O mundo é uma mentira

10jul2008

Este filme mostra o quanto a história é manipulada pelas elites religiosas e econômicas, que “criam” os fatos e nos fazem todos acreditarmos neles, lutarmos por eles, matarmos por eles

.

Rejane, uma leitorinha querida de Brasília, me recomendou um documentário recente chamado Zeitgeist, produzido em 2007 nos EUA. Obrigado, Rejane. Zeitgeist é um termo da língua alemã que significa o espírito de uma época, a mentalidade reinante num determinado período de tempo.

Muito interessante o filme. Trata basicamente de duas coisas: religião e dinheiro. Mostra o quanto a história é manipulada pelas elites religiosas e econômicas, que “criam” os fatos e nos fazem todos acreditarmos neles, lutarmos por eles, matarmos por eles.

Religiões copiadas umas das outras, guerras forjadas e mantidas em nome de interesses econômicos, crises financeiras proposital e estrategicamente criadas, falsos ataques terroristas, chips implantados pra controlar as pessoas feito boiada… O filme é um festival de denúncias, algumas tão incríveis que parecem sair de um fabuloso catálogo de teorias conspiracionistas.

Que religiões institucionalizadas como o cristianismo, judaísmo e islamismo são deturpações da busca natural do sagrado, feitas pra amedrontar e dominar os povos, isso não é novidade. Que os poderosos do dinheiro são incrivelmente engenhosos em matéria de deturpar a realidade e lucrar com a ignorância do povo, isso é óbvio. Mas é sempre surpreendente e revoltante quando os fatos são ligados e, pufff, transparece a absoluta falta de respeito pela verdade, pela liberdade, pela justiça, pela vida.

Eu, particularmente, não duvido de nada e desconfio de tudo que se mexa ou fique parado. Porque sei do que são capazes os loucos de poder, seja poder econômico ou religioso. Mesmo que haja qualquer exagero em uma ou outra denúncia, obras desse tipo são úteis nesse momento em que a mídia, a cultura de massa e os modismos nos mantêm bem ocupadinhos pra que não percebamos o que rola nos bastidores.

Zeitgeist é um documentário que fala sobre mentiras. É um filme polêmico, que divide opiniões e costuma despertar emoções fortes: algumas pessoas ficam desconfiadas, outras ficam perplexas e revoltadas, cristãos ficam irritados… Assista e tire suas próprias conclusões.

Por essas e outras é que continuo achando que a melhor coisa que podemos fazer uns pelos outros não é nos darmos emprego ou comida, nem tentarmos salvar a alma uns dos outros, tampouco dar de presente às nossas mães 5 mil minutos pra falar todo mês. A melhor contribuição que podemos dar à humanidade é individual: conhecer-se, aprender a pensar por si próprio e libertar-se, inclusive dos condicionamentos culturais e religiosos.

Veja o filme Zeitgeist
Direção: Peter Joseph. EUA/2007

.

Ricardo Kelmer 2008 – blogdokelmer.com

.

.

ATEÍSMO E PICARETAGEM RELIGIOSA

Mais picaretagemVídeos sobre picaretagem religiosa.

A picaretagem não tem fim – Vídeos sobre picaretagem religiosa.

ATEA – Assoc. Bras. de Ateus e Agnósticos – Vale a pena conhecer. Ou você tem medo de mudar de ideia?

Ateus.net – Textos, livros, filmes, humor, bate-papo.

Jesus Cristo nunca existiu – Uma análise detalhada do que pode ser a maior fraude de todos os tempos

Ceticismo.net – Ceticismo, ciência e tecnologia

.

LEIA NESTE BLOG

O armário dos ateus – Os dados da ONU desmentem uma velha crença dos religiosos e teístas, a de que uma sociedade sem Deus fatalmente descambará pra criminalidade e infelicidade geral

A água milagrosa do pastor pilantrão – Putz, a que nível chegou a picaretagem religiosa. Esses pastores fazem mais milagres que o próprio Jesus!

Religião no esporte é gol contra – Se nada for feito, a religião invadirá os campos e quadras e o esporte virará uma cruzada entre os jogadores e seus deuses

Entrevista com o ateu – Um pregador evangélico entrevista um escritor ateu. O que pode sair desse mato?

Jesus realmente existiu? – Programa Canal Livre, exibido em 26.12.10, com o filósofo Mário Sergio Cortella

A menina, a exorcista e a cantora – Primeiro a menina é usada como laboratório de novas técnicas de exorcismo. Agora é usada como objeto de promoção de igreja evangélica

Cine Kelmer apresenta – Dicas de filmes

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01 COMENTÁRIOS
.

01- Hum gostei quero ver…. Cinthia Silveira, São Paulo-SP – nov2011

02- apareceu aqui uma org. pedindo assinatura para barrar o acordo de armas fragmentadas, etc. serah que ja nao sabemos que tudo sobre armas e guerras eh um horror? Dhara Bastos, Fortaleza-CE – nov2011

03- quando eu assisti, achei lúdico demais. Muito malucão… Isabele Baptista, Barretos-SP – jan2012

04- Não resta dúvidas de que o filme é interesante e abre canais para refexão, o problema é a pretensão de determinadas obras que pensam revelar as diversas camadas da realidade através dos aspectos simbólicos somente. O filme para mim está na categoria de interessante. Brennand de Sousa Bandeira, Fortaleza-CE – jan2012

05- É muito bom este filme. Claudia Belucci Cabrini, Laranjal Paulista-SP – jan2012

Anúncios

6 Responses to O mundo é uma mentira

  1. Gledson disse:

    “A melhor contribuição que podemos dar à humanidade é individual: conhecer-se, aprender a pensar por si próprio e libertar-se, inclusive dos condicionamentos culturais e religiosos.” Eu acredito piamente nisso.

    Curtir

    • ricardokelmer disse:

      > Mais um que contribui.

      Curtir

    • Carlos disse:

      NÃO CONCORDO…ACHO EXTAMENTE O CONTRÁRIO…PRECISAMOS URGENTEMENTE DO COLETIVO…

      Curtir

      • ricardokelmer disse:

        > Precisamos do senso coletivo, sim, mas a transformação mais verdadeira começa no interior de cada um. Se começar fora, será uma mudança imposta pelas instituições e seus dogmas.

        Curtir

      • Elaine disse:

        O senso coletivo é consequência, Carlos. Nenhuma transformação essencial ocorre de forma macro. Quer um exemplo? Se a contribuição individual, de cada um de nós (redundante mesmo), for a de separar o lixo reciclável, imagina como seriam os tamanhos dos lixões…se todos os dias cada um de nós se propuser a sair de casa com alma tranquila e dispostos a gestos de gentileza e boa educação, imagina quantas brigas de trânsito ou quantas discussões banais não conseguiríamos evitar…Fato: o coletivo somos nós individuais. Se não mudamos, continuamos representando um coletivo caótico.

        Curtir

  2. Ricardo martins de Souza disse:

    A única verdade que existe nesse mundo é o amor

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: