismo, sacrilégios explícitos e sodomismos irreparáveis

> Ser mulher não é pra qualquer umÉ dada a saída, lá se vai o trenzinho. Num vagão as Belas, abalando nos modelitos, no outro as Madrinhas, abalando com o isopor e o estojinho de primeiro-socorro

> Breg Brothers com fígado acebolado – Encher a cara, curtir dor de cotovelo e brindar a todas as vezes em que fomos cornos…

> Galinha ao molho conjugal – Então fizemos uma aposta. Qual dos três conseguiria resistir mais tempo ao casamento?

.

> Ouça e baixe músicas da Intocáveis Putz Band
.
AA Alcoólatra
Canto bregoriano
Elizabeth & Flávia
Manifesto neomaxista liberal
Meu nome é Mário
Mulher
Mulher (remix)
Prefácio (apresentação do Manifesto)
Rapariguinhas do bairro
Severina
Sexy sou

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

01- Caraca, K. Isso foi farra boa. Quem sabe em 2020 a gente repete… Antonio Martins, Maceió-AL – fev2011

02- Se voltar vai sacaniar – Andre Soares Pontes, Fortaleza-CE – fev2011

Anúncios

One Response to A volta da Intocáveis – Oh não!

  1. Gledson Shiva disse:

    Putz,

    Que festão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: