As Preciosas do Kelmer – mar2014

31/03/2014

31mar2014

AsPreciosasDoKelmer201403-01

AS PRECIOSAS DO KELMER – mar2014

Criei uma revistinha no Facebook. Ela se chama As Preciosas do Kelmer e é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem, que sempre trará imagens femininas.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AsPreciosasDoKelmer201403-01AS PRECIOSAS DO KELMER
Dicas e pitacos para o mês
#18, mar2014
> Esta edição no Facebook

Capa: Sônia Braga, atriz brasileira (filme: A Dama do Lotação)

.

*** MACONHA, UMA REVOLUÇÃO PARA A HUMANIDADE

Para escrever meu livro Baseado Nisso (publicado originalmente em 1998), fiz algumas pesquisas sobre a maconha. E me surpreendi com o que descobri a respeito de suas múltiplas utilidades para a humanidade. Hoje, 15 anos depois, os novos estudos sobre a planta comprovam sua eficácia como medicação e também como matéria-prima para a fabricação de milhares (sim, milhares) de produtos, de roupas a sapatos, de chocolate a combustível, com a vantagem que seu cultivo não é poluente, permite várias safras anuais e a planta se adequa a vários tipos de climas.

Aos poucos a sociedade perde o medo de discutir o assunto. Aos poucos a histeria do proibicionismo e da guerra às drogas dá lugar à sobriedade e à constatação dos fatos. O psiquiatra Lester Grinspoon, 86 anos, é autor de um dos primeiros artigos a desmitificar os males da maconha, “Marihuana”, publicado em dezembro de 1969, na revista “Scientific American”. No texto, ele condena a proibição da droga.

Professor-assistente emérito do departamento de psiquiatria da Escola Médica de Harvard e membro do conselho administrativo da Organização para Reforma das Leis da Maconha nos Estados Unidos, Lester Grinspoon espera que descobertas feitas nos anos 1960 sejam conhecidas, como o fato de, segundo ele, a Cannabis ser o remédio menos tóxico já registrado na literatura médica com potencial terapêutico para uma infinidade de doenças. Segundo ele, quando cientistas começarem a testar diferentes formulações dos subprodutos da maconha, novas aplicações devem surgir. “Ela será a maravilha do nosso tempo, como foi a penicilina no passado”, diz. (RK) > Leia a entrevista com o Dr. Lester Grinspoon

.

*** LIVRANDO A SEMANA (104)

50 FATOS QUE MUDARAM A HISTÓRIA DO ROCK (Paolo Hewitt) Verus

O lançamento de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, o Festival de Woodstock, o Live Aid, o assassinato de John Lennon. Momentos que mudaram a música para sempre. Cobrindo 50 anos, desde quando Elvis Presley levou o rock’n’roll às massas no programa de tevê de Frank Sinatra até a morte chocante de Michael Jackson, o influente jornalista – e fã apaixonado de música – Paolo Hewitt seleciona neste livro os 50 momentos decisivos da história do rock. Episódios por trás de canções e discos icônicos, mortes prematuras, shows memoráveis, incidentes ao vivo e os momentos mais ultrajantes do rock são narrados nesta abrangente síntese do maior gênero musical do século XX.

O texto dinâmico e fluente de Paolo Hewitt aborda cada acontecimento do ponto de vista privilegiado de quem esteve lá, explicando o pano de fundo e as consequências imediatas de cada momento, bem como seu significado a longo prazo e o legado que deixou. Ao lado de momentos verdadeiramente emblemáticos, tais como o nascimento dos Beatles e o assassinato de Marvin Gaye pelo próprio pai, você verá outros incidentes menos conhecidos, mas igualmente sensacionais, como a prisão de Keith Richards e Mick Jagger durante uma festa regada a ácido, a participação dos Sex Pistols no programa de entrevistas de Bill Grundy e Pete Doherty arrombando o apartamento do melhor amigo e companheiro de banda, Carl Barât. > Adquira este livro na Arte PauBrasil

.

*** VAI SER BOM PRA VOCÊS?

SexoElaEles-2Uma em cada duas mulheres brasileiras sente que seu desejo sexual não é tão intenso quanto ela gostaria, não fica tão excitada quanto esperava ou enfrenta dificuldades para chegar ao orgasmo. Extraída pela psiquiatra Carmita Abdo, criadora do Programa de Estudos em Sexualidade (ProSex) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em seu “Estudo Sexual da Vida do Brasileiro”, a informação escancara a realidade da vida sexual feminina no País. E ela está de acordo com o que se observa na maior parte do mundo.

“Temos os mesmos índices de dificuldades sexuais de outros povos”, afirma Carmita, internacionalmente reconhecida como uma autoridade em sexualidade humana. As mulheres, no entanto, estão prestes a ganhar fortes aliados contra esse problema. Quatro novos remédios devem chegar ao mercado com a promessa de ajudar a mulher a encontrar o prazer na cama. Será a primeira vez que ela terá à disposição uma pílula com esse objetivo. Em um paralelo histórico recente, os remédios terão, para a mulher, a mesma importância que o Viagra, lançado em 1998, teve para o homem. O que se espera é que os medicamentos não só ofereçam a elas um salto de qualidade no sexo, mas também auxiliem a trazer à tona a discussão sobre como as mulheres lidam com seu corpo, seus medos, suas indagações – a exemplo do que ocorreu em relação às questões do público masculino quando do lançamento da famosa pílula azul. Enfim, os próximos anos registrarão a mais nova revolução sexual feminina. > Saiba mais

.

*** CONTRA UMA INTERNET MAIS CARA

O Marco Civil da Internet está sendo considerado a Constituição da Internet Brasileira. Como ela determinará pontos importantes na relação das empresas com os usuários, o poderoso lobby das empresas de telecomunicações está influenciando nossos políticos para que transformem a internet em uma espécie de TV a cabo, em que se poderia cobrar a mais para podermos assistir a vídeos, ouvir música ou acessar informações. A votação será apertada, mas uma grande mobilização pública pode convencer os deputados de que suas reeleições dependem desse voto! > As próximas horas são cruciais. Assine a petição contra o encarecimento da internet

.

*** ATEUS SAINDO DO ARMÁRIO (2)

TONY BELLOTTO, músico e escritor

Bellotto se define como um ateu do tipo que não procura “encher o saco de ninguém”, mas que resolveu sair do “armário” por causa do avanço na política do Brasil do fanatismo de religiosos. Ele afirma: “As recentes contendas inspiradas por fundamentalismo e fanatismo religioso, mais a constante intolerância beligerante das chamadas bancadas religiosas, que sempre tentam impedir que se discutam no Brasil questões urgentes como descriminalização do aborto, pesquisas com células-tronco, união homossexual etc. etc., acrescidas de alguns detalhes irritantes, como cédulas de real (moeda de um Estado laico) ostentarem o dizer “Deus Seja Louvado”, o papa Ratzinger conclamar fiéis a não usarem preservativos e escolas sérias considerarem criacionismo ciência, me motivaram a pegar em armas (figuradas, as únicas armas de que disponho são a pena e a guitarra) contra o sectarismo, ofensa à inteligência, abuso da paciência e exploração da ignorância que muitas vezes as religiões promovem”. > Saiba mais

.

*** CLIMATOLOGIA – FORTALEZA
Confira a média da temperatura e das chuvas mês a mês.

.

 *** ERÓTIKA FAIR 2014

Consolidada como uma das feiras oficiais do calendário cultural de São Paulo, a Erótika Fair chega à 21ª edição de casa nova. O evento, que antes acontecia no Palácio de Convenções Anhembi, será realizado no Centro de Exposições Imigrantes ((Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – Jabaquara), de 27 a 30 de março.

O mercado erótico no Brasil vive hoje um de seus melhores momentos. Resultado disso é o surgimento de novas empresas, a participação de marcas internacionais, o nível de investimento dos participantes, as parcerias estratégicas realizadas e a constante busca e satisfação do público consumidor. O objetivo da feira é proporcionar o encontro de todas as esferas para assim elevar o mercado sensual a um patamar nunca antes alcançado. Em sua última edição, em 2013, a Erótika Fair recebeu cerca de 32.000 visitantes e movimentou aproximadamente R$ 18 milhões em negócios. Para esta edição, os organizadores esperam receber 50.000 pessoas e pretendem uma expansão em mais de 25%. A feira é considerada a principal ferramenta de comunicação do mercado adulto brasileiro e o mais importante encontro de negócios do mercado erótico latino-americano.

Horários: das 14h às 17h dos dias 27 e 28, o evento será reservado para os profissionais do setor e, após as 17h, os portões serão abertos a todo o público, que poderá conferir as novidades do mercado em primeira mão, além de curtir shows sensuais, concurso de pole dance, brincadeiras sensoriais e muito mais. No final de semana (dias 29 e 30), os portões abrem às 14h para todos os visitantes. > Saiba mais

.

*** DICA DE FILME

JOVEM ALOUCADA (Chile, 2014)
Dir: Marialy Rivas. Com: Aline Küppenheim, María Gracia Omegna, Felipe Pinto (II).

Os conflitos de uma adolescente dividida entre a religião de seus pais (evangélicos neopentecostais) e seu amor por um garoto e uma garota. Um retrato franco e bem humorado sobre as inquietudes da adolescência, a liberdade, o sexo, o medo de decepcionar os pais… Boa direção, boas atuações. Recomendooo. > Saiba mais

.

*** ANATEL MELHORA A VIDA DO CONSUMIDOR

A partir de 20jun, mesmo sem falar com um atendente da operadora, o consumidor poderá cancelar um serviço por meio da internet ou simplesmente digitando uma opção no menu na central de atendimento telefônico da prestadora. O cancelamento automático deverá ser processado pela operadora em, no máximo, dois dias úteis.

Mudanças também no celular pré-pago. A validade mínima dos créditos agora é de 30 dias, e a empresa terá que comunicar ao consumidor quando os créditos estiverem na iminência de expirar ou acabar e comercializar créditos com validade de 90 e de 180 dias.

No caso do celular pós-pago, a operadora deverá comunicar quando o consumo se aproximar da franquia contratada.

As empresas deverão oferecer atendimento em lojas que fazem apenas a venda de planos ou aparelhos. O objetivo é que os consumidores que adquiriram o produto naquela loja possam retornar a ela e ter atendimento pós-venda. > Saiba mais

.

*** MARCO CIVIL APROVADO: VITÓRIA DA INTERNET NEUTRA

InternetMarcoCivil-01Após anos de discussões envolvendo toda a sociedade, o Marco Civil da Internet foi aprovado esta semana na Câmara dos Deputados. O projeto será votado no Senado, e deve ser aprovado também.

O princípio da neutralidade da internet é um dos pilares do Marco Civil, uma espécie de Constituição da Internet brasileira. Esse princípio garante que todos são iguais na rede, ou seja, que o poder econômico não pode prevalecer, por exemplo, para privilegiar o acesso a determinados sites na hora de carregar a página.

Os provedores também não poderão vender pacotes, diferenciando-os pelo tipo de acesso (acesso a e-mails custa tanto, acesso a vídeos custa tanto…). A única diferenciação possível é pela velocidade da conexão, o que já é praticado atualmente.

Outro ponto muito importante refere-se à liberdade de expressão. Os provedores não têm poder de intervenção ou censura sobre o que é postado na rede, mas poderão ser responsabilizados pelos conteúdos em caso de desobediência a ordem judicial que exija a sua retirada.

Com o Marco Civil, ganhou a sociedade brasileira, ganharam os usuários. Perderam as empresas gananciosas, que visam apenas o lucro, e necas para a democratização da rede. Parabéns a todos que se envolveram na criação do projeto, assinando petições, pressionando parlamentares e esclarecendo sobre o tema. (RK) > Saiba mais

.

*** 15 ANOS DE MATRIX

O filme Matrix, lançado em 1999, revolucionou o cinema, lotou salas em todo o mundo e tornou-se um fenômeno cultural, conquistando milhões de admiradores e instigando intensas discussões. > Saiba mais

> Matrix e o Despertar do Herói – A jornada mítica de autorrealização em Matrix e em nossas vidas (livro)

.

 

AsPreciosasDoKelmer201403-01AS PRECIOSAS DO KELMER

> No Facebook (todas as edições)
> No Facebook (esta edição)
> No Blog do Kelmer

.

.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS



Cubalança mas não cai

18/02/2014

18fev2014

É impossível entender Cuba em apenas uma semana

CubalancaMasNaoCai-03

CUBALANÇA MAS NÃO CAI

.
Lá estou eu em Cuba, abril de 2006, três meses antes de Fidel baixar hospital, o irmão Raúl assumir (a presidência, gente) e o mundo inteiro voltar os olhos pro futuro da ilha. Uma semana de turismo em Havana, arriba!

Indo pelo Malecón, a beira-mar de Habana, vi um out-door sensacional e não resisti. Parei pra tirar foto. Era tipo publicidade de filme, o presidente Bush feito um vampiro e os dizeres: “El Asesino ‒ Próximamente em las cortes norte-americanas”, e bem em frente à oficina de interesses estadunidenses. Sim, pois o Tio Sam não possui embaixada em Cuba. Mas em compensación não largam Guantánamo. Cara de pau…

Bueno, foi uma semana intensa. Conheci mais sobre a história da ilha, visitei locais históricos, tomei mojitos y cubanitos, ouvi salsas e boleros, andei de coco-táxi, comi nos famosos paladares. E me apaixonei pela ilha. Enquanto escrevo esta crônica, por sinal, ouço os maravilhosos cantores cubanos e me dá vontade de voltar. Na verdade, o que mais me interessava era conhecer Cuba por dentro, hablar con los cubanos, me misturar a eles. Minha porção jornalista era maior que a porção turista. E a principal conclusão que tirei foi esta: é impossível entender Cuba em apenas uma semana. O comunismo cubano, aos meus olhos, se já era estranho, revelou-se um monstrengo surreal. Bem, vivendo no Brasil, um país de outro planeta, eu já deveria estar acostumado. Mas Cuba é demais. Lá tem três moedas! Como aquilo pode funcionar? Muitos cubanos me responderam assim: não funciona.

Em tese, o regime comunista cuida dos aspectos básicos da vida do povo: fornece moradia, comida, roupa, trabalho, escola e saúde. Mas na prática é outra coisa. Como a comida não dá pro mês todo, o cubano acaba comprando comida. De quem? Do governo, claro. Se o cubano quer uma casa, o governo financia, mas é tão caro que grande parte acaba morando com os pais, com os sogros… E os médicos formados? Ganham trinta dólares por mês! Dá pra comprar trinta sabonetes. Você morre de fome mas morre cheiroso.

Rodando pela cidade vi muita pobreza, casas desmoronando por falta de conservação. Vi pedintes, vi prostituição masculina e feminina. Boa parte dos cubanos se agarra nos turistas, literalmente, como náufrago numa boia. Muito cubano trabalha como guia. Todo cubano tem um irmão ou amigo que trabalha numa fábrica de rum ou charuto e pode conseguir mais barato e coisital. Alguns te convidam pra conhecer a casa deles, na maior simpatia. Você acha isso lindo, fica encantado… até a hora da despedida, quando eles te pedem um trocadinho.

Tudo bien, não há miséria como no Brasil, não há favelas nem crianças bandidas. O narcotráfico internacional tem pouquíssima força lá. O sistema primário de saúde funciona. Mas até lá tem corrupção, essa praga tão brasileira. E o que dizer da fome insaciável do governo? Ele é sócio de tudo na ilha, até daquele quartinho que você aluga no sótão de sua casa. Veja os tais paladares. São restaurantes caseiros, permitidos pelo governo, uma forma de garantir a muitas famílias uma rendinha extra. Mas o governo não permite mais que doze mesas. E não pode servir frutos do mar, pra não concorrer com os restaurantes dos hotéis. E ainda tem que pagar quatrocentos dólares de imposto por mês, com ou sem cliente… Carajo! Essa quantia lá é uma fortuna! Um sócio desse acaba incentivando o jeitinho: não tem no cardápio do paladar mas, se você pedir, servem camarão e lagosta à vontade. Só não pode discriminar na conta, claro. E ainda disfarçam uma mesinha a mais ali atrás da cortina… É aquela coisa: o cubano se faz de morto e o governo faz que não vê.

A pior coisa, porém, pelo menos pra mim, é a asfixiante falta de liberdade. Sei que aqui caímos na velha discussão sobre o que é mais importante, pão ou liberdade. Mas eu, particularmente, prefiro morrer fugindo que viver preso de barriga cheia. Se alguém se ausenta mais de um ano da ilha, perde automaticamente a cidadania cubana, sabia? Criticar o governo, então, nem pensar. O cubano tem de ser um soldado do regime, um porta-voz da sagrada revolución. É obrigado a deixar a sala de aula ou o trabalho pra ir à praça escutar Fidel falar por cinco horas. Não pode acessar sites na internet e seu correio eletrônico é censurado. Ser homossexual em Cuba, até pouco tempo, podia dar cadeia.

Depois que Fidel se for, o que vai acontecer? Como el pueblo se comportará? E os cubanos de Miami? Tio Sam cessará o cruel embargo econômico? A ONU intervirá pra ajudar a democratizar o país? Quem pode dizer? Mas o futuro já chegou e em breve falará oficialmente. Só espero que esse futuro traga um pouco mais de conforto e liberdade aos hermanos cubanos que, mesmo com todas as dificuldades, são festivos e hospitaleiros. Aliás, todo turista, quando sai de Cuba, é obrigado a pagar ao governo uma taxa de vinte e cinco dólares como presente à Revolução. Sem recibo.
.

Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

> Esta crônica integra o livro Blues da Vida Crônica

.

.

.
A propaganda oficial anti-EUA é onipresente no país. Esta placa está no Malecón. Equivaleria a estar no calçadão de Copacabana, no Rio, ou na Volta da Jurema, em Fortaleza, ou na Av. Paulista, em São Paulo.

.
.

.
O isolamento do regime fez, em alguns aspectos, o tempo parar em Cuba. Para os colecionadores de carros antigos, Havana é um paraíso.

.
.

.
Comitê de Defesa da Revolução. Espalhados pelos bairros, os CDRs são a mais poderosa das organizações cubanas não governamentais. Eles desempenham tarefas de vigilância coletiva contra atos de desestabilização do sistema político cubano.  Também participam em tarefas de saúde, higiene, de apoio à economia e de promoção da participação cidadã. Qualquer cidadão crítico do regime tem, obviamente, ficha suja nos CDRs.

.
.

.
A santería cubana e seu sincretismo religioso. O regime comunista da ilha não tem simpatia pela religião mas boa parte da população pratica algum tipo.

.
.

.
Vendo tudo borrado com Havana Club. Ah, o rum cubano… Na porta de um bar no centro de Havana fui abordado por um simpático cubano, que era fã do Ronaldinho Gaúcho e me ofereceu um Havana Club 7 Anos por U$ 10, uma pechincha que ele conseguia por ser amigos dos donos do bar. Empolgado, entreguei-lhe a grana, ele entrou no bar e fiquei esperando. Tô esperando até hoje, eu e meu chapéu de otário.

.
.

.
Enchendo el cabezón com Bucanero.

.
.

.
Os famosos paladares. Comida caseira, gostosa e barata.

.
.

.
Uma família cubana.

.

.
Mojitos com Christina no Malecón.

.

.

LEIA NESTE BLOG

É a Tao coisa – Uma maneira intuitiva de compreender a realidade através da harmonia com o Tao

Rumo à estação simplicidade – Jurei me manter sempre no caminho, sem pesos nem apegos excessivos, pronto para pegar a estrada no momento em que a vida assim quisesse

Pelas coxias de Guaramiranga – Um delicioso festival de teatro na serra de Guaramiranga

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

.

.

.

.

CubalancaMasNaoCai-03a


Sociedade hipócrita, adolescentes drogados

08/02/2014

08fev2014

Inês continuará se drogando e mentindo. Porque os pais e a sociedade mentem para ela

SociedadeHipocritaAdolescentesDrogados-01

SOCIEDADE HIPÓCRITA, ADOLESCENTES DROGADOS

.
Acontece assim. Sua filha Inês, menor de idade, lhe diz que vai dormir na casa de uma amiga porque tem que estudar ou então porque vão para o aniversário de outra amiga, algo assim dito de forma bem natural para você não se preocupar. Porque na verdade Inês vai é para a boate dançar, beber, beijar, ficar, talvez um sexozinho… E você sabe que boates são proibidas para menores, e que é proibido servir-lhes bebida alcoólica. Por isso, sua filha precisa mentir para você.

Geralmente a aventura que começa com uma mentirinha termina sem maiores consequências, todos os dias milhões de adolescentes fazem isso. O problema é que às vezes o amigo que dirige bebeu demais, e no dia seguinte sua filha entra para as estatísticas das mortes envolvendo álcool e direção. Uma desgraça.

Sempre que ocorre um caso mais impactante, ou seja, depois que Inês é morta, começam as providências: fiscalizar bares, reprimir ambulantes, blitz na madrugada… De fato, é preciso fiscalizar e punir. Mas bem mais eficaz e barato é educar. Educar certo ‒ porque educação careta nunca vai resolver. Temos que ser francos com nossos filhos e, principalmente, com nós mesmos. E é justamente isso que nossa sociedade morre e não aprende: ser sincera com ela própria. E assim todo dia morre Inês.

Não adianta dizer a ninguém, principalmente a adolescente, para não usar droga, seja legal ou ilegal. Embora não pareçam, vestidos daquele jeito e com aquelas gírias e atitudes, adolescentes são humanos, e os humanos são uma espécie que tem necessidade de droga, por vários motivos. Como adolescente precisa muito de autoafirmação e é rebelde por natureza, a droga é ferramenta para seus anseios. O problema então não é se seu filho vai usar droga: é como ele vai usar. É a relação com a droga, e não exatamente o mero fato de usar droga, qualquer que seja, que determina se há ou não problema. Conte entre seus amigos aqueles que consomem alguma droga, legal ou ilegal, e levam vida normal: são maioria. A minoria é que tem problema com droga.

O melhor é que adolescente não se envolva com droga nenhuma porque droga é coisa de adulto. Mas infelizmente eles se envolvem. E a proibição aguça ainda mais a curiosidade e traz o excitante sabor do proibido. E esse envolvimento começa em casa, vendo os pais fumando hipocritamente seu cigarrinho cancerígeno, bebendo sua cerveja ou tomando seus remédios para relaxar ou emagrecer.

Só há uma saída: informar honestamente, sem moralismos nem preconceitos. Mas infelizmente a sociedade insiste num comportamento que nunca vai funcionar porque é contraditório. Ela diz, em seu tom cinza e sisudo, que não devemos nos drogar ‒ mas os neons alegres e coloridos insistem no contrário. A sociedade não explica convincentemente por que uma droga pode e a outra não pode. Ela não esclarece por que incentiva tanto o uso de álcool e cigarro, drogas altamente letais, que lotam os cemitérios, e proíbe a maconha, comprovadamente menos nociva. Os pais, mal preparados, trocam a informação franca pela repressão moralista. Resultado: o adolescente capta todo essa contradição e percebe que o discurso oficial não é honesto nem faz sentido. Por que diabos seria ele o único a obedecer e se enquadrar a um esquema certinho e careta enquanto ao redor todos se drogam todo dia? Por que aceitaria ele ser o bobo da história?

Inês continuará se drogando e mentindo. Porque os pais e a sociedade mentem para ela. Porque é isso que merece uma sociedade hipócrita que lhe nega a verdade e tenta enganá-la com moralismos irritantes e contradições ridículas.

Não funciona proibir a droga. Mas funcionam as políticas de redução de danos, onde a sociedade admite que precisa conviver com a realidade das drogas em vez de varrê-la para baixo do tapete e, assim, fiscaliza e inibe o uso nocivo em vez de simplesmente proibir. Além de coerente, esta sim é uma mensagem clara e honesta aos nossos filhos, como se cada pai e mãe os chamasse para um papo e dissesse:

‒ A gente sabe que a droga existe e sempre vai existir. Se você já usa ou vai usar, então a gente quer que você use da melhor maneira e saiba exatamente o que pode acontecer.

Difícil dizer isso a seu filho ou sua filha, né? Difícil até imaginar que eles estejam por aí se drogando, legal ou ilegalmente. Mas é exatamente o que muitos pais agora desejariam ter dito para sua Inês e infelizmente não quiseram dizer. Ou não tiveram tempo. Agora é tarde.

.
Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

> Esta crônica integra o livro Blues da Vida Crônica

.

LEIA TAMBÉM NESTE BLOG

ODiaEmQueMorriNoRockInRio-01aO dia em que morri no Rock in Rio – O primeiro baseado a gente não esquece

Quem tem a droga, tem o poder Quem ganha e quem perde com a proibição das drogas?

A pior campanha antimaconha do mundoFaltou bom senso e respeito aos criadores dos anúncios. Faltou noção das coisas. Faltou tudo

.

DICA DE LIVRO

baseadonissocapaa6aBaseado Nisso
Liberando o bom humor da maconha
Ricardo Kelmer – Contos + glossário – Ilustrações: Hemetério

Os pais que decidem fumar um com o filho, ETs preocupados com a maconha terráquea, a loja que vende as mais loucas ideias… RK reuniu em dez contos alguns dos aspectos mais engraçados e pitorescos do universo dos usuários de maconha, a planta mais polêmica do planeta. Inclui glossário de termos e expressões canábicos. O Ministério da Saúde adverte: o consumo exagerado deste livro após o almoço dá um bode desgraçado…

> saiba mais

.

.

elalivro10Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Indiscutivelmente existe um mundo de Inês ao nosso redor. Acreditava que seria o único a vislumbrar a necessidade de se educar as Inês desse nosso Brasil. Já estive em vários outros países buscando por elas, sem saber o que estava fazendo, mas fazendo. Porém é no Brasil que elas existem com maior frequência. Se a questão for educacional, o que acredito que seja, sei onde elas estão. Na classe média. preocupe-se com isso, escreva sobre isso, alerte sobre o que elas se tornarão. Quando era jovem, em meus surtos de inveja por não conseguir a menina a qual desejava, pensava espraguejando, esse carro do pai vai acabar e quero ver elas, Inês, buscarem algo melhor, eu. Soa presunçoso, mas não é. Estudava cerca de 10h por dia, tinham-me como futuro louco, por ser humilde, pobre, da Barra do Ceará e tentar conseguir algo melhor. O que acontece é que fui e minha praga se confirmou antes mesmo de eu chegar. Vi várias Inês buscarem em mim um futuro melhor. Como disse soa presunçoso, mas não é. A verdade é que hoje vejo em um alerta de um, aparentemente sensato, jornalista o que vi há 15 anos: as Inês buscando espaço em um lugar de onde a volta é difícil e dolorosa. Samuel Lopes, Fortaleza-CE – nov2006

02- Sociedade sociedade sociedade… Tudo está errado porque se baseiam no que a sociedade vai pensar!!! E eles acabam educando jogando a verdade pra debaixo do tapete… Texto muito bem elaborado!!! Priscilla Uchoa, Fortaleza-CE – fev2014

03- Aplaudi de pé! Priscila Silva, Belém-PA – fev2014

04- Importante e a mais pura realidade…ate mesmo onde menos se imagina! Patrícia De Carli, Fortaleza-CE – fev2014

05- Excelente texto!!Parabéns! Thais Guida, Rio das Ostras-RJ – fev2014

SociedadeHipocritaAdolescentesDrogados-01a


As Preciosas do Kelmer – jan2014

31/01/2014

31jan2014

AsPreciosasDoKelmer201401b

AS PRECIOSAS DO KELMER – jan2014

Criei uma revistinha no Facebook. Ela se chama As Preciosas do Kelmer e é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem, que sempre trará imagens femininas.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AsPreciosasDoKelmer201401bAS PRECIOSAS DO KELMER
Dicas e pitacos para o mês
#16, jan2014
> Esta edição no Facebook

Capa: Naked Girls Reading, grupo de literatura e strip-tease, criado em 2009 em Nova York.

.

*** DEPOIS DA IMPRESSORA 3D, A CANETA 3D

Checo inventa primeira caneta que desenha em 3D da Europa. É. O futuro chegou. > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (93)

O ORGASMO MÚLTIPLO DO HOMEM (Mantal Chia e Douglas Abrahms Ara) Fontanar
Há mais de três mil anos, os chineses perceberam que o homem poderia atingir o orgasmo múltiplo, retardando ou mesmo detendo a ejaculação. É esta experiência milenar, adaptada para os dias de hoje, que Mantak Chia e Douglas Abrams Arava apresentam em O Orgasmo Múltiplo do Homem. O livro é voltado a todos aqueles que desejam aprimorar seu desempenho sexual. Após muitos anos de estudos científicos, inspirados nos princípios do Taoísmo, os autores comprovaram que o homem pode separar o orgasmo da ejaculação, transformando o momentâneo alívio ejaculatório em múltiplos orgasmos. Em linguagem simples e com ilustrações esclarecedoras, o livro aborda o funcionamento do corpo e o que pode ser feito para aumentar a potência sexual. Para as mulheres, revela os segredos da sexualidade masculina, permitindo que o casal se torne multiorgasmático. Há ainda um capítulo dedicado aos gays, descrevendo práticas específicas para uma vida sexual gratificante e saudável. Mantak Chia (autor de vários livros sobre comportamento sexual) e Douglas Abrams Avara (escritor e editor na University of California Press, especialista em sexualidade taoísta) mostram, nesse livro indispensável, como desenvolver a energia sexual e experimentar orgasmos mais intensos e por mais tempo. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

,

***LIVROS MAIS VENDIDOS DE 2013

A Publishnews publicou sua relação dos livros mais vendidos de 2013. Do um milhão de exemplares vendidos dos dois livros do bispo Edir Macedo, quantos terão sido comprados por fregueses da Igreja Universal?

1- Nada a perder v. 2 (Edir Macedo, Planeta do Brasil, Não ficção) 849.600
2- Kairós (Padre Marcelo, Principium, Autoajuda) 410.447
3- Inferno (Dan Brown, Arqueiro, Ficção) 282.617
4- A culpa é das estrelas (John Green, Intrínseca, Ficção) 267.435
5- Cinquenta tons de cinza (E. L. James, Intrínseca, Ficção) 222.405
6- Nada a perder (Edir Macedo, Planeta do Brasil, Não ficção) 219.287
7- Cinquenta tons de liberdade (E. L. James, Intrínseca, Ficção) 163.188
8- Cinquenta tons mais escuros (E. L. James, Intrínseca, Ficção) 157.993
9- O silêncio das montanhas (Khaled Hosseini, Globo Livros, Ficção) 134.473
10- 1889 (Laurentino Gomes, Globo Livros, Não ficção) 123.813

> Saiba mais

.

*** VAGINA TAMBÉM ENVELHECE

Poizé. Pau amolece, vagina envelhece, peito desce… Fazer o quê? Aproveitar a juventude. Depois não diga que eu não avisei. > Saiba mais

.

*** CANTORES OU CONTORCIONISTAS VOCAIS?

MusicaCantor-01Eu achava que estava sozinho em minha impressão. E a minha impressão é que parece estar acontecendo uma espécie de uniformização na maneira de cantar dos novos cantores. A característica principal seria um grande exagero nos trejeitos vocais, um alongamento das notas em torno de um floreado insistente, um exibicionismo técnico que faz de uma única nota um conjunto de espetaculares acrobacias sonoras… É como se o artista dissesse: esqueçam a música, prestem atenção em mim.

Obviamente, o cantor deve explorar suas capacidades vocais. Mas é óbvio também que o espetacular repetido à exaustão se torna comum e enfadonho. Esses contorcionismos técnicos me lembram certas cadeiras que os decoradores criam, diferentes, ousadas, cheias de estilo… mas horríveis pra sentar. O The Voice é um ótimo exemplo disso que parece ser uma forte tendência entre os novos cantores: feche os olhos e você não saberá quem é quem. Não sei se pra você, mas pra mim já tá enchendo o saco. > Saiba mais

.

*** A FRANÇA E A POLÊMICA LEI DA PROSTITUIÇÃO

A questão da prostituição é polêmica. Parece que será sempre assim. É algo que envolve vários aspectos a serem analisados com frieza. Uma pessoa tem o direito de alugar seu corpo? Isso é necessariamente degradante? Prostitutas e prostitutos devem ter o direito de oferecer esse serviço na rua ou apenas em anúncios? Devem tem o direito de deixar-se agenciar por outras pessoas?

Certamente ninguém discorda que uma pessoa tem o direito de alugar a imagem de seus seios para um comercial ou sua voz para uma gravação musical ou suas mãos para uma massagem. Por que seria errado alugar o corpo para sexo? Sexo é uma coisa ruim e publicidade e música são coisas boas?

Críticos da prostituição alegam que ela é usada para oprimir as mulheres. Seguindo esse raciocínio, os homens estariam liberados para se prostituir? Para alguns, a proibição da prostituição ajudaria a desmantelar as redes internacionais de tráfico de mulheres. Para outros, porém, proibir teria o efeito prático de empurrar as prostitutas e prostitutos para a total clandestinidade, ainda mais distante da proteção das políticas sociais, obrigando essas pessoas a se envolverem com o crime organizado.

O governo francês conseguiu aprovar uma lei que criminaliza os clientes mas não quem oferece o serviço. A lei é polêmica e divide a opinião pública. Divide também as feministas. A grande maioria das prostitutas, porém, não gostou. > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (94)

ELVIS PRESLEY, A VIDA NA MÚSICA (Ernst Jorgensen) Larousse do Brasil
Para os aficionados por Elvis Presley, este livro é leitura essencial para entender e conhecer tudo sobre a carreira do Rei do Rock’n’Roll. Apresenta informações completas sobre todas as sessões de gravação entre o verão de 1953 e o de 1977, e tudo sobre a discografia, incluindo gravações caseiras e amadoras, gravações ao vivo e sobras de estúdio. Um relato abrangente, penetrante e revelador sobre a carreira musical de Elvis Presley. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** COM HÍFEN OU SEM HÍFEN?

A nova reforma ortográfica da Língua Portuguesa alterou algumas regras, inclusive as do hífen. Muita gente, que antes não sabia como lidar com o hífen, agora terá que reaprender. De fato, não é tão fácil decorar todas as regrinhas gramaticais, mas a tarefa fica mais simples se nós nos habituamos a ler e escrever mais. > Veja como ficou

.

*** CARTA ABERTA DE EDWARD SNOWDEN AO POVO BRASILEIRO

A saga de Edward Snowden continua. O jornal New York Times defendeu o perdão ao ex-técnico da CIA que revelou ao mundo o gigantesco programa de espionagem do governo dos EUA. Em dezembro, Snowden escreveu uma carta aberta ao povo brasileiro, que foi recebida com frieza pelo governo brasileiro. Na internet, uma petição pública pede à presidenta Dilma que conceda asilo político ao corajoso Snowden.
> Leia a Carta Aberta ao Povo do Brasil
> Petição pró-asilo para Snowden no Brasil

.

*** EU APOIO OS SEIOS

ElaSeios-25Uma campanha para estimular mulheres a fazer o exame preventivo de câncer de mama viralizou na internet com imagens de três atrizes apoiando seus seios em lugares como mesas de bar, muros e balcões de lojas. O vídeo da agência 360i estrela Erin Daniels (The L Word), Jillian Bell (Workaholics) e Edi Patterson (The Groundlings). O termo #mamming foi criado em referência .à palavra mama, e a posição dos seios apoiados lembra as mulheres sobre o exame, em que é preciso colocar os seios sobre uma mesa. > Saiba mais

.

*** A HISTÓRIA DO PAPEL HIGIÊNICO

Antes da invenção do papel higiênico, diversos materiais foram usados com a mesma finalidade: trapos, peles, grama, folhas de coco ou de milho e até alface (?). Na antiguidade, os gregos optavam por pedaços de argila e pedra, enquanto os romanos preferiam esponjas embebidas em água salgada, que eram amarradas a uma vara para facilitar o uso. > Saiba mais

.

*** LITERATURA ERÓTICA – DICAS

Leitura que dá calor na bacurinha. Uia. > 15 dicas

.

*** EM DEZ ANOS PODEREMOS CONVERSAR COM OS ANIMAIS

E, obviamente, as operadoras não perderão tempo e lançarão celular pra cachorro. > Leia a notícia

.

*** LIVRANDO A SEMANA (95)

O DIÁRIO DE BRIGET JONES (Helen Fielding) Record
Inteligente, sarcástico, hilário, atual. Estas são as características que fizeram de O Diário de Briget Jones um grande sucesso de vendas na Inglaterra e nos Estados Unidos. O romance, que marca a ótima estréia da jornalista inglesa Helen Fielding na literatura, relata um ano na vida de Bridget Jones, uma mulher solteira, de trinta e poucos anos, que luta com todas as forças para emagrecer, encontrar um namorado, parar de beber e largar o cigarro. Uma história aparentemente comum, mas narrada em estilo impecável e extrema sensibilidade. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** MORTE DE ÍNDIA EXTINGUE LÍNGUA E CULTURA DA AMAZÔNIA

Ser o último remanescente de uma cultura deve ser algo muitíssimo estranho. Como devem se sentir essas pessoas? Imagine se fosse com você. Imagine que você é a última pessoa viva de sua família ou de seu grupo de amigos e conhecidos ou de sua etnia… Imagine que, junto com você, morrerá para sempre uma língua, uma cultura, uma forma toda própria de entender e lidar com a realidade… > Leia a notícia

.

*** O MENINO E O MUNDO

Um menino deixa sua casa em busca do pai e, com seu olhar infantil, conhece o mundo capitalista da exploração do trabalho e da sociedade de consumo. Esta é a história de O Menino e o Mundo, uma animação brasileira dirigida por Alê Abreu. O filme usa várias técnicas de animação e não tem diálogos, mas tem uma trilha sonora (Emicida, Vinicius Garcia, Naná Vasconcelos, Barbatuques) que acompanha de pertinho a aventura do menino. Vi o filme e adorei. Pra mim, é um dos melhores momentos da animação brasileira de todos os tempos. É leve e lúdico, mas ao mesmo tempo é profundo e emocionante.

.

*** OS SEGREDOS DO SEU CELULAR

Se você esquecer ou perder seu celular, é provável que a pessoa que encontrar deseje bisbilhotar o aparelho. O mínimo a fazer para proteger-se é usar senhas de acesso ao aparelho e configurar os aplicativos para que sempre solicitem a senha.

DICA: Anote o código IMEI (International Mobile Equipment Identity ou Identificador Internacional de Equipamentos Móveis) do aparelho. Essa informação pode ser verificada sob a bateria do celular ou digitando *#06# no teclado. Esse código também pode ser encontrado na caixa do celular ou na nota fiscal. Com ele, você pode entrar em contato com a operadora para pedir o bloqueio do aparelho. > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (96)

> 33 CONTOS ESCOLHIDOS (Dalton Trevisan) Record
De Dalton Trevisan pouco se sabe. Ele guarda a sete chaves sua intimidade, não dá entrevistas, não se deixa fotografar, provocando frustração em muitos pela sua recusa irrevogável. Responde que, para saber mais de sua vida, basta ler seus livros. Ele ali está de corpo e alma. Mas o vampiro de Curitiba permitiu uma rachadura na armadura de sua privacidade. É possível descobrir, pelo menos, seus textos prediletos em 33 CONTOS ESCOLHIDOS, seleção do que considera os melhores contos em toda sua obra. Dalton Trevisan ‒ considerado pela crítica especializada como o escritor que melhor soube dar dignidade aos sentimentos humanos ‒ mostra em 33 CONTOS ESCOLHIDOS que menos é mais. São contos curtos e secos, construídos com ironia cortante e humor cáustico, para lançar um olhar objetivo sobre a condição humana, em tudo o que esta tem de oculto e ambíguo. São textos enxutos que retratam sua ficção de primeira qualidade. Neles reaparecem os temas recorrentes de Trevisan: os desastres do amor, os infernos particulares, a guerra dos sexos, as cenas da vida cotidiana, a condição humana. Tudo composto com uma quase avara escolha de palavras, só perdoada pela acuidade poética dos melhores haicais. Nada se perde na preciosa essência de suas tramas. Vencedor do prêmio Portugal Telecom 2003 com Pico na Veia, Dalton prova porque é um dos mais renomados contistas brasileiros contemporâneos. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** QUEM TEM MEDO DA VAGINA MÁ?

Uma artista que jogou sangue menstrual no chão do Vaticano para protestar contra a repressão à vagina. Eliane Brum conta esta e outras histórias sobre a vagina, temida e reprimida. > Leia aqui

.

*** 1% DAS FAMÍLIAS DO MUNDO POSSUEM 46% DA RIQUEZA TOTAL

Comentário de um extraterrestre que observasse a humanidade nesse momento: Isso não vai dar certo… > Saiba mais

.

*** MULHERES QUE LEEM NUAS

Começou em Nova York. Um grupo de mulheres performáticas se apresenta nua em sessões de leitura. E aí, o que acontece? Este é o acontecimento, por si só, literatura e nudez, juntas. Uma degustação para a visão e os ouvidos, um deleite estético. O simples prazer de ler e ouvir literatura sem roupas. Entregar-se ao texto, em público (ou em púbico), de corpo e alma. Só isso. Ou tudo isso.

Você, leitorinha, leria nua em público? > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (97)

UM BONDE CHAMADO DESEJO (Tennessee Williams) Peixoto Neto
Tennessee Williams foi um dos dramaturgos mais premiados nos EUA e, no auge de seu sucesso, um dos escritores mais requisitados por Hollywood. Suas peças misturam a realidade cotidiana de brutalidade e erotismo ao lirismo e à busca de refúgio em um mundo sem coração. A primeira montagem de Um Bonde Chamado Desejo, dirigida por Elia Kazan, fundador do Actor’s Studio de Nova York, marcou a estreia de Marlon Brando na carreira de ator. Filmada, elevou Brando ao estrelato. Nesta peça, Williams criou uma das personagens femininas mais marcantes do teatro, Blanche DuBois. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** O CAOS SOBRE RODAS

No futuro a espécie humana (se sobrevivermos a nós mesmos) lembrará desse tempo e considerará, com toda certeza, que vivíamos um delírio coletivo. > Saiba mais

.

*** ESSE PÓ É DE QUEM TÔ PENSANDO?

A grande imprensa abafou o caso. Mas a sabedoria popular não ia deixar barato. O caso da meia tonelada de cocaína no helicóptero da família do senador Zezé Perrella, aliado político do senador Aécio Neves, virou marchinha e é candidatíssima a ser grande sucesso no Carnaval de 2014.

O BAILE DO PÓ ROYAL

Deixaram o Pó Royal cair no chão
Em pleno baile de carnaval
Achei que ia rolar a confusão
Mas a turma achou legal

O pó chegou voando no salão
Que farra sensacional
Deu até notícia na televisão
Virou Baile do Pó Royal

O pó rela no pé
O pé rela no pó
O pó rela no pé
O pé rela no pó

Esse pó é de quem tô pensando?
Ah, é sim! Ah, é sim!
Você sabe, eu também sei de cor
Ah, é sim! Ah, é sim!
Não espalha que vai ser melhor

.

*** A CIDADE VENCEU: O BELAS ARTES VAI VOLTAR

A riqueza de uma cidade não se conta apenas pelos shoppings ou pelos grandes negócios que ela produz. Uma cidade é rica também por causa de seu povo, sua cultura, sua memória. Inaugurado em 1943, como Cine Ritz, o Cine Belas Artes é um rico patrimônio afetivo de São Paulo. Em 2011, quando ele fechou as portas, por não conseguir pagar o novo aluguel, a cidade de São Paulo sentiu o golpe em sua carne, ou em sua alma. A população se mobilizou, protestou, foi às ruas, fez abaixo-assinado. Os interesses financeiros, porém, era maiores. A guerra parecia perdida. Naqueles dias, neste mesmo espaço, alertamos para o perigo da descaracterização cultural da cidade e chamamos todos para participarem do movimento de resistência. Algumas pessoas comentaram que a luta era inútil.

O esforço, porém, valeu a pena. Por meio de uma parceria com a Caixa Econômica, a Prefeitura viabilizou o retorno do cinema, que agora se chamará Cine Caixa Belas Artes. E ele voltará ainda melhor, com preços mais baixos e com uma programação que valoriza as produções nacionais. E com horários especiais para alunos e professores de escolas públicas.

Parabéns a todos que acreditaram e lutaram pela cultura. Parabéns à Prefeitura, à Caixa e aos paulistanos. Parabéns, São Paulo. (RK) > Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (98)

MITO E TRANSFORMAÇÃO (Joseph Campbell) Ágora
Este livro enfatiza os aspectos pessoais e psicológicos da questão do mito. Reúne o conhecimento de arte, história e psicologia e traça conexões entre símbolos arcaicos, arte moderna, esquizofrenia e a jornada do herói. O objetivo é revelar o modo como o mito ajuda a identificar o caminho pessoal de cada um. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

.

AsPreciosasDoKelmer201401bAS PRECIOSAS DO KELMER

> No Facebook (todas as edições)
> No Facebook (esta edição)
> No Blog do Kelmer

.

.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS



Que tal um roLERzinho?

20/01/2014

20jan2014

Minha sugestão aos governos e prefeituras: criem roLERzinhos. Rolezinhos para ler

PorQueNaoUmRolerzinho-01a.

QUE TAL UM ROLERZINHO

Usando as redes sociais, adolescentes de bairros pobres marcam passeios em shoppings, os tais rolezinhos. Eles querem tão somente se divertir, paquerar, exibir suas roupas e penteados e celulares. Adolescente sempre fez isso, seja pobre ou rico, preto ou branco.

Tivessem mais dinheiro, os rolezeiros não assustariam tanto aos lojistas. Por outro lado, tivessem mais noção das coisas, não convocariam milhares de pessoas para se espremer nos corredores de um espaço privado. Tem preconceito social na história, claro, mas também tem ingenuidade própria da adolescência.

É verdade que faltam opções de lazer nas periferias, mas esses adolescentes são atraídos para os shoppings porque, assim como os muçulmanos têm que ir a Meca, os seguidores da religião Consumo têm que ir sempre ao shopping, caso contrário arderão no fogo do desprezo de seus próprios amigos. Que ironia… A sociedade de consumo hipnotiza diariamente os adolescentes com suas grifes, mas quando eles vão ao shopping, a administração chama a polícia.

Minha sugestão aos governos e prefeituras: criem roLERzinhos. Rolezinhos para ler. Façam parcerias com colégios, universidades, editoras e livrarias e criem eventos em espaços onde os adolescentes possam se reunir em torno de livros. Livros baratos, promoções, autores presentes, muito pode ser feito e a um custo baixo. Claro que boa parte dos adolescentes ainda vai preferir rolezar no shopping, mas o roLERzinho seria uma ótima opção de lazer nas periferias e motivaria o hábito da leitura entre os adolescentes. Ops… mas será que às elites políticas realmente interessa que os pobres leiam mais?
.

Ricardo Kelmer 2014 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

Meu fantasma predileto – Diziam que era a alma de alguém que fora escritor e que se aproveitava do ambiente literário de meu quarto para reviver antigos prazeres mundanos

O encontrão marcado – Fechei o livro, fui até a janela e olhei pro mundo lá fora. E disse baixinho, com a leveza que só as grandes revelações permitem: tenho que ser escritor

Um aplicativo para amantes dos livros – Pensei então num aplicativo que aproximasse as pessoas por meio de… livros. Sim, livros, por que não?

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS
.

01- Gostei muito da idéia. Rogerio Brito Correia, Fortaleza-CE – jan2014

02- Boaaa!!! Michelle Costa, Fortaleza-CE – jan2014

03- Adorei!!!! Hildete Pinheiro, Campinas-SP – jan2014

04- Gostei do trocadilho… Francisco Coelho, Rio de Janeiro-RJ – jan2014

05- Show Kelmer! Renata Kelly, Fortaleza-CE – jan2014

06- Ô crítica lúcida, Ricardo! Sergio Nogueira, Fortaleza-CE – jan2014

07- Muito boa sua visão. Compartilhei. Marcia Palves, Juiz de Fora-MG – jan2014

08- Adorei a dica, Kelmer. Brennand De Sousa Bandeira, Fortaleza-CE – jan2014

09- A ideia é boa, independentemente das outras opções de lazer disponíveis. Mas tem que haver td uma mudança de cultura. O brasileiro lê mto pouco, em qq classe social. Na época da Bienal eu vi uma reportagem falando que aumentou o número de livros vendidos, mas foram entrevistar inúmeros frequentadores e mta gente disse que compra os livros na empolgação (pq viu a palestra do autor, por exemplo), mas que acaba não lendo nenhum. Mta coisa ainda tem que mudar.. Olívia Meireles, Rio de Janeiro-RJ – jan2014

10- Kelmer, desse jeito tu se elege!!! Marcelino Pequeno, Fortaleza-CE – jan2014

11- RK: Você tem razão, Olívia, muito tem que mudar. Mas é possível incluir esse tipo de ação cultural nas políticas públicas, canalizando a força natural da adolescência e seus anseios de diversão, e não custa caro. E cada indivíduo também pode fazer a sua parte, falando mais de livros nas redes sociais em vez de, por exemplo, se preocupar tanto em atualizar a foto do perfil. jan2014

12- :-) Flávia Lemos, São Paulo-SP – jan2014

13- É isso meu camarada, curto e grosso. Emerson Boy Batista, São Paulo-SP – jan2014

14- Num País em que o Capitalismo investe no anlfabetismo ! Isso não vai acontecer nunca.Quem poderia fazer isso seria os donos de Livraria e os Autores de livos, se tivessem sua cabeça,ou seu modo de pensar .A sua idéia é boa!. Frei Chico, Iguatu-CE – jan2014

15- Intaum! Suely Bezerra, Boa Vista-RR – jan2014

16- Excelente texto. Fica a dica. Cida Marques, João Pessoa-PB – jan2014

17- Não. A elite quer que tudo fique como está. Abelardo Rodrigues Rodrigues, São Paulo-SP – jan2014

18- na real eles preferem os jovens periféricos no shopping. É só chamar a polícia. Agora se começarem a ler o bicho pega! Eu Ni Ce, São Paulo-SP – jan2014

19- muito bom esse texto. Maria De Lourdes Vasconcelos, Itatiba-SP – jan2014

20- Bem por ai assim! Kaliza Holanda, Fortaleza-CE – jan2014

21- Aqui no Rio e em São Paulo, tem roLERzinhos desse tipo, mas só acontecem uma vez, de dois em dois anos: É a Bienal do Livro, onde comparecem leitores, autores, adultos e crianças, com várias promoções e livros pra todos os gostos e bolsos. É realmente uma festa, pena que só dura cinco dias. Aldo Mendonça, Rio de Janeiro-RJ – jan2014

22- Ótimo texto. Valéria Borges, Campinas-SP – jan2014

23- Interessante. Pra refletir. Rosângela Aguiar, Fortaleza-CE – jan2014

24- Eu tb prefiro um roLERzinho!! Josy Ramos, Pau dos Ferros-RN – jan2014

 


As Preciosas do Kelmer – dez2013

30/12/2013

30dez2013

AsPreciosasDoKelmer201312

Criei uma revistinha no Facebook. Ela se chama As Preciosas do Kelmer e é feita de dicas e comentários sobre variados assuntos. A periodicidade é mensal, funciona por meio de uma única postagem que abasteço com subpostagens e os leitores podem comentar a qualquer momento e até sugerir assuntos. Por seu caráter dinâmico e interativo e por construir-se a cada dia, eu diria que é uma revista orgânica. A capa da revista é a própria imagem da postagem, que sempre trará imagens femininas.

Meu objetivo com As Preciosas é dar vazão à minha necessidade de comentar fatos do cotidiano. Pra mim o Facebook é ideal pra isso. Aqui no blog postarei a edição do mês e a atualizarei a partir das atualizações no Facebook, sempre com imagens. Espero que você goste.

> No Facebook (todas as edições)

> No Blog do Kelmer

.

AsPreciosasDoKelmer201312AS PRECIOSAS DO KELMER
Dicas e pitacos para o mês
#15, dez2013
> Esta edição no Facebook

Capa: Laerte Coutinho, cartunista e roteirista brasileiro.

.

*** LIVRANDO A SEMANA (87)

MEUS CONTOS ESQUECIDOS (Lygia Fagundes Telles) Rocco
Anões, ratos, formigas e saxofones. São esses alguns dos personagens que contracenam com homens e mulheres nas histórias que compõem o livro Antologia – Meus contos preferidos, de Lygia Fagundes Telles. Tendo construído uma carreira amplamente premiada e com obras traduzidas para as principais línguas, a escritora paulistana ‒ também conhecida como “a primeira dama da literatura brasileira” ‒ lança uma coletânea organizada por ela própria, reunindo 31 de seus contos mais queridos e levando os leitores a uma a viagem através de seu vasto universo literário. Os contos presentes no livro exibem o dom de Lygia para elaborar ricos personagens e criar narrativas detalhadas em textos fluidos que prendem a atenção de qualquer tipo de leitor. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** BRASILEIRO SE ENDIVIDA PARA ESTUDAR

No fim de 2012, havia no País 7 milhões de alunos matriculados em curso superior, a maioria (73%) em redes particulares de ensino. É quase duas vezes e meia o contingente registrado em 2001, quando 3 milhões de pessoas estavam nessa condição. Só de 2011 para 2012, o número de ingressantes nas instituições de educação superior cresceu 17,1%. Nos últimos dez anos, a taxa média anual de ingressos foi de 8,4%. Os brasileiros estão estudando mais, isso é uma boa notícia. A má notícia é que o estudo está fazendo muitos brasileiros se endividarem. Dívidas com faculdade, escola e cursos aparecem na segunda posição no ranking dos gastos que levaram ao endividamento, revela uma pesquisa nacional sobre emprego temporário neste final de ano. Bem, é melhor se endividar com estudo que com o celular da moda. > Saiba mais

.

*** QUE IMPACTO UM DRINQUE PODE TER NA SUA NOITE?

Mesmo com as novas leis, muitas pessoas continuam dirigindo sob efeito de álcool. Algumas conseguem minimizar o risco, seja bebendo menos ou dirigindo com mais atenção e mais devagar ou evitando percursos maiores. Pode ser um risco calculado mas é sempre um risco maior. Você vai dirigir e beber esta noite? Está realmente decidido quanto a isso? Bem, se está e sabe dos riscos (inclusive o de cair numa blitz), ao menos dirija com muita atenção e devagar. E boa sorte, a você e a quem cruzar seu caminho.

> Este vídeo é de uma campanha muito criativa sobre os perigos de beber e dirigir.

.

*** TESTE DE AIDS EM FARMÁCIAS

Para facilitar o diagnóstico do HIV e antecipar o tratamento de pessoas que podem desenvolver a aids, o Ministério da Saúde deve autorizar a venda, em farmácias, de um teste rápido para detectar o vírus, a partir de fevereiro de 2014. Produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o exame é feito em 20 minutos, com coleta de saliva pela própria pessoa, e deverá custar R$ 8. Dados do ministério apontam que cerca de 150 mil pessoas, de um total de 700 mil estimadas com a doença, não sabem que têm o vírus HIV. No Brasil, embora a prevalência de pessoas convivendo com o vírus seja considerada baixa para o conjunto da população (0,4%), a infecção é alta entre meninas entre 14 e 19 anos e meninos gays, de acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. > Saiba mais

 

*** LIVRANDO A SEMANA (88)

A JORNADA DO HERÓI (Joseph Campbell)
Este livro é uma espécie de testamento pessoal de Joseph Campbell, conhecido e respeitado mitólogo e grande contador de histórias. A edição baseou- se em entrevistas concedidas por ele nos últimos anos de sua vida e compõe-se de transcrições de conversas inspiradas com o mestre e trechos de suas palestras. Ler “A Jornada do Herói”, além de instrutivo, é, em si, uma iniciação que faz mergulhar no universo mítico, ajudando-nos a reconhecer o tema de nossa própria jornada. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** A MELHOR CALCINHA, SEMPRE

FBI é capaz de ativar webcams para espionar usuários desavisados. Tá vendo, mizifia? Nem em casa você pode mais usar aquela calcinha rasgada. É o fim do mundo… > Saiba mais

.

*** USP FAZ A FESTA DO LIVRO COM 160 EDITORAS

Em 2013, a Festa do Livro da Edusp (Editora da USP) será realizada entre os dias 11 e 13 de dezembro, na Escola Politécnica. Cerca de 160 editoras oferecerão títulos com descontos de, no mínimo, 50%. Aguardada ansiosamente por estudantes, funcionários e professores, a Festa do Livro da USP de 2013 será realizada entre os dias 11 e 13, nos prédios da Engenharia Mecânica e da Engenharia Civil, da Escola Politécnica. Além do superdesconto, a Festa é uma boa oportunidade para garimpar livros que não estão mais disponíveis nas livrarias, já que as editoras trazem seus catálogos completos.

Putz. Isso é o paraíso! > Saiba mais

.

*** MISS MARIJUANA 2013

Todo ano o site Hempadão promove o concurso Miss Marijuana. As garotas concorrentes enviam suas fotos e respondem a um questionário com perguntas como:
– Por que você acha que a maconha foi proibida?
– Qual a sua opinião sobre a legalização da maconha no atual contexto político-social nacional?
– Como você gosta de gastar a onda?
– Uma boa música para ouvir chapada:
– Se pudesse escolher, moraria no Uruguai, na Holanda ou prefere esperar o Brasil legalizar?

Eu já votei (na Tiemi, a antropóloga do Paraná). Ela, aliás, propôs algo interessante: por que não criar também o Mister Marijuana?

> Quer fumar, ops, votar também?

.

MaconhaNani-01.

*** GUERRA ÀS DROGAS NO, REGULAÇÃO SÍ
por Ricardo Kelmer

A política de guerra às drogas já nasceu perdida. Pelo simples fato de que a sociedade quer drogas. Não sejamos hipócritas. O Homo sapiens sempre se sentiu atraído por estados especiais de consciência, e buscará isso de forma legal ou ilegal. Se as pessoas querem, darão um jeito de conseguir, a Lei Seca dos EUA que o diga. Décadas de proibição não diminuíram o consumo, pelo contrário. Não diminuiu a violência nem o poder das quadrilhas, pelo contrário. Não inibiu a criação de novos tipos de droga, pelo contrário. Não trouxe economia de custos aos países, pelo contrário. O proibicionismo simplesmente não trouxe nenhum benefício às sociedades que o adotaram.

Por que então os governos mantém a política da proibição? Porque tem alguém lucrando com ela. De policiais a advogados, de juízes a políticos, muitos lucram com a proibição. Mas a sociedade só perde. É preciso lidar de outra forma com a questão das drogas.

O Uruguai está buscando alternativas. Nosso vizinho é o primeiro país latino-americano a legalizar a produção, distribuição e venda de maconha, assim como o primeiro do mundo a submeter todas essas etapas ao controle do Estado. Sim, a decisão é polêmica, mas é uma tentativa à atual guerra às drogas, que já provou sua ineficácia.

O objetivo principal da lei é tirar o poder das quadrilhas e afastar os usuários do submundo do crime. O presidente Pepe Mujica demonstra estar muito consciente da situação e já afirmou que voltará atrás caso os resultados não sejam positivos. Talvez o futuro exija uma ou outra alteração na lei, afinal trata-se de uma experiência inédita no mundo, mas certamente todos os países aprenderão com o que acontecerá no Uruguai nos próximos anos. Boa sorte, hermanos.

> Saiba mais

.

*** LIVRANDO A SEMANA (89)

ELZA SOARES, CANTANDO PARA NÃO ENLOUQUECER (José Louzeiro) Globo

Este livro conta a trajetória de uma das maiores musas da música popular brasileira. Ela recebeu o prêmio de personalidade representante da raça negra. Sua carreira remonta mais de 40 anos, dos quais viveu 16 ao lado de Garrincha. “Se Acaso Você Chegasse”, seu primeiro sucesso, já evidenciava a voz rouca e vibrante da cantora. “Elza Soares: Cantando para Não Enlouquecer”, de José Louzeiro, apresenta a trajetória da rainha do drible vocal, que teve uma vida marcada por seu estilo exagerado de ser. > Adquira este livro na livraria  Arte Paubrasil

.

*** MÍSSEIS PARA MATAR VOVÓS
por Ricardo Kelmer

Nabila Rehman tem 9 anos e mora em Tappi, na região paquistanesa do Waziristão do Norte. Em 24 de agosto de 2012, ela ajudava sua avó, Mammana Bibi, a colher legumes no quintal de sua casa quando um míssil atingiu o local, destroçando o corpo de sua avó e ferindo-a, e também a seu irmão. O míssil fora disparado por um drone, os polêmicos aviões não tripulados que o governo dos Estados Unidos usa para combater a Al-Qaeda. Porém, a avó de Nabila não era terrorista, sequer era militante política. Por que então foi assassinada?

Se depender do governo estadunidense, nunca saberemos pois ele não divulga estatísticas sobre o programa que a CIA opera desde 2004 no Paquistão (expandido ao Iémen e à Somália), e também se recusa a comentar a morte de civis. Apesar de todo o sigilo, organizações de direitos humanos estimam que os ataques já mataram centenas de civis inocentes, e a Anistia Internacional, em relatório divulgado recentemente, concluiu que vários deles podem configurar “crimes de guerra”.

Um ano depois da morte de sua avó, a menina Nabila, junto com Zubair, seu irmão sobrevivente, e seu pai, Rafiq ur Rehman, que é professor, foram ao Congresso estadunidense pedir o fim dos ataques com drones. A audição de 29.10.13 foi a primeira oportunidade dada às vítimas de mostrarem à opinião pública americana que há rostos e sofrimento por trás dos números.

Outra menina paquistanesa, Malala Yousafzai, que hoje tem 16 anos, tornou-se uma celebridade mundial por defender o direito das mulheres à educação e quase ser morta por isso por militantes talibans. Malala tem toda a simpatia do governo dos Estados Unidos. Quanto a Nabila, seu irmão Zubair e seu pai Rafiq, é melhor que esperem sentados por qualquer apoio ou reconhecimento de Washington. Lutar pela educação, vá lá, mas lutar pela paz, aí já é pedir demais.

> Saiba mais

.

*** LUXÚRIA PARA SEUS FETICHES

O Projeto Luxúria é uma festa fetichista que acontece há sete anos em São Paulo. Criada por Heitor Werneck, nome conhecido no mundo da moda alternativa, a festa agora tem um novo lar: o Templo Club, no Bixiga (rua Treze de Maio, 830). E a próxima edição acontece neste sábado 14dez, a partir da meia-noite. Ingressos: R$ 40 a R$ 200, dependendo do seu visual.

É verdade que o imaginário popular confunde fetichismo com putaria, sim, mas na Luxúria o sexo explícito é proibido, assim como escatologia, pedofilia e drogas ilegais. O evento é baseado nos conceitos sagrados do BDSM (são, seguro e consensual) e exige-se o respeito a todos os presentes, sendo inaceitável qualquer tipo de preconceito ou assédio. Já fui a algumas edições e posso garantir: nunca vi um evento onde rolasse tanto respeito entre as pessoas. Diferente das baladas comuns, na Luxúria ninguém é inconveniente com ninguém nem rola azaração chata. Por mais estranho que seja seu fetiche, saiba que lá ele será respeitado. > Saiba mais

.

*** A JORNADA DE ORFEU

Mitos são formas de interpretação da realidade, compostas de narrativas simbólicas e imagens metaforizadas, que estruturam e orientam as sociedades e guiam os indivíduos no crescimento psíquico.

A peça A Jornada de Orfeu se baseia na mitologia grega para oferecer ao espectador uma experiência de imersão na força simbólica dos mitos e possibilitar reflexões sobre questões como o sentido da vida e o significado do amor, do sofrimento e da morte. Num cemitério (de verdade), os espectadores são conduzidos por Caronte, o barqueiro do Hades, e entre os jazigos, acompanham a dolorosa jornada de Orfeu em busca de sua amada. Em vez de serem meros observadores, os espectadores tornam-se, assim, personagens do espetáculo.

A primeira temporada da peça se encerra com apresentações neste domingo 15dez e na quarta-feira 18dez, no Cemitério do Redentor (Pinheiros). Eu assisti e gostei muito. A diretora e coautora, Patrícia Teixeira, é psicóloga e soube usar com sensibilidade a ideias de Jung sobre o processo de autorrealização (que Jung chamava de individuação) para mostrar que a pavorosa e fascinante experiência de Orfeu no Hades é a mesma que cada um de nós precisaremos viver caso desejemos encontrar nossas verdades mais essenciais.

Obrigado pelo convite, Fêh. > Saiba mais

.

*** A GATA DO LAERTE

Laerte Coutinho é considerado um dos maiores cartunistas do país. Pra mim, ele é o maior. Aliás, eu o considero um gênio. Sua arte tem humor, filosofia, metafísica e sensualidade. É simples, sensível e profunda. E muitas vezes é absurdamente comovente…

Laerte tinha uma gata chamada Celina. Ela não mexia as patas traseiras por ter sido vítima de um tiro de espingarda de chumbinho. Laerte a imortalizou numa série de tiras tristes. Só quem já criou gatos, e ama os gatos, poderia criar algo tão… verdadeiro. Verdadeiro porque revela bem a personalidade dos gatos e também a relação deles com seus donos. Na verdade, são os gatos que nos criam.

> Quem ama gatos, como eu, certamente irá gostar – mas sugiro ler com um lenço à mão.

.

*** LIVRANDO A SEMANA (90)

DIÁRIO DE GUANTÁNAMO (Mahvish Rukhsana Khan) Larousse do Brasil

Descendente de pais afegãos, a americana Mahvish R. Khan foi aceita como intérprete de supostos terroristas na prisão de Guantánamo, em Cuba. Khan entrou inesperadamente em contato com os homens que Donald Rumsfeld chamou de os piores dos piores . Determinada a preservar o direito a um julgamento justo, a autora revela a cruel realidade daquele lugar onde a tortura e a humilhação são procedimentos padrão nas interrogações dos prisioneiros em busca de confissões e acusações, muitas vezes, infundadas. Um depoimento impressionante sobre como o sentimento de ódio e vingança pode cegar toda uma nação. > Adquira este livro na livraria Arte Paubrasil:

.

*** PUTA POR QUÊ, MINHA FILHA?

Isabelle é uma bela jovem de 17 anos que, apesar de sua confortável condição social e familiar, se torna prostituta. Desprovida de culpa, moral ou traço de melancolia, a adolescente desassocia sexo de emoções. O longa se divide em capítulos que partem do olhar de quatro voyeurs (irmão, cliente, mãe e padrasto). Cada um se passa em uma estação do ano e tem canções compostas pela francesa Françoise Hardy. Competição de Cannes 2013.

Vi este filme e gostei muito. A história, em si, não é novidade pois é cada vez mais comum que garotas e garotos optem pela prostituição, ainda que tenham bom nível social e cultural. Porém, o diretor François Ozon (o mesmo de “8 Mulheres”, em que conseguiu a proeza de reunir Catherine Deneuve, Isabelle Huppert, Emmanuelle Béart e Fanny Ardan) tratou o tema com realismo e delicadeza numa narrativa que prende a atenção, e construiu uma personagem bastante instigante. Por que exatamente Isabelle se prostitui? É a pergunta que o espectador se faz, enquanto ela acumula clientes e dinheiro. A resposta? Veja o filme e a gente conversa. (RK)

JOVEM E BELA (Jeune e jolie)
França, 2013
Direção: François Ozon
Com: Marine Vacth, Géraldine Pailhas, Frédéric Pierrot

> Treiler legendado:

.

*** ETIQUETA TRANS

Acredite: será cada vez mais comum termos pessoas transexuais em nosso convívio. Por isso é bom se preparar para lidar com elas.

O gênero humano é algo mais complexo que dois quadradinhos a preencher com mulher ou homem. Entre um e outro extremo, há várias possibilidades. Sempre foi assim, mas algumas culturas preferiram reprimir e fingir que não sabiam da variedade, e acabaram realmente se convencendo disso. Mas a democratização da informação obriga a humanidade a se conhecer melhor, e fica impossível continuar fingindo que não sabemos.

Somos diversos, e esta é uma verdade biológica: só sobrevivemos como espécie graças à diversidade. Viva a diferença! Sim, temer o diferente é uma reação natural, mas depois que nos aproximamos, o que antes era ameaçador torna-se apenas… diferente. > Saiba mais

.

*** BRASIL, DÊ ASILO A EDWARD SNOWDEN

Os grandes heróis da humanidade costumam pagar caro pela coragem e perseverança em seguir seus ideais. Sócrates foi condenado a tomar veneno, Gandhi foi assassinado, Mandela amargou 27 anos na prisão. Cada um deles, em sua época, lutou pela liberdade e contra a opressão. Liberdade de pensamento, para um país, para um povo.

A luta continua pois a opressão assume várias formas. Atualmente, governos das grandes potências, com a desculpa de lutar contra o terrorismo, monitoram, espionam e controlam a vida de cidadãos de todos os países. Mas eu não sou terrorista e não tenho com que me preocupar – você pode estar pensando. Engano seu. Caso você diga ou faça algo que desagrade a esses governos, eles poderão castigá-lo de várias formas.

Edward Snowden, um ex-técnico da CIA, ousou revelar como funciona a operação de megaespionagem feita pelos EUA contra o Brasil e o restante do mundo. Ele desistiu de ter uma vida tranquila, perdeu sua casa e sua família, para poder alertar o mundo sobre esse perigo. Seu passaporte foi revogado por seu próprio país e agora ele está preso em um limbo jurídico em Moscou, com um visto de um ano de duração. O Brasil, como um dos principais alvos da espionagem, e como uma das vozes mais atuantes na ONU contra a prática indiscriminada de vigilância pelos governos, tem a obrigação moral de oferecer asilo ao corajoso Edward Snowden.

> Assine a petição que pede que o Brasil dê asilo a um grande herói do nosso tempo

.

*** MASTURBE-SE, QUERIDA, MASTURBE-SE

É incrível mas o prazer feminino ainda é um tabu. Às vezes a sociedade se faz de sonsa, como se não soubesse o que é tão óbvio: que a mulher também tem a sua sexualidade. E eu arriscaria dizer mais: que a mulher foi moldada pela Natureza para o prazer. Seu corpo, sua fisiologia, tudo aponta para isso. O clitóris, por exemplo, tem uma única e exclusiva função: o prazer. Parece incrível, e é, mas ele não tem qualquer outra serventia que não seja proporcionar prazer a você, generosa leitorinha. E o que dizer dos orgasmos múltiplos? Putz, como não ter inveja dessa capacidade orgástica?

Um projeto foi criado para motivar as mulheres a assumirem sua sexualidade por meio da masturbação. Quer conhecer?

.

*** LIVRANDO A SEMANA (91)

1889 (Laurentino Gomes) Globo
A obra trata da Proclamação da República e fecha uma trilogia iniciada com ‘1808’, sobre a fuga da corte portuguesa de Dom João para Rio de Janeiro, e continuada com ‘1822’, sobre a Independência do Brasil. Com 24 capítulos ilustrados, ‘1889’ busca contribuir para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato que procura explicar não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista. > Adquira este livro na Arte Paubrasil

.

*** QUASE FAMOSOS E MILIONÁRIOS

Às vezes é só uma questão de não desistir agora. Ou de justamente desistir agora. Ás vezes é uma questão de aceitar o convite – ou de recusá-lo. O destino que traz a fama e a riqueza é o mesmo que as levam embora, como num passe de mágica. Conheça as incríveis histórias de quem quase chegou lá.

.

*** ENTENDEU?

Thamsanqa Jantjie é o nome do intérprete que ganhou as manchetes mundiais por usar sinais falsos na cerimônia oficial em homenagem a Nelson Mandela. Após ser criticado pela comunidade surda, Jantjie disse ter sofrido um episódio esquizofrênico durante o evento. Ele afirmou que viu anjos descendo sobre o estádio e se confundiu com o barulho.

Pois bem. Após muitas análises, estudiosos finalmente conseguiram decifrar os gestos do intérprete. Veja o vídeo para saber.

.

*** TEMPLOS DE CULTURA

As 10 livrarias mais interessantes do mundo. Para quem ama os livros, o sagrado está nesses lugares.

.

*** ANITTA E O COMPORTAMENTO DA MÍDIA

Independentemente se vc gosta ou não da artista Anitta, leia o que ela escreveu sobre a mídia.

.

*** LIVRANDO A SEMANA (92)

A VOLTA DO FRADIM (Henfil) Geração
Morro, mas meu desenho fica. A frase de Henfil não era apenas mais uma brincadeira: o genial humorista, morto precocemente pela aids contraída em transfusão de sangue (era hemofílico), permaneceu em seus desenhos. As histórias dos dois fradinhos, criadas há mais de vinte anos, continuam atuais. Irreverentes, irônicas, às vezes sangrentas e agressivas (sicks, como as classificaram os norte-americanos que se recusaram a aceitá-las) elas retratam, infelizmente, um país que ainda assassina a lucidez e a independência e premia o corrupto, o incompetente, o que se curva e se vende. > Adquira este livro na Arte Paubrasil:

.

*** JEITO DE ANDAR REVELA A MULHER QUE GOZA MAIS

ElaVestidoBranco-05O seu balançado é mais que um poema… É a coisa mais linda que já vi passar… O andar da mulher seduziu a Vinicius e Tom de um jeito tal que os inspirou a compor uma das músicas mais representativas da cultura brasileira e um dos maiores sucessos de toda a história da música mundial.

Pois bem. Um estudo desenvolvido por pesquisadores escoceses e belgas concluiu que é possível determinar a habilidade de uma mulher de ter orgasmos vaginais pela maneira com que ela anda. O que Vinicius e Tom diriam sobre isso? E você, leitorinha, será você uma mulher de andar orgásmico? :-) > Saiba mais

.

*** AS PARALELAS QUE SÓ SE EXPLICAM NO INFINITO

Belchior é um dos maiores compositores da música brasileira. Várias de suas músicas podem ser incluídas entre os grandes momentos de nossa história musical. Recentemente foi lançado um disco com releitura blues de seus sucessos. Filosofia, lirismo do cotidiano, humor irônico, alucinações românticas, cruzamentos geniais do pop com o erudito – a música de Belchior é uma inesgotável fonte de deleite e análises. Nos últimos anos, porém, Belchior parou de se apresentar e de dar entrevistas, e as histórias que nos chegam sobre ele falam de dívidas milionárias, pensões não pagas, bloqueio de bens, carros e apartamentos abandonados, uma namorada misteriosa, teorias conspiracionistas, perambulâncias errantes… Os fãs, atordoados, se perguntam: o que está acontecendo? > Saiba mais

.

*** SOU ATEU E MEREÇO O MESMO RESPEITO QUE TENHO PELOS RELIGIOSOS

Pra fechar o ano, uma excelente crônica de Drauzio Varela sobre o convívio das diferenças > Leia aqui.

,

.

AsPreciosasDoKelmer201312AS PRECIOSAS DO KELMER

> No Facebook (todas as edições)
> No Facebook (esta edição)
> No Blog do Kelmer

.

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

– Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer(arroba)gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer. (saiba mais)

.

.

Comentarios01COMENTÁRIOS



Eu esfaqueei o deputado

12/12/2013

12dez2013

Não temem que as pessoas se revoltem e invadam seus lindos gabinetes, que os sequestrem, que joguem uma bomba no congresso?

EuEsfaqueeiODeputado-01

EU ESFAQUEEI O DEPUTADO

.
Eu assumo: fui eu quem esfaqueei aquele deputado lá em Salvador. E aviso: estou muito puta e vou esfaquear outros. E duvido que me prendam. Porque não tenho pulsos para me algemarem nem rosto para ser fichada. Não podem me pegar porque não estou em nenhum lugar e grito em todos os lugares ao mesmo tempo. Eu sou a consciência indignada do cidadão brasileiro. Que não aguenta mais o que a classe política está fazendo com o povo desse país.

Esfaqueei o deputado, sim. Mas não se preocupe com ele, o homem tem as costas largas. Preocupe-se com a senhora que o golpeou: ela poderá apodrecer na cadeia sem ter culpa. Sim, pois ela foi apenas instrumento da minha ira sagrada, acumulada durante séculos. Aquela mão, empunhando a peixeira, você não percebeu?, é a mão do povo brasileiro. É a mesma mão persistente que todos os dias faz sinal para o ônibus lotado para ir ao trabalho, a mesma mão cansada que rastreia os classificados atrás de emprego. É a mesma mão impotente que acaricia o filho faminto, a mesma mão sem futuro que pede uma ajudinha no sinal. E é a mesma mão que votou nos políticos que aí estão, para que a representassem com decência.

É muita cara de pau. Num momento delicado desse, em que o governo precisa enxugar custos e toda a sociedade se concentra para fazer o país crescer, nossos indignos parlamentares se concedem um aumento de quase cem por cento de salário, como se já não ganhassem muito. E como o salário de senadores, deputados e vereadores é proporcional, todos ganharão aumento e isso custará à sociedade um custo extra anual de um bilhão e meio de reais. Isso sim é uma facada de respeito.

Agora o bando dos federais quer ganhar vinte e quatro mil e quinhentos reais. Mais ajuda de custo para morar, comer, viajar e ir na esquina. Mais verba de gabinete e convocação extraordinária. Mais décimo-terceiro, décimo-quarto e décimo-quinto salário. São cem mil reais por mês para cada um. Sem falar que só trabalham três dias por semana. E têm impunidade parlamentar. E não vamos nem falar no mensalão e em tudo que rola nas malas e nas cuecas. São uns cínicos! Passarão à história como a pior de todas as legislaturas e continuam fazendo pose e falando bonito.

Eu estou muito, muito puta. Como podem gozar assim da cara do povo? Não temem que as pessoas se revoltem e invadam seus lindos gabinetes, que os sequestrem, que joguem uma bomba no congresso? Não, eles não temem, pois estão tranquilos em sua certeza de que o povo brasileiro é burro, medroso e acomodado. É por isso que num minutinho suas Excrescências votam para si mesmos um aumento de doze mil reais e ficam semanas discutindo se aumentam oito reais no salário mínimo. É desrespeito demais.

E você, cidadão eleitor? Onde está seu nobre deputado numa hora dessa? Ligue para ele, para ela, escreva, exija providências. Ou será que sua Excrescência é a favor do aumento? Se for, então é mais um dos que agora riem da sua cara de otário. Porque é você quem vai pagar a conta desse roubo.

Fui eu quem esfaqueei o deputado. Mas o golpe não foi dirigido a ele, especificamente. A facada foi contra toda a classe política. Certamente há um ou outro que não tem o costume de cagar na cabeça de quem o elegeu, mas como todos fazem parte da classe é sobre todos eles que avança a minha mão firme e indignada. Os políticos foram eleitos para representar e defender o povo, mas o esfaqueiam todos os dias quando legislam em interesse próprio. Assim sendo, aquela senhora nada mais fez que praticar um ato de legítima defesa.

O aumento ainda não foi pago, mas o primeiro deputado já recebeu o troco. Quem será o próximo?
.

Ricardo Kelmer 2006 – blogdokelmer.com

.

.

LEIA NESTE BLOG

AcabouAPaciencia-01Acabou a paciência – O povo está enfim deixando de ser tão conformista e alcançando um novo nível de conscientização política. É gol do Brasil

A humanidade, o psicólogo e a esperança – Os acontecimentos mostram que a humanidade está se unificando, unindo seus opostos

Pátria amada Terra – É animador ver as novas gerações convivendo mais naturalmente com essa noção de cidadania planetária

A imagem do século 20 – Vimos nossa morada flutuando no espaço. Vimos um planeta inteiro, sem divisões. Não vimos este ou aquele país: vimos o todo

WikiLeaks e o nascimento da cidadania global – Quanto mais as pessoas se conectam à internet, mais elas se entendem como participantes ativos dos destinos do mundo e não apenas de seu país

Eles estão na fronteira – Milhões de maltrapilhos famintos, perseguidos políticos, criminosos cruéis, terroristas suicidas, narcotraficantes e trombadinhas invadindo os países e quebrando tudo, estuprando nossas irmãs, matando todo mundo, o caos absoluto

.

.

Seja Leitor Vip e ganhe:

Acesso aos Arquivos Secretos
– Descontos, promoções e sorteios exclusivos
Basta enviar e-mail pra rkelmer@gmail.com com seu nome e cidade e dizendo como conheceu o Blog do Kelmer (saiba mais)

.

.

COMENTÁRIOS
.

 01- Nem duvidem que a compensação existirá. Fato. Fataço. Rafa Silva, Campina Grande-PB – jun2013

02- Kkkjk, muito bom! Jana Moraes, Rio de Janeiro-RJ – jun2013

03- Ótimo texto, muito bem bolado. Parabéns! Antonio Carlos da Cruz, Mesquita-RJ – jun2013

04- Olá,Ricardo… Magnífico,brilhante composição.Realmente,é uma excelente retomada ao ano de 1789. Será que vamos aprender ou assimilar os discursos de neutralização da Globo… ab. Fateha Liza, Corumbá-MS – jun2013

05- Muito bom Kelmer! Adooooorei!! :) Bjo. Patrícia Paes, Fortaleza-CE – jun2013

06- Muito inspirado e inspirador, RK. Humor profundo e fino, seja político-filosófico-psicológico-ontológico-ginecológico-andrógino é bárbaro… :) Mas, se é vero o lugar comum, que se ouve por aí, que o governo, os políticos nos refletem como um grande espelho, ainda precisamos – nós, humanos demasiado humanos – ralar e desmembrar muiiiiiiiito, muitão para ver o nossos reflexo diferente do que hoje vemos refletido. Patrícia Lobo, Salvador-BA – jun2013

07- …meu voto é seu!!kkkkk..muito bom.. Katia Knox, São José dos Campos – jun2013

EuEsfaqueeiODeputado-01a


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 176 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: